As grandes falácias modernas #2

Nós vivemos na Era da Informação e da liberdade de expressão, por isso muitos temas que antes eram “indiscutíveis” acabaram se tornando tema de acalorados debates. Porém muitas pessoas cometem falácias na hora de defenderem seus pontos de vista, algo que não deveria acontecer.




O que é uma falácia?

gelo

Muitas pessoas usam falácias diariamente, porém não sabem o que é isso. Uma falácia é um argumento “furado”, que parece fazer sentido, mas não faz. Por exemplo: O aquecimento global é uma mentira, pois o inverno nos EUA foi extremamente frio.

A princípio, isso parece fazer todo o sentido, porém é um argumento completamente errado. O fato de um ponto do planeta ter passado por um frio intenso, não invalida o aquecimento global, pois, como o próprio nome diz, estamos falando de algo que afeta todo o planeta e não apenas um lugar, no caso os EUA.

Existem diversos tipos de falácias, das mais simples, as mais elaboradas, por isso vamos conhecer algumas clássicas:




Argumentum ad verecundiam

91865ed8680fdbba92b1065c234ba09582ccc665704fe87ea7b5755e5685b47a

Conhecido também como apelo a autoridade, o Argumentum ad verecundiam é um dos mais usados em discussões, pois ele parece ser um ótimo argumento, mas, na verdade, é uma grande furada.

Seu foco consiste em usar o nome de alguém famoso, importante ou inteligente para dar suporte a uma ideia. Um dos exemplos mais clássico de argumento é muito usado por mães e pais. Em algum momento, você deve ter ouvido: “Ele é vivido, sabe bem o que está falando.”

O fato de uma pessoa ter mais experiência, não torna sua resposta automaticamente correta. O mesmo ocorre com grandes mentes. É muito comum pessoas citarem Einstein em argumentos, como se tudo que ele tivesse dito na vida estivesse correto. Contudo, a opinião dele só é válida como autoridade em um assunto quando estamos falando de física e, mesmo assim, outras opiniões precisam ser levadas em conta.

Ainda existem outras variações desse argumento, muito usado em mesas de bar: “Eu ouvi que fulano falou”, ou “Uma pesquisa disse”. E quando essas pessoas são perguntadas sobre quem era o fulano e qual a fonte da pesquisa, elas ficam se resposta. Esse argumento é conhecido como apelo a autoridade desconhecida.




Complexo do pombo enxadrista

post-img-pombo-enxadrista1-610x230

De repente você está discutindo com uma pessoa e ela fala: “Não quero mais saber, eu sei que estou certo e ponto.” Esse é o famoso pombo enxadrista. Esse tipo de argumento, nada mais é que uma pessoa que se cansa da discussão (onde ela normalmente está perdendo) e sai gritando que venceu, mesmo que seus argumentos sejam ruins ou não passem de falácias.

Essa expressão foi cunhada por Scott D. Weitzenhoffer, enquanto comentava o livro “Evolucionism Vs Creationism: An Introduction (Evolucionismo Vs Criacionismo: Uma introdução”. Em seu comentário, ele disse: “Debater com criacionistas sobre o tópico evolução é comparado a tentar jogar xadrez com um pombo – ele derruba as peças, defeca no tabuleiro e volta voando pro seu bando para cantar vitória.”

Ou seja, o ponto enxadrista é aquela pessoa que usa argumentos ruins ou idiotas e, mesmo assim, acha que está “ganhando”. E quando cansa de discutir, sai cantando vitória.




Inversão do ônus da prova

10959551_728235770616965_3520699370866958887_n

Essa falácia é clássica, principalmente em questões sobrenaturais. Quando uma pessoa faz uma afirmação, é seu dever provar o que está dizendo. Esse conceito é tão bom e simples, que é usado pela justiça em todo o mundo. Quando alguém é acusado de um crime, essa pessoa é considerada inocente até que se prove o contrário, pois quem acusou é quem tem a obrigação de provar sua acusação.

Digamos que alguém chegue em você na rua e fale: “Eu tenho um milhão de dólares no meu bolso.” A pergunta é: Quem deve provar que ele tem o dinheiro? Você ou ele, quem está contando a história. Obviamente ele, afinal a afirmação inicial não foi sua.

Esse argumento é muito usado por religiosos, que afirmam a existência de deuses. Como normalmente a única coisa que usam para suportar essa ideia é a fé, que é a falta de provas, eles tendem a dizer que os não crentes devem provar que os deuses não existem. Mas como a afirmação da existência de um ou mais deuses é uma premissa religiosa, quem realmente deve provar algo são eles, que fizeram a afirmação inicial.

