Os mais insanos treinamentos militares do mundo

1

O treinamento militar é um negócio intenso envolvendo disciplina, precisão e coragem, que são fundamentais no meio da batalha. Conheça os treinamentos militares mais insanos do mundo:




Jogar um jogo de "batata quente" com uma granada real (Exército de Libertação Popular da China)

Soldados em formação no Exército Popular de Libertação da China levam esses ideais a um nível totalmente diferente, um de seus exercícios envolve um jogo de vida e morte de “batata quente” com uma granada.

Este vídeo incrível mostra tropas chinesas estacionadas em Hong Kong passando um explosivo de um soldado para outro até que o último, finalmente, joga-o no buraco. Os soldados então pulam antes que ela exploda, cobrindo suas cabeças para se proteger.




Tomar um tiro no peito (Forças Especiais Russas)

2

Larry Vickers, um operador aposentando e um veterano do combate Delta da US Army 1st Special Forces, filmou o vídeo abaixo para uma série chamada TAC-TV. Estes exercícios fazem parte de um curso de formação de confiança russo especializado, e uma de suas técnicas de treinamento inclui atirar um no outro no peito.

A idéia por trás do exercício é preparar as tropas para o momento em que eles forem baleados. Alguns acabam feridos, enquanto outros apenas levam o dano com o colete. Independentemente do resultado, o soldado deve ser capaz de retornar o fogo rapidamente e com precisão.

Os estagiários, em seguida, empurram as pessoas para longe, enquanto atiram no chão, atirando apenas a centímetros dos voluntários para mostrar como o estresse afeta a concentração. Apesar destes ambientes estressantes, o estagiário deve ser capaz de manter a calma e levar a cabo a sua tarefa.




Saltar através de anéis de fogo (Exército de Libertação Popular da China)

3

Esta imagem incrível mostra um soldado temerário saltando através de anéis de fogo. Ele está vestido com seu uniforme e segurando um rifle durante este exercício de treinamento assustador na China. Seu superior disse que a perigosa tarefa daria a ele os mesmos sentimentos e adrenalina que ele iria enfrentar em combate real.




Drownproofing (Marinha dos Estados Unidos)

4

Praticamente cada parte do treinamento da Marinha é uma loucura, mas alguns exercícios são particularmente fora do comum.

Trainees suportam o “condicionamento de água fria”, enquanto cobertos de lama. Eles, então, têm os seus braços e pernas amarrados e devem descer e subir vinte vezes, flutuar por cinco minutos, nadar até a parte rasa da piscina, virar-se sem tocar no fundo, nadar de volta para o fundo, fazer uma cambalhota para trás debaixo d’água para a frente e recuperar uma máscara facial no fundo da piscina.




Quebrar placas de concreto com a cabeça (Soldados sul-coreanos e chineses)

5

Os soldados da China são conhecidos por conseguirem quebrar varas de bambu em suas costas e tijolos sobre suas cabeças.

Se o combate fosse simplesmente uma questão de carisma, o Exército Popular de Libertação da China estaria perto do invencível. Mas oficiais militares reconheceram que tais exposições têm poucas aplicações práticas e estão reconsiderando a quantidade de tempo que as tropas gastam com essa formação.




Beber sangue cobra (Marinha dos Estados Unidos)

6

A marinha americana bebe sangue de cobra e arranca a cabeça de galinhas com os dentes, como parte do seu treinamento.

Depois de ser ensinados a matar cobras venenosas por instrutores navais tailandeses, os marinheiros são incentivados a experimentar os costumes locais de beber o sangue do animal. Os soldados inclinam a cabeça para trás enquanto o sangue é espremido para fora do corpo da cobra em suas bocas.




Testar equilíbrio caminhando sobre tiros (Belarus Boinas Vermelhas)

7

Militares da Unidade Especial do Ministério do Interior de Belarus encaram uma prova de fogo. Para provar exatamente o quão durões eles são, e para ser aceito na elite Boinas Vermelhas do ministério, eles têm que passar por uma bateria de testes em um curso extremo.

