Minilua

Maiores rivalidades da história: Celtic x Rangers #6

Para mais um capítulo da série “Maiores rivalidades da história”, contaremos um pouco sobre uma das disputas mais acirradas do futebol mundial. Celtic e Rangers protagonizam e já protagonizaram jogos extremamente quentes, onde o esporte ficava em último plano e a falta de tolerância e a pancadaria imperavam.

Embora a Escócia não seja um país tão tradicional no futebol, os dois maiores clubes do país travam uma rivalidade que já dura mais de 120 anos. Chamado de “The Old Firm” (traduzido para o português como A Velha Firma), o clássico é marcado por brigas, ofensas e pouco futebol.

Além de existir a rivalidade futebolística, há também o problema religioso que esquenta ainda mais esse duelo. O Celtic foi fundado por um padre católico irlandês, em 1887, enquanto o Rangers foi criado pela elite protestante da Escócia. Em países, como o Brasil, existem diferenças entre católicos e protestantes, no entanto a tolerância é muito maior, o que falta para os escoceses.

Em seus primeiros anos de história, ambos os times não aceitavam jogadores de religiões diferentes, algo que só mudou quando houve a entrada de patrocinadores nos clubes. Com a injeção de dinheiro e a globalização da marca do Celtic e do Rangers, algumas “tradições” foram, felizmente, abolidas.

Os jogos entre Rangers e Celtic já começavam quentes antes mesmo do juiz apitar, isso porque a pancadaria tinha início do lado de fora do estádio e terminava nas arquibancadas e dentro de campo. Em 1931, as confusões atingiram seu auge e o pior aconteceu, um jogador foi morto dentro do gramado.

Com o passar dos anos, a mentalidade de torcedores e jogadores necessitava de mudar, e isso aconteceu, mas apenas por parte dos atletas. Por vir de diversas partes dos mundo, os jogadores defendiam suas cores, mas sempre respeitando os colegas de profissão.

Um exemplo disso foi o cordial aperto de mão antes do jogo dado pelas estrelas do espetáculo. Georgio Samaras, do Celtic, e Naismith, do Rangers, pediram paz antes do começo da partida. Dentro de campo as coisas correram “bem”, mas fora dele a pancaria foi generalizada.

Ciente dessa situação, a confederação escocesa de futebol resolveu acabar com o clássico. Logo após esse anúncio, o Rangers declarou falência e saiu da elite do futebol. Para reestruturar o clube, os diretores decidiram recomeçar na quarta divisão. Atualmente, o time está na segunda divisão e por isso o super clássico não está acontecendo.

Obviamente, o Rangers deve subir de divisão e o clássico poderá acontecer, no entanto a Federação ainda estuda essa possibilidade.

Gostou do artigo? Clique em Curtir!