  1. Cláudio Carvalho

    20 de setembro de 2015 em 20:31

    Vim aqui achando que isso era uma matéria séria, sobre as variadas falácias lógicas. Mas é só chilique de ateu com os religiosos!

  2. Riddle Boy®

    10 de fevereiro de 2015 em 14:53

    Jeremias 29:13
    Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.

    Provérbios 2:4, 5
    Se buscares a sabedoria… como a tesouros escondidos a procurares, então…acharás o conhecimento de Deus.

    O argumento de que não existem vacas voadora é porque tudo sabe que não exitem vacas com asas e que muito menos sabem voar, o mesmo vale para unicórnios rosas pelo simples fato que a Bíblia não fala de unicórnios mas de Deus.

    • Riddle Boy®

      10 de fevereiro de 2015 em 15:02

      temos evidencias que vacas voadoras não exitem, mas não temos evidencias contraria a existência de Deus…

      • Diego Martins

        12 de fevereiro de 2015 em 15:34

        Quais evidências?

        • Riddle Boy®

          12 de fevereiro de 2015 em 20:59

          Como se precisasse de evidências… você já viu uma vaca voando?

          • Diego Martins

            12 de fevereiro de 2015 em 21:05

            Você já viu deus? Se sim, qual prova que tem?

          • Riddle Boy®

            12 de fevereiro de 2015 em 21:12

            Não existe evidências de que Deus existe e nem que Deus não existe…

          • Diego Martins

            12 de fevereiro de 2015 em 21:14

            Não existe evidência para algo não existir. Se não existe evidências de que ele existe, assume-se que é irreal. Caso contrário teríamos que acreditar em tudo.

            E como faltam evidências de existência para deus e outras criaturas mitológicas, as pessoas não perdem seu tempo acreditando neles.

          • Abominável Palhaço Triste

            12 de fevereiro de 2015 em 22:10

            E se a gravidade não existir, e se o universo girar em torno de uma rosquinha saltitante, e se as vacas voarem, e se Deus existir? Não vejo motivo para não acreditar em tudo isso.

          • Diego Martins

            12 de fevereiro de 2015 em 22:28

            Cada louco acredita no que quer, mas a realidade não depende da sua crença.

          • Garota Infernal

            12 de fevereiro de 2015 em 21:17

            Aproveitando a oportunidade, eu gostaria de lhe fazer uma pergunta. Diego, você tem medo da inexistência? Não de Deus, mas da sua inexistência. Como ateu como deve estar pronto para reconhecer que o ser humano não se passa de matéria, logo na sua morte o que vai haver é uma eterna solidão sem memórias ou a capacidade de sentir e pensar, nada. Você está preparado para essa realidade?

          • Diego Martins

            12 de fevereiro de 2015 em 22:27

            Sim, qual é o problema com isso?

          • Garota Infernal

            12 de fevereiro de 2015 em 22:45

            Sim o que? Admite que tem medo? Na verdade você não deveria ter medo de nada, tudo é permitido, na verdade nem deveria se preocupar com nada afinal não importa se você é um rabino ou um terrorista, vai acabar sozinho, concorda? Neste caso você não deveria se importar tanto se os outros creem ou não. Me desculpe, mas você age como se se preocupasse quando na verdade você pode até mesmo comer um bebê, você pode colocar fogo num prédio, pode roubar o dinheiro que quiser! Então me diga, por que se preocupa tanto?

          • Diego Martins

            12 de fevereiro de 2015 em 22:55

            Sim, eu estou preparado para realidade.

            Eu devo me importar, porque já está mais do que provado que religião são péssimas na sociedade. Basta ver o que acontecia quando os católicos tinham poder e agora temos os islâmicos com poder, fazendo as mesma barbáries.

            Segundo, eu quero viver em uma sociedade onde as pessoas usem lógica e bom sendo, acima de tudo.

            Qualquer pessoa, com ou sem religião pode fazer qualquer barbaridade, mas como vemos por aí, tem muito mais religiosos fazendo merda do que ateus. Até porque, como os ateus não acreditam em perdão divino, vida após a morte e todas essas mentiras baratas, nós temos oportunidade de aproveitar a oportunidade única que é a vida.

