Eternas promessas do futebol: Keirrison #3

Após alguns dias sem postar, volto com uma das séries que mais gosto de produzir.

A “Eternas promessas do futebol” de hoje é sem sombra de dúvidas a que contará a história de uma das maiores decepções do futebol mundial.

Senhoras e senhores, hoje falaremos de Keirrison de Souza Carneiro, o Keirrison. Nascido em 3 de Dezembro de 1988, o atacante ganhou visibilidade no Coritiba, clube pelo qual teve o seu melhor momento e onde foi tido como grande promessa.

keirrison




Carreira

Revelado nas categorias de base do CENE, Keirrison logo foi vendido para o Coritiba, onde em 2006 alcançou a vice-artilharia da Copa São Paulo, além de também ser o artilheiro dos campeonatos paranaense de 2006 e 2007.

Sua primeira competição nacional foi a Série B de 2007, no torneio, o jovem atacante balançou a rede por 12 vezes e com isso terminou como artilheiro e também campeão com o Coritiba.

Suas boas atuações pelo Coritiba acabaram por despertar a atenção de grandes clubes brasileiros, entre eles o Palmeiras, clube que inicialmente tentou contratar o jogador, mas que não obteve sucesso na negociação.

Após rumores de que iria para o clube paulista, Keirrison continuou no Coritiba e com isso foi campeão estadual, artilheiro, eleito melhor do campeonato e também escolhido para a seleção da competição.

Com mais um ano arrasador, tanto no estadual como no Campeonato Brasileiro, Keirrison acabou mesmo indo para o Palmeiras.




Palmeiras

Suas excelentes atuações continuaram sendo rotina no Palmeiras, tanto que o atacante fez 16 gols em 14 jogos, ou seja, média de 1,33 gols por partida. Seu nome começou a ser especulado na Seleção Brasileira, o que despertou o interesse de um gigante do futebol mundial, o Barcelona.

Com o assédio do Barcelona, Keirrison deixou o Palmeiras antes mesmo de completar seis meses de clube.




Barcelona

Contratado pelo Barcelona para a temporada 2009/2010, Keirrison chegou à Espanha com status de grande promessa brasileira. No entanto, o jovem atacante nem mesmo jogou no time de Lionel Messi, visto que foi emprestado ao Benfica para adquirir experiência.




Benfica

No Benfica, Keirrison pouco jogou, visto que enfrentava a concorrência do ídolo Nuno Gomes, Óscar Cardozo, Pedro Mantorras, Weldon e Saviola. Para piorar a situação, o clube português ainda contratou Alan Kardec e Éder Luís.




Fiorentina

Sem chances no Benfica, Keirrison foi emprestado a Fiorentina, clube pelo qual também teve um início animador, já que marcou em seus dois primeiros jogos com a camisa da equipe italiana. Infelizmente, as atuações não foram suficientes para assegurar a vaga do jogador.




Santos

Diante de tantas partidas apagadas, Keirrison voltou ao Brasil, acertando com o Santos. Reserva durante toda a sua passagem pelo peixe, o atacante via Neymar carregar o alvinegro praiano nas costas e conquistar títulos.




Cruzeiro

Mais uma vez Keirrison foi emprestado, dessa vez o Cruzeiro apareceu como nova oportunidade. Foram nove jogos e apenas um gol. Atuações apagadas fizeram com que o clube mineiro liberasse o jogador para retornar ao Coxa Branca.




Retorno ao Coritiba

Atualmente Keirrison está no Coritiba, clube por onde joga e continua tendo altos e baixos. Nas últimas partidas, o jogador parece estar recuperando a forma que demonstrava no início da carreira. Se isso será verdade ou não, caberá ao tempo dizer.

Espero que tenham gostado dessa matéria. Compartilhe esse post, pois isso ajuda e nos incentiva a criar conteúdo de qualidade para todos vocês. Um abraço!

  1. Soriano

    17 de outubro de 2014 em 08:03

    o mais incrível disso tudo que o passe dele ainda pertence ao barça

  2. Iron Man

    17 de outubro de 2014 em 01:31

    Isso que acontece ir cedo demais para os grandes clubes europeus ….

