Há limites para o amor de uma mãe?

carro-na-estrada-e-luz-dos-farois-ef62d

Sabe aquelas histórias que você fica pensando, será que realmente é possível? pois, essa deve ser uma delas.

Há uma história que circula por aí há muito tempo. Ela fala de um grave acidente que aconteceu próximo a uma estrada, em um barranco. Um carro, ao passar muito rápido perdeu o controle e despencou.

Pouco tempo após o acidente passava por ali um rapaz que andava bem devagar, ao ser parado por uma mulher, suja de sangue e com muitos ferimentos, lhe pedindo para ajudar seu filho, que estava dentro do carro e muito ferido.

O rapaz ao olhar para o barranco, avistando o carro, pegou uma corda, amarrou a uma árvore e desceu. Chegando lá ele avistou o menino, que estava muito ferido, porém ao seu lado, havia uma mulher inconsciente. Para surpresa do rapaz, era a mesma mulher que o havia atacado na rua, mesmo sem entender o que estava acontecendo, ele pegou o menino e levou até a estrada pra pedir socorro.

Ao chegar na estrada ele chamou uma ambulância, que logo veio ao resgate. O rapaz, preocupado, pediu para acompanhar o garoto ao hospital. Ao chegar no hospital e avistar o médico, resolveu perguntar sobre a mulher, explicando ao médico que a mãe do garoto o havia pedido que ajudasse seu filho. O médico, olhando para o rapaz disse: “impossível meu caro, não houve sobrevivente além do garoto. A mãe morreu na hora”.

Mesmo ouvindo isso, o rapaz nunca mais tirou aquilo da cabeça e, sempre se perguntava “será que é possível um amor de mãe sobreviver a morte?”.

Adaptado de theafraidl

  1. Omar Pereira Brasil

    22 de fevereiro de 2013 em 02:27

    Isso é normal….acreditem, tem muito mais do que isso por ai…

  2. Selma Camila Barbosa

    19 de janeiro de 2013 em 20:43

    Eu acredito! 

  3. Camila Ferrari de Freitas

    12 de janeiro de 2013 em 12:48

    JÁ OUVI ESTA HISTORIA A ALGUNS ANOS. 

    É CAMBADA…. A MAIS MISTÉRIOS ENTRE O CÉU E A TERRA, DO QUE IMAGINA A NOSSA VÃ FILOSOFIA 
  4. Gabriel Nassor

    19 de outubro de 2012 em 23:17

    POR NAO TER ENTENDIDO O QUE ACONTECEU NAQUELE DIA
    E TODA VEZ QUE ELE VAI PRA ESTE VILAREJO
    NA CURVA QUE ACONTECEU O ACIDENTE, ELE NAO CONSEGUE FAZER, POIS ELE TEM MUITO MEDO, POIS REVE AS IMAGENS NA SUA MENTE

  5. Gabriel Nassor

    19 de outubro de 2012 em 23:14

    PESSOAL
    A HISTORIA É VERDADEIRA, E POR CONHENCIDENCIA É AMIGO DA MINHA MÃE(ACREDITEM SE QUISER)
    MAS NAO É BEM ASSIM
    OLHA SÓ

    NUMA CIDADE NO INTERIOR DE SAO PAULO, UMA MULHER ESTAVA INDO VIAJAR(NAO ERA BEM UMA VIAGEM, UNS 40 MINUTOS DESTA CIDADE) A UM VILAREJO, ONDE LA E MUITO BOM( EU MOREI NESTE VILAREJO POR 8 ANOS)… JÁ NA ESTRADA A MULHER FEZ UMA CURVA MUITO ACENTUADA ELA CAPOTA O CARRO E CAI NO MATO ,, EM SEGUIDA ESTAVA VINDO ESSE AMIGO DA MINHA AME E VIU A MULHER PEDIDO SOCORRO E VAI AJUDALA E TIRAR A CRIANÇA DO CARRO , E VE NO BANCO DA FRENTE, ERA A MULHER UE  ESTAVA PEDIDNO SOCRRO NA ESTRADA

    • Gabriel Nassor

      19 de outubro de 2012 em 23:15

      SENDO ATE HOJE, ISSO JA FAZ UM TEMPAO, ESSE HOMEM PRECISA DE AJUDA PISIQUIATRA

  6. Rodrigo Caribé

    17 de outubro de 2012 em 22:58

    Eu sei o que comentar e digo,um amor de mãe que sobreviveu até depois da morte é o de Harry Potter

  7. Lucas Lannister

    3 de junho de 2012 em 03:04

    arrepiei o.O

  8. Anônimo

    1 de junho de 2012 em 22:16

    Não é a primeira vez que eu vejo e leio essa história…e sempre me arrepio. Emociona!