          • Garota Infernal

            12 de fevereiro de 2015 em 22:59

            Bom, o relógio está passando e já que a vida é tão finita para você, você deveria aproveita-la ao invés de “estragar o barato dos outros”. Tem gente que gosta de acreditar em Deus, tem gente que se sente acolhida, tem gente que alcança até mesmo a cura por essa fé, ou como você gosta de dizer, “efeito placebo”. O cérebro apodrece depois da morte, as pessoas nem se lembram o que fizeram aqui, nem podem mais pensar, elas deixam completamente de existir, por tanto, eu e você somos tão importantes como um rato ou uma barata e essa sua lutinha não significa nada, absolutamente nada, porque nessa sua lógica o homem não é importante também, nada é a importante, nada adianta. Entendo que um dos males do mundo é a religião, mas todos tem o direito de crer, existindo ou não.

          • Max Stan

            22 de junho de 2015 em 19:54

            Garota infernal se todos tem o direito se acreditar, todos tem direito de não acreditar e escrever sobre isso. Se não gostou, você tbm tem o direito de sair da page.

          • Diego Martins

            13 de fevereiro de 2015 em 11:17

            Se falar a verdade é estragar o barato dos outros, vou continuar estragando.

            Eu não falei que não tem direito, muito pelo contrário e do mesmo jeito que eles podem acreditar em qualquer merda, eu posso criticar essa crença. Para isso existe a liberdade de expressão.

          • Garota Infernal

            12 de fevereiro de 2015 em 21:13

            Cara, você parece até um novato. Não se discute com Diego, se ele diz que pau é pedra, pau é pedra e acabou-se.

  3. Édipo Reis

    9 de fevereiro de 2015 em 15:56

    Gosto muito do minilua, porém esses posts ateus já estão ficando chatos, pois você fala do pombo enxadrista, mas olhe só você com seu posicionamento ateu, também está afirmando que Deus não existe, como já vi em outros posts, entretanto não pode provar que ele não existe.
    E segundo seu próprio argumento, ao afirmar que Deus não existe, você deveria provar, não é isso?
    Usando o mesmo exemplo do post, eu tenho um milhão de dólares no bolso…
    Então prove…
    Mas e se eu não quiser provar?
    Por que sou obrigado a provar algo?
    Se eu quiser acreditar em duendes, eu posso sim acreditar em duendes, e posso sim falar deles, quer eles existam ou não.
    Ateístas de plantão, pratiquem algo que vocês comentam que falta aos religiosos… Tolerância.

  4. Stark Tony

    9 de fevereiro de 2015 em 15:18

    O Diego falando sobre falácia é como ver um palhaço falando sobre circo. E as falácias cometidas por você, caro autor do post ? Comentários anteriores seus:
    “ Se sou ignorante, não posso fazer nada…Se usar de lógica é ofender, já não sei de mais nada…” autores assim não merecem mais do que esse estrelismo que conseguiu aqui no minilua. Assim você se acha famosinho, é reverenciado pelos seus seguidores ateus de 11,12 anos. Acredita que vai mudar o mundo acabando com a religião com seus posts. Pobre Diego falta-lhe humildade. Fique com a sua reverência à ciência e continue tentando desacreditar Deus. Mas por favor, faça de forma mais adulta e madura, ficar falando sobre “vacas voadoras” é apelar ao ridículo. Acontece que as evidências que você e a maioria dos ateus pedem são diferentes das que os crentes precisam pra acreditar em Deus. Evidência para um crente: A Terra, leis morais. Evidência que um ateu pede: que Deus desça e venha na minha casa realizar todas as suas façanhas para serem comprovadas através de meios empíricos. Quero tocar, ver cheirar,ouvir e sentir Deus.

    Dicas de post: as maiores inconsistências da CIÊNCIA. Os achismos das áreas científicas. Estudos científicos que não são empíricos, mas são considerados verdades absolutas.

  5. Waldenei C.

    9 de fevereiro de 2015 em 11:44

    Eu nao consigo entender gente que nao entende que, se Deus existe, Ele é um SER fodasticamente muito superior a tudo que imaginamos, e ainda queremos pôr Ele à prova??? Pelo jeito, nem os Ets querem contato conosco por sermos seres muito idiotas, imagina se Deus iria fazer os gostos de seres idiotas e que nao acreditam, duvidam, zombam, desprezam e ainda querem desafiar Ele?

  6. Dhoco Genuino

    9 de fevereiro de 2015 em 01:10

    O choro é livre….rsrsrs

  7. Gabriel Frigini

    8 de fevereiro de 2015 em 22:52

    Essa do gelo é boa kkkkk!

  8. Edward Elric

    8 de fevereiro de 2015 em 15:43

    Caralho, esse Martins é foda (no bom sentido).

