O lado oculto da Igreja Católica #4

A Igreja Católica é uma das mais antigas e poderosas instituições do mundo, criada há dois mil anos ela surgiu de um homem e cresceu até ser “dona do mundo”, mas para isso sua história foi marcada com mortes, traições, roubos, pecados e até mesmo associação com alguns dos piores vilões de nossa história.




O lado oculto da Igreja Católica #4 – Inquisição

Para ler a parte 2 clique aqui

Para ler a parte 3 clique aqui

christian-cross_1002_1024x768

A Igreja, que no início era uma instituição de fé, havia se tornado em um grande reino envolvido na política, economia e suas terras se espalhavam por todos os cantos de Velho Mundo. Tamanho poder começou a gerar inveja e desconfiança até mesmo dos amigos mais próximo, assim a Igreja, !!!!que já havia feito guerra com os muçulmanos para tentar acabar com essa nova religião, também tinha que defender-se dos seus próprios aliados.

Como não podia simplesmente declarar guerra contras seus amigos, ela resolveu criar uma arma que poderia ser usada contra qualquer um, sem nem ao menos eles terem chance de se defender, assim surgiu a temida Inquisição.

Essa nova parte da Igreja nada mais era que um tribunal feito para julgar os hereges, pessoas que aos olhos da Igreja haviam cometido pecados. No início parecia algo nobre, afinal eles queriam manter as pessoas na linha, seguindo a palavra de Deus, mas em pouco tempo todos notaram verdadeira face desse tribunal: matar quem interessava que fosse morto pela Igreja e não perseguir pecadores.

Estabelecida em 1184, a Inquisição teve um dos seus principais trabalho focado na perseguição aos cátaros, uma seita que divergia da Igreja e estava conseguindo muitos seguidores. Então os acusando de heresia, mandou matar todos como pecadores e até uma pequena guerra foi feita contra eles.

inquisicao 1

A Inquisição também perseguia qualquer coisa que fosse considerada ruim para Igreja, assim alguns livros eram proibidos e quem os lesse, vendesse ou tivesse qualquer envolvimento seria condenado à morte sem defesa. Além disso, a Igreja obrigava as pessoas a entregarem qualquer herege que conhecessem e muitos usaram isso para matarem inimigos ou desafetos, acusando-os de heresia e assim os vendo queimar na fogueira pelas mãos da Igreja.

Conta-se que certa vez mais de 1500 pessoas foram injustamente queimadas, pois foram denunciadas por inimigos e como não havia maneira de se defender acabaram mortos. A Inquisição, quando recebia uma denúncia de heresia, simplesmente torturava o suposto herege até ele confessar seu pecado e na grande maioria das vezes a pessoa não tinha feito nada de errado, mas dizia que sim para acabar com o sofrimento da tortura. Por isso milhares foram mortos em todo o mundo injustamente.

fogueira

Não eram apenas os divergentes da Igreja que sofriam com a Inquisição. Qualquer pessoa que ameaçasse o poder dos Papas era acusada de heresia e morta pela Igreja, mesmo que fosse devota ou uma santa, isso não interessava mais, tudo estava focado no lado politico das ações.

Por esse motivo a Igreja, com medo de um os seus maiores e mais poderosos aliados, resolveu acabar com eles e realizou uma manobra macabra contra homens que eram mil vezes mais santos que qualquer Papa da época. Assim aconteceu um dos maiores golpes de traição da história, que marcou o mundo e até hoje é motivo para discussões.

Se você quer saber mais sobre esse golpe dado pela Igreja, não deixe de curtir esse post!

Faça parte de nosso grupo:http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Alcioni Thibes

    3 de junho de 2014 em 13:08

    Como cristão católico, lendo muitas das mensagens aqui inseridas, muitas com lógicas, outras sem, mais tudo bem, deixo de lado essas comparações. A única conclusão que cheguei, é de que o povo está perdendo a fé por completo. Comentários sem pé nem cabeça, coisas de gente muito distante da realidade que Jesus nos deixou, antes de subir junto de DEUS. Vamos ser sensatos, porque, enquanto estamos vivos aqui na terra, tudo é possível de consertar, porque depois, vamos enfrentar a realidade que ele tanto pregou e nos alertou antes de subir aos céus.

  2. Gessimiel Simoes

    8 de janeiro de 2014 em 23:00

    parabéns para quem postou esse documentário. toda vida eu conheci esse lado sujo da igreja católica, “eles” nunca me enganaram. Por que as igrejas católicas estão se afastando das cidades grandes, não é por acaso. Eles são astutos a igreja católica também estavam apanhando os nazistas. A igreja católica nunca foi um modo de pontífice eles eram homens manipuladores de vidas.

  3. Nilson Nardaci

    29 de novembro de 2013 em 08:25

    Concepções antigas… Entretanto vale ressaltar que a igreja foi somente uma ferramenta nas mãos de pessoas inescrupulosas…

  4. Jack Veras Lara

    25 de novembro de 2012 em 14:36

    Religião… A pior invenção do Ser Humano…

  5. Willy Nery

    2 de novembro de 2012 em 17:49

    preconceito eh crime, e os preconceituosos foram canonizados como santos, vá entender

  6. Ivan Mamute

    14 de outubro de 2012 em 22:33

    hauhaeueheuhaeueah
    esse pessoal católico acredita em “milagre” da hóstia que vira carne, corpos incorruptos..
    Eles estão la de joelhos se humilhando enquantos seus líderes nadam no dinheiro.
    é lamentável

  7. Maloqueiro popai

    9 de outubro de 2012 em 20:37

    Para começo de história eu não sou um pseudo-neo-ateu, 2º você quer que eu prove que Deus não existe e que como milagres surgiram e etc e que de acordo com a minha teoria segundo você mesmo tudo surgiu de um nada e etc, então fica a questão para você responder me diga com base em FATOS e PROVAS que os milagres citados por você foram realmente feito por Deus e que ele posteriormente existe e que um planeta, células e etc também e obra dele. Se caso vim com argumentos do tipo EU ACREDITO, TENHO FÉ, e etc e melhor nem responder porque eu quero e PROVAS e FATOS que sua história de conto de fadas do VALE DO ÉDEN, SANSÃO entre outros realmente existiu.

    • Gabriel Santiago

      10 de outubro de 2012 em 14:51

      Amigo, voce ta falando com um católico, não com um protestante que não sabe provar certas coisas. =)

      Perguntinha básica: se a teoria do Big Bang (proposta inicialmente por um PADRE CATÓLICO) diz que tudo veio de um minúsculo ponto “de uma matéria estranha”, quem criou essa matéria? Que matéria é essa? De onde ela veio? Do que era feita? Por que explodiu? Era muito quente ou muito fria? 
      Milagre de Lanciano: com você provavelmente não sabe, o pão (hóstia) da Eucaristia se torna verdadeiramente carne e o vinho se torna verdadeiramente sangue. Não SIMBOLIZA carne, ele É carne e É sangue. Acontece que na Idade Média, um monge estava rezando uma missa num mosteiro na cidade de Lanciano, na Itália. Na hora da consagração do pão (hóstia), ele não acreditou que o pão pudesse virar carne e o vinho virar sangue. Então, NA MÃO DELE, o pão SE TRANSFORMOU EM CARNE. Sim, carne DE VERDADE, não um simples símbolo. E o vinho virou sangue. 
      Aparição de Fátima: aconteceu na cidade de Fátima, em Portugal, no começo do século XX. Para resumir a história, que é MUITO longa, 3 pastorezinhos tiveram um encontro com Nossa Senhora. Ela lhes revelou 3 segredos, que por sinal aconteceram, e ocorreram outras aparições. Para sua surpresa, numa dessas aparições 50 MIL pessoas estavam reunidas, quando viram o sol dançar pelo céu. Será que as 50 MIL pessoas INVENTARAM exatamente a mesma coisa ou elas VIRAM exatamente a mesma coisa?
      Aparição de Lourdes: Aparições começaram em fevereiro de 1858, em Lourdes (França). Carta do Bispo de Tarbes:  “Inspirados pela Comissão composta por sábios, doutores e experientes sacerdotes que questionaram a criança, estudaram os fatos, examinaram tudo e pesaram todas as provas. Chamamos também a ciência, e estamos convencidos de que as aparições são sobrenaturais e divinas, e que por conseqüência, o que Bernadette viu foi a Santíssima Virgem Maria. Nossas convicções são baseadas no depoimento de Bernadette, mas, sobretudo, sobre as coisas que têm acontecido, coisas que não podem ser outra coisa senão uma intervenção divina.” Note que o bispo PEDIU AJUDA DA CIÊNCIA para provar a aparição. 
      Aparição de Salete: aconteceu 12 anos antes da aparição de Lourdes, em 1846. O interessante, é que Nossa Senhora da Salete já havia avisado que haveria de voltar em Lourdes, 12 anos mais tarde. 
      Todas as aparições e milagres JAMAIS puderam ser desvendados pela ciência. Quanto ao milagre de Lanciano, a única coisa que descobriram é que o tecido é humano chamado “tecido cardíaco”, proveniente do miocárdio. Pra simplificar, tecido do coração. Há provas suficientes para você? Pesquise na internet os documentos das investigações, há de montes por aí. =D
      • Maloqueiro popai

        10 de outubro de 2012 em 19:48

        1º sobre a teoria do Big Bang ter sido posta inicialmente sobre um padre católico eu não sabia disso porém como a religião tem diversas contradições com a ciência além de ter a  ” rixa vamos por assim dizer ” você têm certeza disso? já que só vejo cientistas aprovarem essa teoria.  2º sobre a hóstia sabia sim da história e não acredito nisso já que sabemos que um pão não se pode tornar carne diante da grande diferença entre os 2 como exemplo apenas por como e cultivado, feito, materiais, a conservação e etc apenas como uma forma de exemplo disso porque óbvio que pão não se cultiva.  3º existe relato de santos, jesus, anjos e etc terem aparecidos em diversos lugares no mundo em diversas épocas diferentes por todo mundo e diversas pessoas que relataram o fato que viram e etc você deu exemplo como no caso de 50 mil testemunharem a determinada aparição porém se tratando de fé, religião isso não seria nada incomum de acontecer da mesma forma que acontece em religiões além do catolicismo e que têm menos adeptos a tal religião. 4º  como você mesmo respondeu neste trecho: Todas as aparições e milagres JAMAIS puderam ser desvendados pela ciência ou seja se a ciência que trabalha com fatos, verdades não pode provar que milagres e coisas a parte são mesmo verdadeiro fica ainda + em aberto o fato de tudo ser apenas falso ou mesmo continuar em aberto os fatos designados, já que a religião se trata de fé e crenças, e como por exemplo em  um tribunal de justiça não se discutir religião já que se trata de fatos e provas diante de determinado assunto. 5º você no começo do comentário falo de forma ironizando que eu estava debatendo com um católico e não com um protestante que não sabe provar certas coisas o que para mim soa de forma preconceituosa a outra religião e já por seguir uma religião que se diz sobre pensar no próximo, respeitar o outro e etc isso já esta sendo errado de sua parte e apesar de tudo você não PROVOU nada e apenas se baseou-se em fatos históricos, opiniões de diversas pessoas sobre aparições e coisas a parte e documentos por internet como você sugeriu, eu pesquisar para estar dando uma explicação de uma história que já dura a + de 2 mil anos com base apenas nesses argumentos como explicação perante as provas que lhe pedir.

        • Gabriel Santiago

          11 de outubro de 2012 em 13:29

          A religião não tem diversas contradições com a ciência. Não sei se você percebeu, mas religião e ciência são dois relatos da mesma história. Veja: *Deus criou o céu e a Terra* Como poderia ter criado o céu e a Terra sem material para isso? Eis o Big Bang, o que deu origem à matéria. Compreende? São detalhes que estão amarrados tanto na ciência como na religião. Se lembre que cientistas não são contra a Igreja por causa de Deus, mas sim por certas declarações, como por exemplo o uso de células-tronco embrionárias em pesquisas. 

          Você sabia que no Japão um cientista conseguiu transformar Mercúrio em ouro? Isso por que eles têm número atômico muito próximo. Claro, ele conseguiu isso com muita energia e uma descarga absurda de prótons e elétrons, mas conseguiu produzir 0,01 gramas. ja é alguma coisa! ora, se o homem consegue transformar um metal em ouro, por que Deus não pode transformar pão em carne? eu não aconselharia você a duvidar deste milagre, pois nem os cientistas conseguiram descobrir o que aconteceu. e outra: a carne continua inteira mesmo depois de mais de 1000 anos. como pode isso? 

          Cara, você ta sem argumento quanto às aparições. Você diz que é comum 50 mil pessoas visualizarem a MESMA aparição ao MESMO tempo da MESMA forma? ‘-‘

          Quando se diz que um milagre não pode ser desvendado, quer dizer que a ciência não conseguiu explicá-lo, ou seja, é sobrenatural. se a ciência não consegue, por nenhum meio, explicar um fenômeno desses, então é sinal que não é obra da natureza ou dos homens. ou você discorda da ciência? Você diz que deixa em aberto e que o milagre pode ser falso. Se é falso, por que a ciência não provou? Se as aparições fossem realmente falsas, a ciência ja teria provado há muito tempo.

