Lições que aprendemos com nossos animais de estimação

 - Eles amam incondicionalmente - Esta é a única coisa que devemos sempre levar a sério, amar sem esperar nada em troca. Amar uma pessoa por quem ela é e não pelo que ela pode dar é um dom.

 - Eles são leais - Não importa o que aconteça, eles vão ficar com você. Há um ponto em nossas vidas quando perdemos tudo, incluindo algumas das pessoas que pensamos ser amigos, mas os nossos animais permanecem conosco. Lealdade é uma característica boa para aprender com nossos animais de estimação.

 - Eles sempre pedem ajuda - Nossos animais de estimação dependem de nós para suas vidas. Eles nos enviam sinais quando estão com fome ou sede. Nós também devemos saber quando precisamos pedir ajuda. Nós todos temos nossas fraquezas, e não é um sinal de fraqueza pedir ajuda, especialmente quando precisamos.

 - Eles nunca guardam ressentimentos - Há momentos em que precisamos disciplinar nossos animais de estimação quando eles fazem algo errado. No entanto, uma coisa que podemos aprender com eles é que eles nunca usam isso contra nós. Às vezes guardamos rancor quando estamos sendo repreendidos. Estar aberto ao perdão e pedir perdão é importante.

 - Eles sabem como demonstrar apreço - Nosso cão, sempre abana o rabo quando está feliz e especialmente quando a ele é dado um tratamento especial. Nossos gatos ronronam e esfregam seus corpos contra nós, quando brincamos com eles. Eles não têm medo de mostrar seu apreço. Nós também podemos aprender com isso. É sempre bom contar aos outros ao longo do tempo que agradecemos a eles ou melhor ainda, mostrar-lhes com um simples abraço, beijo ou a simplesmente falando o quanto são importantes.

 - Eles sempre estão se cuidando - Os animais fêmeas em geral se preocupam muito com seus filhotes, se certificando de que as necessidades de seus bebês foram atendidas antes delasTodos podemos aprender a ser cuidadosos com nossos filhos. Para aqueles de nós que não são pais, talvez pudéssemos aprender a alimentar os nossos irmãos.

 - Eles são criativos - Os animais são capazes de mostrar a sua criatividade, e eles não têm medo de fazê-lo. Nós também devemos aprimorar tudo o que Deus nos deu, os talentos que temos e não ter medo de compartilhá-los. Todos nós nascemos criativos.

Eles são o que são - Um cão, por exemplo, se comporta como um cão, e ele não finge ser outra coisa. Nós também precisamos aprender a ser  apenas quem somos. A única maneira que podemos encontrar o verdadeiro contentamento e felicidade, é por ser capaz de descobrir quem somos e de amar a nós mesmos. Nós não precisamos fingir que somos alguém que não somos.

 - Eles podem viver uma vida simples - Dê-lhes o que eles precisam, e eles estão felizes. Nós todos podemos aprender a ser feliz vivendo uma vida simplesAlgumas pessoas passam pela vida infelizes porque não sabem a diferença entre o que eles precisam e o que eles querem.

Adaptado de bitrebels

  1. authuyhuie

    9 de janeiro de 2013 em 05:10

    Eles matam uns aos outros, enchem a casa de m.e.r.da, mordem os
    vizinhos, fazem barulho a noite toda, trazem doenças pra dentro de casa,
    roubam comida na cozinha e quebram os móveis.

    <a
    href=”http://verchini.com/bop-nam” rel=”dofollow”>bop
    nam</a>
  2. Kelly Binhote

    23 de janeiro de 2012 em 13:00

    Se um Cachorro fosse seu Professor
    Voce aprenderia coisas assim…
    Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
    Nunca perca uma oportunidade de ir passear de carro.
    Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
    Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
    Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
    Corra, pule e brinque todos os dias.
    Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
    Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
    Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos
    e deite debaixo da sombra de uma árvore.
    Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
    Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado…
    volte e faça as pazes novamente.
    Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
    Se alimente com gosto e entusiasmo.
    Coma só o suficiente.
    Seja leal.
    Nunca pretenda ser o que você não é.
    E o MAIS importante de tudo…
    Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio,
    fique por perto e mostre que você está ali para confortar.
    A amizade verdadeira não aceita imitações!!!

  3. Jeverson

    27 de dezembro de 2011 em 14:59

    verdade tudo oq o post falou e se pensarmos bem a bem mais coisas q podemos e devemos aprender com os animeis….sempre q olho para a humanidade vejo q os animais sao bem mais humanos q os proprios humanos….

  4. Fernanda Scherzinger.

    5 de outubro de 2011 em 14:18

    Aprendi com minha gata , a não ser egoísta e pão duro 😀 

    • Juh Avila

      21 de outubro de 2011 em 01:49

      CONCORDO COM VC!!! Essa história de que os gatos são interesseiros é mito. Quem tem gato discorda disso…

  5. Ellen Beatriz

    7 de agosto de 2011 em 21:07

    QUAL E O JOGO QUE O GATINHO TA CAIDO EM CIMA DO NETBOOK

    • Jeverson

      27 de dezembro de 2011 em 14:56

      olha n tenho certeza mas acho q é habbo,,,mas acho q uma hora dessas vc ja deve ter encontrado n é,,,hauhsuhasasa

    • Fernanda Scherzinger.