    • Adriano Saadeh

      17 de outubro de 2014 em 07:18

      O pessoal fica muito ansioso pra isso e acaba fazendo merda

  3. Marvelunatico

    16 de outubro de 2014 em 23:38

    Lembro dele no Verdão, era o K9 matador. Infelizmente o nível dele caiu muito. Talvez se ele tivesse mais paciência e ficasse mais tempo no Brasil as coisas seriam diferentes, ou não e vice-versa.

    • Gabriel Frigini

      16 de outubro de 2014 em 23:42

      Bom pensamento meu caro

  4. Truta Limão

    16 de outubro de 2014 em 22:36

    a proxima ”promessa” deve ser o Douglas, do Barcelona…

    • Gabriel Frigini

      16 de outubro de 2014 em 23:41

      Risos eternos… rsrsrs

  5. Romel Pereira

    16 de outubro de 2014 em 22:14

    mas é sim mesmo pra ser jogador quando está nos altos e baixos níveis, quem desconhece sempre são patrocinadores e dirigentes. quando entra no auge e logo cai no futebol que pode ser o contrato, salário e insatisfação, mas geralmente os jogadores sofrem na pressão quando os cartolas querem.

    • Gabriel Frigini

      16 de outubro de 2014 em 23:42

      Verdade Romel!

  6. Jeff Dantas

    16 de outubro de 2014 em 22:07

    Antigamente, eu gostava bastante de futebol.. Já hoje, sou fascinado por tênis! http://www.generaccion.com/u/imagenes/67512_09_06_2012_17_54_51.jpg

    • chapolim do mal

      16 de outubro de 2014 em 22:35

      Então vá assistir os jogos de vôlei feminino principalmente com a seleção brasileira.

      • Aguiar

        17 de outubro de 2014 em 19:33

        é cada uma pata de camelo no vôlei, que vou te contar..

    • Eduardo Ribeiro

      16 de outubro de 2014 em 22:12

      É do esporte mesmo?? Ou as praticantes?

  7. Eduardo Ribeiro

    16 de outubro de 2014 em 22:04

    To cagando pro futebol… Tchau.

    • Jeff Dantas

      16 de outubro de 2014 em 22:05

      Sério,que esporte vc prefere? 🙂

      • Eduardo Ribeiro

        16 de outubro de 2014 em 22:10

        Não prefiro nenhum, eu nunca fui bom em esporte já reprovei 3 vezes em educação fisica. Eu odiava quando meus colegas de escolas me ofendiam e me julgavam pq eu nunca consegui realizar uma atividade fisica com sucesso. Para falar a verdade o unico esporte que eu acho que me indentifico é o Basquete, mas ainda assim prefiro não praticar esportes atualmente, nunca se sabe o amanhã né?

        • Adriano Saadeh

          17 de outubro de 2014 em 07:16

          Sério que já reprovou em Educação Física? E eu que pensei que isso era impossível…

          • Teemo, O Explorador Veloz.

            17 de outubro de 2014 em 09:41

            na minha escola ninguém levava educação física a sério… ate chegar um professor novo e 4 pessoas da sala reprovarem

  8. chapolim do mal

    16 de outubro de 2014 em 21:49

    Esse cara tinha o maior nível do futebol brasileiro no começo da carreira mas parece que alguma coisa dentro dele quebrou e ele nunca mais foi o mesmo.

    • Elisson Alan

      17 de outubro de 2014 em 12:06

      Ganso da vida… Se bem que dizem que ele tá voltando a jogar bem

    • Gabriel Frigini

      16 de outubro de 2014 em 23:40

      O que será que quebrou?

    • Super Choque Returns

      16 de outubro de 2014 em 22:00

      Ele sofreu várias lesões seguidas, cada jogo é um tormento, cada dividida já coloca a mão no joelho…
      Keirrison é muito talentoso, mas acho que o corpo não ajuda mais.

      • Gabriel Frigini

        16 de outubro de 2014 em 23:40

        Lesões e falta de sorte..

23 Comentários
mais Posts
Topo