O teste inclui uma marcha rápida de 10km, seguido por um curso de ataque extremo, combates corpo-a-corpo, invadir edifícios e acrobacias. Seus superiores fazem desafios extras para tornar a coisa ainda mais difícil.

Em média, leva de cinco a seis tentativas para conseguir uma vaga nos cobiçados boinas vermelhas, somente os mais aptos conseguem fazê-lo.




Saltar de arranha-céus (Comando Anti-Terror de Israel)

8

Se os terroristas tentarem fazer reféns em um arranha-céu, a última coisa que eles esperariam é o comando anti-terror pulando por sua janela.

Mas isso é exatamente o que a unidade anti-terror de Israel faz. Os estagiários devem esquecer tudo o que está ao seu redor, se concentrando apenas na janela e aguardando os comandos para se moverem.

Gostou do post? Não se esqueça de curtir e compartilhar nas redes sociais, curta também a página do Minilua no Facebook clicando aqui e participe também do nosso grupo no facebook clicando aqui.

  1. Magnifico Steiner

    1 de dezembro de 2015 em 19:45

    Perto disse tem o GRUMEC, inclusive alguns treinamento da SEALS é do Brasil. O nosso exercito de treinamento da selva é o melhor, valorizado muito lá fora por militares dos EUA, Espanha, França( Legião Estrangeira) etc. Conheço militares que já passaram por coisa pior (se bobear, o treinamento do BOPE é mais rigoroso que alguns ai). Melhor que o exercito anfíbio brasileiro só o Spestnaz.

  2. Luciano Saádeh

    25 de novembro de 2015 em 12:16

    Sei lá, acho que pra gente que adora se meter em guerra é mais que normal esses tipos de “absurdos” – como eu vejo -. Notavelmente no Brasil não chega nem perto, por isso são mal preparados, daga-se de passagem, para qualquer coisa envolvendo conflitos. E ainda houveram boatos de que a nossa representante do governo dissera que nosso exército está mais que preparado. Perto disso aí? RISOS ETERNOS.

    • Magnifico Steiner

      1 de dezembro de 2015 em 19:46

      Perto disse tem o GRUMEC, inclusive alguns treinamento da SEALS é do Brasil. O nosso exercito de treinamento da selva é o melhor, valorizado muito lá fora por militares dos EUA, Espanha, França( Legião Estrangeira) etc. Conheço militares que já passaram por coisa pior (se bobear, o treinamento do BOPE é mais rigoroso que alguns ai). Melhor que o exercito anfíbio brasileiro só o Spestnaz.

  3. Chuck

    24 de novembro de 2015 em 23:01

    Galera na China tem o exército mais V1D4 /0K4 e numeroso. Melhor mexer com eles não.

  4. Jeff_Silveira

    24 de novembro de 2015 em 10:10

  5. Lynn Rock

    24 de novembro de 2015 em 09:54

    Cruzes, que coisa sem noção… maldade com eles, espero que dê bons resultados.

  6. Transã1 da America

    23 de novembro de 2015 em 23:41

    Marinha e esses russos é tudo loco pqp

  7. Willyam Ricardo

    23 de novembro de 2015 em 23:02

    Que comece então a 3º guerra .

  8. André Silva

    23 de novembro de 2015 em 21:13

    Se não me engano o do sangue de cobra tem aqui também, um amigo que faz exército já teve que beber, e até tirou foto. Eu tentei entrar esse ano mas fui liberado por “excesso do contigente”. Eu não queria mesmo :'(

  9. Luiz Carlos

    23 de novembro de 2015 em 20:03

    Só os badass.

  10. Greg

    23 de novembro de 2015 em 19:55

    CUrti o post…. muito bom mesmo…. incrivel

  11. Guilherme Cássio

    23 de novembro de 2015 em 19:07

    Por um momento achei que o jogo da granada mantinha as regras do batata quente e tinha um perdedor (que nesse caso ia perder muito mais que o jogo)

  12. Luciano Lobato

    23 de novembro de 2015 em 17:34

    Post de numero 100 😀

    • Transã1 da America

      23 de novembro de 2015 em 23:42

      parabens, cara

    • André Silva

      23 de novembro de 2015 em 21:15

      Show!

15 Comentários
mais Posts
Topo