    Tipo, no momento eu posso provar que muitos que leram esse artigo e começaram a debater são humanos burros
    com os seguintes argumentos eu posso lhe provar;

    1-Muitos aqui já comentaram nos artigos anteriores que explodiram de tantos comentários;
    2-Como dito acima (subtendido) muitos voltaram pra debater dnv;
    3-Ditado popular : “errar um vez é humano, errar duas vezes é burrice;

    (Aí vc me pergunta : como vc pode me provar que isso é um erro ?

    simples;)

    4-Nenhuma das discussões chegaram a resultados exatos, logo como na matemática, quando o resultado não é claro é porque em algum momento a equação deu errado.

    (se você não entendeu, se auto-suicide-se agora mesmo ^^ ).

    (Teoria: Diego Martins é um Deus da discórdia, que planta discórdia quando bem entende, e os leitores sendo mortais não podem se livrar fácil.

    Provas ? bem eu não tenho, mas vc provavelmente não tem provas de que ele não seja, então a porra da minha teoria é fato u_u)

    • Greengineer

      8 de fevereiro de 2015 em 15:47

      Vão debater até saírem voando como pombos enxadristas.

      • Edward Elric

        8 de fevereiro de 2015 em 16:18

        Pelo menos até isso acontecer eu ainda poderei me deliciar com discussões vindas do próprio Diego Martins sobre “vacas voadoras existem?” heuheuehueheuh
        Patetic define all is this

  9. Alberto Sotana

    8 de fevereiro de 2015 em 12:53

    Acho que todos já tinham entendido o que é falácia. Não havia necessidade de usar o tema religião no final. Há que se saber a hora de parar. O comentário final foi muito infeliz.

  10. Nascido no Rap

    8 de fevereiro de 2015 em 12:25

    Me espanta o moderador ateu desse site pensar tanto em religião e conseguir falar tanta merda. Quando você diz que acredita em Deus vem um ateu querendo provocar a falácia da inversão do ônus da prova ao invés de esperar a gente afirmar que Deus existe e ele pedir pra provar ele já vem gritando que Deus não existe e se pedimos pra ele provar sua afirmação ele estufa o peito e nos acusa de inversão do ônus da prova, sendo que quem cometeu a falácia foi ele mesmo por fazer uma afirmação e pedir pra nós provarmos.

    • Diego Martins

      8 de fevereiro de 2015 em 12:30

      Eu nunca vi um ateu falar que não existe deus, antes da pessoa dizer que acredita em deus.

      Segundo, só existem pessoas que não acreditam em deus, porque alguém veio afirmando sua existência antes. Não existe um nome para pessoas que não acreditam em vaca voadoras, sabe porque? Porque ninguém ainda começou a declarar que elas existem de verdade. Ou seja, a declaração da existência de deus é anterior a declaração da não-existência, logo a ônus da prova é dos religioso.

      Terceiro, se houvesse realmente alguma prova real de que deus existe, eu nem teria que estar perdendo meu tempo, mas fé não justifica nada.

      • Nascido no Rap

        8 de fevereiro de 2015 em 13:08

        Você nunca viu? Mas acontece, e como acontece pra !@#$#% !! Só ir ver um vídeo ateu na internet, tem um monte de comentários afirmando que Deus não existe, e não adianta dizer que vêm de resposta a afirmação de que Deus existe, uma falácia não justifica outra. O resto do seu comentário, sem ofensas, foi inútil, o ônus da prova é de quem afirma, se alguém afirmou com todas as letras “A teoria do Átomo Primordial está errada” quando Lemaitre a propôs, tinha obrigação de provar sua afirmação, MESMO que Lemaitre não apresentou nenhuma evidência a favor, isso é ter cabeça aberta às possibilidades, agora se Lemaitre começa a afirmar que sua teoria estava correta, ele estava errado em fazê-lo já que não tinha provas, seria racional um opositor a teoria pedir uma prova, mas afirmar que estava errada, não! Não estou dizendo que você afirmou que Deus não existe, mas estou criticando a postura de uma grande parte dos ateus assim como você critica uma postura da maioria dos crentes em Deus, e você veio questionar minha crítica, e quis complementar com uma informação de que parece que você desconhece. “As grandes falácias modernas” só abrangem as falácias cometidas por crentes? Um blogger não deveria ser tão imparcial, isso cheira a doutrinação.

  11. Wagner

    8 de fevereiro de 2015 em 09:35

    – O site tá parado, o que devemos fazer?
    – Criar uma treta que tenha religião.
    – Boa ideia!!!
    —–
    Quase deu certo.

    • Greengineer

      8 de fevereiro de 2015 em 15:37

      Deu certo sim, basta subir a página.

      • Wagner

        8 de fevereiro de 2015 em 16:29

        Treta tem, mesmo que continue sendo uma básica.
        Mas o site continua parado.