      5 de outubro de 2011 em 14:19

      Deve ser um Aplicativo do Orkut , ou algo assim ;D 

  6. juuhsantiiago

    27 de abril de 2011 em 20:44

    minha cachorrinha então é SUPER CRIATIVA ! , ela é mto peste , mais é minha alegria *-*

  7. Falando Besteira

    25 de janeiro de 2011 em 14:10

    Eu tenho dois cachorros, e cara namoral, são as minhas bençãos, eu sou louca por eles dois. Cachorro é um amigo que nao espera nada em troca, realmente, meus cachorros são o meu tesouro. rs

  8. Calebe Silva

    13 de janeiro de 2011 em 13:20

    Quando nos estamos tristes os animais nos alegra nos devemos fazer o mesmo com eles 😀

  9. eder vilela

    8 de janeiro de 2011 em 01:43

    Não crio animais, nem mesmo gosto deles dentro de casa. Mesmo assim acredito que tenho muito mais compaixão do que muitos aqui comentaram. Chupem essa manga!!!  http://www.youtube.com/watch?v=IKIBmppiIvM

  10. Liana Barbosa

    7 de janeiro de 2011 em 15:29

    Lindo post!Na minha opinião os animais não são diferentes de nós,as vezes eles estão carinhosos,amaveis,meigos más como nós eles tem seus dias ruins e precisam de espaço.Podemos aprender muito com eles,apesar do lado ruim dos animais ainda acho que eles são melhores amigos do que os seres humanos.
    Tenho 2  PitBulls,1 pastor alemão e 2 papagaios e os amo muito, só não tenho mais animais por falta de espaço,eu não consigo imaginar como seria a minha vida sem eles.  

  11. Paoblo Henrique Silva

    7 de janeiro de 2011 em 11:18

    Muiito Bom o post!!

    Tenho 3 PitBulls , As pessoas falam pra mim parar de cuidar q eles sao caes violentos , agressivos etc…

    Mais eu acho q , Depende muito e de como o Dono Cuida e trata seus animais

    tenho ee vou continuar cuidando deles , gostoo D+ deles *-*

  12. Giovanna Harder

    7 de janeiro de 2011 em 09:45

    Tenho um cachorro e dois gatos, e agradeço muito po tê-los *-*   Tudo bem quue os gatos são hiper interesseiros, mas não vou deixar de amá-los por causa disso.

  13. Wadson Rafael

    7 de janeiro de 2011 em 02:27

    Se os animais fossem nossos professores, viveríamos num mundo melhor.

    • Gabi BLazarchicOliveira

      22 de julho de 2012 em 15:50

      gostei do comentário, falou tudo em 10 palavras

  14. Icaro

    7 de janeiro de 2011 em 00:56

    Vou mostrar isso para os meus pais, quem sabem assim eles decidem me dar um cão ^^

    • juuhsantiiago

      27 de abril de 2011 em 20:46

      cachorros fazem bem as pessoas . faz isso msm 

  15. alo

    6 de janeiro de 2011 em 23:19

    Muito bonito o discurso, a ponto de fazer alguém chorar, mas, na prática, não é tudo isso que é dito, por exemplo, gatos não amam incondicionalmente porque sempre querem algo em troca, ou querem comida ou querem afago, até que se cansam e vão embora, e digo mais, se o cara ficar miserável a ponto de não ter mais nada o gato ficará com ele até alguém aparecer com um bocado de comida aí ele abandona o dono. Cães podem se voltar contra os donos, já vi isso inúmeras vezes. Agora, se formos para a vida real, é bem pior, por exemplo, leões machos despedaçam com toda a fúria que a natureza lhes deu, leõezinhos de um outro macho destronado. Leões tem a fama de matar hienas por matar, ou seja, sem um motivo aparente para nós, e eles se odeiam incondicionalmente, não se toleram. Muito parecido tudo isso com a vida em sociedade não? Bem, e por aí afora, vimos coisas do tipo. Filhotes, bem novinhos, de águias e outros tipos de aves, são capazes de jogar o irmão menor, pouco desenvolvidos, para fora do ninho em uma queda que é impossível a sobrevivência, para que os mais desenvolvidos tenham mais comida para si, o egoísmo não é uma característica só do homem. E tantas outras coisas do tipo. Bem, mostrei um outro lado dos animais que as pessoas mais sensíveis preferem esconder ou ignorar, apesar de tudo, gosto muito de cães e outros tipos de animais, não tenho nada contra.

    • Cíntia Esio Lousada

      28 de janeiro de 2014 em 13:19

      É, mas os animais agem por instinto, faz parte do que eles são. Eles não tem escolhas, já o ser humano escolhe ser bom ou ruim!!! Age por maldade, simplesmente por agir!!!

