Games baseados em histórias reais: Assasin’s Creed #4

Dando continuidade à série “Games baseados em histórias reais”, chegou à vez de falar de Assassin’s Creed, jogo esse que é com certeza o melhor já produzido pela Ubisoft. Admito que sou fã da franquia, tive a oportunidade de experimentar todos os títulos e garanto que todos superaram as expectativas.

A Ubisoft é com certeza a desenvolvedora de games que mais consegue criar jogos, onde o usuário percorre pelos mais diversos períodos da história da humanidade, enfrenta desafios em várias partes do mundo e acaba por sentir-se dentro do próprio Assassin’s Creed.

maxresdefault

Para começarmos, é importante entendermos os períodos históricos em que são passados cada um dos títulos da franquia. O primeiro jogo leva o jogador até a época das Cruzadas, AC 2: Brotherhood se passa na Europa da Renascença, AC: Revelations também transcorre no tempo em que renascimento imperava o velho continente, Assasin’s Creed 3 coloca o personagem principal na disputa entre ingleses e americanos, mais precisamente na Guerra Revolucionária, que acabou por garantir a independência dos Estados Unidos. Por fim, Assassin’s Creed IV: Black Flag mostra o Caribe durante o domínio espanhol, além da Inglaterra do século 18.

Como dissemos, além das épocas da história, Assassin’s Credd coloca os jogadores em comum contato com personagens históricos. Altair, por exemplo, no primeiro jogo da série interage com o Rei Ricardo, Ezio, seu sucessor, torna-se amigo de Leonardo Da Vinci e aliados de Nicolau Maquiavel, Connor é salvo por Samuel Adams (importante político norte-americano que organizou a famosa “Festa do Chá de Boston”) e depois salva a pele de George Washington.

ac creed

Diante de tantas informações, cada título da franquia oferece aos jogadores, explicações em texto que contextualizam datas, lugares e pessoas, para você não ficar perdido.

Quem nunca ficou por horas admirando Roma, Constantinopla e Istambul na ponta das mais altas torres dessas cidades? Jogar Assassin’s Creed é muito mais que apenas se divertir com um game baseado na lendária Ordem dos Assassinos, é poder viajar na história de uma maneira diferente.

Caso tenha gostado do artigo, por favor, clique em Curtir, pois isso ajuda muito na divulgação da matéria, do Minilua e também do nosso trabalho. Para completar, deixe seus comentários, a fim de que todos possam interagir e trocar ideias.

  1. Blue

    9 de dezembro de 2014 em 13:29

    Não sei se baixo AC, parece ser mais ação que stealth, mas tem cara de ser interessante.

  2. bais ou benos

    9 de dezembro de 2014 em 11:23

    Da ubisoft prefiro far cry hehe

  3. Rita Salgado

    9 de dezembro de 2014 em 01:24

    Meu filho de 12 anos é viciado no jogo…devo me preocupar?

    • Lucas Da Silva Clavijo

      22 de março de 2015 em 00:25

      claro ele vai sair enfiando faca nas costa de todo mundo… tenho 4 jogos da serie nunca quis matar ninguem e alias, com 12 anos ele já deve ter conciência suficiente para saber q n se deve agir com violência nem tentar tirar a vida de alguém sem permissão

    • Leon S. Kennedy

      9 de dezembro de 2014 em 11:54

      É só você não se vestir como templário…

      • Rita Salgado

        9 de dezembro de 2014 em 13:01

        Kkk…boa!

    • Nescarl

      9 de dezembro de 2014 em 01:26

      esconde as faca , as coisa afiada né
      só pra garantir

      • Rita Salgado

        9 de dezembro de 2014 em 01:42

        Kkkk…tá né!

  4. Frank the Rabbit

    9 de dezembro de 2014 em 00:53

    Prefiro LoL

    • Rita Salgado

      9 de dezembro de 2014 em 01:43

      Adoro seu avatar…Donnie Darko, muito bom filme!

      • Frank the Rabbit

        9 de dezembro de 2014 em 10:41

        Concordo! Já ouviu o tema do filme?
        Mad World de Gary Jules, muito boa a letra.

        • Rita Salgado

          9 de dezembro de 2014 em 10:51

          Sim…adoro a aura oitentista do filme. Gosto dos personagens. Fora que tudo parece um sonho confuso. Tenho o filme, e volta e meia assisto ele.

