Minilua

Incríveis invasões naturais

Invasão de formigas vermelhas em vários países

Um enxame de formigas vermelho-fogo brasileira, com uma picada que queima desenfreadamente tem atingido várias partes dos Estados Unidos, Austrália e Taiwan, consumindo pequenas aves, gado de corte, e deixando vergões dolorosos em qualquer pele humana que entram em contato.
Este filme horror pode muito bem ter uma sequela. As formigas rainha podem voar até 15 km para iniciar uma nova colônia, o que significa que os esforços de erradicação são ineficazes. "Não há nenhuma patrulha na fronteira para as formigas", diz o Dr. Richard Corlett, um especialista em biodiversidade da Universidade de Hong Kong.

 

Invasão de algas na China

Centenas de quilômetros quadrados ao largo da cidade de Qingdao, na província de Shandong foram tomados por um surto de uma espessura de algas conhecidas como enteromorpha prolifera.
Os primeiros surtos, também conhecidos como maré verde, foram registrados na década de 1970, e ocorrem principalmente na Europa e América do Sul. Mas, desde 2007, o fenômeno tem vindo a fazer uma aparição anual na China, "Mar Amarelo". Um surto de enteromorpha prolifera na China, em 2008, foi o maior já registrado no mundo e cobriu mais de 600 quilômetros quadrados. A erva daninha destruiu vastas áreas do leito do mar no Mediterrâneo na última década, depois de escapar de um aquário.

Crescendo a uma taxa de até oito centímetros (3,5 polegadas) por dia, a alga se espalha como um incêndio, privando outras plantas e animais de luz e do oxigênio vital.

 

Invasão de Caranguejos

Anualmente mais de 150 milhões de caranguejos vermelhos migram para a  liberação de ovos na água. A migração em si dura até 20 dias. Os ovos de poedeiras e reprodutoras são colocados em tocas úmidas e, em seguida, a geração de jovens caranguejos, chamados megalopas (eles não têm mais do que 5 mm de diâmetro) gera uma nova migração, desta vez da água para as florestas. Estradas tornam-se coberta com cheiro de frutos do mar, mas é bom não tocá-los, eles contem uma toxina nociva. No outro lado os proprietários de automóveis devem reparar pneus picados pelas conchas afiadas. Funcionários fazem esforços para proteger os caranguejos, fechando algumas estradas e calçadas para criar "postos de caranguejos". Em parte, isso é porque a migração de caranguejo se tornou uma grande atração turística.

 

Invasão de tartarugas no aeroporto JFK

A pista do aeroporto encerrou temporariamente após pelo menos 78 tartarugas terem sido rastreadas pela Tarmac. A pista do aeroporto Internacional John F. Kennedy foi fechada brevemente, meses depois de pelo menos 78 tartarugas saírem de uma baía próxima, se arrastando para a pista.
Os animas foram depositados de volta na água mais distante da propriedade do aeroporto, mas após interromper o vôo e contribuir para os atrasos que chegaram a quase 11/2hs.

 

Invasão de carpas

Como a maioria das espécies invasoras, a carpa asiática foi introduzida com a esperança de fazer o bem. Mas agora é como a introdução de piranhas para os Grandes Lagos.

Originalmente criados para limpar lagoas e em experimentos para filtrar efluentes, as criaturas escaparam durante as cheias em 1990 e dirigiram-se para os rios adjacentes. Finalmente, chegaram os tributários do sistema fluvial do Mississippi, que inclui o rio Missouri, o rio Ohio e o rio Illinois. Lá, eles lançaram o caos há anos, destruindo a pesca comercial e prejudicando as atividades recreacionais da água. No Início do verão passado, um esquiador de jato, de 22 anos de idade, no Rio Illinois teve de ser resgatado por bombeiros quando ele se deparou com um peixe pulando que bateu em sua máquina. Em 2004, uma mulher quase morreu depois de ser nocauteada por um peixe pulando ao mesmo tempo em seu Jet Ski perto de Peoria.

 

Invasão de abelhas

Anos atrás, abelhas assassinas atacaram em um jogo de futebol internacional na Costa Rica.
A origem das abelhas assassinas é uma história de horror clássico. Um grupo de cientistas cruzaram a delicada abelha europeia com a abelha hardy Africano, esperando que as novas abelhas resistem ao clima tropical. Mas a experiência ocorreu mal. Claro, a nova espécie também produzia mel, mas também foi mais agressiva e perseguiu intrusos em nuvens maiores e por longas distâncias. O 'Projeto Abelha' foi suspenso até novo aviso. Então, um dia, um apicultor errante acidentalmente liberou 26 rainhas híbridas. As abelhas novas sobreviventes logo se espalharam a partir do Brasil para a Califórnia. Uma colmeia pode lançar 20 mil abelhas em 15 segundos – o suficiente para matá-lo. E assim começou a sua nova alcunha.

 

Adaptado de uphaa