      • DCemblemático

        8 de fevereiro de 2015 em 16:11

        Isso chega nem perto das Tretas de religião que tinha antigamente he-he-he

  12. Aguiar

    8 de fevereiro de 2015 em 09:16

    “pombo enxadrista” lembrei no automático de roberto.

  13. mateus almeida da silva

    8 de fevereiro de 2015 em 02:51

    só mais um texto ateu idiota que como não consegue comprovar a inexistência de Deus quer mostrar que se os evangélicos não são capazes de provar a existência de Deus eles estão errados e é só mais um texto feito por um amador

    • Diego Martins

      8 de fevereiro de 2015 em 09:53

      Primeiro que o texto nem tentou provar que deus não existe, até porque não se prova inexistência.

      Segundo, então prova que deus não existe. Você está usando o pombo enxadrista, poderia ter lido o post e aprendido isso.

  14. Thiago Ferreira da Costa

    8 de fevereiro de 2015 em 01:41

    Então se é assim te proponho uma questão, quero que me prove que a consciência existe, existe algum método científico que prove que eu ou você temos consciência?
    Se seguindo seus argumentos de que, se eu pude entender é que seja isso, o ônus da prova cabe a quem afirma, como podemos provar a existência de uma consciência?

    • Natan Santos

      10 de fevereiro de 2015 em 22:11

      O princípio fundamental da existência da consciência é: “Penso, logo existo”.
      Se vc tem pensamento crítico, filosófico, por mais improvável que seja, essa é a prova: Se eu to pensando, logicamente existe algo, alguma consciência ou filosofia…

      tchau tchau

    • Edward Elric

      8 de fevereiro de 2015 em 13:42

      Não,não temos nenhum instrumento científico para provar a consciencia,eu já considerei a opção de ser solipsista porém eu assumo pragmaticamente que elas existem.

    • Diego Martins

      8 de fevereiro de 2015 em 09:51

      Eu não sei a quantas anda as questões sobre consciência. Mas teoricamente, se alguém determinar qual o processo cerebral gera consciência, podemos usar um scanner para ver se seu cérebro utiliza esse processo. Isso provaria que alguém tem consciência.

      Agora alguém simplesmente dizer que tem consciência, não prova nada. Seria a mesma coisa que eu dizer que tinha uma vaca voando em cima da minha cama ontem, pode até ser verdade, mas se eu não tenho provas, não vale nada.

      • Nascido no Rap

        8 de fevereiro de 2015 em 12:56

        Diego, falácia da falsa equivalência, também conhecida como falsa analogia. Dizer que uma pessoa tem consciência é o mesmo que dizer que uma vaca está voando sobre sua cama? Eu sei que eu tenho consciência, duvidar disso já prova que eu tenho, “Penso, logo existo” eu não tenho uma prova pra mim de que as outras pessoas existem, mas segundo os próprios valores do método científico de que condições comuns são encontradas em padrões iguais (A implica B, C = A, portanto C implica B). Então, se você realmente existe, certamente tem uma consciência, lógica modal em conjunto com o método científico só vale pra você na conveniência de defender o ateísmo? Desonestidade intelectual.

        • Stark Tony

          9 de fevereiro de 2015 em 17:34

          Exato ! E quando ele (Diego) e outros ateus se defrontam com pessoas como você, decidem não responder mais – vão lá nos grupos do facebook ficar procurando respostas para seu argumento. É tipo assim: Falo o que bem entendo, atraio meninos e meninas de 12 ou 13 anos pq meus argumentos são fantásticos, os crentes não conseguem provar Deus galera !
          Mas daí, você pra ele debater ou simplesmente responder um questionamento muito bem feito por você e ele te ignora. Ele só logra êxito com seu ateísmo nas crianças de quinta série.

        • Jeferson Silva

          9 de fevereiro de 2015 em 10:27

          Um ótimo argumento o seu!!! mas como vc mesmo disse “…Então, se você realmente existe, certamente tem uma consciência, lógica modal…” o Diego de fato existe, pois está aki defendendo sua ideia, onde está deus que deveria defender a sua “consciência”( ou será que a consciência de “deus” seja apenas obra do Caos no Universo?!)

  15. Geraldo Silvia

    8 de fevereiro de 2015 em 01:10

    Tão tolo como negar o evolucionismo é negar o criacionismo. Os dois primeiros versículos da Bíblia diz: “No princípio criou Deus os Ceus e a Terra. A terra era sem forma e vazia”. Basta fazer uma pergunta: Deus criou a Terra sem forma e vazia, ou a criou perfeita e ela foi deformada? Para responder esta pergunta, recomendo a leitura de um livro As Eras Mais Primitivas Da Terra de G. H. Pember. O livro parte da ideia de eras geológicas anteriores ao Eden, inclusive com uma terraformação diferenciada e até mesmo raças pré-adâmicas. Apesar de crer em Deus, não consigo provar sua existência, mas por meio de Cristo, consigo provar da sua existência!