  5. Nescarl

    9 de dezembro de 2014 em 00:18

    esse jogo ae q faz as crianças serem assassinas na vida real é, nice

  6. Guilherme

    8 de dezembro de 2014 em 23:26

    Assassins creed é mega foda mesmo 🙂

  7. Little Uchiha™

    8 de dezembro de 2014 em 22:42

    Até hoje não joguei nenhum assassims, aliás Prince õf Persia > Assassins creed.
    Dizem q Assassins duty… Quer dizer, Creed, ta virando um call of duty da vida, dizem tbm q a BugSoft ta lançando os jogos tudo bugado.

    • Blue

      9 de dezembro de 2014 em 00:00

      Sim, daqui a pouco a Ubisoft vai lançar um AC por ano, mas essa vaca (AC) pode secar e o fazendeiro (Ubisoft) pode morrer de sede, mais uma coisa arruinada pela ganância.

  8. Greg

    8 de dezembro de 2014 em 20:42

    Pra mim é o melhor jogo… to jogando AC 3 e espero zerar rapidinho

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 20:48

      Concordo com você, um dos melhores já feitos!

  9. Greengineer

    8 de dezembro de 2014 em 20:32

    [img]http://www.thenerdmachine.com/wp-content/uploads/2012/11/1114aong.jpg[/img]

    huehue

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 20:49

      Huahuahua

  10. Luís Felipe

    8 de dezembro de 2014 em 20:27

    Eu vou zerar todos os jogos da série nem q seja daq a 10 anos, quando vai estar bem mais acessível ($).

    • Luís Felipe

      9 de dezembro de 2014 em 00:16

      Vcs mandam baixar, mas d q adianta se n tenho um pc q suporte?
      Comprei recentemente um com 2Gb de RAM e processador i3, a placa de vídeo eu tô com preguiça de olhar, mas acho q n vai dar pra instalar o Black Flag, muito menos o Unity.
      Já zerei o do Altair, vou zerar o primeiro do Ezio agr nas férias e instalar o segundo.

    • Blue

      8 de dezembro de 2014 em 23:56

      Use a Steam, uma loja de jogos onde você pode comprar qualquer jogo para PC por preços muito pequenos, só esperar alguma promoção especial que fica tudo baratinho, mas já vou avisando que depois de passar uma dessas super promoções você vai entender porque as mulheres compram tantas coisas.

      • Luís Felipe

        9 de dezembro de 2014 em 00:21

        Eu conheço a Steam.

    • Raul Seixas

      8 de dezembro de 2014 em 23:44

      ThePirateBay filho

      • Luís Felipe

        9 de dezembro de 2014 em 00:21

        Eu conheço ThePirateBay.

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 20:49

      Baixa na net manoo!!

      • Luís Felipe

        9 de dezembro de 2014 em 00:22

        Eu conheço a net.

      • Little Uchiha™

        8 de dezembro de 2014 em 22:38

        É por sua culpa q o Brasil não vai pra frente(2)

  11. chapolim do mal

    8 de dezembro de 2014 em 19:22

    Eu gosto muito dos jogos mas eu prefiro os livros, um amigo meu emprestou o revelações, irmandade e o das cruzadas secretas e os outros dois eu comprei pela internet.

    • Jeff Dantas

      8 de dezembro de 2014 em 19:56

      Aeeeee simmm, que estilo vc prefere? 🙂

      • chapolim do mal

        8 de dezembro de 2014 em 20:41

        Gosto desse estilo stealth e também revoluções por isso gostei muito do AC.

        • Blue

          8 de dezembro de 2014 em 23:52

          Curte stealth? existem vários jogos com mais stealth que AC, Skyrim é um exemplo, mesmo sendo um jogo de RPG.

        • Gabriel Frigini

          8 de dezembro de 2014 em 20:48

          Sim sim!

  12. DCemblemático

    8 de dezembro de 2014 em 18:54

    Uma historia real que foi baseado em um jogo
    [img]http://portalclick.com.br/portalclick/wp-content/uploads/2013/08/matou-os-pais-300×257.jpg[/img]
    He-he-he

    • Little Uchiha™

      8 de dezembro de 2014 em 22:36

      Usar de falecidos pra like q isso?

    • Jeff Dantas

      8 de dezembro de 2014 em 19:57

      Em outras palavras, o olhar da desconfiança… 🙂

    • Eros

      8 de dezembro de 2014 em 19:00

      Sei que aqui é um site de zuera, sei que estou sendo até imbecil, mas para mim brincar com essa historia, por tudo que ocorreu nela, é o cumulo.

