Os erros médicos mais bizarros de todos os tempos

A medicina tem avançado demais nos últimos anos, mas isso não quer dizer que ela é impecável, ainda existem muitos erros a serem consertados, tanto que certos estudos afirmam que apenas conferir os dados antes das cirurgias pode evitar situações bem constrangedoras para a área médica.

Mesmo sendo uma área responsável por cuidar da vida, os casos a seguir comprovam que essa regra não foi muito bem seguida…




Confira:




Cirurgia cardíaca em outro paciente

6-erro-medico

Isso mesmo, trata-se de uma cirurgia feita por engano: Uma senhora de 67 precisava fazer uma cirurgia no cérebro, mas, ao invés disso, recebeu uma no coração para um estudo de eletrofisiologia. Durante a cirurgia, o médico maluco recebeu um telefonema de um colega de trabalho perguntado o que ele está fazendo com sua paciente… Só aí que o Doutor percebeu o erro e parou a cirurgia.




Perna errada amputada

4-erro-medico

Perder uma de suas pernas já é algo bem traumático, agora imagine perde-la por causa de um erro! O caso ocorreu em 1995, nos EUA, quando uma equipe de médicos começou a retirar uma perna de Willie King e depois, no meio da remoção, percebeu que haviam começado pela perna errada, infelizmente, já era tarde demais. O duro é que a outra perna ainda precisava ser amputada e Willie acabou ficando sem ambas as pernas. O médico foi multado e afastado por seis meses e King ainda recebeu uma indenização de mais de um milhão de dólares.




Objeto esquecido dentro do paciente

7-erro-medico

Nenhum objeto deve ser esquecido dentro do paciente, ainda mais quando o mesmo tem o tamanho de uma régua! Isso aconteceu durante uma cirurgia de remoção de um tumor e não foi o único caso, ainda existiram outros quatro.

A boa notícia é que o tumor de Donald Church foi removido, mas a ruim é que ele ganhou de presente, em seu abdômen, um afastador de 33 centímetros de comprimento.




Recepção de órgãos incompatíveis

9-erro-medico

Não sei se você sabe, mas, para haver sucesso em um transplante, é necessário que vários fatores – dentre eles o tipo de sangue – seja compatível, caso contrário, o próprio corpo humano rejeita o órgão. Sabendo disso, agora você pode entender porque Jésica Santillián veio a falecer: ela precisava de um pulmão e de um coração novo, mas acabou recebendo os dois de um doador de sangue tipo “A” quando ela era “O”. Depois do ocorrido, o hospital reconheceu seu erro e acabou fazendo um acordo financeiro para com a família de Jésica.




Clínica que usou o esperma errado

bebefilme3d

Um casal foi em uma clínica de fertilização e pagaram caríssimo pelo tratamento que seria a solução de seus problemas. Mas algo estranho aconteceu pois, quando a criança que nasceu era negra, sendo que os pais eram caucasianos. Quando fizeram um exame de DNA os médicos perceberam que haviam usado o esperma errado para inseminar os óvulos da mulher…

A clínica está sendo processada, mas até agora a família não conseguiu uma indenização.

A medicina está cada vez mais maluca….

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Evil Ryu(satsui no hadou)

    14 de junho de 2013 em 19:37

    cara amputar a perna errada?! tipo,o problema na perna era tao imperceptivel assim,que eles nao conseguiram diferenciar???

  2. Igor Castro

    13 de junho de 2013 em 18:42

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rachei…
    [img]http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2013/06/bebefilme3d.jpg[/img]

  3. Luciano Marques

    13 de junho de 2013 em 14:33

    eu tenho e medo de me consultar com esse novos medicos de hje em dia, com toda a tecnologia eles nem estudam mais so usam o google e o wiki

  4. O Astro (Alone)

    12 de junho de 2013 em 20:56

    Algumas são engraçadas, mas eu tenho pena do cara que perdeu as duas pernas !

  5. Nêmesis chapado de maconha e cheirado de cocaína

    12 de junho de 2013 em 11:58

    Veja pelo lado bom!
    Você perde a perna errada
    ganha 1

    [img]https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQGG8LQj7hpHHFesrdnUzuWlJaD1Eh8O8-WPHtclsMt0rvsWoaH-Q[/img]
    Pode comprar duas pernas mecânicas na oficina do tio Nicolau
    E gastar o resto com as bitches.

    [img]https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTpoKZlkIHcVJ1cj42VV8Uanl-lbJaLNUniYaG1FipnTicuBsss-A[/img]

    • Slenderzinho (Governante dos bosques)

      14 de junho de 2013 em 22:32

      Yayyyyyyyyy…

      [img]http://pt.dreamstime.com/crian%C3%A7a-triste-furada-daydreaming-thumb6691613.jpg[/img]

  6. Le Derp

    12 de junho de 2013 em 04:19

    Também tenho medo de acontecer esse “erro” médico. Acontece né, o médico já ta tempo trabalhando e nem presta mais atenção nos detalhes. Deve ser um merda pro paciente. Tem um problema e aparece outro.

