Games que viraram filmes: Mortal Kombat #4

mortal_kombat_logo

Dando segmento a esta série, hoje falaremos de um dos melhores filmes baseado em jogos de que se tem noticia, afinal de contas na época em que foi lançado o filme de Mortal Kombat, foram utilizados alguns dos melhores efeitos especiais que existiam.

Assim como Sonic está para Mario, a rivalidade entre os jogos de luta dos anos 90, Street Fighter e Mortal Kombat não seria diferente, um ano após o lançamento do longa do seu “arqui-rival”, Mortal Kombat estreou nos cinemas (no ano de 1995).

mortal_kombat_1995_img_3

Uma das coisas que mais chamaram a atenção e agradaram tanto o público quanto a crítica, é que no filme foi retratado com fidelidade (coisa rara de se ver até hoje em dia) a aventura dos guerreiros da Terra no misterioso torneio de artes marciais para decidir o futuro do planeta, onde Shao Kahn, imperador do Reino de Outworld, deseja anexar a Terra à seu império.

O título ainda gerou mais um longa no ano de 1997, intitulado Mortal Kombat: A aniquilação e algumas séries, porém estes não obtiveram o mesmo êxito do primeiro filme.

mortal_kombat_movie




mortal-kombat-armageddon-20060224031701528




Trailers:




  1. Bardock

    14 de abril de 2013 em 00:39

    O segundo filme é uma desgraça, mas o primeiro é até aceitavel.

    • Cosme Aquino

      7 de setembro de 2013 em 22:08

      Tem razão ,a começar pelo Smoke que solta misseis do toráx(os panacas acabaram esquecendo q essa habilidade é do Sektor) , quando na verdade o mesmo dispara um tipo de arpão semelhante ao do Scorpion (porém com 1 tridente na ponta) como é mostrado nos jogos da saga MK e aquilo q o Rainden e o Shao Khan são irmãos , nada a ver . MK Aniquilação foi 1 fiasco

      • Cosme Aquino

        7 de setembro de 2013 em 22:11

        Esclareco desde já q o mesmo que eu digo é o Smoke

  2. Willy Nery

    2 de novembro de 2012 em 20:45

    o filme mais fiel que eu assisti

  3. Alex Santto

    30 de dezembro de 2011 em 22:59

    O que fez esse filme funcionar é que não tem papo-furado. É um filme baseado em games de lutas ? Então vamos mostrar lutas, nada de enrolações e presepadas como Street Fighter. Se todos os cineastas fossem menos megalomaníacos, o mundo do cinema seria um lugar muito melhor… Toda arte, em sua essência É ENTRETENIMENTO, não a expressão do ser ou qualquer merda parecida que esses caras inventam …

  4. leodambrowski

    3 de outubro de 2011 em 21:03

    Gostei. 

    Adoro o site , parabéns.

  5. Thiago Rodrigues

    10 de janeiro de 2011 em 03:11

    Esse foi o primeiro filme que eu vi no cinema…

    Bom demais da conta!

  6. Diego Martins

    12 de novembro de 2010 em 18:22

    Tirando Silent Hill, essa é a melhor adaptação que já houve.

    Muito foda demais, olhei milhares de vezes esse filme, muito bom demais

  7. Santista

    12 de novembro de 2010 em 17:36

    Esse filme é mto bom, acho q é o melhor dos baseados em games. Fiel a história original e com uns atores bons, como o Highlander Christopher Lambert. Esta série dos games que viraram filmes está bem legal

  8. BRUNO LIMA

    12 de novembro de 2010 em 15:11

    EU ME LEMBRO DE QUANDO EU ASSISTI ESSE FILME NO SBT. MUITO LEGAL!

    PS? EU PREFIRO “MORTAL KOMBAT” DO QUE “STREET FIGHTER”. TALVEZ SEJA PELOS CENÁRIOS E CLIMA OBSCURO, COM UM TOQUE DE SOMBRIO, SEI LÁ! 

    • Adriano Saadeh

      12 de novembro de 2010 em 16:03

      Sim! A violência contida em Mortal Kombat é simplesmente fascinante… 

    • Felipe Rocha

      12 de novembro de 2010 em 15:32

      Tambem assisti e me lembro quando passou no sbt e parece que passou 2 mais em epocas muito distantes e também prefiro o mortal kombat do que o street fighter talvez pelas coisas mais sobrenaturais.

  9. Eduardo de Paulo Uliam

    12 de novembro de 2010 em 14:42

    Acredite ou não, mas eu ainda tenho o filme em VHS

    • Guilherme

      6 de fevereiro de 2012 em 21:19

      Que da hora, vc tem muita sorte… sou viciado em MK e prefiro mil vezes o primeiro filme… Aniquilação pecou pela falta de originalidade e inovação… 

14 Comentários
Topo