Minilua

A Lua pode ganhar uma Lua

Não bastassem todas as mudanças que a humanidade faz no planeta Terra, agora ela quer dar um novo passo e modificar o próprio espaço a nossa volta, deixando nossa visão do céu um pouco diferente.

Necessidades do futuro

A verdade é que nós vivemos em uma grande rocha solta no espaço, que tem recursos limitados, e isso é um dos maiores problemas da humanidade, pois a falta de matéria prima pode nos causar grandes incômodos. E da maneira que as coisas andam, logo teremos uma grande falta de tudo. Por isso seria muito bom que pudéssemos pegar materiais necessários de outros lugares do Universo, assim teríamos uma fonte quase infinita de todas as coisas.

Ainda existe o fato de que um dia nosso planeta vai se extinguir e se a humanidade não achar uma nova casa, também será extinta, por isso precisamos avançar na exploração espacial.

Dois coelhos com uma cajadada só

Sabendo desses dois grandes problemas para nosso futuro, a NASA, apoiada pelo governo americano, está planejando uma das mais incríveis realizações que a humanidade um dia já fez.

Ela pretende pegar um pequeno asteroide, rebocá-lo até a órbita da Lua e estabiliza-lo ali. Assim, pela primeira vez na história, a humanidade mudaria a configuração do céu, em um primeiro passo para planos maiores.

O que vem depois?

A NASA, se conseguir realizar tal tarefa, pretende em alguns anos mandar uma nave para o tal asteroide na órbita da Lua, podendo estudar mineração nesse tipo de corpo celeste, descobrindo as melhores maneiras de desviá-los caso estejam em rota de colisão com a Terra e até mesmo desenvolver técnicas para criação de bases nessas pedras, que no futuro poderão ser usadas como bases avançadas para viagens longas, como as que serão feitas para Marte um dia.

Curiosidades lunáticas

– A NASA terá incialmente 100 milhões de dólares para esse projeto;

– Para completá-lo seria necessário algo em torno de oito anos;

– O asteroide que será trazido para perto da Lua vai ser bem pequeno, para que no caso de algo dar errado não causar grandes estragos na Lua ou mesmo na Terra.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/