O incrível mundo dos cavaleiros #1

Do mundo real a fantasia, os cavaleiros sempre fizeram parte da história. Durante muitos anos eles foram o ápice do campo de batalha e fizeram fama, que até hoje ainda ecoa em filmes e livros. Mas como era a vida desses grandes homens que entregavam tudo para manter a honra?




Treinamento

medieval-knights-knight-and-stock-photos-154742

Tornar-se um cavaleiro era uma tarefa árdua e exigia, além de talento, uma boa dose de sorte para sobreviver ao treinamento. A jornada de batalhas de um menino, que desejava ser cavaleiro, começava com sete anos. Por volta dessa idade, eles não passavam de meninos de recados. Mas as suas brincadeiras eram bem diferentes, pois em vez de brinquedos, eles usavam armas e aprendiam a montar.

Quando chegavam a idade dos 14 anos, os candidatos a cavaleiro se tornavam escudeiros. Assim eles tinham que servir um cavaleiro de verdade, fazendo tudo que lhe fosse pedido. Sua tarefa principal era cuidar da armadura e das armas de seu mestre.

Knight_and_Squire_by_mattboggs

Com a tenra idade de 14 anos, os escudeiros já eram considerados grandes o bastante para lutarem, ou seja, em uma batalha, eles lutavam como cavaleiros de verdade, mesmo sendo mais jovens.

Caso conseguisse sobreviver até a idade de 21 anos, sem perder nenhum pedaço do corpo, o escudeiro virava cavaleiro.

420px-Edmund_blair_leighton_accolade

Quando os cavaleiros não tinham ligação com a Igreja, a passagem era apenas um ritual rápido, realizado pelo mestre daquele garoto. Porém depois que a Igreja começou a usar cavaleiros em suas conquistas de fé, o ritual tornou-se um espetáculo, cheio de floreios e tradições criadas pelo Papa.




Código da cavalaria

medieval-knights-knight-charge-graphics-code-comments-pictures-121724

Além de toda a habilidade no campo de batalha, um cavaleiro precisava seguir algumas regras, que eram conhecidas como o “Código da Cavalaria”. Na verdade, não existia nenhum tipo de lei formal escrita sobre isso, mas existiam certas qualidades que todos esperavam de um cavaleiro.

A primeira qualidade era a lealdade, depois a bravura, e os cavaleiros deviam tratar as pessoas com justiça e amabilidade. Sendo justos e defendendo os mais fracos.

O escrito chamado “Livro da Ordem de Cavalaria”, escrito por Ramon Llull em 1275, tem uma boa descrição do que deveria ser um cavaleiro. Nele haviam todos os pormenores, indo desde o tipo de montaria, até o que um cavaleiro juramentado deveria fazer. Um cavalariano precisava participar de torneios, manter mesas redondas com os companheiros, ser leal a seu suserano e ter as seguintes virtudes: “fé, esperança, caridade, justiça, força, moderação e fidelidade.”

Essas coisas eram o que, basicamente, formava um cavaleiro, mas ainda existiam muitos outros detalhes e histórias sobre esse homens corajosos, que mudaram a história do mundo! Confira no próximo post da série!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Adriana Dos Santos Silva

    17 de abril de 2014 em 20:09

    amei tudo

  2. Naruto Uzumaki

    28 de agosto de 2013 em 00:35

    Como eu queria ter nascido na idade media amo muito os cavaleiros principalmente, o lendário Bayern, pra ser um Knight… pelo menos no Demon`s Souls eu posso ser um.
    [img]http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2013/08/medieval-knights-knight-and-stock-photos-154742_thumb.jpg[/img]

    • Litzen Vampiro

      28 de agosto de 2013 em 15:59

      Se esta procurando uma historia com isso, lê as Crônicas do gelo e do fogo, é bom…

  3. Dark J

    22 de agosto de 2013 em 21:21

    Eles eram os “Superman” daquela época pra conseguir portar uma armadura dessa. Hj em dia até os lutadores de MMA se sentem fracotes quando portam algo desse peso.