          Sim, ironizei mesmo. Sabe por que? Protestante não consegue provar a existência de Deus. A ciência precisa de FATOS, assim como os ateus, e fatos é o que eles menos têm. Como pode, Igrejas surgirem 2000 anos depois de cristo acharem que podem provar alguma coisa? Só no catolicismo, já foi dito, pode-se provar a existência de Deus. eu estou te provando pelos milagres que aconteceram e que a ciência jamais explicou. 
          “baseou-se em fatos históricos, opiniões de diversas pessoas sobre aparições e coisas a parte e documentos por internet”
          e você quer mais o que? eu te dei documentos, te dei provas e falei sobre os milagres, quer mais o que? uma pizza em forma de cruz? se mesmo assim, depois de tudo isso, você não quiser acreditar, vá até Lanciano e veja a hóstia transformada em carne, e o vinho transformado em sangue. vá também a Lourdes e a Fátima e veja o local das aparições. procure ir também no Vaticano, peça uma autorização extraoficial e veja a tumba de São Pedro, apóstolo de Jesus, que está enterrado abaixo da Basílica de São Pedro. Tá na tua mão, basta você querer. Não adianta eu passar dias provando que Deus existe se você não aceitar as provas em vez de simplesmente ignorá-las. =)
          • Maloqueiro popai

            12 de outubro de 2012 em 21:47

            1º Você disse que Deus criou o céu e a terra através do material do Big bang pelo que eu entendi no seu relato e que dai originou a matéria, porém mesmo que seja garantido a teoria que o Big bang foi o começo de tudo não tem como saber de onde venho a origem da matéria então não se pode dizer que foi Deus, Sei sim que os cientistas não são contra a religião por conta de Deus e sim mesmo por cada um ter sua versão e etc.  2º você disse que no Japão conseguiu criar o mercúrio em ouro por eles terem um numero atômico muito próximo, e por isso não se deveria duvidar de criar o pão em carne só que pão e carne são algo totalmente diferentes e querendo ou não ao menos o mercúrio e o ouro possui um numero atômico próximo, e claro que os cientistas não podem provar que o tal milagre e verdadeiro porque afinal de contas nunca se transformou pão em carne além da versão de Deus então não tem nem como se comprovar que tal milagre também e verdadeiro e você diz que a carne continua normal ate hoje depois de demais de 1000 anos sabemos que uma carne não se mantém conservada todo este tempo nem em meios que fizesse que continuasse de sua forma original por mais tempo, 3º e você diz que eu ainda estou sem argumentos sobre as 50 mil pessoas visualizarem o ” sol dançar ” para começo de história se o sol dançasse independente de quantas pessoas tivesse visto nem teria como o planeta ainda estar existindo já que até pelo simples fato de a terra e que gira em torno do sol além de que como tinha 50 mil pessoas no mesmo lugar no mesmo exato momento sem saber que o sol iria dançar? 4º você disse que um milagre e algo sobrenatural e sim a ciência não pode provar e algo além da obra da natureza humana, e se a ciência não conseguiu provar e porque e verdadeiro + você se esquece de um detalhe de muita importância a ciência não e EXATA ela busca sempre desvendar a verdade ou ao menos impor a melhor teoria para tal caso isso não que dizer que porque a ciência não prova que um milagre e falso que ele então e verdade já que a igreja na época medieval dizia que catástrofes naturais era culpa do demônio da falta de fé das pessoas e etc e hoje em dia sabemos porque acontece catástrofes naturais graças a ciência que conseguiu comprovar ai se ela não tivesse comprado continuaria pelos motivos que a igreja dizia na época medieval? 5º você diz que o catolicismo pode provar a existência de Deus diante dos milagres que a ciência nunca provou então que dizer que se caso a ciência não provar que um milagre posto pelos protestantes seja falso que dizer que assim os protestantes também vão provar que Deus existe no conceito deles e lembrando que como disse antes a ciência serve para desvendar e obter verdade sobre as coisas + não e porque ela não consiga provar tal coisa que possa obter então uma solução através do conceito que a religião impõe. 6º quando eu disse que você tiro sua base toda via internet você disse e você quer + o que? + como eu vou poder acreditar que documentos e coisas a a parte via internet e verdade quando se trata de assuntos como religião já que a internet esta cheia de casos ridículos como por exemplos o de Extraterrestres, porém você disse para eu ir ate Lanciano e ver a hóstia transformada em carne e o vinho em sangue + que garantia que vou ter que realmente aquela carne e sangue ali venho do pão e do vinho? Opta eu ir ate Fátima e Lourdes para ver o local das aparições + local e local e aparição já diz aparece e depois some então vai servir de que eu ir até la? e eu ir até o Vaticano e visitar o tumulo de são pedro + quem me prova que o tumulo vai ser dele mesmo e quem vai estar enterrado vai ser o próprio Pedro? e sobre você provar para mim que Deus existe e eu simplesmente ignorá-las não vai adiantar, realmente não vai + sobre porque realmente não vai esta descrito no meu comentário.

          • Gabriel Santiago

            12 de outubro de 2012 em 23:18

            olha, eu vou te responder com MUITA dificuldade. da próxima vez que me responder, POR FAVOR, use pontuação. 

            Eu disse que para Deus criar tudo, ele teria que obter o material de algum lugar, certo? O Big Bang seria a explicação perfeita, visto que (teoricamente), foi daí que surgiu a matéria. você chegou exatamente onde eu queria! como a ciência pode afirmar que Deus existe ou não se nem a origem do universo eles conseguem provar? veja, quando a ciência descobrir de onde veio o “ponto” que deu origem a tudo, aí voce poderá perguntar o que havia antes deste “ponto”. e uma perguntinha pra você: como pode trilhões de toneladas de matéria caberem num “ponto” menor que a cabeça de um alfinete?

            a curiosidade sobre o mercúrio e o ouro foi um exemplo que eu dei para tentar te explicar que se o homem consegue mudar a composição física e química de um material, por que Deus não consegue? e outra, o que a ciência não consegue explicar, é sim considerado algo sobrenatural, ela mesma diz isso!
            você diz: “sabemos que uma carne não se mantém conservada todo este tempo” pois é, acontece que nós não ENTENDEMOS como a carne pode estar conservada todo esse tempo. o homem pode criar, ainda antes da idade média, algo que conserve a carne, mesmo que não tenha vindo do pão, por 1000 anos? claro que não! mas para Deus nada é impossível! repito: se está duvidando das minhas palavras, vá até Lanciano, veja a carne na sua frente, veja o sangue na sua frente, conservados, limpos, puros. 
            quando se diz “viram o sol dançar” significa que um objeto muito, muito luminoso se destacou no céu, ofuscando a luz do sol, girando sobre si proprio e mudando de cor. isso, inclusive, foi visto até mesmo por jornalistas e pela imprensa, que noticiaram o ocorrido. o milagre havia sido prometido às crianças alguns meses antes, ou seja, eles sabiam que veriam algo de miraculoso no céu acontecendo com o “sol”, mas nao sabiam como.
            Se a ciência não é exata, como ela quer definir a exatidão das coisas? 0-0
            Olha, por favor, reformule o resto por que realmente eu nao consegui entender nada!
  8. Maloqueiro popai

    8 de outubro de 2012 em 20:38

    Já assistir um documentário que fala apenas da inquisição posta pela igreja na época, a inquisição matava pessoas até que não acreditava em nada ou que era de outra religião além de ter matado pessoas que fizeram diferença na época como Galileu galileia.

    • Gabriel Santiago

      8 de outubro de 2012 em 20:40

      Outro desinformado…

      • Maloqueiro popai

        9 de outubro de 2012 em 15:01

        A cara foi mal esqueci que pessoas INFORMADAS são pessoas como você que crer em seus AMIGOS IMAGINÁRIOS.

        • Gabriel Santiago

          9 de outubro de 2012 em 15:37

          Opa, um pseudo-neo-ateu querendo dar uma de ingeligente!

          Então você acha mesmo que Deus nao existe? Pode me provar então que o Milagre de Lanciano é falso? Pode falar as aparições em Fátima, Lurdes e corpos incorruptos com diferenças incríveis? 
          Ateismo: um dia, um NADA criou alguma coisa e do NADA essa coisa explodiu. Então o NADA, por nenhum motivo, se ajuntou e NADA criou os planetas. Posteriormente, por razão NENHUMA, surgiram moléculas uni e pluricelulares, e do NADA estamos aqui. 
          Realmente, sua teoria é muito boa. Só que não. ^^
          • Maloqueiro popai

            9 de outubro de 2012 em 20:39

            Coloquei o comentário errado fora do nosso diálogo + esta o que quis dizer para você abaixo deste.

  9. The Truth

    6 de outubro de 2012 em 16:45

    1. O mundo tem 157 anos de existência – FATO! 2. Dinossauros são uma mentira que as pessoas acreditam pois são fracas -FATO! 3. YVocê está feliz, só não sabe o porquê – FATO! 4. Todos nós viemos da mesma arvore – FATO! 5. Todo mundo se relaciona com todo mundo, exceto para as pessoas de cabelo vermelho – FATO! 6. Esperma não existe – é uma mentira que professores de biologia espalham – como tudo que voce ja disse – FATO! 7. Homens devem amar nove novas parceiras por semana. Mulheres devem amar seis, exceto em Julho, quando elas devem amar cinco homens por dia – FATO! 8. Aliens existem e estão presentes na terra. Se você tem uma marca de nascença, você deve ser descendente de Kraff, o famoso Imperador do 4º Paradigma – FATO! 9. Arvores falam, mas somente algumas pessoas as escutam – FATO! 10. Pessoas quem acreditam em algo vivem muito mais que ateus, e elas devem ter vida eterna pela vontade de deus – FATO! 11. Se você acredita nisto e levanta as mãos e se curva para o Epsilonismo, você terá uma vida feliz. Se não você é condenado – FATO!


    • Caio Vicente

      8 de outubro de 2012 em 14:19

      Mas que caralhos é isso?

      • The Truth

        9 de outubro de 2012 em 20:46

        consulte o site no meu perfil ou veja no globo reporter

    • Gabriel Santiago

      6 de outubro de 2012 em 22:48

      A sanidade mental mandou um abraço!

  10. Psycho The Cat

    5 de outubro de 2012 em 20:25

  11. Psycho The Cat

    5 de outubro de 2012 em 20:23

    “…assim alguns livros eram proibidos…”

    Opernplatz-Berlin. 10 de Maio 10 de 1933.
    • Gabriel Santiago

      5 de outubro de 2012 em 20:58

      Os livros proibidos eram de magia negra, ocultismo, bruxaria e calúnia à Igreja. E creio que em 1033 não existia foto, o que torna essa sua resposta uma grande mentira. Tirando o fato que 90% das pessoas do mundo eram analfabetas, os 10% que sobra eram publicações da Igreja para a Igreja. E não tem senso nenhum em se queimar os próprios livros, muitos dos quais demoravam até 5 anos para ficar prontos. 

      Berlin? Alemanha? Ápice da Reforma protestante? Calvino e Lutero queimaram mais livros católicos do que lenha para lareira no inverno. 
      • Psycho The Cat

        5 de outubro de 2012 em 21:01

        *1933 

        • Gabriel Santiago

          5 de outubro de 2012 em 21:11

          Continua na mesma. Em 1933 todos os estados já eram “laicos”, a Igreja não tinha poder algum para queimar livros. Isso pode se notar por que o Tratado de Latrão já havia sido assinado, que impedia a Igreja de fazer o que bem quisesse com seus bens, que passaram a ser considerados patrimônios históricos, inclusive os livros. Por favor, cite a fonte de sua afirmação! =)

          • Psycho The Cat

            5 de outubro de 2012 em 21:45

            Essa imagem é de nazistas queimando livros e sempre que se tem muito poder tem louco para vetar a liberdade queimando livros. 

          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 21:57

            Não vi ligação alguma com a Igreja, a não ser a parte que Hitler confiscou documentos da Biblioteca do Vaticano com a ajuda do Mussolini e mandou queimá-los. Trágico.

    • Psycho The Cat

      5 de outubro de 2012 em 20:24

      *10 de Maio de 1033

  12. Psycho The Cat

    5 de outubro de 2012 em 20:20

  13. Filipe ZS

    5 de outubro de 2012 em 01:11

    cada comentário tosco…!!

  14. Um qualquer

    4 de outubro de 2012 em 20:34

    Mamiiiiiiiiiiiilos!

  15. Elísio Pedro

    4 de outubro de 2012 em 19:08

    Queria que o autor do texto me citasse um único tribunal em TODO o mundo, na época, que não soe cruel aos olhos contemporâneos. E que dissesse por que ignora solenemente que foram os tribunais da Inquisição os primeiros em todo o mundo a ABOLIR a confissão sob tortura. E como diabos os tribunais da Inquisição serviram de modelo para infinitos códigos penais mundo afora, até hoje? Ayllón, Walsh, Falbel ou Maisonneuve…o autor conhece? Por fim, qual é a bibliografia utilizada para escrever este texto cientificista e preconceituoso? Apostilas de história de cursinhos? Grato.

    • Leandro Magacho

      4 de outubro de 2012 em 22:05

      isso não é preconceito,é fato.

      a igreja católica ou qualquer outra religião é feita por homens e  eles todos erram.
      vc quer chegar a Deus siga a ele, n a essas religiões,pois elas n são perfeitas elas tão cheias de defeitos.
      • Elísio Pedro

        4 de outubro de 2012 em 22:19

        Todo mundo é cheio de defeitos e nem por isso eu tenho algum direito de inventar ou difundir histórias mentirosas sobre os outros. Né?

