Minilua

O exclusivo “Club 33”

No meio de um dos parques mais famosos do mundo, existe um lugar onde apenas homens poderosos e ricos podem entrar. Esse local, onde meros mortais jamais colocarão seus pés, é cheio de histórias e curiosidades:

A origem

Na Disneylândia, mais precisamente na “33 Royal Street”, ao lado do Blue Bayou Restaurant, existe uma porta marcada com um grande ‘33’. Lá alguns dos mais poderosos homens dos EUA passam seus finais de semana, longe da agitação de um dos parques mais movimentados do planeta.

Criado pelo próprio Walt Disney, para receber pessoas importantes, o local, orginalmente, foi concebido como um agrado aos patrocinadores do parque. A criação da Disneylândia exigia um enorme montante de dinheiro, por isso Walt ofereceu, a várias empresas, a oportunidade de anunciarem dentro do parque, em troca de ajuda financeira para a construção.

A história conta que, no dia da inauguração, 33 empresas ou empresários estavam dispostos a colocar dinheiro no projeto, sendo eles:

E foi por isso que esse clube acabou ficando conhecido como Club 33.

Mordomias

Para se tornar membro desse clube, a pessoa precisa pagar uma taxa de entrada, que pode variar entre 27.500 e 10.000 dólares. Além disso, existe uma mensalidade que vai de 3.000 a 6.000 dólares. Quem tem o dinheiro para bancar isso, ainda tem que esperar alguns anos, pois o Club 33 possui apenas 487 vagas, assim, para que um novo membro entre, um antigo tem que morrer ou deixar de ser sócio.

Obviamente, todos os membros do clube possuem acesso irrestrito ao parque, podendo até mesmo chegar antes dele abrir. Em certas datas especiais, os membros ganham shows exclusivos. O pacote de benefícios ainda tem meia dúzia de ingressos especiais por ano. Eles permitem que o sócio do clube use qualquer brinquedo sem ter que ficar na fila como todas as outras pessoas.

O que realmente é?

Apesar de existirem diversas histórias conspiratórias em volta desse clube, graças a seus membros poderosos e localização excêntrica, esse local nada mais é que um restaurante de luxo, onde ricos podem descansar perto de gente rica.

Lá dentro, além de um restaurante, existe um bar com bebidas de todos os cantos do mundo e é normal alguém pagar mil dólares por uma garrafa de um bom vinho. A decoração, pensada pelo próprio Walt Disney, conta com o trabalho de vários artistas, além disso, existem quadros dos personagens famosos da Disney, como eles eram originalmente. Para completar, vários dos móveis de lá são peças que foram usadas em filmes da Disney.

O toque final é uma sacada no segundo andar, que se abre sobre a Praça Nova Orleans, onde alguns dos principais espetáculos acontecem. Afinal, quem paga alguns milhares de dólares por mês pode assistir tudo de camarote, bebendo o que bem entender, pois, é somente dentro do Club 33 que as bebidas alcoólicas são vendidas na Disneylândia.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/