Enormes desastres que vão afetar o mundo nos próximos anos

Muitos desastres naturais que ocorrem na Terra não são previsíveis e, muitas vezes, todo o tempo que temos para a prevenção são alguns dias. Porém, a tecnologia vem nos trazendo uma melhor visão do futuro e existem diversos problemas gigantescos que teremos de enfrentar em breve:




Terremoto gigantesco

terremoto-the-history-channel

Em 2014, o Chile passou por uma grande susto no dia 1 de abril. Um terremoto de 8,2 na escala Richter fez com que o país tremesse. O governo declarou emergência e avisos contra tsunami foram liberados. Mais de 80 mil pessoas ficaram desabrigadas e algumas morreram. Por sorte, o que poderia ter se tornado uma tragédia maior acabou relativamente bem.

Contudo, estudos posteriores revelaram que o pior ainda está por vir.

O terremoto, que ficou conhecido como Sismo de Iquique, ocorreu em uma região conhecida como Círculo de Fogo do Pacífico. Essa é a região vulcânica mais ativa do planeta e lá estão mais de 75% de todos os vulcões ativos do mundo. Esse enorme conjunto, que vai do Chile, passa pela América do Norte e chega até o Japão, possui mais de 40 mil quilômetros de extensão.

Essa característica estranha da região é dada porque ela fica exatamente no encontro de duas placas tectônicas enormes: a Placa Sul-Americana e a Placa de Nazca. Essa região convive com uma enorme pressão, pois as duas placas se pressionam mutuamente, criando uma acúmulo descomunal de energia, tanto que nesse local é onde ocorrem mais terremotos no mundo. Para entender como funcionam os terremotos, leia: “Afinal, por que ocorre terremotos?”.

O problema é que o terremoto que afetou o Chile é apenas a “ponta do iceberg”. A energia liberada pelo gigantesco tremor de 8,2 na escala Richter liberou apenas 30% da tensão que atualmente existe entre as duas placas. Ou seja, um terremoto muito pior deve ocorrer nos próximos anos, para aliviar o crescente acúmulo de energia. O pior de tudo é que não há maneira de escapar. Especialistas em sismos dizem que o próximo grande tremor na região deve ocorrer entre 2015 e 2065.




Tempestade solar

CME-SUN

O Sol não é um corpo estático e está sempre passando por grandes transformações. Por isso, de tempos em tempos, seu comportamento muda e isso pode ser bem ruim para todos nós. Com a passagem dos anos, o Sol pode ficar mais ou menos ativo, o que reflete na quantidade de ejeção de massa coronal.

As ejeções de massa coronal são grandes erupções de partículas carregadas, que podem interferir em eletrônicos ou qualquer coisa elétrica no planeta. Na grande maioria das vezes, essas ejeções acabam se perdendo no espaço, mas, em alguns casos, elas acertam a Terra e criam as famosas Auroras Boreais. E ainda existe um tipo de ejeção que pode ser bem mais problemática.

Em julho e 2012, uma grande tempestade solar liberou um enorme jato de partículas carregadas, mas, para nossa sorte, o disparo passou perto, errando a Terra por apenas sete dias. Segundo cálculos feitos por Pete Riley, cientista que trabalha na Predictive Science Inc, existe uma chance de 12% da Terra ser atingida por uma grande descarga nos próximos dez anos.

Caso essa catástrofe ocorra, nosso Planeta regredirá em dezenas de anos do dia para a noite. Redes elétricas falharão, satélites cairão da órbita e eletrônicos serão destruídos. O prejuízo inicial de uma dessas tempestades seria de 2 trilhões de dólares no primeiro ano e, na melhor das hipóteses, dez anos se passariam até a total recuperação do planeta.

  1. Thania Lustosa

    24 de junho de 2015 em 20:01

    Poucas ou minimo de pessoas,. tem esse conhecimento.!!! Deus está contando os dias para voltar!!Ele está no controle de todas as coisas!!!

