Minilua

Incríveis cachorros heróis #1

O cachorro é o melhor amigo do homem em todos os momentos, mas essa amizade se mostra ainda mais forte em momentos de desespero, aí sim nós podemos ver o quanto podemos confiar nesse seres:

Honey

Honey era um cocker spaniel que foi um grande herói de uma tragédia, que poderia ter acabado muito pior se não fosse pela incrível inteligência desse cão. Um dia, Michael Bosch e seu fiél cachorro estavam na estrada, quando o homem perdeu o controle e saiu da pista. O acidente fez com que o carro capotasse e acabasse parando a mais de 40 metros da pista, no meio do mato.

Os dois ocupantes ficaram presos, devido a deformação causada pelo capotamento. Sem conseguir se mover, Michael abriu uma janela e pediu que Honey saísse do carro e buscasse ajuda. Incrivelmente, o cachorro entendeu a mensagem e correu mais de um quilômetro até a cidade mais próxima. Lá, o animal chamou a atenção de outro homem e o levou até o local do acidente.

Assim, seis horas após ter batido o carro, Michael foi salvo e levado ao hospital, em um estado crítico. Por sorte, o atendimento feito a tempo o salvou. Se não fosse pela incrível habilidade e inteligência de Honey, Michael provavelmente não teria sobrevivido ao acidente.

Tang

Em 1919, um navio chamado Ethie teve problema perto da costa, quando bateu em rochas no meio de uma tempestade. O perigo era iminente para os 92 tripulantes a bordo. Tentando salvar seus colegas, um dos tribulantes pulou ao mar com uma corda para tentar levá-la até a praia, onde poderia amarrar o navio em um local seguro. Infelizmente o homem não conseguiu chegar até a praia.

Sem mais opções, o capitão da embarcação resolveu enviar Tang, o cachorro que viajava com eles. O animal pegou a corda com a boca e milagrosamente nadou até a praia, vencendo as grandes ondas e toda a fúria marítima. Chegando lá, o animal foi ajudado por moradores locais. Graças a esse feito, Tang conseguiu que todos os tripulantes fossem salvos.

Stubby, o cão Sargento

Stubby é um cachorro lendário que serviu na Primeira Guerra Mundial e até hoje é o único animal a ser promovido a Sargento por feitos em combate.

Stuuby fez parte da 102ª Divisão de Infantaria e lutou na França, em 17 batalhas diferentes. Em um dos seus primeiros combates, Stubby marchou na frente do pelotão, onde animava os soldados, mas acabou sendo ferido e levado para traseira. Lá, apesar dos machucados, continuou deixando todos os homens com o ânimo lá em cima.

Após a recuperação, Stubby voltou ao campo de batalha, onde aprendeu diversos “truques”. O cachorro aprendeu a identificar gás mostarda, avisando seus companheiros de batalhão contra o perigo. Ele também era capaz de encontrar feridos no campo de batalha e os manter animados até a chegada do socorro. Além disso, sua habilidade auditiva trazia uma grande vantagem, porque Stubby ouvia o zunido de projeteis de artilharia antes deles chegarem, assim avisava a tropa e todos podiam se esconder.

Após o término do conflito, Stubby voltou ao EUA onde conheceu três Presidentes e viajou por todo o país, como uma estrela de guerra. Seus feitos ainda lhe renderam uma promoção a Sargento, a mais alta patente de um animal de guerra.