Minilua

“Empresa de carinho” cobra R$ 120,00 por hora em Nova York

Em Nova York uma empresa com um ramo um tanto inusitado vem fazendo sucesso, é o que apontam reportagens feitas pela CNN e Fox.

Mesmo tendo graduação e pós-graduação pela Universidade de Rochester, Jaqueline sabia que precisava de um negócio incomum, inicialmente ela e suas irmãs ofereciam abraços nas ruas, por cerca de 1 dólar, chegando a arrecadar 80 dólares por dia.

“Todo mundo gosta de carinho, de ficar abraçadinho”, isso foi o que Jaqueline Samuel (29) pensou quando resolveu montar seu próprio negócio e garantir uma “renda extra”.

O que eu mais gosto é de abraçar, então eu percebi uma boa coisa para fazer. Muita gente não gostou da ideia assim que eu falei, pois imaginei que seria uma pequena operação em um subsolo, o que me garantiria renda extra”, disse Jaqueline em entrevista.

Acreditamos no poder da cura do toque. O retiro confortável é um lugar para fazer uma pausa nas dificuldades diárias da vida e focar no simples prazer do toque restaurador. Embora a ciência tenha, sem dúvidas, confirmado os benefícios psicológicos do contato físico sem segundas intenções, os americanos não se comportam assim. É hora de mudanças. No retiro confortável oferecemos sessões privadas. Pretendemos fazer do mundo um lugar mais suave”, esta é a frase de abertura do site da empresa “The SNUGGERY” que cobra hoje cerca de R$ 120 reais por 1 hora de afagos.

Quando questionada sobre o respeito aos limites pelo sexo masculino, que hoje representa quase 100% dos clientes, Jaquelne disse que grande parte dos clientes respeitam o seu trabalho.

Será que este tipo de negócio faria sucesso no Brasil?

 

Adaptado de jornalciencia