O lugar onde o mar se abre

Todo mundo conhece a clássica história de Moisés e a fuga do Egito, onde ele estava comandando seu povo e o Mar se abriu para que ele passasse e depois se fechou, matando seus perseguidores e dando a oportunidade dele seguir em frente. E existe na Terra um lugar onde isso acontece de verdade e não é nenhum milagre:




O Mar de Jindo

Moses-Miracle-500x500

Na Coréia do Sul existem duas ilhas banhadas pelo Mar Amarelo. Elas são separadas por poucos metros de mar, contudo, em épocas bem especiais do ano, elas se tornam uma, pois as marés criam uma pequena reprodução do famoso milagre de Moisés nessa região. Assim as pessoas podem andar “sobre a água”, em um caminho que surge e some em pouco mais de uma hora.

Entre os meses de março e junho, a Ilha de Jindo e a de Modo, que são vizinhas, se unem por um caminho de Terra, atraindo milhares de turistas, que querem experimentar a sensação de atravessar o mar caminhando:

187510_v1




080505_p1_top




jindo-korea-parting-sea-festival_66691_600x450 (1)




jindo-modo-sea-parting-3[6]

A coisa ficou tão grande que se tornou um festival local, onde pessoas de todos os cantos do mundo viajam até lá para admirar esse estranho fenômeno, que só ocorre graças as harmônicas de maré.




Harmônicas de maré

lua

As águas da Terra são influenciadas pela Lua e pelo Sol, assim conforme nossa posição varia, também existem variações nas marés, criando um gigantesco movimento de água para todos os lados do globo.

Como a distância entre o Sol e a Terra variam durante o ano e como a proximidade da Lua também varia em relação a Terra, pois as órbitas existentes entre esses corpos são elipses, as marés também sofrem com essas mudanças de distância.

Por isso o sistema de marés da Terra é muito complexo. E só em determinados momentos especiais nós temos as harmônicas de maré, quando a água de certos lugares fica muito baixa ou muito alta.

É isso que ocorre no Mar Amarelo da Coréia do Sul em certos momentos do ano. As harmônicas de maré geram enormes baixas na altura da água e assim a caminho entre as duas ilhas surge. Sem a necessidade de nenhum milagre.

Gostou dessas curiosidades? Então não deixe de curtir logo abaixo!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Aline Elis

    13 de agosto de 2013 em 07:08

    de acordo com fotos de satélite o local onde os judeus atravessaram o mar vermelho tbm tem uma parada dessa ai, um caminho no meio do mar, só não sei se la com a baixa da maré tbm fica exposto olha um vídeo sobre o assunto http://www.youtube.com/watch?v=w5CjsH_LSDI

  2. Cristiano Rufino

    30 de julho de 2013 em 11:37

    quem veio pensando que era igual a foto de capa curte ai

  3. Luiz Jurno

    24 de julho de 2013 em 16:12

    Em Santos – SP tem uma ilha ao lado do quebra mar que acontece isso quase todos os dias quando a maré está baixa da pra ir caminhando da praia até a ilha de boa só é perigoso pois a mare aumenta rapidamente ai fica complicado para voltar

  4. Dark J

    24 de julho de 2013 em 08:47

    Por que não estou surpreso quando vi o nome do Diego ali em baixo? Na boa Diego, para com essas mensagens indiretas. Já tá virando pé no saco, antes que um Dry Bones puxe seu pé.

  5. Matheus Carvalho

    24 de julho de 2013 em 02:41

    Só não pode falar que o mesmo fenômeno aconteceu no Mar Vermelho. Sush…

  6. eduardo (eduh)

    24 de julho de 2013 em 00:02

    normal..é só uma maré baixa com uma formação incomum,aqui em Olinda há uma praia parecida,sendo que ela seca por completo uma vez por dia.No livro de Êxodo seria impossível que um fenonimo como esse tivesse sido a causa do mar vermelho ”se abrir”,por milhares de fatores eu só vou citar um,seria impossivel que o retorno do mar nesse fenonimo tivesse matado alguém instantaneamente.OBS:só falei isso pra ninguém sai por ai influenciado com isso xD

    • Estudante

      24 de julho de 2013 em 10:44

      Não é impossível,tanto que esse seu ”fenonimo” matou instantaneamente o português .-.