  16. Müller

    8 de fevereiro de 2015 em 00:27

    “Como normalmente a única coisa que usam para suportar essa ideia é a fé, que é a falta de provas, eles tendem a dizer que os não crentes devem provar que os deuses não existem. ”
    Não querendo critica mas fé é racional baseada em razão.
    Acreditar em algo sem base racional seria Fideísmo.

    Tomem cuidado ao falar de algo sem antes fazer uma pesquisa!

    Comentário Pessoal agora:
    “Que porcaria tudo isso!”
    heueheuheuheu

    • Müller

      8 de fevereiro de 2015 em 23:32

      Vai se ferra ninguém desejou fazer tetra comigo queria uma discussão
      RELIGIOSOS VS ATEUS

  17. eevee

    7 de fevereiro de 2015 em 22:51

    Nunca vi um lugar onde as pessoas querem tanto te tornar ateu como aq no minlua ‘-‘

    • chapolim do mal

      8 de fevereiro de 2015 em 00:04

      Vai numas páginas de ateus no face que eles vão te enfiar ateísmo goela abaixo, aqui ainda é leve.

    • Caciano Genz

      7 de fevereiro de 2015 em 22:57

      é modinha cara..

      • Stark Tony

        9 de fevereiro de 2015 em 16:22

        Arram, crianças de 12,13 anos já dizendo que são ateus porque não podem ver,cheirar,sentir,ouvir ou lamber Deus…

  18. chapolim do mal

    7 de fevereiro de 2015 em 22:42

    Eu conheço muita gente assim, o pombo, sempre pensam que estão certos e quando peço que me provem dizem que deus vai me provar, até hoje espero a prova.

  19. Caciano Genz

    7 de fevereiro de 2015 em 22:35

    discutir sobre uma assunto é muito bla bla bla bla ba bla bah!
    se você entende de um assunto sabe seus argumentos, se não, não possui argumentos pois não tem conhecimento
    em todo caso se a pessoa não esta se enganando ela esta iludida.

    uma caso curioso é a existência de Deus. eu acredito, mas logicamente, ainda não existe prova que ele existe ou não existe logo a resposta não existe, a variável pode ser tanto verdadeira como falsa.
    .
    tchau!

    • chapolim do mal

      7 de fevereiro de 2015 em 22:39

      Ai entra a lógica racional, eu não consigo pensar que existe um elefante mariachi em saturno, então também não consigo pensar em um ser superior que comanda tudo como mágica.

      • Caciano Genz

        7 de fevereiro de 2015 em 22:56

        o problema é que a logica racional é baseada em experiencias, limitando só ao conhecimento. assim como eu nunca imaginei que nunca poderia existir um lago rosa natural, ai acessei o ml..

      • Caciano Genz

        7 de fevereiro de 2015 em 22:53

        legal cara, mas que disse que é magica, eu só cristão agnóstico mano browwh, acredito na ciência!

        • chapolim do mal

          8 de fevereiro de 2015 em 00:03

          Mesmo o DI pra mim é uma coisa meio furada, tipo, tudo que aconteceu teve um empurrãozinho divino? Porque não acreditar no acaso e na força do universo.

          • Stark Tony

            9 de fevereiro de 2015 em 16:21

            Sério isso ? Acreditar no acaso ? Tenho pena… respeito, mas tenho pena.

  20. Matheus

    7 de fevereiro de 2015 em 22:24

    Tem quer muito bobo pra discutir isso,aonde é que vai caber um milhão de dólares no bolso,
    O cara vai fazer o que? Colocar um buraco negro no bolso que só suga dinheiro?
    Não sei quem e mais bobo,a pessoa que fala que tem,ou quem duvida?

    • Alfred Edmund

      7 de fevereiro de 2015 em 23:27

      pode ser em um cheque,ou poderia ser uma nova nota

  21. Paulo Roberto

    7 de fevereiro de 2015 em 22:08

    Minilua: Objetivo: Te torna um ateu.

    • chapolim do mal

      7 de fevereiro de 2015 em 22:40

      Ninguém se torna ateu assim tão fácil.

      • Paulo Roberto

        8 de fevereiro de 2015 em 15:22

        É, mas esse é seu objetivo.