        • Leandro Magacho

          4 de outubro de 2012 em 22:29

          esta historia esta difundida pra vc?

          me explique com fatos de como esta materia do minilua esta difundida ah… e como ela é iventada se isso que o minilua esta mostrando é um fato historico.
          • Elísio Pedro

            5 de outubro de 2012 em 17:13

            E a ciência histórica é mesmo fascinante! Permite saber, por exemplo, que em mais de 7 séculos de Inquisição ( em torno de 50 mil processos em seu período mais “brutal”, na Inquisição Espanhola, de 1540 a 1700, foram condenados à morte 1,8% dos réus- CAMMILLERI, Rino), não se matou nem um percentual significativo do que os regimes totalitários ATEUS mataram durante MENOS de 70 anos, no século XX (mais de 85 milhões, considerando apenas a URSS e a China-COURTOIS, Stéphani).

          • Leandro Magacho

            5 de outubro de 2012 em 20:29

             obrigado pelas informações muitas delas eu não sabia.Mais devemos concordar que como qualquer outra organização poderosa a igreja católica matou pessoas inocentes por poder e na minha opinião ,a igreja catolica era pra ser só uma religião,e você compara uma religião com países onde em qualquer país não importa a religião se é ateu ou não a morte de pessoas é inevitável  enquanto em uma religião pode se evitar. 

          • Elísio Pedro

            6 de outubro de 2012 em 02:43

            A gente pode concordar que, em nome da Igreja, inocentes morreram. Como podemos concordar que, em nome do Poder, inocentes morrem até hoje. Mas a gente não pode concordar que o FATO de morrerem quase 2 MILHÕES de inocentes POR ANO em acidentes de trânsito (OMS) signifique que os automóveis são maus e que seja ignorância nossa continuar a fabricar carros.

            E não comparei religião com países, até porque religões existem desde que existe gente no mundo, enquanto países são “invenções” mais recentes. Comparei as tais “mortes por motivos religiosos” da Inquisição com as “mortes por motivos políticos” em alguns países.E, dependendo do país, a religião importa sim, e muito: basta ver o número de cristãos mortos em países árabes nos últimos MESES.

          • Leandro Magacho

            6 de outubro de 2012 em 11:30

            claro que não podemos dizer que os automóveis são maus,mais podemos dizer que as pessoas que dirigiam eles em muitos casos, podiam ter feito alguma coisa para evitar esses acidentes.O mesmo se aplica a igreja católica todo o massacre que ocorreu podia ser evitado se as pessoas não tivessem sido ignorantes por causa de uma crença. 

          • Elísio Pedro

            6 de outubro de 2012 em 13:34

            então reflita mais um pouco e chegará à conclusão que, naqueles tempos, o mundo inteiro era “ignorante”(sic), e não era bem por causa de uma crença. E que foi bem onde a Igreja Católica estava presente que começamos a deixar de ser “ignorantes”, né? O que passa a ter mais sentido quando entendemos que foi o cristianismo quem começou a compreender o outro não como uma coisa, mas como gente, que pensa, raciocina, tem sentimentos, etc…é graças aos cristãos que temos, por exemplo, escolas “horizontais” e de acesso menos irrestrito, as universidades e os hospitais são ” invenções” cristãs, e etc…né?

          • Leandro Magacho

            6 de outubro de 2012 em 20:01

            as religiões cristãs fazem coisas muito boas pela humanidade devo admitir, mas também muitas coisas ruins, acontecem por causa delas,um exemplo são as guerras, que eu posso dizer que acontecem até hoje, por causa da dificuldade do ser humano  dessas religiões tanto cristã ou muçulmana de entender as diferenças né?

          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 22:46

            A Guerra nunca foi culpa da Igreja. Ou foi defesa ou consequência. Quem faz guerra são os homens, não a Igreja.

          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 20:54

            A Igreja implorava para as pessoas pedirem perdão, tendo feito ou não besteira. Se elas não pedissem perdão, iam direto para a fogueira, e isso abalava a credibilidade da Igreja perante os reis. Esses 1,8% foram as pessoas que não pediram perdão e que não podia-se evitar a ida para a fogueira, ou pessoas ja condenadas pelo estado. 

          • Leandro Magacho

            5 de outubro de 2012 em 21:43

            A igreja…eu espero que você não esteja falando do clero, pois o clero na maioria das vezes ,eram eles que faziam esses julgamentos por culpa deles milhões de pessoas foram condenadas para ir na fogueira ou foram obrigadas a confessar coisas que nunca fizeram. Um exemplo disso foi o “Galileu Galilei” ele foi obrigado há confessar que tudo que ele disse sobre a teoria do heliocentrismo era mentira,e hoje nós sabemos que a teoria dele era verdadeira.

            É triste uma pessoa pessoa ter que confessar um crime que ela não cometeu, só por que sua ideia contraria a ideia da santa igreja né?
          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 21:55

            Sim, muitos do clero eram corruptos, vide o Bispo da França. Mandou Joana D’arc para a fogueira sem razão alguma. Quando o Papa ficou sabendo disso, excomungou-o na hora, mas já era tarde… 

            Ah, não abuse do número. Quando você faça “milhões”, dá a entender que 2/60 avos da Europa morreu em nome da Igreja, e isso é um absurdo. como você mesmo admitiu, 900 pessoas foram “mortas”. Milhões é um exagero absurdo e ridículo. 
          • Leandro Magacho

            6 de outubro de 2012 em 11:24

            eu sei que não vai chegar a milhões talvez ,mais calcule o numero de mortos que morreram nas crusadas que foram mortos em nome da igreja.

            ps:aquele momento que falei de milhões exagerei um pouquinho rsrsrs
          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 22:44

            Cara, talvez NUNCA vai chegar a milhões. Na Europa, havia 60 milhões de pessoas vivendo naquela época, ou seja, é impossível que tenha matado milhões de pessoas. Tem gente que diz que foram 100 milhões! Ou seja, dizimou a Europa inteira (inclusive o Vaticano) e ainda a África e a Ásia? Por favor né!

            Quanto às cruzadas, realmente muita gente foi morta, mas já expliquei que foi legítima defesa. Ou a Igreja se defendia do avanço muçulmano, ou ela caía. Se você não sabe, tem um livro muçulmano que diz que TODOS os cristãos do mundo devem morrer. 
            PS: Obrigado por ter reconhecido que exagerou. Já é um grande avanço.
          • Elísio Pedro

            5 de outubro de 2012 em 16:49

            O Minilua não “inventou” a Inquisição. O que o Minilua fez foi difundir histórias mentirosas sobre este período histórico, como fazem os professores de cursinho de nosso Brasil varonil. As mentiras difundidas sobre a Inquisição tiveram início no período da Reforma Protestante e engrossaram quando na época do Iluminismo, sendo repetidas até hoje por pessoas das mais diversas matizes. Mas os “fatos históricos”, ao contrário do que pensas, demonstram apenas que toda a propaganda antieclesiástica não passa de exagero descabido e injusto. E que, na época, os tribunais e julgamentos em todo o mundo (e não apenas na Europa cristã) não são reconhecidos  exatamente por tratarem os réus de maneira gentil, e menos ainda justa. Historicamente, ao contrário do que pensas, sabe-se que o primeiro tribunal em TODO o mundo a não aceitar confissões sob tortura foram os tribunais da Inquisição.E foi na Inquisição que o mundo jurídico passou a conhecer o PROCESSO POR INQUÉRITO, que tomou lugar dos processos acusatórios que existiam ANTES da Inquisição, e permaneceram em boa parte do mundo não cristão até o final do século XIX.E são especialistas do período histórico da Inquisição, quem confirmam tudo o que aqui escrevi. Dentre os autores contemporâneos, sugiro uma leitura, no mínimo, de Fernando Ayllón, William T. Walsh, Nashman Falbel e Henri Maisonneuve, antes de emitir-se qualquer opinião equivocada sobre a Inquisição, ou sobre possíveis (e imaginários) “fatos históricos”.

    • Foxzinho

      4 de outubro de 2012 em 21:07

      O mundo precisa parar de ser ignorante e ser cientificista sim!
      Se não fosse a ciencia e homens que não tiveram medo de qualquer opreção de RELIGIÕES ainda estariamos numa epoca dominada pelo medo, sem liberdade e uma ignorancia ainda maior.

      • Elísio Pedro

        4 de outubro de 2012 em 22:06

        O medo, a ausência de liberdade e a ignorância são constantes históricas. Todo o conhecimento científico do universo não é o universo. E pode acreditar que, se não destruirmos o mundo, daqui alguns anos vão considerar nossa civilização extremamente bárbara, ignorante e atrasada. E, querendo ou não, sempre haverá alguém que aceite a possibilidade de Deus. Aliás, a liberdade religiosa é direito natural de todo homem, desde os idos da revolução francesa.

      • Gabriel Santiago

        4 de outubro de 2012 em 21:53

        A Igreja Católica foi a que mais alimentou a ciência. Ser religioso não é ser ignorante, ignorante é não admitir outras teorias. Falastes em provas da criação do mundo, mas o que vejo até agora é uma teoria (por sinal elaborada por um padre) explicando a origem do universo. Não vi provas, não vi refutações. Criar teorias, todo mundo cria. Provar que é bom, nada! Eu posso provar que Deus existe, mas vocês não podem provar que o universo todo foi um único ponto. 

        Cara, lembre-se que a Igreja não impede a ciência, ela apenas fala pra ir com calma, descobrir tudo e depois ir pra outra etapa! A ciência descobre uma coisa e já ta jogando no lixo por que achou algo melhor, não é assim que funciona! Ter calma e saber explorar as descobertas é essencial!
        • Leandro Magacho

          4 de outubro de 2012 em 22:24

          o cara nem vou discutir com vc nesse site,

          vou concordar com vc para não ficar irritado.
          a igreja catolica é perfeita faz tudo pelo amor e os padres da igreja catolica então…
          são otimos eles amam muito as criancinhas…
          a santa inquisição era muito boa… na biblia que a igreja catolica usa,tem o mandamento de não matar um aos outros,e oque que a santa inquisição fazia matava pessoas contraditoria não….
          • Gabriel Santiago

            4 de outubro de 2012 em 22:42

            Isso que eu gosto, um fraco que não sabe argumentar, não tem base histórica e simplesmente sai xingando admitir que está errado. Fez muito bem, agora pode voltar para seu joguinho online! =)

          • Caio Vicente

            4 de outubro de 2012 em 23:20

            Fato.

            Fora que o garoto sai atropelando as vírgulas…
            Me perco kkkk ‘
        • Foxzinho

          4 de outubro de 2012 em 22:15

          1º Os Reis tinham medo dos padres, que os ameaçavam constantemente para impor a ideologia da igreja e os deixar comandar.
          2º Muitos cientistas foram mortos pelo sua ignorancia repentina.
          3º Você infelizmente, ou está brincando ou é um grande idioita, muito, mas muito ignorante que diz que devemos abraçar todas opniões, mas apoia a morte de outras crenças, lamentavel.
          A religião mesmo que “boa” para aqueles que a pensam, só separa o mundo, mundo hoje, que se diz idealista, mas não consegue ter o seu proprio.

          • Gabriel Santiago

            4 de outubro de 2012 em 22:41

            1º Os Reis tinham medo da Igreja em geral, pois ela poderia alavancar ou derrubar o reino, e isso é fato. É político, não religioso!

            2º Os cientistas que insultavam a Igreja eram acusados e o estado, babando o ovo da Igreja na maioria das vezes, impunha alguma pena. 
            3º Oh, não diga isso. Não é por que sua ridícula e escrota ideologia neo-marxista te consumiu que você precisa espalhar mentiras por aí. Refute o que eu falei, ou devolva a teoria do big bang! =3
        • Leandro Magacho

          4 de outubro de 2012 em 22:13

          ooooh seu animal de tetas!!!!!

          a igreja católica foi a igreja que mais oprimiu a ciência.
          • Gabriel Santiago

            4 de outubro de 2012 em 22:38

            Por favor, me devolva o alfabeto, a bússola, alguns conceitos matemáticos, trigonométricos e físicos, devolva também a teoria do big bang, e devolva outra série de coisas criadas por católicos. Se você não aceita que a Igreja ajudou a ciência, devolva tudo isso e seja feliz. =3

          • Everson Novitzki

            4 de outubro de 2012 em 23:40

            Acredito que você deveria ler o Memória e Reconciliação: a Igreja e as Culpas do Passado, escrito pelo Papa João Paulo II. 

            É o pedido de desculpas que ele faz em nome da Igreja Católica a todos os crimes cometidos por ela. 
            E tem muita coisa na área da ciência ali. Mas leia todo o documento(90 pag), e não trechos isolados.  
            Depois disso, reconsidere o que você escreveu, a menos que você saiba mais da Igreja Católica que o próprio papa.        
               Abraços….
          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 15:04

            Eu não sei mais que o Papa, mas sei o que o Papa pediu. Ele pediu perdão pelos FILHOS DA IGREJA, por que a Igreja em si não erra, os homens que a governam são SIM suscetíveis ao erro. 

          • Gabriel Santiago

            4 de outubro de 2012 em 22:36

            Não sou filho de sua progenitora para ser um animal de tetas. =3

      • Vegeta

        4 de outubro de 2012 em 21:52

        Olha, sou católico, mas concordo totalmente com vc. Pra mim, a Igreja deixou de ser Igreja assim uqe os romanos a tornaram oficial. A partir daí, o Cristianismo, que era religião “contra” Roma, agora era a “xodozinha”.

        • Gabriel Santiago

          4 de outubro de 2012 em 21:58

          Então não diga que é católico. Por que católico estuda, não fica falando besteiras como você disse. A Igreja jamais foi “xodozinha”, ela foi explorada ao máximo pelos governantes em busca de poder. 

