Minilua

Incríveis fatos sobre você #7

A mais incrível máquina que o ser humano já encontrou no Universo é seu próprio corpo, que é capaz de realizar coisas espantosas e possui algumas das estruturas mais complexas e intrigantes que podemos imaginar. Por isso, algo tão incrível, é um prato cheio de grandes curiosidades:

A maior célula

O corpo humano é formado por milhares de células diferentes. Cada uma faz uma função, mas, no geral, todas elas são muito pequenas e precisam de microscópio para serem vistas. Contudo, existe uma célula humana grande o bastante para vermos a olho nu e ela é o óvulo feminino.

Medindo algo em torno de 0,12 milímetro, o óvulo feminino é o responsável pela reprodução humana. O fato interessante é que sendo a maior célula humana, ela faz parceria com o espermatozoide, que é a menor célula de todas.

Cabeçudo

Você pode até não ter percebido, mas os bebês são bem cabeçudos. Em geral, a cabeça de um recém-nascido representa um quarto de todo o seu corpo, algo que é totalmente desproporcional quando comparamos com seres humanos crescidos. Nossa cabeça cresce em uma taxa muito menor do que o resto do corpo, por isso, quando chegamos a fase adulta, nossa cabeça representa apenas um oitavo de nosso tamanho.

Irrecuperável

Nós não somos nenhum exemplo de perfeição no que diz a recuperação de machucados e perda de partes do corpo, mesmo assim, nosso organismo é capaz de fazer coisas incríveis para nos manter vivos. Contudo, quando quebramos um dente, mesmo que seja apenas uma pontinha, o corpo parece ignorar isso e deixar o dente quebrado.

Isso corre porque, ao contrário de outras partes de nosso corpo, que são compostas principalmente de células vivas, que permitem substituição e criam a possibilidade de recuperação, os dentes são formados de 90% de minerais, o que acaba impedindo qualquer tipo de recuperação natural.

Olhos grandes

Além do cabeção, existe outra coisa desproporcional nos bebês: os olhos. Ainda na gestação, os olhos se desenvolvem muito rapidamente e as crianças nascem com eles quase do tamanho que terão pelo resto da vida. Durante os três primeiros meses fora da barriga, os olhos continuam aumentando dando aquela cara fofinha aos bebês. Depois disso, o corpo cresce e os olhos também, mas em uma taxa muito menor, acabando com a desproporcionalidade. No final, um olho humano tem algo em torno de 22,5 a 23 milímetros de diâmetro.