  9. Superpato

    1 de junho de 2012 em 21:10

    Cadê a matéria? Eu clico no post mas a matéria não aparece…   :/

  10. Weon Kenedi

    1 de junho de 2012 em 16:49

    Já vi na TV muitos anos atrás…. arrepiante!

  11. Mario Galdino

    1 de junho de 2012 em 16:39

    Gostaria de saber o que diabos um homem estaria a andar a noite numa estrada com uma “corda”?

    MISTÉRIO!

    • Raposa Otaku

      1 de junho de 2012 em 16:48

      Mas ali não diz que estava de noite ‘-‘

  12. Davi Rodrigues

    1 de junho de 2012 em 14:19

    não sei o que dizer
    só te amo Mãe

  13. Gangue Terrorismo

    1 de junho de 2012 em 14:10

    não estou comovido pelo da mãe aparecer morta pedindo ajuda sim pelo fato que deus o deu essa segunda grande chance impressionante já que como se mostra na biblia os mortos não podem atrapalhar nem ajuda os que estão vivos mais deus usou de um corpo ou melhor de uma alma para salvar uma vida

    • Serj Tankian

      1 de junho de 2012 em 15:46

      quando uma pessoa morre,a alma dela se mantém na terra até ela encontrar a “luz” lembra?

  14. Silver Drago

    1 de junho de 2012 em 13:44

    Mãeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  15. Lupi Deo

    1 de junho de 2012 em 12:19

    Minilua Sempre Me Emocionando Com Esses Contos
    AFINAL GRAÇAS Á DEUS É SEXTA 

  16. Seth .

    1 de junho de 2012 em 12:08

    maldito hollow

  17. Gaby

    1 de junho de 2012 em 12:02

    Claro q pode ser vdd *__*

    • Raposa Pedreira

      1 de junho de 2012 em 12:21

      eu acredito em fantasmas… e em aliens tbm

  18. Connor

    1 de junho de 2012 em 11:52

    Já tinha ouvido.
    E CHUPA MORTE! O AMOR VERDADEIRO TE SUPEROU!

  19. Matheus Ronielli

    1 de junho de 2012 em 11:42

    ainda n tinha ouvido essa 

  20. Kazekage

    1 de junho de 2012 em 11:14

    Nossa deu ate arrepios em min O.o

  21. Carol Nukenin

    1 de junho de 2012 em 11:11

    Já tinha ouvido essa história, mas de um jeito diferente…
    Acho que é possível, uai… Tanta coisa por aí.

  22. Nessinha Biagi

    1 de junho de 2012 em 10:06

    amo demais o meu filho,todos os dias agradeço a deus por te-lo,é um sentimento que não dá pra exprimir com palavras,vai além.é mais valioso que a minha própria vida.TE AMO DEMAIS ISAAC

    • Lupi Deo

      1 de junho de 2012 em 12:33

      Diz ai…quantos anos ele tem mesmo?

      • Nessinha Biagi

        1 de junho de 2012 em 13:48

        o suficiente para não bancar o filho insensível,com esta declaração de amor.

  23. Aleister Crowley

    1 de junho de 2012 em 10:05

    Já tinha visto essa história antes… Só que na versão que eu vi, a mulher se jogava na frente de um caminhão, pro cara parar, pede ajuda, ela sobe no caminhão, mostra o lugar do acidente, e o resto é igual.

    • Serj Tankian

      1 de junho de 2012 em 15:44

      teve uma história que foi real passou até nos jornais que a mulher acho q quebrou o rolo compressor pra ele parar p o filho dela ia ser esmagado

      • Aleister Crowley

        1 de junho de 2012 em 21:58

        Putz, essa eu nunca vi! O.o

  24. Alan Mikael

    1 de junho de 2012 em 10:00

    me arrepiei lendo isso cara

  25. Sérgio Romano

    1 de junho de 2012 em 09:29

    Bem, acho possivel sim, e digo mais, só quem tem filho e é filho consegue dizer isto. é um amor incondicional. hje não tenho mais minha mãe, mas sei que nao existiu linhas em relação ao amor dela por nós.

