Minilua

Incríveis imagens de insetos que vivem em nossas casas

Usando uma lente do tipo macro de 90 mm, e com a ajuda de filtros, o renomado fotógrafo britânico Michael Buck capturou imagens impressionantes de pequenos insetos que vivem em nossas casas, fazendo-os parecer criaturas de outro mundo.

A aranha vista na foto, ocupa grande parte do Hemisfério Norte, com exceção do Japão e da Indonésia. Elas correm rápido e podem chegar a pouco menos de 2 cm. Na imagem é possível ver os pelos da aranha, que são seus sensores de deslocamento de ar.

Esses tipos de insetos são, muitas vezes, considerados vermes ou parasitas, mas exercem um papel ecológico extremamente importante.

As tesourinha ou lacrainha, mostrada na imagem, habitam locais úmidos e possuem hábitos noturnos, escondendo-se em abrigos, como fendas em paredes e debaixo de galhos e pedras, durante o dia.

O Crisopídeo (foto) são muito comuns na América do Norte e na Europa. Possuem as asas delicadas e olhos compostos e protuberantes, que lhe permite detectar rapidamente um movimento e também a polaridade da luz.

Além da lente macro de 90 mm, foi utilizado um filtro para capturar detalhes como a pele em os pés da joaninha. É possível ver os poros na casca que protege a sua asa.

Essas imagens foram feitas durante o inverno Londrino, estação em que esses minúsculos insetos espreitam o interior das casas europeias, procurando abrigo do frio congelante. ” A estação mais fria pode ser particularmente dura para insetos, uma vez que eles dependem do calor do Sol para suas atividades diárias. Como resultado, não é incomum encontrá-los em ambientes internos. Alguns podem até ser encontrados hibernando em partes menos movimentadas das casas”, diz Vanessa Amaral-Rogers, da organização ambiental Buglife.