Eternas promessas do futebol: Giovinco #12

Em mais um capítulo da série “Eternas promessas do futebol”, falaremos sobre a maior esperança italiana nos últimos. Giovinco nasceu em 1987 e desde muito novo já participava das categorias de base da Juventus.

Com grande habilidade e muita velocidade, o jovem atacante chamou a atenção da comissão técnica do elenco profissional e por isso acabou subindo de categoria durante a temporada 2006-2007. Suas grandes atuações e jogadas de extrema categoria, lhe renderam comparações com o craque, Del Piero.

Giovinco-Juventus

A fim de dar mais rodagem ao jovem jogador, a Juventus acabou por emprestar Giovinco ao Empoli, equipe essa que era fraca e que acabou rebaixada ao final da temporada. Embora sua equipe tenha descido de divisão, o atacante, juntamente do meio-campista, Claudio Marchisio, foi um dos únicos a receber diversos elogios da crítica e torcida.

Devido a essa boa passagem pelo Empoli, a Juventus trouxe o jogador de volta. No entanto, a carreira de Giovinco já começava a a desandar, visto que o atacante raramente jogou e quando era utilizado pelo técnico, acaba por ter um rendimento bastante apagado.

Diante de sua péssima fase, a Juventus emprestou o jovem atacante para Parma. Por lá, Giovinco reencontrou o bom futebol e fez uma temporada correta. O que provocou sua volta para Turim.

290089_heroa

Em mais um retorno a Juventus, as atuações foram novamente apagadas e por isso, a diretoria resolveu emprestar mais uma vez o talentoso jogador. Atualmente, Giovinco está atuando pelo Toronto FC, um clube canadense que disputa a MSL dos Estados Unidos.

Na seleção italiana, Giovinco raramente é chamado pelo técnico e por isso anda escondido nessa área.

  1. Matheus de Andrade

    7 de março de 2015 em 18:27

    A próxima matéria podia falar do Keirrison que foi até pro Barça kkk
    meu Deus cheguei a achar que o cara seria um novo Ronaldo kkkk

  2. Jeff Dantas

    28 de fevereiro de 2015 em 03:00

    • Gabriel Frigini

      28 de fevereiro de 2015 em 18:26

      rsrsrsrs!

  3. Gabriel Bento Gomes

    27 de fevereiro de 2015 em 23:23

    Como torcedor da Juventus é triste para mim a saída dele, sempre torcia para ele entrar e esperava ver no time titular mas nenhum técnico o fez, jogava muito nos pouco minutos que tinha, no FIFA ele é demais! Espero que tenha sucesso no Canadá porque ele merece.

    • Gabriel Frigini

      28 de fevereiro de 2015 em 18:27

      Ele no FIFA me rendeu bons campeonatos no Xbox, rsrsrs!

5 Comentários
mais Posts
Topo