  4. Luís Felipe

    22 de agosto de 2013 em 13:54

    A infância deles parece a d traficantes:
    Aos 7 anos trabalham como leva-e-traz, aos 14 viram fogueteiros, e, se sobreviverem até os 21, podem ter seu próprio ponto de venda. E tbm têm q obedecer a um cara q se julga rei (dono do morro).

    • Ousawa Akatsuki

      24 de agosto de 2013 em 18:09

      então tem um monte de cavaleiro no brasil?

      • Luís Felipe

        25 de agosto de 2013 em 18:13

        N, o nome disso é bandido mesmo, embora a diferença seja pequena.

        • Juliano

          28 de agosto de 2013 em 21:39

          a diferença está no código de honra

          • Luís Felipe

            28 de agosto de 2013 em 22:06

            N cara, bandido nem sabe o q é isso.

  5. Luís Felipe

    22 de agosto de 2013 em 13:50

    Crescer em meio à violência, lutar pela vida a partir dos 14 anos, ser considerado o fodão da época…
    Todo esse esforço pra no final ter q obedecer a um cara q se dizia o escolhido divino (rei)…
    N, n era tão bom assim.

  6. Trevor

    22 de agosto de 2013 em 13:36

    Os cavaleiros só tinham q seguir essas regras pq antes delas, eles eram assassinos sanguinários e bebados

  7. Litzen Vampiro

    22 de agosto de 2013 em 02:27

    Interessante, agora podem trazer matérias com o treinamento de vários tipos de guerreiros como a ME fez…

    • Sakata Gintoki

      22 de agosto de 2013 em 13:20

      psé seria foda uma dessas com ninjas ou samurais.

  8. Junior Gomez

    21 de agosto de 2013 em 23:11

    Acho que eu já li essa matéria em algum lugar ¬¬

  9. Chris Brandao

    21 de agosto de 2013 em 22:52

    Imagine esse cavaleiros no mundo de hoje…

  10. Shun dlç

    21 de agosto de 2013 em 22:06

    Eu não faço nada dessas coisas não… sou um cavaleiro descolado

    • Trevor

      22 de agosto de 2013 em 13:37

      brincava com outro brinquedo, né?

  11. Jon Snow

    21 de agosto de 2013 em 21:17

    Eu não sou um cavaleiro, mas luto como um…..ou ñ

  12. Bruno LLaw

    21 de agosto de 2013 em 20:42

    Claro, a idade média teve seus pontos gloriosos e negros,assim como todas as outras Eras tbm. Mas nascer nessa época e se tornar cavaleiro,sem dúvidas, a maior aventura e honra!

    • Lucas Rodrigues

      21 de agosto de 2013 em 21:13

      Se existisse máquina do tempo, a primeira época que eu gostaria de conhecer seria a Idade Média, só por curiosidade rsrs

  13. Lucas Rodrigues

    21 de agosto de 2013 em 20:14

    Não sabia da real origem dos cavaleiros, muito bom o post 🙂
    Espero pela continuação.

    • Diego Martins

      21 de agosto de 2013 em 22:19

      Em breve, se tudo deixar sai um por semana, durante uns dois meses.

  14. Altair Ibn-La'Ahad

    21 de agosto de 2013 em 19:58

    Eu mato cavaleiros, e isso é tudo culpa dos templários ._.

    • Jon Snow

      21 de agosto de 2013 em 22:59

      E o fato de vc não saber nadar, é culpa deles tb kkkk

      • Luís Felipe

        22 de agosto de 2013 em 13:46

        KKKKK
        Lembrei d qndo comecei a jogar e pensei: “será q ele nada?”
        Resultado: “Desinchronization – Death”

  15. Little Uchiha™

    21 de agosto de 2013 em 19:37

    Vida dura desses cara hein? e as ppka tinham muitas?

    • Altair Ibn-La'Ahad

      21 de agosto de 2013 em 19:59

      Muitas e muito cabeludas g.g
      é q nem um oficial do exército nos dias de hj, a proporção de ppks pegadas deve ser igual ._.

