Minilua

Famosos que teriam morrido por zombar a Deus

Com o passar dos anos o número de polêmicas envolvendo mortes de pessoas famosas que supostamente teriam blasfemado contra Deus cresceu bastante.

Confira algumas das mortes mais polêmicas envolvendo famosos que teriam zombado a Deus:

 

John Lennon

O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer.  Eu não  preciso discutir sobre isso. Eu estou certo. Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo.(1966)”.

Cerca de cinco meses após esta declaração, Lenonn veio a publico para se explicar.

“[…] Se tivesse dito que a TV era mais popular do que Cristo, ninguém ia achar ruim. […] Não sou anti-Deus, anti-Cristo ou anti-religião. […] Não quis dizer que somos melhores ou maiores ou iguais a Jesus Cristo […]. O que eu disse estava errado – ou fui interpretado erradamente.”

Coincidência ou não, Lenonn morreu baleado com cinco tiros por um de seus fãs.

 

Tancredo Neves

Na ocasião da campanha presidencial, Tancredo disse que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS), nem Deus o tiraria da presidência da república. Os votos ele conseguiu, mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar posse.”

Para quem não lembra, a morte de Tancredo envolve muito mistério e diversas teorias da conspiração.

 

Brizola

No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse que aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente. A campanha, quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar.”

Brizola morreu em 2004, cerca de 14 anos após de ter feito esta suposta declaração.

 

Cazuza e o cigarrinho do capeta

Em um show no Canecão (Rio de Janeiro), deu um trago em um cigarro de maconha, soltou a fumaça para cima e disse: “Deus essa é para você!”

Cazuza morreu aos 32 anos no dia 07 de julho de 1990, de um choque séptico causado pela AIDS.

 

Titanic

Na ocasião em que foi construído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto-mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor: “O que o senhor tem a dizer para a imprensa, concernente à segurança do seu navio?”O homem, com um tom irônico, disse: “Minha filha, nem se Deus quiser, ele tomba o meu navio”. O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros no mundo.”

Nem precisa falar como acabou o Titanic.

Vale lembrar que não há comprovação de que estas pessoas teriam realmente “blasfemado”, mas coincidência ou não, estas histórias ainda causam muita polêmica pelo mundo.

Mas será que estas mortes foram resultado de blasfêmia?

Adaptado de e-farsas