Minilua

O incrível mundo das bebidas

Cada vez é mais comum vermos pessoas bebendo nas mais diversas ocasiões (e muitas vezes exagerando), mas isso não é algo do mundo moderno e nem sempre acaba bem:

Antiguidade na cachaça

As bebidas alcoólicas parecem ser coisa moderna, mas elas estão na humanidade desde os primórdios da civilização. Uma descoberta feita em 2012 revelou que os turcos já fermentavam cerveja há 11 mil anos!

Naquela época, fazer cerveja era muito complicado, sem as máquinas e toda tecnologia que temos hoje em dia. Por isso ela era apenas usada para rituais religiosos. A bebidas foram começar a se tornar popular na época dos egípcios.

Coquetéis e a mafia

Os coquetéis, aquelas bebidas mais doces, que normalmente possuem algum sabor de fruta ou de outras coisas gostosas, como café e chocolate, só surgiram na modernidade. Elas apareceram devido a “Lei Seca” que imperou nos EUA entre 1920 e 1933, quando as bebidas alcoólicas foram proibidas pelo governo.

Essa proibição gerou um comércio ilegal gigantesco e foi responsável pelo crescimento da máfia, que era a principal vendedora das bebidas. Uma das maneiras de passar pela fiscalização, era vender sucos com bebidas dentro, isso fez com que os coquetéis caíssem no gosto popular e acabassem ganhando o mundo.

Sempre bêbados

Atualmente quase toda a reunião de pessoas envolve duas coisas: comida e bebida. Por isso, algumas pesquisas descobriram que o mundo sempre tem uma enorme quantidade de bêbados por aí. Segundo a estimativa, 0,7% da população mundial sempre está bêbada, ou seja, no momento em que você está lendo isso, pelo menos 50 milhões de pessoas estão bêbadas por aí!

Curiosidades

– Pessoas mais musculosas ficam menos bêbadas, pois seus músculos absorvem mais o álcool;

– Cenosillicaphobia é o medo de ter um copo vazio por perto;

– A bebida mais popular da Tailândia é a Tarantula Brandy, um licor de arroz com uma tarântula recém morta dentro;

– A vodka é o licor mais apreciado do mundo, vendendo 5 bilhões de litros ao ano;

– Adolf Hitler era totalmente abstêmio;

– O álcool não é algo apenas do planeta Terra, existe uma nuvem de álcool tão grande no espaço que poderia fazer trilhões de trilhões de drinks;

– Até 2010, a cerveja não era considerada bebida alcoólica na Rússia.