      • eduardo (eduh)

        24 de julho de 2013 em 14:35

  7. Estudante

    23 de julho de 2013 em 22:04

    Não,você acertou .-.

  8. Um qualquer

    23 de julho de 2013 em 21:57

    Sei lá, quando eu vi a palavra “milagre”, instintivamente pensei ” post do Diego Martins”. Não é que eu acertei?

    • PATROCINADOR

      24 de julho de 2013 em 11:18

      Não,você acertou .-.

      • Um qualquer

        24 de julho de 2013 em 12:56

        …….
        Cara, você não vai trollar um troll, desista .-.

  9. nathália Rodrigues

    23 de julho de 2013 em 21:33

    nunca mais vou confiar no titulo das coisas de novo…

  10. Phantom Lord / Hyoga

    23 de julho de 2013 em 20:57

    pra mim eh o moises no seu emprego de meio periodo 😛

  11. Chris Brandao

    23 de julho de 2013 em 20:48

    Acho que foi isso que aconteceu durante o Êxodo na Bíblia

  12. Lucas Rodrigues

    23 de julho de 2013 em 20:20

    Legal, muito interessante, achei que fosse algo mais extraordinário, mas é só mais uma atração turística do mundo.

  13. Luís Felipe

    23 de julho de 2013 em 20:12

    Quanta gente com tempo e dinheiro de sobra…

  14. João Gabriel

    23 de julho de 2013 em 20:03

    A última parte do post revela o autor.

    • Diego Martins

      23 de julho de 2013 em 21:08

      Pq?

      • Estudante

        23 de julho de 2013 em 21:10

        ”Sem a necessidade de nenhum milagre”
        heauheuahuehua 😉

        • Diego Martins

          23 de julho de 2013 em 21:12

          Heheheh, ok XD

  15. CondD

    23 de julho de 2013 em 20:00

    Sou tão azarado que se eu conseguir chegar a tempo, quando estiver na metade do mar ele vai se fechar sobre mim ‘-‘

  16. Capitão Óbvio

    23 de julho de 2013 em 19:51

    Explica essa ateus

    • Marlon White Gluz

      23 de julho de 2013 em 19:59

      não não , explica essa crentelhos huehuehuehuehue

  17. Kelbert

    23 de julho de 2013 em 19:41

    Num podi seh!

  18. Riddle Boy®

    23 de julho de 2013 em 19:36

    Ei chefe! olhe um milagre.
    mas não a ciência explica.
    http://imageshack.us/a/img5/8702/ludk.jpg

  19. Eric Matheus

    23 de julho de 2013 em 18:55

    Cara, nós vemos tantas postagens de coisas que nunca inimaginárias sobre a natureza, e quando nós vamos pra casa da tia avó que mora do mato só tem formiga pra me morde i.i
    Esses lugares são fantásticos, más o preço pra ver essas coisas é entristecedor =c

  20. Bardock

    23 de julho de 2013 em 18:53

    Achei que alguém estava bancando o todo poderoso de novo.

  21. Wagner

    23 de julho de 2013 em 18:51

    O lugar do ocorrido do milagre ficou conhecido como Mar Vermelho, já que várias pessoas morreram quando ele se fechou.
    Quer dizer que esse daí se chama Mar Amarelo porque matou muitos asiáticos que estavam atravessando-o quando o caminho sumiu?

    • lord lauro

      14 de abril de 2015 em 15:26

      nao entendi

    • Titio Odin

      23 de julho de 2013 em 22:33

      Prassa

  22. Sanji

    23 de julho de 2013 em 18:39

    Prefiro mil vezes ficar em casa no conforto do meu pc assistindo meus animes e jogando meus jogos 🙂

    • Thomas Raad

      29 de julho de 2013 em 11:15

      Zelando por sua virgindade eterna tbm….

    • John Rambo

      23 de julho de 2013 em 21:08

      É você mesmo cara?

    • Super

      23 de julho de 2013 em 20:16

      vega..
      tu continua vagabundo..

      • Wagner

        23 de julho de 2013 em 20:25

        Que Vega o que…
        É Goku de chapinha com um pouco do cabelo cortado…

  23. Mitchell

    23 de julho de 2013 em 18:27

    Achei q fosse como a primeira imagem…

40 Comentários
mais Posts
Topo