  26. Connor

    1 de junho de 2012 em 09:27

    Miniua ta bugado,sera que foi aquele “kamehameha”

    • Goku

      1 de junho de 2012 em 12:56

      quem sabe?????

      • Connor

        1 de junho de 2012 em 18:38

        Alguém bane esse filho da puta, que atende pelo nome “goku”.

        • Goku

          1 de junho de 2012 em 18:52

          alguma coisa me diz q vc não vai com a minha cara

        • Goku

          1 de junho de 2012 em 18:51

          pq eu não to flodando
          kkkkk

  27. angel fallen

    1 de junho de 2012 em 09:21

    velho, eu amo minha mae, e nao ha limites no amor dela por mim nem pelo meus irmaos….
    e aliais, essa historia e perfeita..

  28. Radamantys De Wyvern

    1 de junho de 2012 em 08:54

    Uma perguntinha. Na historia, fala q ele pegou uma corda, amarrou em uma arvore e desceu o barranco, certo, Só me responde uma coisa, onde diabos ele arrumou essa corda?

    Se ele tivesse de carro tudo bem, poderiamos supor q no carro teria uma corda, mas o cara tava a pé. Quem anda por ae com uma corda pelo amor de Deus?

    • camus de aquário

      1 de junho de 2012 em 12:40

      o radamanthys, tu tem um KANON pra me empresta? tem um vazamento na casa de aquário
       [img]http://duasounove.com.br/wp-content/uploads/2011/06/trollface.jpg[/img]

    • Majorelias

      1 de junho de 2012 em 09:16

      bem pensado esta história ta mal contada em q explicar melhor esta história ai 

      • angel fallen

        1 de junho de 2012 em 09:18

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ,tenso….

  29. Raposa Desértica

    1 de junho de 2012 em 08:35

    MOTHERFUCKERS

  30. Raposa Desértica

    1 de junho de 2012 em 08:26

    AH PORQUE TA AGUARDANDO MODERAÇÃO SE ESSA PORRA NÃO TEM MODERAÇÃO!

  31. Raposa Desértica

    1 de junho de 2012 em 08:10

    LolO

    Voltei denovo, o que aconteceu com o site?

  32. Alone

    1 de junho de 2012 em 04:27

    Muito boa a história,e não,não há limites pro amor de uma mãe 🙂

  33. Psycho The Cat

    1 de junho de 2012 em 03:51

    Não acredito em fantasmas mas a história é boa.

  34. Mari Siqueira

    1 de junho de 2012 em 03:38

    Po,viajei no supernatural kkkk

  35. caninos brancos

    1 de junho de 2012 em 03:11

    ahhhhhhhhhhhhh alias ,mãe, eu amo vc……………………..

  36. VanDrak SubZero

    1 de junho de 2012 em 03:03

    Já tinha visto esta história antes!!
    Não duvido que isso possa ocorrer…
    Com Amor de mãe não se Brinca!

  37. caninos brancos

    1 de junho de 2012 em 03:00

    foi só eu ou mais alguem viu q lá em cima ele estranhamente usa o termo ATACAR…………

    • Jhou Skillet!

      1 de junho de 2012 em 09:55

      Pois eh… rsrs tenso (supernatural)

  38. jeff zika Mc

    1 de junho de 2012 em 02:38

    Alguem está tentando Hackear o minilua ou é o hospedador que esta com problema ?

  39. Iron Man

    1 de junho de 2012 em 00:35

    Putz minilua tah muito bugada

    • Rap­osa Furry

      1 de junho de 2012 em 00:46

      é macumba, e das bravas

  40. Pedro

    1 de junho de 2012 em 00:28

    eu quero é ver o oco!

  41. 3 Hits

    1 de junho de 2012 em 00:09

    Lindo o post. Me fez ter saudades da minha mãe.

  42. Rap­osa Furry

    1 de junho de 2012 em 00:04

    f5 mais de oito mil vezes aqui

  43. Antonio Filho

    1 de junho de 2012 em 00:02

    Nunca sei o que comentar nesses tipo de posts, então: Te amo mãe!

    • Belo

      2 de junho de 2012 em 12:20

      somos 2.

    • Raposa Desértica

      1 de junho de 2012 em 08:11

      Pulta que pariu!
      13 comentários!

62 Comentários
mais Posts
Topo