  2. Neo

    10 de junho de 2015 em 11:50

    …Preciso me preparar desde já então… Quero ser uma Lenda depois que sobreviver a estes dois eventos catastróficos de proporções colossais.. 😉

  3. Marcos Antonio

    5 de junho de 2015 em 22:58

    KKKkk,a galera viaja,os caras não conseguem ficar nem sem o celular,quanto mais sobreviver por anos em um ambiente hostil.Ha vão jogar videogame em seus mundinhos de faz de conta….

  4. Anna Klara

    1 de junho de 2015 em 19:52

    Escreveu tudo que eu ia escrever :D. Pelo menos eu sei que não sou a unica que tem esses pensamentos meio loucos.

  5. VanDrak SubZero

    1 de junho de 2015 em 16:13

    [img]http://cdn.minilua.org/wp-content/uploads/2015/05/CME-SUN-600×338.jpg[/img]
    Quando isso acontecer… vai ser o fim do Minilua :O

  6. Vinicius de Oliveira

    31 de maio de 2015 em 18:02

    ea 3, e 4 guerra mundial

  7. Kuzan

    31 de maio de 2015 em 16:06

    Se meu pc não quebrar to de boa, aí é só jogar uns emulador e uns jogos que eu tenho aqui.

  8. O Segurança Doidão

    31 de maio de 2015 em 15:03

    Esse lance de voltar dezenas de anos no passado seria interessante mas isso iria prejudicar os hospitais e muito iriam morrer então não seria legal mas se não fosse por isso, danificar a tecnologia iria fazer com que a humanidade socializa-se mais e voltariamos a apreciar as pequenas coisas da vida

  9. Willyam Ricardo

    30 de maio de 2015 em 20:46

    Tenso !

  10. Gato Endiabrado

    30 de maio de 2015 em 15:16

    Os terremotos também podem causar várias erupções vulcânicas, que podem trazer uma nova era glacial.

  11. eloi.santiago ELOI SANTIAGO

    30 de maio de 2015 em 11:59

    Somo dois então. Sou louco por filmes apocalípticos, principalmente quando a Terra é totalmente destruída, como em Presságio. Odeio quando a Terra sai bunitinha no final kkkk. Também gostaria que algo acontecesse na minha existência, só pra ver o circo pegar fogo. Não é desejar a morte, mas ver como a sociedade reagiria diante do fim iminente.

    • André Silva

      30 de maio de 2015 em 21:51

      Hehe, quem é o maluco que não gosta de ver o circo pegar fogo? É demais!

  12. Fantasma Renegado

    30 de maio de 2015 em 11:25

    Meu sonho é que algum dia a internet das casas das pessoas fique fora do ar por 24h. Imagina…

    [img]http://3.bp.blogspot.com/-NY1S1cYGyBg/UTihDoWH1kI/AAAAAAAALjk/etyce4rP2hw/s400/NinaGritando.gif[/img]

    Enquanto isso eu…

    [img]http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/2013/06/03/105988_1729669622.gif[/img]

    • Mestre Makarov

      30 de maio de 2015 em 22:51

      Como vou bater minha punhetinha seu malvado 🙁

      • Fantasma Renegado

        30 de maio de 2015 em 23:09

        Playboy, ué!

    • Mutley

      30 de maio de 2015 em 12:59

      Como você é egoísta cara , eu só queria que as pessoas que usam o mesmo serviço que o meu ficassem sem internet , ai a minha ficaria mais rápida .
      ( ͡ ͡° ͜ ʖ ͡͡°)
      ╭☞ ╭☞

      • Mutley

        31 de maio de 2015 em 15:15

        Calma ai cara , da onde você tirou que essa carinha é maliciosa ?, eu só quero poder ver vídeos no Youtube sem travar , você não sabe a satisfação que da ver aquela barrinha cinza ganhar da vermelha .
        ( ͡ ͡° ͜ ʖ ͡͡°)
        ╭☞ ╭☞