          Diga que é ateu, protestante, espírita ou macumbeiro, mas se você não entende da Igreja, não se proclame católico. De católicos de IBGE como você, não precisamos.
    • Gabriel Santiago

      4 de outubro de 2012 em 19:11

      Eu também adoraria saber de onde este “estudado” escritor está retirando tudo isso. Wikipedia? Hum… acho que não!

      Inquisição – A história não contada
      • Foxzinho

        4 de outubro de 2012 em 20:52

        Tá cara, mas desde quando é o certo matar oturas religiões para impor sua unica idologia ao mundo?
        Os rituais religiosos são a coisa mais primitiva que a sociedade possui (sacrificios, tortura e muitos outros), as pessoas só possuem uma religião porque tem medo psicologicamente de algo, e buscam uma segurança na religão, mas é como um seguraça apenas da sua mente ou então são aqueles que não conseguem explicar o mundo e oque o gerou.
        “É muito mais facil acreditar em que alguem criou o mundo, do que formular uma teoria para o acontecimento”. Eu sinceramente odeio facilidade.

        • Gabriel Santiago

          4 de outubro de 2012 em 21:48

          Não sei se viu minhas outras respostas, mas o Papa Gregório XI não instituiu a inquisição para impor nada, e sim para frear os abusos ridículos do estado!

          • Leandro Magacho

            4 de outubro de 2012 em 22:08

            vc acha certo a igreja matar pessoas inocentes só por que essas pessoas tem uma cultura diferente?

            ignorante ridiculo
          • Gabriel Santiago

            4 de outubro de 2012 em 22:46

            Ridículo é seu nível de conhecimento, que está nulo. A inquisição teve objetivo político, não religioso. 

            Você acha certo os cátaros matarem mulheres grávidas, pregarem o suicídio e a anorexia para os cristãos, uma cultura diferente??????????????
            Ou você é um estúpido sem noção, ou não analisou os fatos. Por educação, me forço a crer na segunda opção. A Inquisição foi legítima defesa, não um ataque. Aprenda ;D
          • Leandro Magacho

            5 de outubro de 2012 em 20:17

            você acha certo mulheres, só por que curaram algumas pessoas na época da santa inquisição, serem executadas acusadas de bruxaria?

            você tentou me chamar de estupido sem noção,mais pra mim cara estupido sem noção é um cara igual a você que segue uma religião (uma ideia) e nem para pra questionar se ela é certa ou não.
          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 22:40

            Claro que não acho certo, acho absurdamente errado. Mas só pra te lembrar, essas mulheres foram acusadas no chamado Novo Mundo/América, pelos PROTESTANTES PURITANOS. Vou falar mais devagar, só pra você entender:

            A
            INQUISIÇÃO
            NÃO
            TEVE
            OBJETIVOS
            RELIGIOSOS
            E
            SIM
            POLÍTICOS
            Compreende agora? A Igreja tava cagando e andando se você era católico, muçulmano, judeu, pagão ou seja lá o que for, DESDE QUE você não tentasse entrar na Igreja com dogmas estranhos. A partir daí, o ESTADO, não a Igreja, entrava em ação. Quer uma prova de que a Igreja não perseguiu religião? NENHUM JUDEU FOI MORTO DURANTE A INQUISIÇÃO! 
            =)
  16. Guilherme Amaral

    4 de outubro de 2012 em 19:05

    como assim a inquisiçao no começo era nobre minilua,eles continuavam matando pessoas,e impor respeito pelo medo

    • Foxzinho

      4 de outubro de 2012 em 20:47

      O respeito não se dá pelo medo e sim pelo tempo e confiança.
      Se você tem respeito, não tem medo.
      Se tem medo, não tem respeito.

    • Gabriel Santiago

      4 de outubro de 2012 em 19:10

      Inquisição: Tribunal politico-religioso criado pelo Papa Gregório XI com a intensão de SALVAR os fiéis dos reis. Como a matéria (quase) bem disse, os reis tinham medo da Igreja. Era uma mistura entre medo, respeito e receio. Medo por que a Igreja influenciava o povo. Sem apoio do povo, não tem rei. Respeito por que a Igreja sempre ajudou os reinos a ficarem a favor dos reis. E receio por que a Igreja tinha capacidade para levantar ou derrubar quantos reinos quisesse e pudesse.
      Você sabe o que significa apoio político? John F. Kennedy, ex-presidente dos EUA, era católico. Por isso, e outros motivos, era apoiado pela Igreja. Era o mesmo na Idade Média! A Igreja apoiava os reis que dessem proteção à Igreja. Mas os reis achavam que tinham autoridade RELIGIOSA para com a população. Como tudo que faziam ela praticamente em obediência à Igreja, eles começaram a perseguir pessoas com ideais POLITICOS diferentes e acusaram-nas de heresia. Isso não pode, pois o “título” de herege só pode ser dado pelo clero. Então a perseguição se alastrou para a fogueira, onde muitos REIS mandaram queimar muitas pessoas. Nessa época houve muita morte, em nome da Igreja, por parte dos reis. Pretensiosamente, PROTESTANTES, ATEUS e MAL INFORMADOS dizem que a Igreja mandou matar. 
      Com essa balburdia toda em nome da Igreja, o Papa Gregório XI anunciou o maior ofício político-religioso que o mundo viria a conhecer: o Tribunal da Santa Inquisição. Santa SIM, por que salvou muitos da fogueira. O processo era o seguinte:
      O acusado era convocado para uma audiência com o clero, um representante do monarca e testemunhas. Então, ele era convidado a proclamar sua fé com a mão na bíblia e no terço. Após isso, acontecia a INQUIRIÇÃO, onde era acusado de tantos quanto fossem os crimes. Sabe qual o próximo passo? O perdão! A Igreja praticamente IMPLORAVA para o fiél pedir perdão, tendo feito ou não besteira. Isso por que se ele não pedisse perdão, iria direto para a fogueira, e isso era trágico para a Igreja, pois os reis começariam a ver que ela não tinha tanta influência assim sobre os fiéis como eles pensavam. Ao total, foram “mortas” 42 pessoas durante CINCO séculos de inquisição. “Mortas” por que, muitas vezes, um boneco da pessoa era queimado no lugar dela, levando seu nome e uma cruz. Significado = para a Igreja, aquela pessoa estava morta na fé. 
      A Santa Inquisição foi isso! Difamada por muitos, conhecida realmente por poucos e compreendida por menos ainda! 
  17. Wilian Da cruz

    4 de outubro de 2012 em 17:45

    De profundis clamavi ad te, Domine;
    Domine, exaudi vocem meam. Fiant aures tuæ intendentes
    in vocem deprecationis meæ.
    Si iniquitates observaveris, Domine, Domine, quis sustinebit?
    Quia apud te propitiatio est; et propter legem tuam sustinui te, Domine.
    Sustinuit anima mea in verbo ejus:
    Speravit anima mea in Domino.
    A custodia matutina usque ad noctem, speret Israël in Domino.
    Quia apud Dominum misericordia, et copiosa apud eum redemptio.
    Et ipse redimet Israël ex omnibus iniquitatibus ejus.

    • Diogo Freitas

      5 de outubro de 2012 em 23:01

      Latim é lindo mesmo né? Com dois mil anos de tradição não é pra menos. Não tenho mais fôlego pra discutir com o minilua. O tanto de mentiras deslavadas que postaram aqui nesses 4 posts e o que vão botar ainda é incontável. Mas, fazer o que né? Tenho obrigação de rezar muito pela conversão de todos, começando da minha. Agora o que é mais engraçado, é que no começo do post é dito: “Como não podia simplesmente declarar guerra contras seus amigos, ela resolveu criar uma arma que poderia ser usada contra qualquer um, sem nem ao menos eles terem chance de se defender, assim surgiu a temida Inquisição.” Sério? Vcs fumam crack antes de postar? Sério que vcs postaram uma idiotice dessas? 

      Vamos lá. Em primeiro lugar, a inquisição não era um tribunal civil. Era um tribunal eclesiástico. Nem todo crime é pecado, nem todo pecado é crime. Portanto, o tribunal eclesiástico julgava os pecados que se configuravam crimes. Exemplo: surge um ateu herege negando a divindade de Cristo. O que o tribunal do santo ofício faria? Levaria ele a interrogatório e mostraria-lhe a verdade. Caso ele se arrependesse e aceitasse a verdade que foi passada pelos apóstolos e ensinada por Cristo, a inquisição o absolveria. Caso não aceitasse, ele passaria por mais interrogatórios. Caso o tribunal detectasse que o herege não iria mudar de opinião, ele era condenado e julgado pelo Estado. O estado podia torturá-lo, queimá-lo, decaptá-lo, e o que lhe conviesse mais. Mas isso era dever do ESTADO. Aí vcs podem dizer: por que não absolver todo mundo? Não dá pra misturar joio com trigo. Aquele infeliz herege iria levar mais pessoas a sua heresia, e assim mais almas seriam perdidas. 
      Sinto que essa briga toda não vai chegar a lugar nenhum. Que semana que vem vcs vão postar mais e mais mentiras e aqui estaremos nós, nessa mesma peleja. Mas, fazer o que? “Ai de mim senão evangelizar!”
  18. Pedro

    4 de outubro de 2012 em 13:12

    está ficando interessante.

  19. VanDrak SubZero

    4 de outubro de 2012 em 12:03

    Todos os preconceitos e todo mal deste mundo, surgiram porque os homems se acham no direito de julgar e condenar os outros por causa dos seus costumes e de suas crenças… As suas ambições fazem se achar melhores que os demais e querem possuir mais e mais que os outros.

    Se houvesse respeito e sentimento de igualdade, não haveria guerras, corrupção e desunião.

    • Gabriel Santiago

      4 de outubro de 2012 em 19:18

      Os cátaros tinham práticas e atos completamente abomináveis. Pregavam o suicídio através da morte por inanição, saqueavam fazendas, eram totalmente contrários ao matrimônio e a reprodução da espécie humana. Lembrando que matavam as mulheres grávidas por que acreditavam que o nascimento de uma criança era uma verdadeira prisão para a mãe. Eles representavam, além de uma ameaça à Santa Igreja, uma ameaça social. Essas heresias se difundiram sobre toda a Europa, especialmente sobre o Sul da França. O que tudo isso tem a ver com a Inquisição? Eles começaram a se infiltrar na Igreja e espalhar heresias declarando-as “dogmas”. A Inquisição livrou a Europa deste mal, do mal muçulmano e de outras invasões e barbaridades. Se você não ta contente com a Inquisição, comece a matar mulheres grávidas e por favor, morra por inanição! Afinal, este é um costume dos cátaros, por que condenar tais costumes?

      • VanDrak SubZero

        5 de outubro de 2012 em 00:17

        A inquisição pregou o mal, acusavam pessoas de serem satânicas ou Bruxas e os queimavam vivo…
        Vc acha isso certo?! o.O
        Quais os 10 mandamentos vc sabe?! Um deles diz: Não matarás…
        Quais o ensinamento de Jesus?! Amar ao próximo como a ti mesmo., ódio só atrai mais ódio ^^
        A Igreja Católica pregava esses valores, mas não praticava… Apenas mataram sem piedade, quem atravessasse seu caminho ¬¬
        Sugiro que antes de começar a falar ou defender algo, leia e repense sobre seus valores, pois, foi a partir do fanatismo religioso que muitas pessoas morreram…
        e oque DEus prega é o bem, o amor e o perdão…

        • Gabriel Santiago

          5 de outubro de 2012 em 15:03

          La Vera Storia dell’Inquisizione, de Rino Cammilieri – Piemme, 2001

          Historie de Cathares, héresie, croisade, inquisition du XI au XIV siècle – Perrin, 1999
          A Inquisição em seu mundo, de João Bernadino Gonzaga – Saraiva
          Manual do Inquisidor, de Bernard Guy
          Historie de l’Inquisition au Moyen Âge, de Jean Guiraud – Auguste Picard, 1935
          Tudo que eu falei provém deste 5 livros. Quando você refutar 5 historiadores europeus renomados e que, certamente, estudaram mais que você, volte a falar comigo. 
          A diferença entre o MEU argumento e o SEU argumento, é que EU apresentei provas e documentos (livros), enquanto VOCÊ apenas ficou no achismo. Sua credibilidade? Nula.
          • VanDrak SubZero

            6 de outubro de 2012 em 03:46

            E outra coisa… Eu fui católico praticante, conheço bem todas os rituais da Igreja católica (se vc ler todos os meus comentários aqui nesse post vai perceber)… Deixei de ser católico pq percebi o quanto estava me sentindo vazio, apenas aceitava o que era me passado… ^^
            Hoje sou cristão… creio em Deus e no Cristo Jesus, que abriu minha mente e preencheu o meu vazio… Respeito todas as religiões e todas as pessoas como iguais… Afinal não existe uma pessoa melhor que a outra…
            E se tratando de religião todas tem seu lado bom e seu lado ruim… Mas, por melhor que seja os princípios, elas possuem falhas porque foram criadas pelo homem que é um ser falho.

          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 22:37

            Se você estava vazio, não era culpa da Igreja, e sim de você mesmo. Sou católico e cada dia mais me orgulho em ser, em praticar e em ensinar o catolicismo. Eu me sinto bem. 

