Minilua

O inferno tecnológico da Terra

Aposto que muitos de vocês já trocaram umas duas ou três vezes de celular, pelo menos, nos últimos dois anos, não é mesmo? E depois você simplesmente o jogou fora, do mesmo modo que faz com muitos outros aparelhos eletrônicos… Mas você sabia que esses aparelhos, depois de selecionados e tudo o mais, possui um lugar no qual são depositados, como se fosse um lixão, tudo isso seria normal se esses lixos eletrônicos não transformassem uma geração inteira de crianças em um inferno, e tudo isso porque temos a tal da obsolescência programada e porque muitos querem sempre ter o último aparelho da linha.

Esse lugar encontra-se próximo à capital de Gana, em um local onde o aterro é ilegal e onde vivem cerca de 40000 migrantes e refugiados. Todos os anos são milhões de toneladas recebidas nesse imenso lixão digital, afinal, grande parte do lixo eletrônico produzido no ocidente é depositado nesse local.

Por conta disso, não resta muito aos jovens e crianças a não ser recolher todo o cobre que conseguem encontrar para conseguirem vender por apenas alguns centavos de dólar. Para você ter ideia, um dia de trabalho rende menos de US$ 4, sem falar que muitos produtos químicos e tóxicos são liberados são liberados para o meio ambiente.

Já foram realizadas inúmeras convenções para tentar acabar com essa situação, entretanto, os EUA, o principal produtor de lixo eletrônico, simplesmente se recusa a aderir a qualquer convenção do tipo. Outro fato interessante é que muitos países ocidentais trocam mercadorias de segunda mão por materiais, com a finalidade de reduzir aquilo que pode ser chamado de abismo tecnológico entre países, infelizmente, essas trocas acabaram se tornando pretexto para diversas exportações ilegais.

Mas porque esses países não reciclam o próprio lixo? Bem, simplesmente porque é mais caro do que exportar.

Tudo isso faz parte de uma realidade que está escancarada para todo mundo ver, mas que ninguém quer ver; existem diversas estações de reciclagem por aí, mas apenas uma pequena parte da população já viu alguma delas. Duvida? Pois bem, some todos os aparelhos eletrônicos que você já jogou fora, agora, subtraia aqueles que você jogou em lixos recicláveis. Se o que você recicla equivale a mais de 80% de todo o seu lixo, parabéns você tem feito um ótimo trabalho, caso contrário, alguns hábitos precisam ser mudados, se não quiser fazer isso por você, pense em toda a geração que perde uma parte de sua infância para catar cobre em um dos inúmeros lixões que existem mundo afora.

 

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/