    • julio bernard es

      7 de janeiro de 2011 em 00:15

      Eu até concordo com você na parte dos gatos, felinos são assim mesmo, não que eles não tenham carinho pelo seu dono mais eles são animais que tem tendência a ser independente, mas quanto aos cães eles raramente se voltam contra o seu dono e quando isso acontece é sempre por um bom motivo ( traumas de maltratos, doenças, dores de dentes são bem comuns nesses casos) além de depender também da raça deles ( não gosto de pitbull rs ).

      Tenho dois cachorros, e realmente admiro a motivação deles, imagina um amigo que sai da sua cama quentinha para te receber no meio da chuva, barro ou qualquer coisa que vier, essa é a motivação que um cachorro tem.

      • alo

        7 de janeiro de 2011 em 01:30

        Sim, lógico, mas de forma alguma estou querendo desmerecer a matéria não rs… Qual o ser humano que não se comove com um animalzinho? Mas, é bom frisar, que um cão age da forma que age, balançando o rabo e sempre demonstrando a alegria que tem, porque ele traz em si mesmo o instinto de alcatéia, ele sabe quem é que manda, e quem manda deve ser honrado com festinhas e tudo o mais, na vida selvagem é a mesma coisa, lobos agem assim entre eles, balançando o rabo e pulando de alegria quando o macho alfa e a fêmea alfa chegam. Eu comparei com a vida selvagem, porque o que se discutiu a respeito do post, foi em relação a certas facetas que os animais aparentam ter, que nos remete a algo semelhante ao ser humano, que o homem deveria desenvolver mais como uma lição, aí foi citado o amor incondicional, a lealdade, apego, em fim, mas, é bom lembrar que há o outro lado também, as outras facetas que podem conferir aos animais algo que remete ao ser humano, coisa que já disse acima.

        • julio bernard es

          7 de janeiro de 2011 em 02:23

          È claro que você não desmereceu a matéria, só disse que apesar dos animais domésticos terem um lado selvagem eles conseguem impor o seu instinto na vida em compania do homem, ou seja, colocar toda a sua motivação no seu ambiente de vida (no caso, com as pessoas) . Isso é o que eu mais admiro nos cachorros por exemplo, e também por isso acho muito boa a  observação que você fez acima.

    • Andreza Souza

      6 de janeiro de 2011 em 23:24

      dãmm! o.O
      rsrsrsrsrs

      • alo

        6 de janeiro de 2011 em 23:41

        Não diminua seu amor pelos animais Andreza, essa não foi minha intenção, e, quanto ao ato de chorar, não me referi a você especificamente, mas foi de forma genérica rs… No mais, eu tão somente quis demonstrar que os animais também possuem um lado, que aos olhos do homem, parecem perversos, é a realidade que as pessoas não querem ver do mundo natural, pois pode chocar pessoas um tanto mais sensíveis. Gosto muito de programas como o Discovery e NatGeo que mostram a realidade do mundo selvagem rs…

        Mas é isso, valeu.

        • Andreza Souza

          6 de janeiro de 2011 em 23:55

          Não achei que você se referia a mim… achei estranho o fato de você descrever a sobrevivência dos animais, já que o post não fala sobre isso.
          Mas valeu ^.^

  16. eder vilela

    6 de janeiro de 2011 em 22:52

    Eles matam uns aos outros, enchem a casa de m.e.r.da, mordem os vizinhos, fazem barulho a noite toda, trazem doenças pra dentro de casa, roubam comida na cozinha e quebram os móveis. Além de deixarem uma despesa considerável com a alimentação, vacina, banho, coleiras, gaiolas, casinhas, aquários, etc…  Gosto é gosto, mas pra que eu ia querer uma coisa dessas??? rsrs

    • Anônimo

      23 de maio de 2011 em 23:41

      Porque o amor e afeto que esses animais nos dão em troca vale mais que dinheiro!!!Mas cada um tem sua opinião.

    • juuhsantiiago

      27 de abril de 2011 em 20:48

      aaaaaaaaaaaaaaah só voce e algumas pessoas pensam assim .
      poxa , animal é tudo de bom *-*

    • Madruga

      7 de janeiro de 2011 em 00:39

      Um Lobo Nunca Abandona a Alcateia.

  17. Andreza Souza

    6 de janeiro de 2011 em 21:21

    Que lindo Gê! Vou chorar! rsrsrs
    Amo meus cachorros e é isso que eles representam
    Parabéns pelo post ^.^

    • Gerusa Luiz

      6 de janeiro de 2011 em 22:07

      Valeu, obrigada.Que bom que gostaram, tb adoro esses bichinhos..

  18. grandluc

    6 de janeiro de 2011 em 21:11

     Magnífico !!!!!!!!

  19. Guilherme Chamorro Junior

    6 de janeiro de 2011 em 21:06

    Cara muito fera esse post, sem dúvida, podemos aprender muito com nossos animais de estimação =]

    • Leon S. Kennedy

      25 de fevereiro de 2012 em 17:03

      second

      • Nate Haskell

        25 de fevereiro de 2012 em 17:07

        terceiro

        • Leon S. Kennedy

          25 de fevereiro de 2012 em 17:09

          third fail

39 Comentários
mais Posts
Topo