A lendária corrida espacial #1

Após o término da Segunda Guerra Mundial, o mundo ficou divido em dois. De um lado os EUA e do outro a URSS. Esses dois grandes impérios tinha ideais diferentes, mas os dois, no fundo, queriam mostrar ter um poder maior e ser o grande líder do planeta. Assim, surgiu a Guerra Fria, um luta não declarada de demonstração de poder. Um dos ramos mais importantes que essas nações usaram para mostrar seu poder foi o domínio do espaço:




O começo

sputnik

O mundo pós-guerra estava entrando na Era da Tecnologia. Computadores já eram usados pelos governos, os eletrônicos começavam a ganhar espaço. E as armas nucleares, que antes eram a maior demonstração de poder existente, já não eram algo tão excepcional. Por isso, os dois países nessa guerra de poder precisaram focar em outras fontes e uma delas foi a exploração espacial.

O primeiro passo nessa luta de conhecimento foi dado pela URSS em 1957, quando o Sputnik chegou a órbita da Terra. Ele é considerado o primeiro satélite humano de toda a história e fez com que a União Soviética ficasse muito a frente dos americanos.

Ainda naquele ano, os soviéticos lançaram a Sputnik 2, que levou o primeiro ser vivo ao espaço. A cachorra Laika ficou mundialmente famosa por isso. Contudo, a história contada na época foi bem diferente da verdade. Naqueles dias, a URSS falou que a cadelinha tinha sobrevivido semanas no espaço, mas a verdade é que ela morreu logo após o lançamento, devido ao superaquecimento da cabine.

laika4

Os americanos só entraram nessa guerra em 1958, quando lançaram no espaço o satélite Explorer, que foi o responsável por descobrir o Cinturão de Van Allen, uma região do espaço em volta de nosso planeta, onde existe uma grande quantidade de partículas eletromagnéticas. O mais curioso desse lançamento é que ele foi feito sem que a NASA existisse. Antes disso, os EUA tinham uma agência chamada NACA (National Advisory Committee on Aeronautics). Após essa primeira aventura, o governo decidiu que precisava de uma organização focada apenas no espaço, assim surgiu a NASA.




A Lua é o limite

Moon-09.04.04

Ainda em 1959, os soviéticos deram mais um passo importante ao domínio do espaço. Conhecido como Projeto Luna, esse experimento tinha como objetivo a conquista da Lua. A primeira missão Luna foi o primeiro objeto humano a chegar próximo a Lua e enviar fotos de lá. A segunda parte da missão enviou outro objeto, dessa vez com o objetivo de bater na Lua. Ao fim, no terceiro lançamento, os soviéticos conseguiram entrar na órbita e fotografaram 70% de toda a superfície lunar.

Em quanto isso, os americanos ainda faziam voos menos importantes. Em 1960, o grande lançamento americano foi um satélite climático. Nesse meio tempo, os soviéticos preparavam um dos movimentos que entraria para a história da humanidade e os colocaria em uma posição de completa admiração mundial.

yuri-gagarin1

No dia 12 de abril de 1961, Yuri Gargarin foi o primeiro ser humano em toda a história do Universo a oficialmente ir ao espaço. Ele se tornou mundialmente famoso, assim como sua frase: “Orbitando a Terra em uma espaçonave, eu vi o quão bonito é nosso planeta. Pessoas, vamos preservá-lo e aumentar sua beleza, não destruí-lo.”

A Rússia e seus aliados dominavam o espaço. Os americanos assistiam tudo com sua moral descendo ladeira abaixo, mas os ventos da mudança estavam chegando e a NASA estava preparando um golpe que desbancaria toda a liderança soviética com um único movimento.

  1. Jeff Dantas

    1 de fevereiro de 2015 em 10:29

  2. Matheus

    1 de fevereiro de 2015 em 00:34

    Sinceramente,essa guerra é o oposto do nome.

    • Marcelo Checon

      1 de fevereiro de 2015 em 02:19

      Tem tudo a ver moda foca

      • Matheus

        2 de fevereiro de 2015 em 01:07

        Cara quando agente fala em alguma coisa fria(uma pessoa por
        Exemplo) significa que ela e má,cruel já essa guerra
        Só foi pra ver quem consegue mais coisas não foi violenta.

        • Mutley

          2 de fevereiro de 2015 em 11:54

          Guerra Fria foi o nome dado ao confronto não declarado entre Estados e a então União Soviética , que por sua vez foi marcado por disputas políticas e extra-militares como nas áreas de desenvolvimento tecnológico e cientifico , mas sobretudo a ”Guerra” , marcou a disputa entre duas ideologias que defendiam a sua permanência além de decidirem os rumos da economia Mundial (como vemos hoje em dia) .
          E apesar das tensões que ocorreram entre os dois países , o nome se da devido a forma sínica como ambos agiam , se pesquisar um pouco mais acho que você entenderá o que estou falando , houve muito mais coisa por baixo dos panos do que apenas uma briga temerária entre as duas maiores potências nucleares da época.

        • Marcelo Checon

          2 de fevereiro de 2015 em 02:25

          Mas não é Guerra. É corrida espacial

          • Matheus

            2 de fevereiro de 2015 em 14:08

            Mas a corrida espacial fez parte da guerra.

  3. Blue

    31 de janeiro de 2015 em 22:58

    Hum, interessante, a chegada do homem na lua foi um grande avanço, e essa área precisa melhorar mais, mas precisamos resolver nossos problemas primeiro, depois, poderemos avançar muito e alcançar outros planetas, encontrar outros seres por aí, arrumar guerras, aliados, comércio, problemas…

    • Marcelo Checon

      1 de fevereiro de 2015 em 02:18

      Você não entendeu. A questão é descobrir outro planeta e fugir pra ele. (claro, só os ricos)

  4. Little Uchiha™

    31 de janeiro de 2015 em 20:55

    Seria esse Wind of change o q dizem ser fake
    esses negócio.de querer ser o grande líder do planeta não dá boa coisa, os kara acha q pode guardar essas poha e usarem contra quem quiserem, por isso q o chavez tinha aquela paranoia com os states.

  5. André Silva

    31 de janeiro de 2015 em 19:41

    Ansioso pela continuação 🙂

    • Mutley

      1 de fevereiro de 2015 em 14:35

      Esperando pelas tretas do próximo post .

  6. Wayne Griffin

    31 de janeiro de 2015 em 18:27

    “Aqui mexendo no Google Earth em meu quarto, vi o quão nosso planeta é bonito.Pessoas vamos preservá-lo e aumentar sua beleza, não destruí-lo. ” Não, péra, vamos consertá-lo.”

    • Marcelo Checon

      1 de fevereiro de 2015 em 02:17

      O Google Earth manda um monte imagem borrada e distorcida, e você tá achando bonita?

      • Jeff Dantas

        1 de fevereiro de 2015 em 10:31

        Hahaha não seja por isso, tem o Street View… 🙂

    • Maurício Rocha

      31 de janeiro de 2015 em 19:04

      Preservar nem adianta mais, o lance agora é consertar

16 Comentários
mais Posts
Topo