            Então você era católico mas não era cristão? Que contradição é essa? Catolicismo É o cristianismo. Quem estuda, admite. 
            Só se lembre que a partir do momento que você deixou de ser católico para ser “cristão”, você criou uma nova religião. Você criou a religião do “VanDrak”, ou qual for teu nome. 
          • VanDrak SubZero

            7 de outubro de 2012 em 19:23

            Me sentia vazio, porque as Doutrinas católicas não me completavam… E quando disse que deixei de ser católico e virei cristão, significa que abandonei as Doutrinas criadas e aplicadas pela Igreja Católica e comecei a seguir e entender apenas as Doutrinas e Ensinamentos que vem de Deus…
            Catolicismo não é cristianismo… Catolicismo advêm do Cristianismo ^^
            Não criei uma nova religião, apenas sigo a primeira e verdadeira religião… A Religião de Cristo… E aliás, ao que parece, vc entendeu bem o sentido em que eu falei… apenas está fazendo de desentendido para desvalorizar a minha opinião ^^

          • Gabriel Santiago

            7 de outubro de 2012 em 21:14

            Ah, entendi. Você curte mais ficar rodopiando e gritando “labasurirslalalalalalarabenerakktefarason” do que seguir a doutrina apostólica. 

            Amg, deixa eu te falar: não tem como seguir os ensinamentos de Deus sem ser católico. Na verdade até tem, mas sem a Igreja você JAMAIS seria cristão. A Igreja Católica É o cristianismo, e isso é provado por que antes de Lutero não havia necessidade de falar “Igreja Católica”, mas sim apenas cristianismo. 
            Você não segue a religião de cristo, você é apenas mais um separado do corpo de cristo. e um membro decepado não recebe o sangue que provém do coração. 
            PS: Eu entendi perfeitamente o que você disse, mas não me fiz de desentendido. Apenas ressaltei que você pode até se considerar cristão, mas não é. não totalmente. 
          • VanDrak SubZero

            8 de outubro de 2012 em 16:21

            ficar rodopiando e gritando sei lá o que…
            Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            Dessa eu ri ^^
            Existe sim como seguir os ensinamentos , pois a Igreja (Instituição), foi
            criada um tempo depois do Cristianismo Surgir ^^
            A Igreja Católica apostólica romana, surgiu do Cristianismo na mesma época que
            a Igreja Ortodoxa, e depois a católica se separou em 2 vertentes: A católica e
            a protestante…

            Sendo assim, não foi Lutero que a nomeou de Igreja
            Católica… Ela já se nomeava assim antes da criação da vertente protestante.
            A Igreja Protestante, a Ortodoxa e a católica são as principais religiões
            Cristãs, pois se baseiam na palavra de Cristo para fazer suas doutrinas…
            Sendo assim:
            – Católicos são os cristãos que seguem as Doutrinas passadas pela Igreja
            católica com base nas de Deus.
            – Ortodoxos são os cristãos que seguem as Doutrinas passadas pela Ortodoxa com
            base na Deus.
            – Protestantes tbm são Cristãos, que seguem a Doutrinas passadas pelo Luteranismo
            baseadas nas de Deus.

            Cristão é todo aquele que crê em Cristo e segue seus
            ensinamentos…
            Sou cristão porque sigo e pratico os ensinamentos de Cristo, mas não sou
            Católico, ortodoxo ou Protestante, porque não fico preso aos dogmas de nenhuma
            delas.

          • Gabriel Santiago

            8 de outubro de 2012 em 20:38

            Sim, é o que se costuma ver protestantes fazendo: rodopiando e gritando “labasurirslalalalalalarabenerakktefarason”.

            Há um IMENSO erro no que voce disse! A Igreja Ortodoxa SE SEPAROU da Igreja Católica pois queria implantar o chamado “sistema patriarcal”, ou seja, queria que TODOS os bispos tivessem o mesmo poder, o que é errado, pois somente o bispo de Roma tem poder universal. Tanto é que ele foi chamado de “primus” (primeiro) durante muitos séculos. A Igreja Ortodoxa surgiu em 1053, enquanto o catolicismo surgiu em 107 d.C., ou seja, quase mil anos de diferença.

            Você não fica “preso” em dogmas. A escolha é sua… quer um exemplo? Certo dia, um padre famoso daqui do Brasil (que eu fiz o favor de esquecer o nome) teve um sonho. neste sonho, havia uma cachoeira e ele estava ao lado de Deus no topo da cachoeira. No rio abaixo, havia muitas pessoas, algumas longe dele, outras na margem porém nao na água e tantas outras dentro da água. Deus virou pra ele e disse: “Esta água simboliza minhas bênçãos para o mundo e os homens. Vê aquelas pessoas ao longe? Estão longe do rio, de modo que não são abençoadas. São os não-cristãos seguidores de seitas politeístas, falsos profetas. Na margem, estão aqueles separados da Igreja. Estão perto demais de minha bênçãos, mas nunca poderão tocá-las pois não entram n’água. Estes são os que protestam e atacam a Igreja. Agora, vê aqueles que estão dentro da água? São os católicos. Porém repare, enquanto uns estão repletos de graças, outros estão com capas envoltas em si, impedindo que minha bênção chegue a eles[…]”. 

            É uma coisa muito interessante, e que faz todo sentido: mesmo um membro separado, um protestante ou “cristão”, não está recebendo bênçãos de Deus. Claro, não vou me basear num sonho, porém faz sentido. Se todos podem ter bênçãos, por que criar uma Igreja para isso? Deus age onde quiser, inclusive nas igrejas protestantes e “cristãs”, porém não passam de seitas e não há garantia alguma que Deus age sobre elas. Mais um motivo para ser católico. Há garantia que Deus age sobre o catolicismo. 

          • VanDrak SubZero

            9 de outubro de 2012 em 17:03

            Bem… a criação da Igreja atual foi instituída por 5
            patriarcas de diferentes nações que seriam responsáveis cada um por sua
            jurisdição, ou seja, cada patriarca comandava uma parte da Igreja tendo assim a
            separação jurisdicional já praticamente definida, o que aconteceu em 1053 foi a
            separação institucional da parte que se tornou a Igreja Ortodoxa, deixando de
            fazer parte do grupo.
            Essa separação institucional ocorreu por vários motivos, o principal foi essa discordância,
            pois a apostólica romana dizia ser a única e verdadeira por seu bispo patriarca
            ter recebido o titulo de “primus”, e as outras diziam que não, que todas eram iguais
            em importância, e isso resultou na Apostólica Romana Excomungando a Anglicana
            que em resposta tbm excomungou a Romana. Outro motivo foi a divisão do Império
            Romano em Oriental e Ocidental, que acarretou algumas mudanças culturais e políticas.
            ^^

            Concordo quando vc disse que Deus age onde Ele quiser, mas discordo de quando
            vc fala que ser católico é a única maneira de receber as bênçãos de Deus…
            Pense bem… Um católico praticante que comete um assassinato ou um estupro ou
            qualquer outro tipo de crime, por exemplo, e um protestante ou Ateu que ajuda
            várias pessoas, seja com suas palavras ou com seus atos, praticando o bem sem
            olhar a quem e distribuindo amor a todos…  quem vc acha que está sendo abençoado e
            seguindo as Palavras de Deus?!

          • Gabriel Santiago

            10 de outubro de 2012 em 14:27

            Eu to falando de católicos, não de “católicos”. 

            Cara, sem ofensa, mas você ta precisando de muitas aulas de história. Em 1053 foi a debandada e criação da Igreja Ortodoxa. A Igreja Anglicana só veio com Henrique VIII. 
            A Igreja não dizia ser a verdadeira, o que acontecia é que ela tinha o maior privilégio. E os orientais não aceitaram isso. É simples!
          • VanDrak SubZero

            10 de outubro de 2012 em 15:24

            Então interpretei mal o seu comentário anterior, quando
            falou sobre o bispo de Roma ser o “primus”. U.u
            Quanto a Igreja Anglicana no meu comentário anterior botei por engano, ia botar
            ortodoxa mas tava pensando em escrever algo sobre a anglicana quando falei da
            protestante aí troquei as bolas :p
            Eu sei que a Anglicana só surgiu com Henrique VIII por volta de 1500(se não me
            engano), mas a Ortodoxa foi criada ao mesmo tempo que a católica na reunião dos
            5 patriarcas.
            Elas eram da mesma instituição mas divididas jurisdicionalmente… Em 1053,
            houve a separação definitiva da Jurisdição da Igreja Ortodoxa da Jurisdição da
            Igreja católica, assumindo assim duas doutrinas parecidas mais distintas entre
            si.

            Quanto a minha pergunta, no comentário anterior, eu to falando
            de católicos mesmo, católico praticante mas que por algum motivo cometeu este
            tipo de crime. E aí?! Quem está sendo abençoado e quem está seguindo as palavras
            de Deus? ^^

          • Gabriel Santiago

            10 de outubro de 2012 em 22:47

            Católico praticante não mata ninguém, e se mata só pode ser por um motivo: legítima defesa. Se for, ele é perdoado pois apenas se defendeu. Leia novamente:

            “outros [católicos] estão com capas envoltas em si, impedindo que minha bênção chegue a eles(…)“.
          • VanDrak SubZero

            11 de outubro de 2012 em 01:01

            Às vezes a pessoa mais correta do mundo pode cometer um tipo de crime…
            No
            caso citado pode ter acontecido o seguinte, que realmente já aconteceu:
            Depois de anos de casamento, um homem religioso que frequenta a
            Igreja, pratica o bem a todos que o rodeiam, chega de uma viagem do
            trabalho e resolve fazer uma supresa pra esposa…
            Quando chega em
            casa ele que tem uma supresa, ele pega sua mulher com outro, com a
            cabeça quente sem pensar direito e com muito ódio e raiva, ele pega uma
            arma que tem guardada em casa e mata a mulher…
            Sendo assim, esse crime encaixa na minha descrição e não foi legítima defesa pois ele teve a intenção de matar, pelo menos naquele momento, aí fica minha pergunta: Ele está sendo abençoado? ele está seguindo os ensinamentos de Deus? ^^

          • Gabriel Santiago

            11 de outubro de 2012 em 13:14

            Sim, ele está sendo abençoado. Não por matar a esposa, mas sim por ser católico. Porém a chance de existir esse caso é muito pequena, visto que católicos se casam com católicos. E se a mulher fosse realmente católica, jamais trairia o marido. 

            E também, bobo foi ele. Era tão fácil chegar para o bispo e pedir a anulação do sacramento… =)
          • VanDrak SubZero

            20 de outubro de 2012 em 01:16

            Desculpa a demora na resposta… Feriadão prolongado fui
            viajar ^^
            Acertasse que ele está sendo abençoado, porem errasse no seguinte ponto: Deus
            despeja suas benção a todos, não importa a religião.
            E outra, nos tempos de hoje, não existem só casais com a mesma religião…
            conheço muitos católicos que são casados com espíritas, Evangélicos e Ateus, e
            vice-versa, e muitos deles optaram o casamento na Igreja católica com o Padre
            pela tradição não pela religião ^^

          • Terceiro Fake

            20 de outubro de 2012 em 01:23

            eae subzero,como vai a kitana

          • VanDrak SubZero

            20 de outubro de 2012 em 01:26

            Boa como sempre ^^
            passei boa parte do feriadão com ela num combate intenso lá no meu quarto…

          • Terceiro Fake

            20 de outubro de 2012 em 01:29

            kkkkkk, vida boa hein?

          • VanDrak SubZero

            6 de outubro de 2012 em 03:32

            Errado meu caro… Eu não fiquei no Achismo XD
            E aliás eu citei documentos ^^
            Citei
            “os 10 mandamentos”, o mais antigo da História do cristianismo, onde se
            cita as 10 regras básicas dos Seguidores de Deus… Onde um dos
            mandamentos é o “Não matarás”… E que o Autor é mais importante que
            qualquer historiador Europeu…
            Ninguêm no mundo tem o direito sobre a
            vida do outro… Se os cartáros praticavam barbaridades, segundo as
            leis de Deus, matá-los não era o caminho…
            A inquisição se tornou tão barbára quanto os próprios…  aliás se estivessemos naquela época certamente eu seria acusado de heresia e seria morto, por apenas falar essa minha opinião…
            A diferença entre o Meu comentário e o seu é que eu me baseio nas Palavras de Deus, e vc nas palavras dos homens… ^^

          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 16:39

            Deus proíbe o Assassinato, não a legítima defesa. Se alguém quer atentar com sua vida, voce pode SIM matá-lo para se proteger. A obrigação da Igreja é, além de encaminhar espiritualmente, proteger os fiéis a todo custo. E se isso implica matar pessoas que ameaçavam grávidas, é o que a Igreja faria e é o que fez. Sempre foi assim, e sempre será. 

            Tenho a impressão que você não leu as minhas explicações sobre a Inquisição, senão teria visto que estás errado. A Igreja matou sim, mas em legítima defesa e para a defesa dos fiéis. É matar ou morrer, desde o início de tudo. 
            Se baseia nas palavras de Deus que foram criadas por católicos e para católicos e não é católico? Então nem cristão é.
          • VanDrak SubZero

            7 de outubro de 2012 em 19:11

            A igreja Católica não foi a 1ª igreja do mundo… ^^
            A Igreja católica veio a partir do Cristianismo… sendo assim as leis  e
            as palavras de Deus não foram escritas por católicos, foram escritas bem antes,
            A Igreja Católica se basearam nessas leis para criar sua própria doutrina ^^
            O Cristianismo surgiu com o Próprio Jesus e deu Origem a Igreja Católica, a
            Ortodoxa e a Protestante… tá bom de ler uns livros de história ^^
            Deus proíbe o assassinato a qualquer custo, por acaso Moisés ou Jesus mataram
            os que os perseguiam?! Acredito que não…

            Na Fuga do Egito, Moisés não levantou um dedo se quer contra
            o povo egípcio, todos os mortos foram através das pestes que Deus enviou como
            castigo incluindo também os que morreram afogados após a travessia…

            Jesus, nem preciso falar, deixou ser preso e morreu na cruz
            mesmo já tendo vários fiéis que poderiam ter se rebelado se ele quisesse…

          • Foxzinho

            5 de outubro de 2012 em 19:23

            A diferença entre o SEU argumento e o DELE é que o dele é baseado em fatos e o seu é apenas fantasia hipocrita.

