Minilua

Incríveis semelhanças entre humanos e chimpanzés

Apesar de muitas pessoas no mundo negarem uma conexão entre humanos e macacos, ela existe e não se limita ao DNA:

Guerra

Muitas pessoas pensam que a guerra é algo exclusivo dos seres humanos, mas não é bem assim. Os chimpanzés se organizam em grupos e travam batalhas contra seus rivais próximos. Um estudo feito por John Mitani, da Universidade de Michigan, mostrou que essa espécie de macaco luta por território, recursos extras e também para ter mais acesso as fêmeas. Ou seja, assim como os humanos, os chimpanzés fazem guerra por poder, “dinheiro” e amor.

Invenções

O que diferencia os homens dos outros animais é sua capacidade de usar as coisas a sua volta para criar ferramentas que lhe tragam vantagens. Isso também é feito pelos chimpanzés, que são bem criativos.

Para testar as habilidades de solução de problemas, alguns pesquisadores observaram os chimpanzés lidando com uma fruta africana que é semelhante ao nosso coco. Para abri-la, os animais inventaram oito maneiras diferentes. Alguns usavam pedras, outros batiam duas frutas, alguns as abriam com mais jeitinho e outros ainda as arremessavam para cima, usando a queda para quebrá-las. Tudo isso mostra que eles são capazes de se adaptarem as situações e criarem diversos métodos para a solução de um mesmo problema, uma característica bem humana.

Ajudinha

Quando dois humanos estão trabalhando em alguma tarefa, eles costumam sentar um perto do outro e trocar ideias sobre o que está sendo feito. Incrivelmente, os chimpanzés fazem exatamente a mesma coisa.

Não é uma cena rara vermos dois macacos sentados um do lado do outro. Isso ocorre porque eles estão trocando experiências e se ajudando. Estudos sobre o comportamento desses animais revelaram que eles trabalham bem em duplas e depois de aprenderem a realizar uma tarefa em conjunto, são capazes de se ajudarem mutuamente em 97% dos casos.

Inteligência

A capacidade mental desses animais vendo sendo estudada há décadas por cientistas de todo o mundo. E a conclusão é que eles, apesar de compartilharem 99% do seu DNA conosco, não conseguem desenvolver as mesmas capacidades. Mesmo assim, um chimpanzé pode chegar a ter o intelecto de uma criança de 3 anos de idade.

Quando treinados, os chimpanzés são capazes de aprender linguagens de sinais e se reconhecerem em um espelho (algo que pouquíssimos animais são capazes de fazer). Eles também são capazes de montar quebra-cabeças e contar de 1 a 9, sabendo exatamente o que cada número significa.

Uma das características mais intrigantes desses animais são seus risos. Exatamente como os humanos, eles sorriem para diversas situações e podem cair na gargalhada quando sofrem cócegas ou veem algo engraçado.