Minilua

Grandes craques brasileiros: Pelé #2

– Edson Arantes do Nascimento é natural de Três Corações, Minas Gerais. Criado em família humilde, ele é filho de Celeste Arantes e João Ramos do Nascimento.

– Seu primeiro nome, uma clara referência a Thomas Edison. Famoso inventor, ele é responsável por inúmeras criações, entre as quais: a lâmpada elétrica e o fonógrafo.

– No futebol, o jogador iniciaria sua carreira ainda jovem. Prova disso, aliás, foi a sua primeira participação, aos 11 anos de idade, na cidade de Bauru.

– Já em alta, a criação de seu próprio clube: o “Sete de Novembro”. Diferenciada, a agremiação contaria com uma série de apoios, em especial, o do pai do jogador, Dondinho.

– Sem grandes investimentos, o time se sobressaia aos poucos. Em parte, por sinal, devido aos furtos na Estrada de Ferro Noroeste.

– No município paulista, o atleta ainda passaria pelo modesto Baquinho. Dava-se, a partir daí, o primeiro passo rumo ao Santos Futebol Clube.

– Na equipe, faz a sua estreia no ano de 1956. Em alta, dez meses depois, já disputa a primeira partida pela seleção brasileira.

– No Santos, por sua vez, ganha cada vez mais projeção. Ainda no clube, a conquista de seu primeiro título em 1958.

– Naquela ocasião, a vitória inequívoca contra o São Paulo Futebol Clube, e a artilharia recorde, com 58 gols ao todo.

– As conquistas não paravam por aí. Muito pelo contrário. Na década de 60, por exemplo, diversas foram as conquistas. Entre as quais: a Copa Libertadores da América e o Bi-Campeonato Mundial (1962-1963).

-Anos mais tarde, novos jogadores são incorporados. Dentro do contexto, as presenças de Clodoaldo, Edu e Abel.

– No auge da carreira, a sua suspensão de uma guerra. O fato, aliás, apenas mais uma prova do talento e da genialidade de Pelé.

– Nos anos 70, a sua mudança para o chamado New York Cosmos. Neste, a sua participação relâmpago entre os anos de 1975 e 1977.

– De volta ao Brasil, passa a se relacionar com a modelo Xuxa Meneghel. Do relacionamento, a ascensão profissional desta, e o incremento de programas nas Redes Manchete e Globo.

– Atleta do século, Pelé, ainda seria Ministro dos Esportes. Sua atuação, de 1995 a 1998, na presidência de Fernando Henrique Cardoso.

– Atualmente, a sua popularização em programas esportivos. Na TV aberta, a sua difusão nos tradicionais “Mesa Redonda” e “Terceiro Tempo”.

Curiosidades

– Ao todo, quatro Copas foram disputas pelo jogador. São elas: 1958 (Suécia), 1962 (Chile), 1966 (Inglaterra) e 1970 (México).

– Na última, a sua consagração total, culminando, pois, na conquista da Jules Rimet.

– No Brasil, o craque faria duas despedidas: A primeira, e mais conhecida, no estádio do Maracanã, em 18 de julho de 1971.

– Respeitado em todo mundo, Pelé, é ainda pai de sete filhos. O mais conhecido, aliás, é Edinho, ex-goleiro do Santos.

– Em sua carreira, mais de 1000 gols foram marcados. Soma-se a isso, a maior artilharia na seleção brasileira (95 gols) e no Santos Futebol Clube (126).

– No México, a sua disseminação constante, em especial, diante do mestre Roberto Gómez Bolaños.