          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 20:50

            Ah, então você também é mais um inteligente? Cade sua refutação aos 5 historiadores? Sua credibilidade se iguala a de seu protegido, nula ou inferior. =)

    • Foxzinho

      4 de outubro de 2012 em 15:46

      Guerra, não é do ser humano e sim da natureza, guerra é um instindo natural, mas já que a humanidade possui uma capacidade racional maior, ela acaba por ter um poder destrutivo maior, diferente dos outros animais… Corrupção vem do carater der qualquer um, seja ele padre, politico, empresário, isso não vem do fato de alguns pensarem ser superiores do que outros…
      Este tópico não tem a intenção de mostrar superioridade, mas sim, de criticar os erros idiotas que uma da de uma religião que se diz grande. (A proposito a religião tambem separa a humanidade, pense bem e veja, que algo que era para fazer tão bem, destroi o mundo). Eu sou ateu por muitos motivos.

      • VanDrak SubZero

        4 de outubro de 2012 em 16:31

        Eu sei Foxinho ^^
        Vc apenas viu uma parte da minha opinião se vc ver em todos os posts da série eu comentei e falei um pouco da minha opinião que é: “Todas as religiões, por melhor que seja os princípios, são falhas porque foram criadas pelo homem que é um ser falho…”
        Concordo que o instinto da guerra vive no ser humano, porem o homem é um ser racional e deveria pensar como tal, não é porque é instinto que devemos guerrear…
        Se os homens não se achassem superiores aos demais (que é um traço de caratér), existiria o respeito mútuo entre todos… Se não houvesse ambição, um não queria ter o que é do outro de direito.

        • Foxzinho

          4 de outubro de 2012 em 16:41

          Então foi uma falta de percepção minha, mas que fique então para aqueles que não aceitam os fatos.

          • VanDrak SubZero

            4 de outubro de 2012 em 16:45

            XD

      • Diego Martins

        4 de outubro de 2012 em 16:26

        Nossa, melhor comentário que já li em toda a história do site.

        • VanDrak SubZero

          4 de outubro de 2012 em 16:33

          Apareceu no meu e-mail que vc tinha me respondido =/
          é outro bug?!

          • Diego Martins

            4 de outubro de 2012 em 16:35

            LOL, respondi o Foxzinho

          • VanDrak SubZero

            4 de outubro de 2012 em 16:46

            Agora disse que vc respondeu ao meu comentário resposta ao foxinho que tá aqui abaixo
            kkkkkkkkkkkkk

    • DOOM

      4 de outubro de 2012 em 12:47

      Sinceramente não sei quem é pior, os demônios, ou os seres humanos. 

      • VanDrak SubZero

        4 de outubro de 2012 em 12:59

        Os humanos ^^

  20. Lucas gonçalves

    4 de outubro de 2012 em 10:04

    Padre pedofelos existem? sim. Pastor pedofelo existe? Sim. Esses escandalos só acontecem pelo fato da igreja catolica ser solida, e não ter se quebrado em varias congregaçoes por ai. Sou catolico e não adoro imagens. E respeito cada religião. Não importa qual seja ela te torna um ser humano melhor. O pessoal do minilua deveria fazer o lado negro de Valdemiro e a igreja Mundial, Renascer, Universal… 

    • Erick

      4 de outubro de 2012 em 11:56

      Religião não faz de ninguém melhor cara,isso depende da própria pessoa e não de religião alguma ¬¬

      • Gabriel Santiago

        4 de outubro de 2012 em 19:09

        Religião não faz ninguém melhor? Ok… um cara começou a namorar com uma garota católica. Ele era drogado, vivia na rua e ninguém conseguia botar jeito. Ela o levou para a Igreja, apresentou-o ao padre, que deu conselhos sobre a vida dele, e teve uma reviravolta. Ele fez a primeira Eucaristia, crisma e está a caminho de ser seminarista e futuro teólogo. Religião muda quem quer ser mudado!

        • Erick

          11 de outubro de 2012 em 02:01

          Que lindo,vc merece um beijo.
          Rosana Oliveira,dá um beijo nele!!!
          Acho que vc esqueceu dos católicos que adorariam ver gays e até drogados queimando em praça publica,esses tem aos montes =-)
          (mas não são todos ok?)
          • Rosana Oliveira

            16 de outubro de 2012 em 11:50

            “Beijo nele” quem? É a pura verdade: igreja não é garantia de alguém melhor. Não estou puxando saco de ninguém. Apenas estou expressando uma opinião que tenho há muito tempo.

            Eu fui criada na doutrina Católica e sei dos sujos dela. Como posso esquecer?
            Dizer que igreja não é garantia de bom caráter, não necessariamente quer dizer que tem só mau caráter.
            Oras, é só não viver numa redoma de alienação.
            Qualquer indivíduo observador vê que se igreja fosse sinônimo de bom caráter, retidão, não haveriam padres pedófilos, não haveriam pastores pedófilos e ambiciosos, não haveria briga pelo poder e traições no Vaticano e não haveriam guerras, separações entre as pessoas pelo simples fato da crença.
            Isso não significa que todos os pastores, cardeais, padres e fiéis sejam ruins. Mas é bom ter consciência que não é só porque alguém vai na igreja, que já pode receber o status de “pessoa direita”. A igreja ajuda, mas não é garantia. O principal vem da própria pessoa, da força de vontade, do comprometimento.
          • Erick

            16 de outubro de 2012 em 12:01

            Bem,eu concordo com oque vc disse,eu falei aquilo apenas por zoeira mesmo.

            Quando eu falei “Que lindo,dá um beijo nele.” Na verdade foi uma resposta ao coment dele e não ao seu,eu já me confundi mto com isso nos coments aqui no minilua.
            Ah e Gabriel,de que adianta a igreja bancar uma casa de reabilitação se não ensinam os fiéis a respeitar os outros?Afinal é assim que tem que ser,a maioria de vcs precisam ser ensinados né?Sem contar que a igreja catolica fez mais coisas ruins que coisas boas para a humanidade,isso é o minimo que ela pode fazer pra compensar todos aqueles que ela queimou sem motivo ¬¬
            Mas claro,não vamos culpar as pessoas de hoje pelas cagadas das pessoas de antigamente,só não ignore o passado da igreja.
          • Gabriel Santiago

            11 de outubro de 2012 em 13:11

            Drogados? Não, lugar de drogado é nas casas de reabilitação bancadas pela Igreja Católica.

            Quanto aos gays, queimando eu nao diria, mas adoraria ver eles levando um tapa na cara da sociedade quando essas leis personalizadas pra eles fossem negadas. ;D
        • Rosana Oliveira

          11 de outubro de 2012 em 00:20

          Legal sua historinha de internet. \o/

          Muito cuti-cuti.
    • VanDrak SubZero

      4 de outubro de 2012 em 11:24

      Em breve ^^

  21. Carol Nukenin

    4 de outubro de 2012 em 09:54

    Onde há seres humanos há corrupção, desonestidade, pessoas ruins…

    E dentro da igreja católica não é diferente!! Até hoje!!
    Mas é assim em todo lugar. Existem pessoas boas, que tentam fazer o bem e há pessoas que só se preocupam com o próprio bem estar. Nessa época sombria da história da igreja não foi diferente, haviam pessoas boas tentando reverter a situação, o problema é que elas morreram queimada… 
    • VanDrak SubZero

      4 de outubro de 2012 em 11:25

      concordo Caca ^^
      Querendo ou não a culpa é sempre de nós mesmos
      Os humanos erram, erram, erram e não aprendem.

  22. Megmeth Ryüjinson

    4 de outubro de 2012 em 09:17

    Que estranho… Poucos católicos defendendo a sua “santíssima igreja”.

    Como diz um amigo meu: “Contra fatos não há argumentos”.
    • Elísio Pedro

      4 de outubro de 2012 em 18:59

      O texto traz mais argumentos que fatos. Os fatos dizem é que a Inquisição matou e torturou é muito menos gente do que se acredita, em grande parte, devido a panfletos anônimos que começaram a circular na Europa na época da Reforma Protestante e do Iluminismo. E anticientífico é disseminar estes mitos da Inquisição como faz o autor do texto, que sinceramente não parece ter lido nenhum livro histórico sequer para expor seus preconceitos cientificistas cá expostos (Ou deve ter lido as apostilas de história dos cursinhos tupiniquins). Nunca leu Ayllón, Walsh, Falbel ou Maisonneuve…”esquece” das severas penas a que eram submetidos os antepassados de nossa humanidade em TODOS os tribunais da época. E ignora que foram os tribunais da Inquisição os primeiros a ABOLIREM CONFISSÕES SOB TORTURA em toda época….

    • Ezequiel Rodrigo

      4 de outubro de 2012 em 09:41

      como vc diz , contra fatos não ha argumentos ,não ha oque defender  desses atos do “passado”…….mas não é só a catolica que tem seu “podres” …universal  , mundial , mulçumana , seitas etc…..todas tem algo …o estranho  porque o minilua , só ve o lado da igreja catolica ???… 

      • Caio Vicente

        4 de outubro de 2012 em 13:36

        A igreja católica é uma das mais antigas instituições do mundo.

        No qual desde a sua criação vem ocorrendo esses fatos … digamos que ” inusitados ” .
        Universal e Mundial … Bom, temos ações duvidosas sim, que onde até eu sei, foram causadas por um ou outro. ( O que o dinheiro não faz né? )
        Muçulmana e Seitas cara… Acho que não tem lado oculto nessas religiões hein? Até porque todos sabemos a ideia dos muçulmanos, que quando morrerem pelo seu país ou pela sua causa, vai ser conduzido a um harém com 72 virgens se não me engano.
        E as seitas cara … nem precisa de comentários né? rs 
      • Megmeth Ryüjinson

        4 de outubro de 2012 em 09:44

        Só para constar, não tenho religião. 

        E se Deus existe, ele corrobora com minha opinião.
        • Lucas gonçalves

          4 de outubro de 2012 em 10:06

          Vc sabe o que Deus pensa?

          • Ezequiel Rodrigo

            8 de outubro de 2012 em 17:52

            Não sei o que Deus pensa …mas meu comentario , é sobre que todas as religioes tem algum erro ,….não só a catolica ,

          • Megmeth Ryüjinson

            4 de outubro de 2012 em 12:49

            Acredito que se Deus existe, ele não gostaria que religiões deturpassem o verdadeiro sentido do que ele é… Sendo assim, concordaria com o fato de eu não ter religião…

  23. Daniel Do Nascimento

    4 de outubro de 2012 em 00:56

    Vamos acabar logo com esse assunto: O lado mais oculto da Igreja Católica é aquele escondido por debaixo das batinas… FIM!!!

    PS.: Nem me interesso em saber o que se tem ali…
  24. SHADOWS

    4 de outubro de 2012 em 00:48

    isso não me interessa, então eu não vou ler

    • Caio Vicente

      4 de outubro de 2012 em 01:14

      Se isso não te interessa, por que vc clicou na porra do link?

      ¬¬’
    • jeff zika Mc

      4 de outubro de 2012 em 00:52

  25. Caio Vicente

    4 de outubro de 2012 em 00:47

    Igreja católica … 

    Tenho amigos que frequentam a igreja católica … sempre depois da missa eles vão beber. -.-‘
    Vários padres pelo mundo sendo acusados de pedofilia, homossexuais.
    Fora que a Bíblia condena as imagens de santos. E dentro das igrejas católicas temos …
    Pois é, e uma grande parte dessas igrejas tem uma imagem muito peculiar, a imagem de Jesus crucificado, o que da a entender que ele não ressuscitou, a própria Bíblia condena o uso de orações repetitivas… E o que os católicos usam? O terço, pois é, 600 avé maria, 500 pai nosso…
    É amigos, tem muita gente que fecha os olhos para esses fatos pois, a ” fé ” os consumiram.
    Triste. 
    • Leandro Magacho

      4 de outubro de 2012 em 21:54

      verdade

    • Gabriel Santiago

      4 de outubro de 2012 em 19:24

      No templo de salomão também tinha grandes imagens cobertas de ouro…

      A bíblia condena ÍDOLOS = REPRESENTAÇÃO DE DEUSES. Ao contrário de IMAGEM = ÍCONE. Totalmente diferente. E detalhe: condena a ADORAÇÃO a imagens! Por favor, me mostre no Catecismo onde diz que católico deve adorar os santos ou imagens. Boa sorte!
      Dá a entender que ele não ressuscitou? Dá a entender isso para quem não estuda! Para quem estuda, sabe que é para que todos se lembrem que o filho de Deus morreu por nós! protestante tem o costume de se recostar e ficar coçando o saco, achando que só por que Jesus ressuscitou já ta salvo. 
      Errado! Não condena as orações repetitivas, condena as orações repetitivas E VÃS, ou seja, que não mudam em nada. E teu conhecimento é tão grande que você não sabe que o terço tem 50 ave-marias e 5 pai nosso. 
      Tem muita gente que fecha os olhos para esses fatos, por que a FALTA DE ESTUDO os consumiu. =)
      • Caio Vicente

        4 de outubro de 2012 em 21:57

        ” Errado! Não condena as orações repetitivas, condena as orações repetitivas E VÃS, ou seja, que não mudam em nada. “

        Pai nosso que estais no céu …
        Pai nosso que estais no céu …
        Pai nosso que estais no céu …
        Pai nosso que estais no céu … ,
        Acho que não muda muito né? Não me julgue um leigo, fui cristão por muitos anos e já estudei a Bíblia.
        E sobre a imagem de Jesus pregado na cruz… ( não querendo julgar ) mas … Acho que vcs estão iludidos, pois ” para mim ” o simbolo da ressuição de Cristo é a cruz vazia não acha?
        Para aprendermos que Jesus morreu por nós, isso vem com estudos, e creio eu que uma imagem com Jesus crucificado e ainda ferido pelas injúrias não representa isso.
        Bom, todos aqui temos nossas cabeças formadas e não adiantar muito ficar nesse vai e vem né? kkk ‘
         
        • Gabriel Santiago

          4 de outubro de 2012 em 22:07

          Sim, muda sim. Uma oração vã é quando não provém do coração. Se você rezar 100 vezes o pai nosso com intenção do coração, não será vã. mas se você rezar 1000000 de vezes sem intenção verdadeira, essa sim, é vã. 

