Minilua

A história por trás dos jogos

Jogos são obras complexas, que podem levar anos para serem feitos, contando com várias pessoas. E muitas vezes, durante essa produção, surgem diversas histórias para lá de curiosas:

Super Mario

Todos que jogaram esse clássico conhecem muito bem o cogumelo vermelho, aquele que faz o Mario crescer. A princípio isso não faz muito sentido, afinal, o que um cogumelo tem a ver com crescimento? Contudo, na verdade, faz todo o sentido.

Esse cogumelo vermelho com marcas brancas existe no mundo real e é chamado de Amanita muscaria. Quando ingerido por humanos, ele causa alucinações e uma delas envolve a sensação de crescimento. A pessoa sente-se maior do que realmente é.

Ainda falando de Mario, o personagem, nas primeiras edições do game, aparecia como um encanador, que usava chapéu vermelho, bigode e um macacão. Todas essas características que os gamers adoram são truques usados pelos desenvolvedores.

Antigamente, cada elemento de um jogo era formado por uma certa quantidade de pixels (pontos na tela). Isso tornava a produção bem complicada, pois limitava o número de opções, além disso, havia uma limitação nas cores. Por isso, o Mario usava chapéu, afinal desenhar o cabelo seria mais complicado e a possibilidade do chapéu vermelho definia melhor a silhueta do personagem.

Outra coisa é o bigode. Sem ele, a cara do Mario seria apenas uma bola cor de pele, mas com o bigode o rosto fica bem mais definido.

Final Fantasy

Final Fantasy é uma das séries mais bem-sucedidas de todos os tempos. Com dezenas de jogos, essa franquia tem fãs desde a época do primeiro jogo, ainda no Nintendo. Porém existe uma grande curiosidade/mistério sobre o nome dele.

A lenda mais famosa fala que o Final do nome é porque a empresa produtora estava falindo. Com esse problema em mãos, os produtores resolveram colocar o “Final” como uma homenagem ao que deveria ser o último jogo da empresa. Essa versão da história, que até parece coisa de filme, é a mais conhecida, porém existe outra versão menos emocionante.

A outra versão fala que os produtores, por algum motivo, queriam que a abreviação do nome do jogo fosse FF. Durante a escolha, diversos nomes foram apresentados. Um deles era “Fighting Fantasy”, o preferido de muitos. Contudo, uma série de livros com esse nome fez com que os produtores desistissem dele para evitar problemas. Assim, o escolhido foi Final Fantasy.

Tomb Raider

Uma das personagens mais famosas e importantes da história do videogame é Lara Croft, protagonista da série “Tomb Raider”. Durante o desenvolvimento do primeiro jogo da série, quando ainda estava em estágio de criação, o responsável, chamado Toby Guard, estava trabalhando nos detalhes corporais da musa. Em um momento, ele pretendia aumentar os peitos dela em 50%, mas, sem querer, ele setou o valor para 150%! Os enormes peitos agradaram a todos da produção e ficaram no game original.

GTA

A Rockstar, empresa que produz os games da série GTA, nunca pensou em criar um jogo desse tipo. Em 1995, eles estavam trabalhando em um jogo chamado Race’n’Chase. O game era uma espécie de corrida, com possibilidade de pilotar carros de polícia. Além disso, havia todo uma parte de destruição de coisas, que contavam pontos.

Quando esse game estava quase pronto, os testadores começaram a jogá-lo, mas ninguém gostou muito. As missões eram lineares e apesar dos vários veículos, ninguém se divertia muito. Contudo, um interessante bug foi encontrado. Em algumas ocasiões, a polícia começava a perseguir o jogador, tentando jogá-lo para fora da pista. Isso sim, agradou a todos. Em pouco tempo, os produtores desistiram de Race’n’Chase e resolveram transformar o jogo de corrida em um game onde o personagem principal fugia da polícia. Dessa maneira nasceu GTA.