Minilua

A história dos clubes brasileiros: Santos #2

Neste segundo especial, você confere conosco, a trajetória do Santos Futebol Clube. Ainda no post, você relembra as principais conquistas do time, além é claro, da passagem do rei Pelé pela equipe. Uma boa leitura!

– O Santos Futebol Clube foi fundado em 14 de abril de 1912. Sua criação ocorreu em um domingo, por intermédio dos esportistas Raymundo Marques, Mário Ferraz de Campos e Argemiro de Souza Júnior.

– Seu primeiro presidente, Sizino Patusca, foi eleito através de uma reunião. Esta, por sua vez, aconteceria na antiga sede do Clube Concórdia (atual Avenida João Pessoa- Santos).

-Ainda no evento, seriam definidas as cores do clube. Em uma primeira etapa, constituída por uma camisa com listras verticais azuis e brancas.

– No mesmo ano, é realizado o primeiro jogo oficial do time. Datado de 15 de setembro, o confronto aconteceria entre o Santos Futebol Clube x Santos Athletic Club.

– Para a felicidade dos torcedores, a partida seria vencida pelo primeiro, pelo placar de 3x 2.

– Uma década depois, já em 1923, é contratado aquele que se tornaria o primeiro grande ídolo do clube, Araken Patusca.

– O jogador, aliás, seria de vital importância nos próximos anos. Para se ter uma ideia, em um dos jogos, realizado contra a equipe do Ypiranga, seriam marcados por ele 7 gols. O placar final, recorde para a época, também chamaria a atenção, 12 x1.

– Apesar da boa campanha no estadual, o clube decepcionaria nas finais, sendo vice-campeão das edições de 1928, 1929 e 1931.

– Nessa mesma época, o Santos passa a ser conhecido como o “ataque dos 100 gols”. O título, aliás, fazia referência aos 100 gols marcados na temporada.

– Além de Araken, outros jogadores merecem destaque no período, entre eles: Camarão, Feitiço, Evangelista e Siriri.

O primeiro título

– 17 de dezembro de 1935, uma data marcante para o Santos Futebol Clube. No período, a equipe conquistaria seu primeiro título paulista, vencendo, no Pacaembu, o Corinthians por 2×0.

– Somente duas décadas depois, o clube venceria uma nova edição do torneio. Em seu elenco, nomes como os dos jogadores Formiga, Vasconcelos, Zito e Ramiro.

– Um ano mais tarde, em 1956, era a vez da chegada de “Dico” ao Santos. Pelé, como ficou conhecido, daria um novo impulso ao clube, levando a equipe a uma série de conquistas.

A Era Pelé

– O craque, já no ano de 1958, conquistaria seu primeiro título pelo Santos. Naquele torneio, seriam marcados 143 gols pelo clube, sendo 58 de Pelé.

– Nos anos seguintes, vários torneios são obtidos. Entre os principais estão: Rio-Sul (1959), Taça Brasil (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965) e Libertadores da América (1962 e 1963). Não menos importante, o Santos ainda venceria o Campeonato Mundial, nas edições de 1962 e 1963.

– Em 1968, novos jogadores ganham a simpatia da torcida. Entre os principais, destaque para Clodoaldo, Edu, Abel e Toninho Guerreiro. Ainda no período, o clube é agraciado com o título da Recopa Mundial.

– No auge de sua popularidade, o time seria responsável, de forma parcial, pela suspensão da Guerra Conga Belga, na atual República Popular do Congo.

– A boa fase terminaria no ano de 1973, após lograr êxito no Paulistão. O torneio, aliás, seria marcado pela final conturbada.

Serginho Chulapa

– Na década de 80, mas especificamente em 1983, o clube voltaria aos holofotes da mídia esportiva. Naquele período, antigos jogadores voltam ao plantel do Santos. Entre os principais estavam: Paulo Izidoro (Atlético Mineiro) e Serginho Chulapa (São Paulo).

– Serginho Chulapa, aliás, ainda seria artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1983. Ele, aliás, é até hoje, um dos principais ídolos da história do clube.

Década de 90

– Nos anos 90, o retorno da boa fase santista. Em 1995, por exemplo, a equipe se sagraria vice-campeã do Campeonato Brasileiro, perdendo na final, para o Botafofo. Ainda no período, destaque para os nomes dos jogadores Giovanni e Camanducaia.

– 02 anos depois, enfim, uma nova conquista. Na época, o clube venceria as edições do Torneio Rio-São Paulo e da Copa Conmebol (atual Copa Sul-Americana).

– Ainda na década, o Santos seria reconhecido pela Fifa, como o “Clube do Século XX nas Américas”.

Emerson Leão

– No ano de 2002, já sob o comando de Emerson Leão, o clube vence o Campeonato Brasileiro pela sétima vez. Apelidados de os “Meninos da Vila”, seus jogadores logo conquistariam o Brasil, em especial, a dupla Diego e Robinho.

– Em 2004, é a vez de Vanderlei Luxemburgo assumir a equipe. Nesta fase, o Santos receberia os reforços de Ricardinho e Deivid.

– Neste mesmo ano, o time vence o Campeonato Brasileiro, derrotando na final, o Vasco da Gama.

-Em 2006, já renovada, a equipe passa a contar com novas contratações. Entre seus atletas principais estavam: Fábio Costa, Maldonado, Cléber Santana e Rodrigo Tabata.

– No ano de 2009, mudança na direção do Santos. Sai Marcelo Pirilo Teixeira, dando espaço para Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, da oposição.

– Certo tempo depois, surge uma nova geração de jogadores. Esta, por sua vez, teria nas figuras de Neymar e Paulo Henrique Ganso, seus principais ídolos.

– No último domingo, 15, a equipe conquistaria seu 19º título estadual, vencendo na final, o Corinthians. A final, disputada na Vila Belmiro, contaria com os gols de Arouca e Neymar.