Minilua

Já pensou em saber o porquê das letras nos telefones fixos?

Certamente você já perguntou o porquê dos telefones fixos e orelhões possuírem letras em suas teclas? Mas nunca teve a chance ou a vontade de saber o motivo a ponto de pesquisar por aí – mas seus problemas acabaram – o Minilua trouxe a resposta.


Com a popularização dos celulares e dos smartphones, os orelhões perderam espaço, sendo utilizados apenas por uma parcela muito pequena da população, assim como os
telefones fixos. Esse telefones, como todos sabem, servem apenas para discagem de números, visando a ligação para determinada pessoa ou lugar. O fato dos números terem letras associadas a eles é um padrão mundial. Essas letras servem como armazenamento de contatos – em alguns casos – e para ativar outras funções no telefone. Em alguns países, é possível até mesmo enviar mensagens de texto a partir das letras nos telefones públicos, da mesma maneira como fazemos com os celulares hoje em dia. No Brasil, isso nunca funcionou nem nunca foi utilizado – ou seja, o Brasil só copiou e mal copiado.

As letras também foram empregadas pois havia uma apreensão devido a dificuldade de lembrar números de telefones com mais de quatro dígitos. Assim, as teclas de 2 a 9 foram atribuídas três letras, consistindo em 24 das 26 letras do alfabeto, com as letras Q e Z omitidas. No entanto, hoje essas letras são concedidas aos números 7 (PQRS) e 9 (WXYZ). Diversas empresas ainda conseguem usar as letras em vez de números para soletrar palavras, fazendo com que a forma de lembrar números se torne mais fácil para as pessoas.

Hoje, com smartphones as chamadas são mais rápidas devido ao fácil acesso dos contatos via agenda telefônica virtual. Basta um clique e voilà.

Curtiu? Comenta aí!