Minilua

Os faróis perdidos do mundo

No mundo antigo, os faróis eram os guardiões do mar, sendo referência para todos e salvando vidas de marinheiros em diversos cantos do mundo. Hoje em dia, eles acabaram perdendo espaço para a tecnologia, transformando-se em monumentos a vontade e as batalhas humanas antigas, afinal essas obras incríveis ajudaram o homem a desbravar o planeta com mais segurança.

Por isso vamos visitar alguns desses antigos guias que ainda se mantém no mundo moderno:

Whiteford Lighthouse

Localizado na costa de Whiteford, no País de Gales, esse grande farol foi construído em 1865, com 13 metros de altura. Esse gigante de aço se mantém firme no meio de uma das maiores forças do planeta:

St. Joseph Pier

Criado originalmente em 1832, esse farol é, na verdade, um conjunto de dois. O primeiro é normal e o segundo cuida da situação em dias de neblina intensa, criando um dos melhores sistemas de farol do mundo, que foi estabelecido em sua forma atual apenas em 1904.

Outro pronto importante desse farol é que ele costuma congelar durante o inverno:

Tourlitis Lighthouse

Feito em 1897, esse farol foi alvo de bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, mas sobreviveu e foi restaurado em 1994. O que sobrou dele é uma obra incrível, pois todo o farol fica se equilibrando na pouca rocha da ilha que sobrou para a sustentação:

Lighthouse Of Fastnet Rock

Em 1853, o primeiro farol dessa ilha irlandesa foi construído, mas o projeto era ruim e ele teve que ser desmanchado. Depois, uma nova versão, feita em aço e pedra, foi erguida e continua até hoje, sobrevivendo as revoltas águas do norte: