Gatos: Toma, um cadáver de presente

Todos – ou quase todos - os miniluáticos sabem que gatos são tão importantes nas matérias quanto os próprios usuários – zoa - Pois, são fontes intermináveis de curiosidades o que só nos fomenta a pesquisar mais e mais sobre esses bichanos.

gatos-comportamento-subindo-arvore-ethos-psicologia-animal

Os gatos são realmente animais fantásticos, porém, como todo o animal de companhia humana – não mais de estimação, pois o termo mudou – eles possuem alguns hábitos irritantes, de certa forma, e até mesmo alguns nojentos. Gostam de afiar suas unhas em estofados ou andar se esfregando nas coisas ou em você, quando está fazendo algo importante e realmente não pode dar a devida atenção à eles. Mas, suponho que o pior hábito desse animal é trazer carcaças de bichos mortos à sua porta ou a sua frente. Afinal, por que eles fazem isso?

Um estudo realizado nos EUA e publicado pela revista Nature Communications, apontou que os gatos exterminam cerca de 1,3 e 4 bilhões de pássaros e entre 6,3 e 22,3 bilhões de mamíferos de pequeno porte por ano, somente no país.

A resposta para essa questão nos faz levantar hipóteses sobre o comportamento social desses animais. Será que matam por prazer de ouvir os gemidos sussurrativos de dor e só deixam os restos na sua frente como forma de ameaça? – tipo, Oh, ou me trata bem ou já sabe! - ou será que há mesmo uma questão evolutiva por trás disso?

gato-brincando-rato

Gatos possuem todas as características evolutivas para serem predadores eficientes, com velocidade, garras, dentes afiados, visão noturna, patas silenciosas e agilidade. Mesmo que domesticados eles mantiveram esses atributos de caça selvagem de seus ancestrais cerca de 10.000 anos atrás, assim como a capacidade de ingestão de carne crua e fresca. Ou seja, não importa quanto tempo se passe e quanto você os mime com roupinhas e frescurinhas, eles nunca perderão esse extinto predatório.




Mamães sempre ensinando

Gatos aprendem por experiências e quase sempre são criados por suas mães – os casos que não ocorrem esse fenômeno das carcaças moribundas provavelmente são gatos órfãos – que consistem em ensinar os pequenos a cuidar de si mesmos e obviamente a forma de capturar suas presas. Elas os educam gradualmente, primeiro trazem presas mortas para eles comerem, em seguida presas vivas, porém agonizando, para a prole matar e quando elas perceberem que estão prontos, elas os levam juntos para demonstrar como realizar a tarefa.

gata_filhote_beijo1024

Visto que gatas são mais aptas a trazerem essas “oferendas” para dentro de casa, a explicação mais aceita é que elas estão nos ensinando habilidades de caça. Isso mesmo, elas nos consideram péssimos predadores. Também é plausível que elas apenas estejam nos oferecendo um presente.

Convenhamos que a primeira explicação seria a mais razoável! Gostou? Comenta aí!

  1. Elyane

    19 de agosto de 2015 em 19:36

    Post muito interessante, sempre recebi cadáveres como se fosse um presente, não sabia que eles estavam me ensinando a caçar, fui uma péssima filha, normalmente tomava a caça deles e dava uma palestra de que não podiam matar os outros bichinhos mesmo as baratas. Mais um motivo para amar gatos inteligência e extinto de sobrevivência.

    • Elyane

      21 de agosto de 2015 em 19:37

      *instinto

    • Paulo Tozetti

      21 de agosto de 2015 em 14:32

      Extinta está sua inteligência

      • Elyane

        21 de agosto de 2015 em 19:36

        Desculpe meu erro de português grotesco mas não precisava me ofender garoto 😉

  2. Willyam Ricardo

    19 de agosto de 2015 em 19:32

    Se eu fosse escolher ser uma animal eu seria um gato , ah não ,eu já sou um 😉 kkk

  3. Lynn Rock

    19 de agosto de 2015 em 14:21

    adooro gatos, são meus animais preferidos e acho demais, são independentes e sinceros, mais parecidos comigo do q os cachorros, que tbm adoro, mas gatos são número 1 no meu coração. já recebi “presentinhos” como esse dos meus.

  4. Caciano Genz

    19 de agosto de 2015 em 09:28

    eu nem sabia que gados traziam animais mortos para humanos, mas ja observei o habito de uma gata aleijar um perea para os filhotes aprender a matar…

  5. Leucothea a Ninfa

    19 de agosto de 2015 em 09:20

    Coisa mais linda do mundo acordar com um cadáver de barata no colchão que seu miumiu trouxe de presente kkk, acho que é a única coisa que incomoda, o resto e só amor por esses bichanos <3

  6. Felino

    19 de agosto de 2015 em 08:14

    Bem, dessa eu já sabia, mas vou aproveitar a matéria pra falar de gatos
    Os gatos são animais mega fodas, inteligentes e curiosos… eu tenho uma gatinha em casa que me segue onde quer que eu vá, se eu entrar no banheiro e não trancar a porta ela abre, quando eu saio de casa ela fica paradinha na porta esperando quantas horas for preciso até eu voltar e ela pular no meu colo… Não consigo sentar 2 minutos no sofá sem ela aparecer sem + nem – e pular no meu colo… Ela também não fica enchendo o saco quando eu to comendo carne, quando eu vou almoçar ela desaparece, ela só come ração e capim…
    Mas minha suspeita de ela ser tão carinhosa e educada assim é porque eu tinha adotado ela da rua, e ela já tinha uns 5 anos quando eu peguei pra cuidar, então provavelmente ela já teve outro dono, e esse dono deve ter maltratado muito ela pra ela ficar tão medrosinha de fazer coisas erradas…

    • Coxinha Sensual

      19 de agosto de 2015 em 16:56

      GATO É O BICHO MAIS FODÁSTICO DA HUMANIDADE

  7. André Silva

    18 de agosto de 2015 em 20:06

    E falando em gatos, cade o Jeff, meu filho?

    • Felino

      19 de agosto de 2015 em 08:02

      Esse site anda meio estranho ultimamente, não ta sendo o Diego que postando treta religiosa, Não ta sendo o Jeff que postando sobre gatos, Não ta sendo o Jefão também que ta postando putaria… não sei o que pensar!

      • Caciano Genz

        19 de agosto de 2015 em 09:30

        eu tentei roubar o cargo dele, mas juro que não consegui!

  8. André Silva

    18 de agosto de 2015 em 19:22

    Que fofos, nos consideram como filhos S2

  9. Romulo Augusto

    18 de agosto de 2015 em 18:49

    É uma pena um animal ser tão bom em questão de sobrevivencia caça etc etc, mas ser tão pequeno a ponto de qualquer animal mais agressivo e um pouco maior que ele, ja poder dar um fim no gato.

    • Felino

      19 de agosto de 2015 em 08:16

      Coragem não falta, eu já tive um gato que nunca teve nenhum contato com selvageria nem nada, mas ele caçava e trazia pra casa pombos, passaros, arranhava até sangrar os cachorros que mexiam com ele, uma vez ele até deu um apavoro em um cavalo que tava passando na frente da minha casa kkkkkkk

16 Comentários
mais Posts
Topo