      • Fantasma Renegado

        30 de maio de 2015 em 23:08

        Tu que é egoísta! Eu, pelo menos, tô me incluindo no povo sem net! Mas vem cá, pra que você quer toda a banda da conexão? Tá baixando o quê, hein, criança? ( ͡ ͡° ͜ ʖ ͡͡°)

  13. Miroslau

    29 de maio de 2015 em 23:07

    Sei la! Acho que evoluiremos como sempre ^^

  14. André Silva

    29 de maio de 2015 em 21:51

    Cara, eu sou o único que torço pra esses desastres acontecerem antes de eu morrer? Sei lá cara, eu nem sou psicopata nem nada, mas eu acho bacana quando essas coisas caóticas acontecem, me sinto cheio de adrenalina, gosto do perigo. Claro que só quando o perigo é natural, tipo terremoto, furacão, eu não gosto quando o perigo envolve pessoas, tipo bandido, atropelamento, etc. Tenho vontade de ir pro mato fazer acampamento, pular de paraquedas (mesmo tendo medo de altura), fazer escalada, e tudo que envolva um certo perigo. Sinto adrenalina só de ver pela TV. Tava vendo no programa Planeta Extremo (recomendo!) eles escalando aquelas sequoias e também uma trilha super arriscada que eles fizeram pela floresta, e eu fiquei morrendo de vontade de estar no lugar deles.
    Viva o perigo! Viva o caos!

    • Erick Renan

      3 de junho de 2015 em 10:10

      Já eu tenho uma vontade louca de morar em vários países ao longo da minha vida. Pensar nisso me dá adrenalina. Falar várias línguas, praticar esportes radicais que você mencionou, ter muita história pra contar, e também ser ator. Meu sonho é poder viver a história de vida de várias pessoas, ou seja, interpretar personagens e ser convincente. Desde que me entendo por gente eu tenho essa vontade, pra mim é a melhor profissão do mundo…

    • Erick Renan

      3 de junho de 2015 em 10:05

      Esses desejos são comuns entre pessoas que geralmente possuem uma vida chata e não tem muito contato com outras pessoas (por isso a falta de empatia). Pessoas assim como você não chegam a ser perigosas, apenas indiferentes, geralmente vivem no próprio mundo. Sinais de transtorno de personalidade esquizóide.

      • André Silva

        3 de junho de 2015 em 12:00

        Na verdade eu tenho muita empatia pelas pessoas, tanto que não gosto nem de assistir jornal pois me sinto mal cada vez que vejo alguém que foi morto ou que sofreu algum tipo de violencia. Gosto do caos mais pela adrenalina, não pelo sofrimento dos que acabam morrendo.

    • Anna Klara

      1 de junho de 2015 em 19:55

      Falou tudo. Pelo menos eu sei que não sou a unica que tem esses pensamentos loucos.

    • caveira sem nome

      31 de maio de 2015 em 02:25

      e mesmo cara, so de assistir da vontade de fazer, por isso pratico parkuor da uma adrenalina que seila…me deixa mais vivo

      nessa sociedade de hj em dia que pode ter tudo a hora que quer,e quem vive numa rotina entendiante uma coisa como essa e tipo, a leia aurea entende?

    • Elyane

      30 de maio de 2015 em 19:39

      Adoro esportes radicais, desafiar o perigo, sentir a adrenalina todavia este cenário caótico não me entusiasma. Uma coisa é saltar de vários metros de altura com certeza (ou esperança) que o paraquedas vai abrir. Outra coisa é você morrer de fome e de sede soterrado, ou ter que se proteger dos perigos naturais que você nunca foi treinado para enfrentar.

