Games baseados em histórias reais: Call of Duty #7

Vamos para mais um capítulo da série “Games baseados em histórias reais”, o escolhido de hoje é nada mais nada menos do que Call of Duty, uma franquia de jogos de tiro em 1ª pessoa que fez e ainda faz muito sucesso em todas as partes do mundo.

Todo mundo já deve ter jogado esse incrível game que mistura ação, história e muitos tiros. O grande trunfo do jogo está em reunir a ficção e a realidade em um único lugar, visto que diversos cenários de Call of Duty são fantasiosos, mas representam épocas ou momentos importantes da história.

800px-Call_of_Duty_1

Em seus primeiros títulos, Call of Duty possuía o roteiro e os cenários focados na Segunda Guerra Mundial, onde o jogador tinha a honra de reviver algumas das batalhas que ficaram marcadas na história.

Normalmente o personagem principal é um soldado russo, americano ou britânico e algumas das batalhas são a Batalha da Normandia por parte dos Estados Unidos, a Batalha de Stalingrado na Rússia (Call of Duty 2), Batalha de El Alamein (Call of Duty: Finest Hour), Operação Market Garden, Campanha da Itália, a Batalha do Rio Escalda e a Operação Varsity (Call of Duty: Roads to Victory). Existem outras guerras bastante conhecidas, assim como personagens da história que também aparecem nesses primeiros títulos de COD.

Para exemplificar essa mistura de ficção e realidade, basta lembrar de algumas batalhas fictícias que acontecem em lugares reais. Cenários como Afeganistão, Aeroporto Internacional Sheremetyevo, Cazaquistão e Washington D.C são alguns exemplos.

0931577

A fase que se passa no Rio de Janeiro é o melhor e maior exemplo da mistura entre ficção e realidade, uma vez que você é um soldado americano invadindo uma favela localizada na Cidade Maravilhosa. Essas épocas mais modernas e atuais estão presentes no títulos mais recentes da franquia.

Para finalizar, Call of Duty: Black Ops se passa nas batalhas da Guerra Fria onde são representados alguns dos cenários dos anos 60. Laos e Khe Sanh são alguns deles, que na verdade mostram a Guerra do Vietnam. Algumas fases em Cuba e também no Ártico ilustram essa parte da história.

Gostou do artigo? Clique em Curtir!

  1. Vinicius de Oliveira

    23 de janeiro de 2015 em 11:07

    devia conseuir invadir brasilia

  2. Célio Padua

    20 de janeiro de 2015 em 21:51

    Desculpe mas Operação Market Garden seria medal of honor (Vanguard ou Front line) tirando essa observaçao call of duty e excelente jogo desde os ps2 (joguei todos rsr) ps3 entao nem se fala neh pessoal e sua trilha sonora espetacular

  3. Blue

    20 de janeiro de 2015 em 02:52

    Sempre a mesma coisa, chato, é só pegar uma arma e sair atirando, é só um jogo de tiro, não um jogo de guerra e estratégia como TF2 e Planetside 2, é divertido para passar o tempo, mas não é meu estilo.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:39

      entendo você Blue

  4. Ana Vitória Almeida da Sliva

    19 de janeiro de 2015 em 22:47

    curioso.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:39

      obrigado!

      • Ana Vitória Almeida da Sliva

        20 de janeiro de 2015 em 22:02

        dei uma curtida no seu comentário. 😉

  5. Jeff Dantas

    19 de janeiro de 2015 em 22:12

    Oh céus, se está quente em SP, imagina no RJ!! 🙂 PS: Ainda mais, com um colete assim: http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2015/01/0931577.jpeg

    • Mutley

      21 de janeiro de 2015 em 11:27

      Se você tem pena dele , devia ver os carteiros aqui da minha cidade , os caras trabalham vestindo manga longa num calor de 40º.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:39

      risadas eternas Jeff!!!

  6. Slim Shady (Eminem)

    19 de janeiro de 2015 em 20:04

    Call of Duty, po, joguei um monte/
    Joguei não… Pq jogo até hoje/
    Era só headshot, e o capacete vai abaixo/
    Só não digo se era meu, pq não vem ao caso/
    Mas eu acho interessante/
    Não era só COD, tinham outros viciantes/
    Medalha de honra, conquista, vitória/
    Aprendi mais la, de guerra, que na aula de história/
    Ha, e não me levem a mal/
    Mas tomara q n precise de mais um… Pra 3ª Mundial/

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:38

      true history

  7. Little Uchiha™

    19 de janeiro de 2015 em 19:03

    Como eu disse tempos atrás, a batalha de stalingrado travava meu PC todo, era muito tiro.
    Cod deveria voltar com segunda guerra pq o último bom foi o mw3.

    • Vinicius de Oliveira

      23 de janeiro de 2015 em 11:08

      nunca joguei no stalingrado e outra versao do cod 2 ?

      • Little Uchiha™

        23 de janeiro de 2015 em 18:08

        É no primeiro.

    • Mutley

      21 de janeiro de 2015 em 11:04

      É fato ! , pode não parecer mas comecei a jogar CoD por puro interesse histórico , a cada fase tinha um documentário que falava sobre os próximos acontecimentos , não que isso fosse único da franquia , pois Medal of Honor já trabalhava nessa área a muito mais tempo , mas Call Of Duty tinha algo especial ,como a maneira de contar as histórias , por exemplo , me lembro que em CoD WoW eles montavam esquemas com mapas explicando por onde atacaria os aliados , as fortificações , localização dos inimigos , aquilo era muito foda.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:38

      pois é!

  8. FunkyMiniluaCat

    19 de janeiro de 2015 em 17:56

    Se vc não sabe inglês nunca irá aprender história com call of duty… Vai me dizer que não pulavam a cutscene para ir direto a fase…huehue^^

    • Mutley

      21 de janeiro de 2015 em 11:20

      Eu não , acabava as missões e eu já esperava ansioso pelos cut-scenes , fora que elas te diziam muito de como seria a missão seguinte.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:38

      quem nunca?

  9. Miles Prower

    19 de janeiro de 2015 em 16:56

    COD deixou de ser uma franquia de jogos. Pra mim, não passam de updates, sem renovação.

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:37

      hmm, polêmica

  10. chapolim do mal

    19 de janeiro de 2015 em 16:21

    O DC deve fazer parte dessa fase do Rio de Janeiro.
    Mas battlefield>>>>> COD desde o play2.

    • Mutley

      21 de janeiro de 2015 em 11:15

      Se analisarmos o suporte de combate que tinha Battlefield 2 em Modern Combat como carros ,helicópteros , tanques fora armamentos e contando também o fator estratégia ,com certeza ele daria um banho em CoD , só que CoD é superior em emoção e fator histórico (era .. pois agora a franquia só vende histórias fictícias) .

    • Gabriel Frigini

      20 de janeiro de 2015 em 16:37

      oo

    • DCemblemático

      19 de janeiro de 2015 em 20:27

      Eu que criei a fase do Rio se Janeiro u.u he-he-he

      • Gabriel Frigini

        20 de janeiro de 2015 em 16:38

        omg

      • Jeff Dantas

        19 de janeiro de 2015 em 22:12

        Hahahahha ate q ficou legal!! ^^

32 Comentários
mais Posts
Topo