  7. Dark J

    12 de junho de 2013 em 01:10

    É por isso que tenho um pouco de receio a entrar em um hospital.

  8. Mother of Dragons

    12 de junho de 2013 em 00:45

    Sem duvidas isso é muita negligencia, vey a medicina está ai para salvar não o contrário. Brincar com vidas é um perigo.

    • Riddle Boy®

      12 de junho de 2013 em 17:59

      Os médicos também são humanos e tem o direito de errarem hue! 😀

  9. Little Uchiha™

    12 de junho de 2013 em 00:05

    Eu tava rindo pakas lendo, não por causa da desgraça alheia, mas sim pelos erros médicos, até chegar na parte da garota 🙁
    A parte da perna amputada me lembrou do início de Todo mundo em pânico 4, em que o Doctor Phill corta a pata errada.

    • Soriano

      12 de junho de 2013 em 07:36

      me lembrou o simpsons e happy tree friends

      • O Astro (Alone)

        12 de junho de 2013 em 20:56

        hahaha

  10. Riddle Boy®

    11 de junho de 2013 em 23:11

    ” A arma do crime nunca foi encontrada/
    o bisturi eu escondi muito bem/
    esqueci na barriga de alguém.

    • Edmar Jr

      14 de junho de 2013 em 22:58

      Gabriel o Pensador .

      • Riddle Boy®

        18 de junho de 2013 em 21:13

        exato meu caro.

  11. Juninho Cineasta

    11 de junho de 2013 em 23:06

    Bizarro

  12. Bardock

    11 de junho de 2013 em 22:57

    Usaram o esperma errado, sei.

    • Li Syaoran

      12 de junho de 2013 em 14:40

      Por uma estranha coincidência o melhor amigo do casal é negro.

    • Nêmesis chapado de maconha e cheirado de cocaína

      12 de junho de 2013 em 11:53

      Negão só né…..

    • Nandy Martins

      11 de junho de 2013 em 23:14

      kkkkkkkkkkkkk essa é pesada rs

  13. Estudante

    11 de junho de 2013 em 22:56

    Se tivessem usado esperma de ornitorrinco ninguém ia falar nada,mas como é de negro eles já vão logo processando .-.
    [img]http://www.8balls.com.br/wp-content/uploads/2013/06/P%C3%A9-na-bunda.jpg[/img]
    (Shun já levou um ”pé na b****” de uma mina utilizando este acessório .-.)

    • Izaias Silva

      12 de junho de 2013 em 21:08

      Mas o fato não foi a criança nascer negra, e sim o fato de terem pago pela inseminação! E logicamente se estão pagando, eles tem o direito de escolher!

    • Antônio Raul Sousa

      12 de junho de 2013 em 04:01

      cara n tem nada a ver a criança ser negra, imagine vc criando uma criança de outro cara, seria muito estranho e eles descobriram q tinha algo errado pelo fado de os dois serem brancos, só isso.

      • grandluc

        12 de junho de 2013 em 05:07

        ATÉ FICARIA UM POUCO SURPRESO MAS PROCESSAR A CLÍNICA É D+, POR SE TRATAR DE UM BB Q Ñ TEM CULPA DE NADA. Ñ É COMO UM PRODUTO Q VC PEDIU PELA NET, VEIO ERRADO ENTÃO VC VAI TROCAR OU PEDIR DEVOLUÇÃO. ISSO SERIA DIZER Q EU Ñ FIQUEI SATISFEITO COM AQUELA CRIANÇA INOCENTE, Q ELA É INDESEJADA. EM FIM ME CONFORMARIA E ME PREOCUPARIA COM O BB Q É MAIS IMPORTANTE.

        • Hideki Hinata

          12 de junho de 2013 em 15:32

          É justo não pelo bebê, mas porquê eles pagaram caro. Inseminação artificial não é barata, e se isso fosse por causa do bebê, eles não teriam ficado com ele…

        • Tábata Vidiri

          12 de junho de 2013 em 05:36

          Eles pagaram caro por um serviço e a clinica errou e tem que pagar pelo que fez. Não pelo fato da criança em si, que como você disse, é inocente, mas pelo fato da clinica ter errado. É um direito do casal. Acho justo.

    • Eric Matheus

      12 de junho de 2013 em 00:06

      KKKKKKKKKKKKKKKKKK que isso meu jovem shaboushaosuahos

30 Comentários
mais Posts
Topo