Minilua

A história do Rock #11 Elvis Presley

"Agora compreendo algo sobre mim mesmo. Tenho a força do céu e do inferno em mim. Preciso aprender a equilibrá-las porque são perigosas. Tenho que saber me controlar." Elvis Presley.

Como toda a grande lenda, Elvis não perdeu se brilho após a sua morte, muito pelo contrário, muitas coisas fizeram que seu nome fosse mais lembrado e mais adorado.

Após deixar seu posto de ídolo revolucionário, Elvis ganhou o posto de mito, recebendo diversas homenagens e premiações após seu falecimento. Muitos filmes sobre sua história foram feitos, tendo como grande destaque o filme "Elvis" (“Elvis Não Morreu” aqui no Brasil), no qual o Rei foi interpretado por Kurt Russell.

Outro importante documento biográfico de Elvis foi o livro “Elvis e Eu”, escrito por Priscilla Presley (ex-esposa de Elvis), que além do grande sucesso também rendeu um filme bem aceito pela critica e pelo público.

Elvis também recebeu diversas outras homenagens, tais como: ingresso no Hall da Fama do Rock, título de sócio fundador do rockabilly, maior artista da história dos E.U.A, além de ter sido considerado a 8ª maior personalidade do seu pais em todos os tempos.

A fama desse grande artista simplesmente cresceu com sua morte, espalhando cada vez mais sua obra por todos os lugares. Tão grande é a devoção de seus fãs, que muito realmente acreditam na famosa frase: “Elvis não morreu”. Mas se pararmos para pensar, o ser humano Elvis pode ter morrido, mas o Rei do Rock jamais morrerá, pois tudo que ele conquistou e todas as portas que ele abriu são coisas atemporais, que jamais serão esquecidas, nem por essa, nem pelas próximas gerações de roqueiros.