      • Wagner

        8 de fevereiro de 2015 em 09:32

        A maioria do pessoal daqui sim.

  22. DCemblemático

    7 de fevereiro de 2015 em 21:30

    Na primeira parte teve mo treta religiosa, vamos ver se nessa vai ter… To querendo enganar quem, nunca mais vai ter treta religiosa como antigamente :'( he-he-he

    • chapolim do mal

      7 de fevereiro de 2015 em 22:38

      Sdds treta por aqui, acho que vou lá pro ATEA pra ver se tem alguma treta.

    • Jeff Dantas

      7 de fevereiro de 2015 em 21:32

      Né? E que a treta comece… 🙂

      • DCemblemático

        7 de fevereiro de 2015 em 21:33

        Que treta Jeff?acabaram as Tretas :'( he-he-he

        • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

          8 de fevereiro de 2015 em 07:23

          lá em cima tem algo semelhante a uma treta, mas ainda não está em sua forma completa é necessário a alma de mais pessoas, para que ela se torne uma treta lendária, a grande treta do Minilua.

  23. Paulo Anderson

    7 de fevereiro de 2015 em 21:27

    Acho que o ateu que criou este artigo ficou muito revoltado por não ter conseguido provar a inexistência de Deus!

    • Pedro Henrique Dos Santos

      24 de setembro de 2015 em 13:02

      Falou coisa que não tem nada a ver

    • Sávio Soares

      9 de fevereiro de 2015 em 01:42

      E desde quando é necessário explicar a inexistência de algo? Tá vendo muito ‘Deus não está morto’ ao invés de ler a bíblia e ver por si só o conto de fábulas que lá existe.

    • Maurício R B

      8 de fevereiro de 2015 em 14:29

      Imagina se me acusassem de assassinato e eu tivesse de provar que não matei, eu não sei nem o que fiz na quarta-feira passada, muito menos no dia 17 de outubro de 2013 por exemplo. Essa falácia é a pior na minha opinião

      • Müller

        8 de fevereiro de 2015 em 16:00

        Fé é racional…
        Se você acredita em algo sem base de razão é Fideísmo.

        Acreditar em Deus é ter fé na minha opinião.

        Mas agora chego a conclusão:
        “Tudo que sei nada sei”

    • Edward Elric

      8 de fevereiro de 2015 em 13:40

      Você só deve estar revoltado por não conseguir provar a inexistência do nosso rei o grande mostro de espaguete voador!

    • Su Li Hang

      8 de fevereiro de 2015 em 11:17

      Estou identificando o pombo

    • Diego Martins

      8 de fevereiro de 2015 em 09:55

      Um Argumentum ad hominem (latim, argumento contra a pessoa) é uma falácia identificada quando alguém procura negar uma proposição com uma crítica ao seu autor e não ao seu conteúdo.

      Vou ter que botar essa falácia no próximo post. E outra, não se prova que algo não existe. Simples. Assim.

    • ultramen Tiga

      8 de fevereiro de 2015 em 02:18

      as vezes o usuário vê deus onde não tem, filosofia serve para todas as áreas da vida.
      não só discutir na internet.

    • vitor mota

      8 de fevereiro de 2015 em 00:44

      blz “pombo”!!!

    • chapolim do mal

      7 de fevereiro de 2015 em 22:37

      Olha, um exemplo do post ao vivo, que bom que vc apareceu para demonstrar todas as coisas ditas acima.
      Não dá pra dizer que alguma coisa não existe, vc consegue provar que um macaco que solta leite rosa e dá piruetas para trás não existe? Acho que não.

    • Diego Martins

      7 de fevereiro de 2015 em 22:17

      Simples, não há maneira de provar a inexistência de algo. Ou você pode provar que vacas voadoras não existem?

      • Riddle Boy®

        10 de fevereiro de 2015 em 14:36

        Tudo mundo sabe que não exitem vacas voadoras, simples…

      • Nascido no Rap

        8 de fevereiro de 2015 em 12:34

        Diego, você não consegue provar que um quadrado redondo não existe?

      • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

        8 de fevereiro de 2015 em 01:42

        Ai depende, se as vacas forem onipotentes e não quiserem ser vistas, ai eu não posso provar a existência delas. Agora, se elas forem apenas vacas normais que tem a habilidade de voar, ai é só sair pelo mundo todo a procura de uma. Mas fora isso, por favor me responda Diego, sempre tive a dúvida se você em alguns momentos tem dúvidas se realmente as teorias evolucionistas estão certas. Eu imagino que para se tornar ateu, você deve ter se questionado muito, mas em nenhum momento vc sente alguma dúvida ?

