Minilua

As estrelas vampiras

O Universo é um lugar cheio de coisas estranhas e acontecimentos inimagináveis. Um dos fenômenos mais bizarros que existem são as estrelas vampiras, gigantes que perturbam o céu onde vivem.

Vivendo lado a lado

O nosso Sol reina sozinho no Sistema Solar, dando a energia e a luz que nós precisamos para viver. Mas a verdade é que nem sempre uma estrela domina uma certa região do espaço. Muitas vezes elas vivem em duplas, criando os chamados sistemas binários.

Nesse esquema normalmente uma estrela menor orbita a maior, como a Terra faz com o Sol. Só que as vezes essa convivência estrelar não é nada pacífica e existe uma guerra entre elas.

Canibalismo estrelar

As estrelas passam sua vida queimando em temperaturas que chegam a casa dos milhões de graus. Essa geração de energia gera muitas movimentações e erupções, onde as estrelas jogam grandes quantidades de material para o espaço. Quando isso ocorre em um sistema binário de estrelas próximas, normalmente uma delas acaba sugando o material da outra, tornando-se uma estrela vampira.

A estrela vampira, aquela que suga a outra, realmente cria problemas para a sugada. Pois o corpo que perde massa envelhece mais rápido, afinal as estrelas tiram sua energia do seu material. E do outro lado, a estrela vampira acaba vivendo muitos bilhões de anos a mais, porque consegue usar a energia que roubou da sua companheira.

Fazendo estrago

Esse tipo de sistema binário, onde uma estrela suga a outra, apesar de ser algo pouco conhecido, é bem comum em nossa galáxia e por sorte isso não ocorre com o Sol, pois se não o Sistema Solar seria bem diferente.

Nos lugares onde existem estrelas vampiras a coisa não é nada bonita. Além de dois corpos gigantes, um orbitando o outro e criando uma montanha russa de força gravitacional, existe o fato da troca de massa gerar ventos cósmicos que voam a milhões de quilômetros por hora. Caso tal coisa ocorresse por aqui, a Terra provavelmente seria jogada para longe ou engolida por uma das estrelas.

Ainda bem que o Sol vive solitário e feliz!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/