          Você estudou a bíblia. Estudou o catecismo? Estucou o Magistério? Estudou a Tradição? Não. Não tem saída, quem estuda acaba virando católico ou aumentando sua fé. 
          O símbolo/imagem de Jesus ressurreto é ele em perfeito estado com as chagas nas mãos e nos pés em cima de nuvens. É o que normalmente se vê em alguns lugares. 
          Na verdade, a cruz vazia não representa nada, é apenas uma cruz (em alguns casos). 
          Sim, vem de estudos que se resumem a 4 coisas: Bíblia, Tradição, Magistério e Catecismo!
          • Everson Novitzki

            4 de outubro de 2012 em 23:23

            Você estudou a bíblia. Estudou o catecismo? Estucou o Magistério? Estudou a Tradição? Não. Não tem saída, quem estuda acaba virando católico ou aumentando sua fé. 


            Não foi assim comigo não. Parece-me que você conhece bem a bíblia. Eu também conheço ela muito bem. Estudei em um seminário, então…  sabe né!!!!!  
            Mas vamos ao ponto. Se você imaginar uma bíblia (Codex Sinaiticus), sem o Novo Testamento, poço lhe assegurar que não existe nenhuma originalidade nela. Referente ao cerne dela, ou o material bruto, existe em dezenas de livros, papiros, manuscritos… onde as mesmas passagens são descritas. Você poderá ler o Livro dos Mortos, Livros dos Vedas, de Enoque, Épico de Gilgamesh entre outros, e verá os mesmos textos da Bíblia. 
                Vale ressaltar, que desses livros citados ai em cima, a Bíblia Sagrada, em sua versão do Antigo Testamento, possui os textos mais novos. Posso ir mais além disso, citando que existe inscrições no Egito, que datam 1800 AC, onde conta uma historia de um personagem que: era filho de carpinteiro, discursou para mestres religiosos, pregava a palavra do “pai”, possuía discípulos, curava doentes, ressuscitava mortos. Foi condenado a morte, e voltou a vida 3 dias depois.  
                Poderia citar quase 1 centena de passagens, história e versos bíblicos que você poderia encontrar em livros escritos antes mesmo do próprio Gênesis.
              Desmerecer a bíblia? Claro que não. O que não podemos fazer, é fingirmos que a bíblia é a fonte original das histórias que ela conta (o que ela não é).  Abraços.
          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 14:55

            Desde o princípio o homem procura respostas para coisas que não conhece atribuindo a deuses. Claramente, se você destrinchar tudo, vai chegar em um lugar: bem e mal. Tudo começa por aí. Existe uma infinda batalha entre o bem e o mal, e isso é em TODAS as religiões, não só no cristianismo. Se você decompor as histórias ou registros, sempre vai chegar ao mesmo resultado, mas são resultados ínfimos. 

            Você bem falou, o material bruto. Porém, analisando a fundo, vemos que há detalhes que fazem toda a diferença. Um exemplo que os ateus gostam de usar para atacar dizendo que a bíblia não é original, é dizer que o aniversário de Jesus se comemora exatamente no dai de um deus egípcio, ou seja, é plagiado. Mas isso é facilmente desmascarado, quando se nota que o dia 25 de dezembro foi escolhido por ter a noite mais longa no oriente médio. O que significa? Significa que mesmo que o mal (noite) domine por muito tempo, o bem (dia) sempre voltará. Um bonito significado mal entendido por todos. E por que? Por que as pessoas procuram sempre o superficial, o prático, o fácil, o que não demanda trabalho. Não se importam de pesquisar!
            Dizer que a bíblia não é “original” é dizer que é simplesmente um livro. Antes de tudo, a bíblia é um relato, não um somente livro. Ah, vale lembrar que muito do antigo testamento é “retirado” do judaísmo, e são livros escritos há milênios…
          • Everson Novitzki

            6 de outubro de 2012 em 02:26

            Vale ressaltar que, 25 de dezembro não aparece na bíblia, e nem algum dado do solstício de inverno também. O dia 25 de dezembro foi uma escolha da igreja 5 séculos depois, para coincidir com as festas de fim de ano, a semana entre o Natal e o Ano Novo.  

            O Livro mais antigo da Bíblia é o Gênesis, escrito por volta de 1400 a.c, época em que o povo judeu se exilaram da escravidão do Império Sumério. Mas o problema é que várias relatos da bíblia, você encontra nas historias do povo Sumério, escritos entre 1600 a.c e 2300 a.c.
            E na historia do Diluvio, por exemplo, você acha ela na Epopeia de Gilgamesh (2000 a.c) e no Livro dos Vedas (2300 a.c). 
          • Gabriel Santiago

            6 de outubro de 2012 em 22:34

            25 de dezembro não aparece na bíblia, nem trindade, nem bíblia aparece na bíblia. No caso, o significado é mais importante que a origem. 

            E isso é algum problema? Vale lembrar que os ESCRITOS foram datados em 2300 anos antes de Cristo. Acontece que o povo judeu usufruia muito da tradição oral, ou seja, quem garante que os sumérios não ouviram essas tradições e passaram para o papel? é o mesmo caso do Êxodo, que foi escrito muito tempo depois de tudo acontecer.
            Quanto ao dilúvio, até onde eu sei ele tomou proporções mundiais. Não é difícil de se imaginar que alguém o tenha escrito em outro lugar, e toma o mesmo caso acima: tradição oral pode ser copiada e escrita por outro povo. 
          • Caio Vicente

            4 de outubro de 2012 em 23:30

            Interessante, vou dar uma pesquisada sobre o assunto.

            Quando eu li que você afirmou conhecer uma história do Egito em 1800 A.C, fiquei perplexo.
            O.o
          • Everson Novitzki

            6 de outubro de 2012 em 01:22

            Sim sim… Pesquise sobre Hórus. Você notara uma semelhança até pertubadoura.

          • Everson Novitzki

            6 de outubro de 2012 em 02:41

            O conto de Hórus foi escrito em cerca de 2.800 a.C. ( quando citei 1800, foi falha minha)
            O conto de Jesus foi escrito exatamente na era Cristã (entre 1 a.C. e 1 d.C.)
            Hórus nasceu da Virgem Ísis. Jesus nasceu da Virgem Maria.
            O nascimento de Hórus foi acompanhado por uma estrela a Leste, essa acompanhada por 3 reis. O nascimento de Jesus foi semelhante.
            Hórus foi batizado por Anup. Jesus foi batizado por João Batista.
            Ambos Anup e João Batista foram decapitados.
            Hórus foi considerado uma criança-prodígio aos 12 anos. Jesus também.
            Hórus começou seu ministério aos 30 anos. Jesus também.
            Hórus teve 12 discípulos e viajou com eles praticando milagres Jesus também.
            Hórus disse que é o príncipe da eternidade. Jesus disse que é a luz do mundo. 
            Hórus disse que é o Caminho, a Verdade e a Vida. Jesus também.
            Hórus andou sobre as águas. Jesus também.
            Hórus ressucitou um home chamado El-Azar-Us. Jesus ressucitou Lázaro.
            Hórus foi traído por Tifão. Jesus foi traído por Judas.
            Hórus foi invejado e considerado “o rei dos egípcios”. Jesus foi invejado e considerado “o rei dos judeus”.
            Hórus foi condenado a morte e crucificado. Jesus também.
            Hórus foi enterrado. Jesus também.
            Hórus ressucitou 3 dias depois. Jesus também.
            Sei la… Pensem o que quiserem, mas essa é uma das partes da historias de semelhanças, incrustadas nas pedras dos monumentos egípcios a alguns milhares de anos. Eu apenas citei aqui, não criei, nem alterei nada. 
          • Caio Vicente

            6 de outubro de 2012 em 12:02

            O.o

            ( não consigo pensar em nada )
            @ Perplexo.
          • Caio Vicente

            4 de outubro de 2012 em 22:31

            Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. (Ex 20:4)
            “O símbolo/imagem de Jesus ressurreto é ele em perfeito estado com as chagas nas mãos e nos pés em cima de nuvens.”

            De forma alguma estou pondo seus conhecimentos em duvida. Mas para mim isso basta.
            Catecismo, Magistério, Tradição, não vou mentir, não faço a minima ideia do que seja.
            No meu tempo de evangélico, fui educado em seguir as normas que Deus havia escrito na Bíblia, e mesmo não sendo mais cristão, ainda sigo algumas.  
            ” Na verdade, a cruz vazia não representa nada, é apenas uma cruz (em alguns casos). “
            Jesus foi condenado a cruz por min, por vc e por todos, por favor não diga que ela não representa nada ou ” em alguns casos “.

             Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

             E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.

            Mateus 6.6-7

            Certo, vamos relevar o Pai nosso…

            E a ave-maria, rogando a uma ” deusa ” em que pelo catolicismo ela o levará a sua oração a Deus certo?

            Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. 
            João 14:6

            É, não sou nenhum estudioso na Bíblia mas conheço alguma coisa.

          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 14:42

            Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. (Ex 20:4)”


            “Farás dois querubins de ouro; e os farás de ouro batido, nas duas extremidades da tampa, um de um lado e outro de outro. (Ex 25, 18)”
            Ou Deus se contradiz, ou então ele não abomina imagens, desde que não seja para adoração, que é diferente de veneração.
            Wow! Raro encontrar alguém como você, que admite não saber o que são essas coisas. Eu explico:
            Tradição – Escrita ou oral, foi passada de apóstolo para apóstolo, de doutor para doutor, de Papa para Papa. Exemplo: Mulheres não podem ser ordenadas. Isso está tanto na bíblia como é Tradição da Igreja.
            Magistério – Autoridade, poder da Igreja concedido por Jesus SOMENTE à Igreja. Livro de São Mateus, capítulo 16 e o resto você ja sabe. 
            Catecismo – Conjunto de TODOS os dogmas da Igreja católica. Se está no catecismo, é o que a Igreja Católica ensina. Se não está no catecismo, a Igreja Católica não ensina. Por isso o argumento da idolatria é furado, por que no catecismo não tem nenhum parágrafo que diz que devemos adorar imagens, santos ou seja lá o que for.
            Leia novamente o que eu disse: A cruz, VAZIA, não representa nada (em alguns casos). Sem Jesus crucificado, ela é simplesmente um símbolo cristão. E ainda, na época de Cristo, era um instrumento de tortura, ou seja, dependendo da época e do significado, a cruz muda SIM. Antes de cristo = instrumento de tortura. Depois de cristo = simbolo cristão.
            Vamos analisar a Ave-Maria?
            “Ave Maria, cheia de Graça. O senhor é convosco!” (Lucas – 1, 28)
            “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.” (Lucas – 1, 42)
            Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. 
            Como vê, as duas primeira partes são tiradas diretamente da bíblia. A última, é um acréscimo que não tem nada de fabuloso, é apenas uma constatação. Maria é Santa, Maria é mãe de Deus, Maria roga (intercede, ajuda, suplica) pelo pecadores. Não vejo onde Maria é chamada de deusa, muito menos onde é que falamos que ela salva. 
            Procure aí, Catecismo da Igreja Católica. Nele há tudo que a Igreja ensina, tudo explicado e fácil de entender. Você vai ver que não há, em parte alguma, que devemos adorar Maria. Aliás, quem faz isso é advertido pela Igreja. 

          • Caio Vicente

            5 de outubro de 2012 em 16:09

            Você tem ótimos argumentos, que me fez querer estudar mais sobre a Bíblia.

            Porém tem algo pra vc:
            João 19:
            26 Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
            27 Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.
            O texto descrito por católicos, João 19:26-27, para afirmarem que Deus entregou Maria como “deusa” da humanidade (“mãe da humanidade”), não defende essa “doutrina” idólatra do catolicismo romano.
            O texto de João 19:26 a 27 mostra que Jesus pediu ao discípulo que Ele amava (a Bíblia não cita o nome) para cuidar de Maria que foi sua mãe (como homem); e que Maria cuidasse do discípulo a quem Jesus amava. Não disse para Maria cuidar da humanidade.
            Maria nunca foi mãe de Deus. Para ser “Mãe de Deus” teria que ser Deusa. E só há um Deus: PAI, e FILHO e ESPÍRITO SANTO. NÃO EXISTE O DEUS: “Mãe, Pai, Filho e Espírito Santo”.
            Maria não tem o poder de ouvir todas as rezas de todos os católicos do mundo; muito menos ao mesmo tempo. Se pudesse, teria o atributo da ONISCIÊNCIA. SÓ DEUS TEM ESTE ATRIBUTO.
            Se Maria soubesse que estão criando tantas imagens de escultura e dando a elas o seu nome, certamente FICARIA REVOLTADA, pois maria era seguidora da palavra de Deus.
            ( Desculpe a demora pra responder, meu irmão vei me fazer uma visita. )   (:
          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 16:30

            Terei prazer em responder tudo que me falou assim que você responder esta pergunta:

            Onde é que no catolicismo é ensinado que Maria é Deusa? Onde está no CIC?
            Eu ja formulei as respostas para todo o resto, apenas responda isso. 
          • Caio Vicente

            5 de outubro de 2012 em 16:38

            Bom, não me entenda mal ( não quero ser rude )…

            Mas até onde eu sei, só oramos para os nossos Deuses certo?
            O assunto está ótimo, mas agora estou saindo para trabalhar, aliás ja estou atrasado rs.
             