      • caveira sem nome

        31 de maio de 2015 em 02:21

        acho isso interessante, pois pratico parkuor e aqui em casa tem muitas armas brancas(machado,facão etc)e muita aqua(so na minha casa tem 3 sisternas.)

        não sei porque mas de noite quando vc sai e fica sozinho e pensa em coisas como essa,deixa muitas pessoas entusiasmadas, da um certo gosto.

        quando eu brinco de pega page com meus amigos (utilizando parkuor) da uma adrenalina boa de se sentir… e nessa mesma adrenalina,da uma vontade de bater em alguem…

    • Daniel Franco

      30 de maio de 2015 em 16:58

      Resumiu o que eu sinto

    • Fantasma Renegado

      30 de maio de 2015 em 11:07

      Talvez a gente sinta isso porque vivemos em um mundo onde os esforços para as necessidades primitivas são poucos. Praticamente tudo o que a gente quer, consegue de maneira simples. Se imaginar em um cenário de desastre ou apocalíptico faz com que nossos instintos primitivos apareçam. Lutar por comida, por abrigo, se proteger de perigos naturais e coisas do tipo nos deixam empolgados. É impossível eu assistir The Walking Dead sem imaginar aquilo rolando na minha cidade e eu tentando escapar. É uma coisa louca, mas é foda!

    • joao paulo durante

      29 de maio de 2015 em 23:18

      As vezes eu tb me sinto exatamente assim, é estranho.

  15. Greengineer

    29 de maio de 2015 em 21:29

    O fim dos eletrônicos é realmente preocupante…

    [img]http://images.quebarato.com.br/T440x/raquete+mata+mosquito+eletrica+sao+paulo+sp+brasil__2455B1_6.jpg[/img]

    Os mosquitos vão dominar o mundo :(.

    • Fantasma Renegado

      30 de maio de 2015 em 11:10

      Calma, criança, há jeito pra tudo:
      [img]http://1.bp.blogspot.com/-YfsoBjHquok/ToT_gVK928I/AAAAAAAABzA/bvsLtyphMBw/s1600/Espiral+Sentinela.jpg[/img]

      • Felino

        30 de maio de 2015 em 11:31

        kkkk relembrou minha infância quando eu ainda usava isso, quase morri por ficar lambendo pensando que era de comer kkkkkkkkkk

        • Fantasma Renegado

          30 de maio de 2015 em 23:06

          Putz! Tu tava querendo comer isso, mano? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Felino

            3 de junho de 2015 em 09:30

            eu pensava que era que nem o pirulito do Chaves kkkkkkkkk

        • Gato Endiabrado

          30 de maio de 2015 em 15:20

          HAUHUHUHSUAUSAU. Eu já comi uma moeda pensando que era chocolate. :’) A de 5 centavos.

          • Felino

            3 de junho de 2015 em 09:29

            tb ja comi uma moeda, meu vô sempre me dava moedas de chocolate aí quando eu ganhava uma de verdade tentava comer kkkkkkkkkk

    • Mutley

      29 de maio de 2015 em 22:19

      Se botar esse negócio dentro da água mata o Aedes egípcio .

  16. Elyane

    29 de maio de 2015 em 21:12

    Será que tem alguma previsão boa? Cada vez que aparecem estes estudos, eles demonstram uma nova maneira que posso ser exterminada, explosão solar, soterrada, afogada, por falta de alimentos, de sede, esmagada por um meteoro, arremessada por um furacão, minha expectativa de morte natural e por velhice diminui a cada dia.

    • Fantasma Renegado

      30 de maio de 2015 em 11:08

      Eu tenho uma previsão boa: A Dilma não vai ser reeleita na próxima eleição! \o/

    • Greengineer

      29 de maio de 2015 em 21:21

      Não seja pessimista, você pode virar uma zombie e viver até que alguém resolva dar um tiro na sua cabeça…

      [img]http://www.pinkstilettocoaching.com/wp-content/uploads/2013/10/Zombie-Woman-600px-wide.jpg[/img]

      • Elyane

        29 de maio de 2015 em 21:27

        Obrigada por me lembrar desta outra possibilidade de morrer duas vezes…kkk…

        • Gato Endiabrado

          30 de maio de 2015 em 15:22

          Por isso eu fiz um pacto. 😀

43 Comentários
mais Posts
Topo