Minilua

Julgamos as pessoas nos primeiros segundos em que as conhecemos #2

Temos sempre, em qualquer situação mesmo, a presunção de julgar subconsciente ou conscientemente alguém que acabamos de conhecer. E isso geralmente ocorre dentro dos primeiros noventa segundos de contato, seja direto ou indireto.

Nesses primeiros instantes, decidimos, as vezes de modo equivocado, todos os tipos de coisas sobre elas, desde inteligência à promiscuidade.

A ciência chama isso de “thin slicing.”

Sobre ser careca

Para algumas pessoas, ser careca não é apenas bonito; é poderoso.

Um estudo da Universidade da Pensilvânia descobriu que “os homens com cabeças raspadas foram classificados como mais dominantes do que os homens semelhantes, mas com a cabeça cheia de cabelo”, e que “os homens cujo cabelo foi removido digitalmente foram tidos como mais imperantes, mais altos e mais fortes do que os são na realidade. ”

Então, se você tinha dúvidas sobre raspar a cabeça, apenas faça.

Sobre ser bem sucedido

Se você quer parecer mais bem sucedido, faça “sob medida”.

Em um estudo britânico-turco, os participantes olharam para fotos de homens em ternos prontos contra homens com ternos off-the-peg (sob medida) por apenas cinco segundos, e adivinhem só, os caras em ternos ajustados a mão foram classificados como mais bem sucedidos.

“Com base nas provas deste estudo, homens podem ser aconselhados a comprar a roupa que fique mais adaptada, uma vez que isso pode aumentar positivamente a imagem que querem passar ao comunica-se com outras pessoas”, escreveram os autores.

Se você está no caminho de uma promoção

Não é apenas o status – é potencial de ganhos também.

Em um estudo canadense de 2011, realizado com estudantes universitários, foram mostradas fotos de modelos masculinos vestidos em trajes de negócios ou trajes casuais. Em seguida, foram feitas perguntas sobre esses caras, se seriam capazes de realizar qualquer tarefa dada em um emprego.

Os resultados foram gritantes: Os homens com melhores vestimentas não só foram só os mais esperados para gerar mais dinheiro, como também eram esperados para serem promovidos mais rapidamente.

Se você é aventureiro

As pessoas não apenas leem quem você é pela sua aparência, mas também da forma como você se move, anda.

Em um estudo da Universidade de Durham, foram mostrados para os estudantes vídeos de 26 outros estudantes caminhando – alguns com andamentos mais soltos, e alguns com mais precisão.

Só foram necessários alguns passos para dar uma sensação de personalidade. Estudantes com andamentos mais frouxos foram equiparados com extroversão e espírito de aventura, enquanto os que andavam mais firmes eram vistos como neuróticos.