Minilua

Os filmes mais marcantes da nossa infância

Quem nunca chorou ao ver as cenas mais marcantes desses filmes que passavam na “Sessão da Tarde” ou eram indicados pelo dono da locadora para assistir no sábado à noite? Ou depois que o filme acabava, ia pra rua imitar as cenas de ação dos filmes de luta?

Relembre:

E.T. – O Extraterrestre (1982)

A cena em que Gertie se despede do seu mais novo amigo, é um dos momentos mais tristes do filme de Steven Spielberg, que conquistou a galera nos anos 80.

 

Jogo da Morte (1978)

O inigualável Bruce Lee inspirou muitos meninos a praticar Kung Fu, Karatê, Boxe, Judô ou qualquer outro tipo de luta que possa estar relacionado aos estilos praticados pelo astro. Quem nunca se viu tentando praticar os golpes e gritando “iááá”, não sabe o que é infância.

 

Meu Primeiro Amor (1991)

É difícil não relacionar o filme a uma época na qual muitos sonhavam com o primeiro beijo (isso antes de o primeiro beijo se tornar algo tão banal). Meu Primeiro Amor, foi um clássico da Sessão da Tarde e se tornou um dos filmes mais tristes da época.

 

Cinema Paradiso (1988)

Quem não assistiu a esse filme, não sabe o que é a lembrança nostálgica de se deparar com o cinema pela primeira vez e fascinar-se com as imagens movimentando-se como se fosse mágica.

Sem falar da trilha sonora, de Ennio Morricone, que até hoje é considerada uma das canções mais emociocionantes da história do cinema.

 

O Óleo de Lorenzo (1992)

A luta de um casal desesperado para salvar a vida de seu filho, que sofria de uma doença rara e completamente deixada de lado pela medicina, nos leva a conhecer o verdadeiro amor. Baseado em uma história real, o filme foi indicado a dois Oscar.

 

Quem aí gostou de lembrar desses filmes que marcaram a infância?

Comente aí sua percepção sobre esses filmes!