          • Gabriel Santiago

            5 de outubro de 2012 em 19:14

            Eu não sei você, mas eu oro para um só Deus. Eu só tenho um Deus, não vários. Santos não são deuses, jamais foram e jamais serão. 

            Para responder minha pergunta, procure por Catecismo da Igreja Católica no Google e me responda onde há no Catecismo que santos ou Maria são deuses. 
    • VanDrak SubZero

      4 de outubro de 2012 em 11:55

      Caio,

      Já fui católico há um tempo atrás, mas sai da Igreja
      Católica e segui outro caminho (como já disse em outros posts da mesma série)
      por motivos próprios, eu abri meus olhos ^^
      Sobre suas indagações, acho que posso respondê-las, afinal, minha família foi
      sempre católica e eu também fui praticante por boa parte da minha vida ^^

      – Quanto a imagem dos santos, a Bíblia proíbe a adoração a imagens, pois só
      existe um Deus que deve ser adorado… Os Católicos não adoram as imagens dos
      santos, eles apenas respeitam as imagens como exemplos a serem seguidos para
      chegar até Deus, porem a gigantesca maioria não seguem os ensinamentos dos
      mesmos (contraditóoooorios kkkkkkk) e também os consideram como mensageiros de
      Deus, pedindo que eles levem até Ele suas preces e pedidos em oração.

      – Quanto a imagem de Cristo crucificado, eles anunciam a morte e proclamam a ressurreição,
      usam a imagem da Cruz, pra mostrar que Cristo morreu pra pegar os pecados de
      cada um de nós, mas vc pode ver em várias igrejas a imagem de Cristo ressuscitado
      também. ^^

      – Quanto as orações, eles acreditam que quanto mais orar melhor, por isso o
      terço ou rosário…
      1 Creio pra começar, 53 Aves Marias, 6 Pai nossos e 6 Glória a Deus no meio,  e 1 Salve Rainha pra terminar…

      Essas crenças e costumes variam de religião para religião (como antes foi dito)
      e não existe religião mais certa que outra. Todas levam a um só Deus ^^

      • Caio Vicente

        4 de outubro de 2012 em 13:28

        “- Quanto a imagem de Cristo crucificado, eles anunciam a morte e proclamam a ressurreição, 
        usam a imagem da Cruz, pra mostrar que Cristo morreu pra pegar os pecados de 
        cada um de nós, “

        1º – Jesus morreu cara, fato, mas ele ja ressuscitou, creio eu que não precisa proclama-lá.
        2º – ( Como faz muito tempo que eu não frequento uma igreja, ja me esqueci a passagem), mas, em uma delas Deus afirma que por trás de casa imagem existe um demônio, estou errado?
        3º – Fé é fé e não estou aqui pra discutir isso, hoje sou pagão, mas sei que o único caminho que leva a Deus é seguindo o evangélio de Jesus, pois cada religião diz que leva a Deus, até mesmo o candomblé.
        4º – Quanto mais orar é melhor mesmo, mas sei que a Bíblia condena o uso de orações repetitivas e tenho plena convicção disso.
        Mas como eu disse no terceiro ponto, fé é fé, e cada um com a sua! rs 
        • VanDrak SubZero

          4 de outubro de 2012 em 15:15

          Olá de
          novo Caio XD
          continuando o papo… Desculpa a carta ^^

          1) A proclamação da Ressurreição na Igreja Católica é no sentido de acreditar
          que se forem bons, um dia vão ressuscitar como Jesus.

           

          2) Como
          disse acima, existe uma passagem que fala que não se deve adorar ou idolatrar
          ou venerar qualquer imagem… Mas como também disse acima, os católicos usam as
          imagens como exemplos de fé a serem seguidos (e terminam não seguindo) e não
          como objeto de culto.

           

          3) Como
          falei antes, já fui católico, hoje não sou mais… Deixei de ser católico
          porque abri meus olhos e vi que a religião é falha porque foi feita pelo homem.
          Todas as religiões, inclusive a Igreja católica, pregam uma coisa e fazem outra
          totalmente diferente. Hoje sou cristão, acredito apenas em Deus e seu Filho,
          Cristo Jesus. ^^



          Você pode
          ver em todas as crenças do mundo, mesmo antes do cristianismo, existe um Deus
          Soberano que criou o mundo e o Universo (Zeus, Odin, Júpiter, e etc.), até os
          cientistas (que são na maioria ateus) acreditam que o universo foi criado por
          uma partícula e deram o nome de (Partícula de Deus).  Sendo assim, existe um só Deus que criou tudo
          e a todos, que dependendo da crença, recebe diversos nomes.

           

          4) As
          Orações tbm é uma contradição da Igreja católica… Não pelo fato de repetir a
          oração mil vezes estar errado, mas repetir por repetir, como se fosse uma
          obrigação. Orar é falar com Deus, portanto deve ser feito de coração, deve vir
          do fundo de sua alma… Quando se prende a 1 ou 2 orações está apenas
          transmitindo energias que podem ser positivas se for com fé, nulas ou
          negativas.

          • Caio Vicente

            4 de outubro de 2012 em 22:01

            Fé mano, é isso que se resume, é como o amor, quando amamos ficamos meio que cegos.

            Sei que todas as religiões tem falhas …
            Tem gente que acredita até em demônios, fazer o que né? rs
          • Caio Vicente

            4 de outubro de 2012 em 22:11

            Acreditar não foi a palavra correta! rs
            Tem gente que cultua aos demônios.
            Agora ficou melhor. (:
  26. Cleiton

    4 de outubro de 2012 em 00:23

    Minilua ensinando história melhor que a escola.

    • Nameless

      4 de outubro de 2012 em 00:41

      Sua escola deve ser muito ruim então. Ou é você que é um péssimo aluno mesmo.

  27. Little Uchiha™

    4 de outubro de 2012 em 00:13

    Tenho medo desse lado da minha Igreja, Deus realmente deve ter ficado muito triste com isso.

    • Gabriel Santiago

      4 de outubro de 2012 em 19:05

      Tenha medo do alfabeto, da bússola, e alguns instrumentos de navegação também. Invenções católicas. =3

      Inquisição: Tribunal politico-religioso criado pelo Papa Gregório XI com a intensão de SALVAR os fiéis dos reis. Como a matéria (quase) bem disse, os reis tinham medo da Igreja. Era uma mistura entre medo, respeito e receio. Medo por que a Igreja influenciava o povo. Sem apoio do povo, não tem rei. Respeito por que a Igreja sempre ajudou os reinos a ficarem a favor dos reis. E receio por que a Igreja tinha capacidade para levantar ou derrubar quantos reinos quisesse e pudesse.
      Você sabe o que significa apoio político? John F. Kennedy, ex-presidente dos EUA, era católico. Por isso, e outros motivos, era apoiado pela Igreja. Era o mesmo na Idade Média! A Igreja apoiava os reis que dessem proteção à Igreja. Mas os reis achavam que tinham autoridade RELIGIOSA para com a população. Como tudo que faziam ela praticamente em obediência à Igreja, eles começaram a perseguir pessoas com ideais POLITICOS diferentes e acusaram-nas de heresia. Isso não pode, pois o “título” de herege só pode ser dado pelo clero. Então a perseguição se alastrou para a fogueira, onde muitos REIS mandaram queimar muitas pessoas. Nessa época houve muita morte, em nome da Igreja, por parte dos reis. Pretensiosamente, PROTESTANTES, ATEUS e MAL INFORMADOS dizem que a Igreja mandou matar. 
      Com essa balburdia toda em nome da Igreja, o Papa Gregório XI anunciou o maior ofício político-religioso que o mundo viria a conhecer: o Tribunal da Santa Inquisição. Santa SIM, por que salvou muitos da fogueira. O processo era o seguinte:
      O acusado era convocado para uma audiência com o clero, um representante do monarca e testemunhas. Então, ele era convidado a proclamar sua fé com a mão na bíblia e no terço. Após isso, acontecia a INQUIRIÇÃO, onde era acusado de tantos quanto fossem os crimes. Sabe qual o próximo passo? O perdão! A Igreja praticamente IMPLORAVA para o fiél pedir perdão, tendo feito ou não besteira. Isso por que se ele não pedisse perdão, iria direto para a fogueira, e isso era trágico para a Igreja, pois os reis começariam a ver que ela não tinha tanta influência assim sobre os fiéis como eles pensavam. Ao total, foram “mortas” 42 pessoas durante CINCO séculos de inquisição. “Mortas” por que, muitas vezes, um boneco da pessoa era queimado no lugar dela, levando seu nome e uma cruz. Significado = para a Igreja, aquela pessoa estava morta na fé. 
      A Santa Inquisição foi isso! Difamada por muitos, conhecida realmente por poucos e compreendida por menos ainda! 
    • Um idiota qualquer

      4 de outubro de 2012 em 08:54

      Nessa epoca ,deus deve ter ficado muito triste com os seres que ele criou.

      • Little Uchiha™

        4 de outubro de 2012 em 11:50

        Acho que no filme Todo poderoso ou A volta do todo poderoso, não tenho certeza como é o diálogo mas o cara pergunta se ele já tirou férias e ele responde: já ouviu falar na idade média?

        deve ter sido tensa essa época
  28. 3 Hits

    4 de outubro de 2012 em 00:13

    o pessoal num intende a inquisição. Os padre só qria praticar pirofilia.

  29. Iron Man

    4 de outubro de 2012 em 00:07

    Gostei do post u.u

    A inquisição foi um grande empecilho para o avanço da ciência .
     Se não fosse isso agente estaria andando de carro voador agora u.u
    • Filipe ZS

      5 de outubro de 2012 em 00:51

       A inquisição certamente sim, porem a igreja católica contribuiu e  muito para o avanço da ciência, e continua contribuindo com grandes centros de pesquisa espalhados pelo mundo. Apesar de não ser católico e tampouco gostar da religião, tenho que admitir esse fato.

    • Augusto Avila(Ta tudo bem Agora)

      4 de outubro de 2012 em 00:09

      e ia tar jogando o playstation 10 enquanto domava-mos nossos unicornios que mijam coca-cola

  30. Iron Man

    4 de outubro de 2012 em 00:04

    Curti lah o xat 

    xat.com/minilunaticos
    • Harima Kenji

      4 de outubro de 2012 em 00:13

      Propaganda nos coments tsc tsc … u.u vcs estão tão decadentes assim.

      • Iron Man

        4 de outubro de 2012 em 00:15

        Cala boca palhaço u.u

        • Metalborn (saudades do ano passado)

          4 de outubro de 2012 em 00:22

          Divulga no jornal (chew)

          • jeff zika Mc

            4 de outubro de 2012 em 00:44

            Estao indo a falencia 

          • Filipe Braga

            4 de outubro de 2012 em 10:12

            Caraca véiiii, eu ri d+ com esse gif KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  31. Marcox(Minitsuki Zero)

    4 de outubro de 2012 em 00:04

    Quem quer vencer não espera milagre de um crucifixo.

  32. Jose Neto

    4 de outubro de 2012 em 00:00

    religião nunca prestou mesmo

  33. 3 Hits

    4 de outubro de 2012 em 00:00

    to sentindo cheiro de polêmica nos comentarios

    • Augusto Avila(Ta tudo bem Agora)

      4 de outubro de 2012 em 00:08

      fui eu que peidei ‘-‘

      • Silver Thehedgehog

        4 de outubro de 2012 em 02:04

        e deve ter se borrado todo

  34. Filipe Braga

    4 de outubro de 2012 em 00:00

  35. Little Uchiha™

    3 de outubro de 2012 em 23:59

    só tem ninjas aqui véi

    • Filipe Braga

      4 de outubro de 2012 em 00:10

      rraaaá

    • Harima Kenji

      4 de outubro de 2012 em 00:04

      Outro cara que usa um nome de um personagem e tem avatar de outro –‘

      • Little Uchiha™

        4 de outubro de 2012 em 00:10

        Problem?

    • Bruno Melo

      4 de outubro de 2012 em 00:02

      Bom, modéstia  a parte, eu sou mesmo.

    • jeff zika Mc

      4 de outubro de 2012 em 00:02

      vc que é lerdo o lesado 

    • estanys

      4 de outubro de 2012 em 00:00

  36. Estudante

    3 de outubro de 2012 em 23:59

    Keep calm and vote Orton

    • jeff zika Mc

      3 de outubro de 2012 em 23:59

      To vindo pra te dizer desbuga a porcaria la 

      • PATROCINADOR novato

        4 de outubro de 2012 em 00:04

        NÃO É ELE QUEM TOMA AS DECISÕES POR AQUI

      • Harima Kenji

        4 de outubro de 2012 em 00:02

        Chama um padre pra desbugar aquilo que hoje ta com o capeta no coro.

192 Comentários
mais Posts
Topo