      • Lucas Rodrigues

        21 de agosto de 2013 em 20:12

        kkkkkkkkkkkkk

  16. eduardo (eduh)

    21 de agosto de 2013 em 18:56

    e foram o HP gigante que eles tem e a defesa.

    • jefry roger

      22 de agosto de 2013 em 10:54

      geralmente teem um bom ataque tbm.

    • Altair Ibn-La'Ahad

      21 de agosto de 2013 em 20:00

      E fora a capacidade de carga maior e a habilidade de usar espadas de duas mãos like a berseker arrancador de cabeças ._.

      • eduardo (eduh)

        21 de agosto de 2013 em 20:06

        mas são fracos contra magia T-T

        • Altair Ibn-La'Ahad

          21 de agosto de 2013 em 20:28

          Todo mundo tem seu ponto fraco, e os magos são a apelancia em pessoa, q dirá de cavaleiros coitadinhos lentos que só atacam de perto ._.

    • eduardo (eduh)

      21 de agosto de 2013 em 18:57

      e fora*

  17. Hyoga de Cisne

    21 de agosto de 2013 em 18:51

    Queria ter nascido nessa época..

    • Super

      21 de agosto de 2013 em 20:09

      tem certeza do que esta dizendo?

      • Hyoga de Cisne

        21 de agosto de 2013 em 20:45

        Sim, seria bem menos entediante e.e

        • Super

          21 de agosto de 2013 em 21:28

          vamos ao teste então! começando com a força.. quantos quilos consegue erguer?

        • Jon Snow

          21 de agosto de 2013 em 21:14

          Kkkkk Shun falou que sente sua falta kkkk

  18. Bardock

    21 de agosto de 2013 em 18:48

    Esqueceu de dizer que se tivesse grades feitos em uma guerra e sobrevivido a ela, poderia se tornar o Mestre do Santuário, igual o Shion. e.e

    • Bruno LLaw

      21 de agosto de 2013 em 20:43

      LOL

    • João Gabriel

      21 de agosto de 2013 em 19:24

      Claro… Shion HIHIEHEIAHAHAHAHAH EXPLOSÃO GALÁCTICA morra Shion!!!

  19. Eric Matheus

    21 de agosto de 2013 em 18:48

    Era incrível, más também era um mundo fedido, porque não tinha esgoto, nem privada, e as cidades tinham dejetos humanos por todos os lados =c…..trágico

    • Seu Kumyama

      28 de agosto de 2013 em 02:10

      Era fedido mesmo, mas nem tanto quanto eu pensava… As pesoas sabiam fazer sabão em casa e tinha 2 tipos de sabão, um de lavar roupas, cavalos, pratos…. e outro pra tomar banho. Era muito facil fazer sabão e era bem comum na ´poca… eles tb limpavam os dentes com um talo de uma planta que tinha em todo lugar pelo mato. N eram limpos como hoje em dia, mas tb n andavam igual mendigos. Por incrivel que pareça as pessoas da roça eram mais limpas q as da cidade. Na roça eles cavavam buracos grandes e botavam um suporte de madeira em cima tampando deixando só um buraco pra onde a merda descia. Depois quando tava cheio eles cobriam com terra e fazia buraco em outro lugar.. faziam longe da casa pq fedia pacas… na cidade era diferente.. eles cagavam em bacias e iam juntando aquilo o dia todo e a noite toda e de manhã jogavam a merda pela janela. Já se sabia que feridas sujas inflamavam então as mantinham limpas, desinfetavam com alguma bebida forte (rum por exemplo) e depois lavavam com água… Em feridas grandes eles depois de desinfetar e lavar, queimavam com ferro quente. Era muita sujera nas cidades e as doenças corriam soltas, mas as pessoas da roça eram mais limpas e mais saldáveis que as da cidade.

    • eduardo (eduh)

      21 de agosto de 2013 em 19:08

      se você vivesse naquele lugar e naquele tempo não acharia o mundo fedido,apesar que no Brasil chega proximo daquela realidade ”extinta” pela tecnologia.

  20. Godfather Vito

    21 de agosto de 2013 em 18:40

    Lancelot então era bem putão, pq não foi fiel ao seu rei.

47 Comentários
mais Posts
Topo