      • DCemblemático

        8 de dezembro de 2014 em 20:31

        Verdade, deixa so eu matei os meus pais aqui, depois conversamos he-he-he

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 18:58

      humor negro

  13. Eros

    8 de dezembro de 2014 em 18:53

    Uma pessoa normal jogando Assassin’s Creed, só para se mostrar para seus amigos, querendo ser o play-boyzinho, só querendo chamar atenção é tachada de normal.

    Um pessoa que sofre bulling, não tem nenhum tipo de amigo, não tem contato com os proprios pais, mesmo eles morando na mesma casa que ele e que mesmo assim é um pessoa amorosa, sentimental, que quer ajudar todos. É tachada de um louco, que está jogando só para aprender como matar os outros. Mesmo qurendo só descontar todo o seu sofrimento, angustia, solidão, em um jogo.

    Esse é o nosso mundo onde é normal estrupar, matar, roubar, agredir. E estudar, pegar um livro buscando mais conhecimento. Ganhar algo de alguém e dizer OBRIGADO. Vê alguém sofrendo e ir consolar. Falar o quê pensa sem ter medo. Buscar o melhor para os outros mesmo não recebendo nada em troca. Uma pessoa que tem pelo menos um desses atributos é tachada de idiota.

    Viver nessa hipocrisia é o pior desafio que um verdadeiro humano pode encontrar

    • Gabriel Moritz

      18 de fevereiro de 2015 em 01:56

      Concordo com você. Qndo eu estava no ensino médio, costumava levar livros pra escola e lia na sala de aula… qndo todo mundo ficava fazendo bagunça na hora de fazer os exercícios em sala, eu fazia… e por isso sempre tive poucos amigos na escola. Na verdade isso acontece porque nós vivemos um processo muito sério de inversão dos valores e de glamourização da burrice e da ignorância, amigo.

    • Well Silva

      9 de dezembro de 2014 em 15:24

      faço parte dos play boy *-* kkk

    • Nescarl

      9 de dezembro de 2014 em 00:05

      q q tu ta falando ,amg

    • Luís Felipe

      8 de dezembro de 2014 em 20:24

      Eu estudo e pego livros buscando conhecimento, mas nunca fui chamado de idiota por causa disso.
      Se quiser ser o primeiro, fiq à vontad.

      • Frank the Rabbit

        9 de dezembro de 2014 em 00:50

        Idiota!
        O que estou fazendo? Sempre fui o estranho da sala por levar livros pra ler na Escola…

      • Blue

        8 de dezembro de 2014 em 23:47

        Eu também, na verdade me chamam de nerd, inteligente, curioso e louco, toda essa fome de conhecimento reflete nas minhas notas e eu sempre passo com notas muito boas, então se alguém me chama de idiota é inveja mesmo.

    • chapolim do mal

      8 de dezembro de 2014 em 19:16

      Também, você tá estrupando o português.

      • Eros

        8 de dezembro de 2014 em 19:56

        Não se escreve “tá” se escreve “está”. Melhor estudar mais para depois corrigir os outros.

        • chapolim do mal

          8 de dezembro de 2014 em 20:40

          Uma coisa é falar tá quando se fala coloquialmente agora falar/digitar estrupar é demais.

    • DCemblemático

      8 de dezembro de 2014 em 18:56

      [img]http://portalclick.com.br/portalclick/wp-content/uploads/2013/08/matou-os-pais-300×257.jpg[/img]
      He-he-he

      • Gabriel Frigini

        8 de dezembro de 2014 em 18:58

        humor negro 2

  14. Rafael Marx

    8 de dezembro de 2014 em 18:27

    Gostei de todos os jogos de Assasin’s Creed que joguei, apesar que só joguei versões para celular como Reveletions e Brotherhood

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 18:57

      Também gosto bastante! AC é top!

  15. Câncer da Web

    8 de dezembro de 2014 em 18:23

    “… admirando Constantinopla e Istambul…” Buguei.

    • Greengineer

      8 de dezembro de 2014 em 20:35

      [img]http://img0.joyreactor.com/pics/post/funny-pictures-assassintime-auto-games-381358.jpeg[/img]

      Buguei também…

      • Gabriel Frigini

        8 de dezembro de 2014 em 20:48

        Eu expliquei rsrsrs

        • Greengineer

          8 de dezembro de 2014 em 22:30

          Não podia perder a piada kkk

    • Gabriel Frigini

      8 de dezembro de 2014 em 18:57

      Em cada um dos jogos, os dois lugares, embora sejam os mesmos, são retratados de formas diferentes. Por isso da vista diferente.

59 Comentários
mais Posts
Topo