Minilua

Os maiores mistérios da ciência #5

A ciência não sabe tudo, nem deseja, ela apenas quer aprender tudo que puder para tornar nosso entendimento da realidade melhor e, consequentemente, melhorar nossa condição de habitantes do Universo. Mas apesar de termos aprendidos milhões de coisas durante toda nossa história, ainda existem muitas questões que deixam os cientistas de cabelo em pé:

As vacas

As vacas estão junto dos humanos há mais de 6 mil anos. No início, esses seres foram domesticados para servirem de animais de carga e provedores de leite. No passado, era incomum que as vacas fossem mortas para o consumo de carne. O mais comum era esperar a morte natural do animal e depois consumi-lo, afinal tê-lo vivo era muito mais lucrativo, devido ao leite e serviços de carga.

As vacas estão em todos os lugares do mundo atualmente, principalmente pelo fato delas serem o tipo de carne mais consumido no planeta e fornecerem o tão apreciado leite. Tirando alguns lugares, como a Índia, onde esses animais são sagrados, nos demais locais elas são consumidas em grandes quantidades.

O mistério da alimentação

Durante esses seis mil anos de convivência, os seres humanos nunca notaram um comportamento bem incomum desses animais. Em 2008, Dr. Sabine Begall, um cientista alemão, e sua esquipe estavam fazendo uma pesquisa sobre roedores e como o campo magnético afetava esses animais. Durante o estudo, onde estavam usando o Google Earth como fonte de dados, eles resolveram aproveitar a vastidão de dados e também incluir outros seres nessa pesquisa e foi aí que a “vaca foi para o brejo”.

Todas os tipos de vacas, em todos os cantos do planeta, além de terem uma carne deliciosa, possuem outra coisa em comum: todas elas comem grama com o corpo virado para o polo norte ou sul da Terra. De alguma maneira, todas as vacas do mundo, com uma margem de erro de apenas 5 graus, ficam alinhadas com os polos magnéticos do planeta na hora de comerem.

Essa descoberta intrigou os cientistas. Afinal, porque esses animais, que não possuem nenhum histórico de migração, consegue sentir o campo magnético da Terra, da mesma maneira que alguns pássaros e insetos?

Muitos seres, principalmente aqueles que costumam migrar ou são pequenos, tem a capacidade de sentir o campo magnético da Terra. Assim, eles se guiam pelos lugares, sem que acabem se perdendo. Porém tal capacidade é incomum em seres de grande porte, pois eles conseguem se localizar melhor no espaço, porque conseguem memorizar coisas a sua volta, como um morro ou uma árvore.

Por todos esses motivos, as vacas se tornaram um mistério para a ciência. Ninguém imagina porque elas possuem tal característica e quais são as implicações. Uma das hipóteses diz que, talvez, no passado bem distante, as vacas tenham vivido em florestas densas e tenham adquirido tal característica para se moverem nesses locais, onde os pontos de referência não são eficazes.

Os cientistas continuam estudando esse comportamento das vacas, pois entender essa característica pode ser importante para melhorar a produção de alimentos. Afinal, entender o porquê de todas as vacas do mundo comem de um certo jeito, pode se importante para melhorarmos a criação delas.