        • Diego Martins

          8 de fevereiro de 2015 em 09:43

          Não sei, se eu não tenho nenhuma evidência de que elas se quer existem, como vou saber se são alguma coisa ou não. Mas se tu conseguir provar que esse seres não existem, eu vou usar seu argumento para provar que nenhum deus existe. Contudo, não existe como provar que algo não existe. A não ser que se determine um local e um tempo para essa existência.

          Eu acredito na palavra dos cientistas, não em separadamente, mas sim quando algum trabalho é lançado e testado e depois confirmado. Até que se prove o contrário a teoria atual é a correta. Por exemplo, a Teoria da Evolução por Seleção Natural tem tantas evidências, que qualquer leigo pode ver e por as mãos, que é burrice não acreditar nela. É como não acreditar na gravidade ou nas leis da eletricidade.

          • Allen Walker

            8 de fevereiro de 2015 em 14:03

            É noix Diego

          • Francisco Junior

            8 de fevereiro de 2015 em 12:12

            “Contudo, não existe como provar que algo não existe”.Ou seja, sempre haverá um motivo pra acreditar em Deus.Infelizmente,parece que as religiões continuarão a existir por muito tempo.

      • Caciano Genz

        7 de fevereiro de 2015 em 22:38

        ou unicórnios cara, unicórnios voadores..

    • Allen Walker

      7 de fevereiro de 2015 em 21:44

      HUEHUEHEU Como provar que algo não existe? se ele não existe não vai ter provas de sua inexistência por ai né?

    • Dahmer

      7 de fevereiro de 2015 em 21:43

      No título ta escrito “AS GRANDES FALÁCIAS MODERNAS #2” Não faço a miníma ideia do que isso tem a ver com Deus

      De repente você lembrou de Deus porque seus seguidores cometem um monte de falácias.

    • Mutley

      7 de fevereiro de 2015 em 21:33

      Ahh, não comecem de novo ‘-‘

      • DCemblemático

        7 de fevereiro de 2015 em 21:34

        Que comecem de novo 😀 he-he-he

    • DCemblemático

      7 de fevereiro de 2015 em 21:32

      Você conseguiu provar a existência de Deus? Manda uma Selfie de Deus então he-he-he

      • Ulysses Silva

        10 de fevereiro de 2015 em 08:18

        A ciência já provou que existem outras dimensões para explicar vários fenomenos. Vivemos num universo tridimensional. Então um ser que vivesse num universo de mais dimensões seria invisível para nós e como deuses. Vale lembrar que 71,6% do universo é energia escura e 24% é matéria escura, que são desconhecido pelo homem, ou seja, o homem só conhece 4% do que é feito o universo que é a matéria comum que conhecemos. Então tu não pode dizer que não existe um Ser de uma dimensão superior que semeou vida nesse universo tridimensional. Até porque se tu levar em conta que existe infinitos universos paralelos que é colaborado pela maioria dos cientistas e físicos de hoje o nosso universo não é o centro de tudo e nós também não.

        • Matheus Lima

          25 de fevereiro de 2015 em 14:06

          uma duvida n é um certeza,existem coisas desconhecidas mas inventar um ser superior para usar como resposta não é correto

      • Mirai Kuriyama

        8 de fevereiro de 2015 em 09:04

        Você sacou que o que vocês dois fizeram se encaixa perfeitamente nesse post, né?

        • DCemblemático

          8 de fevereiro de 2015 em 09:18

          Num çei duque ocê tha falandu u.u he-he-he

  24. Wayne Griffin

    7 de fevereiro de 2015 em 21:12

    Pior que essa coisa do pombo existe, e é muito foda. Conheço pessoas que no meio de uma discussão abaixam a cabeça e dizem: “tá, você está certo”. Você volta a tentar explicar mas é sempre: “não quero discutir mais, uhum, vc sempre tá certo mesmo.” Aí eu pego um revolver e digo: “olha quem está certo.”
    Depois, anos de cadeia, você volta à vida normal e, é a mesma decepção.

    • Mutley

      7 de fevereiro de 2015 em 21:32

      Ta mas , segundo a matéria o Complexo do Pombo Enxadrista é quando o individuo tenta terminar a discussão utilizando o argumento ”eu estou certo e ponto!” e não quando ele se conforma e a aceita a derrota .

      • Wayne Griffin

        8 de fevereiro de 2015 em 12:59

        Ele não aceita, só diz, mas para ele , ele não errou.

    • Ragnarok

      7 de fevereiro de 2015 em 21:20

      Essa do pombo é chata mesmo.
      “Eu to certo e acabou a história’

101 Comentários
mais Posts
Topo