Maiores rivalidades da história: Real Madrid x Barcelona #5

Em mais uma parte da série “Maiores rivalidades da história”, falaremos sobre uma disputa que vai além dos gramados e se extende em questões políticas e sociais. São anos de disputas fervorosas e que acabaram por se tornar o maior clássico do planeta.

Quem gosta de futebol sabe certamente que um clássico entre Real Madrid e Barcelona é imperdível, ainda mais atualmente, onde os times estão repletos de craques que deixam essa rivalidade ainda mais especial.

download

No entanto, a rivalidade entre madrilenhos e catalães começou fora dos gramados, visto que a Catalunha, casa do Barcelona e da cidade que dá nome ao time, luta para se desvencilhar da Espanha, a fim de tornar-se independente.

O assunto é muito discutido na Espanha, principalmente por Madrid, capital do país e casa dos merengues. Essa rivalidade política acaba ultrapassando as fronteiras e chega aos gramados espanhóis, o que é muito bom para os amantes de um bom futebol.

Ambos os times contam com diversos craques, sendo que o Barcelona conta com Messi, Neymar, Suárez, Iniesta e Xavi e o Real Madrid com Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, Kroos, James Rodríguez e Modric.

Nos últimos confrontos, os merengues levaram a melhor em cima de um Barcelona rodeado de dúvidas, mas o quadro atual é de um Barcelona em boa fase e um Real Madrid em meio a uma rara crise.

Uma das maiores rivalidades do mundo e que certamente contagia pessoas de todo o planeta.

Gostou do artigo? Clique em Curtir!

  1. Douglas Schwingel

    13 de fevereiro de 2015 em 11:24

    Real Madrid em crise,vai entender,ganhamos a Champions, e o mundial de clubes.
    Se isso é estar na pior ,o que é estar na melhor?

  2. Matheus Martins de Souza

    13 de fevereiro de 2015 em 09:09

    MAIORES rivalidades… O post é menor que tudo… Vai entender… De qualquer jeito, Messi >>>>> CR7…

  3. Alysson Cunha

    12 de fevereiro de 2015 em 22:52

    Só isso? de um assunto como esses, eu esperava muito mais. Poderia prolongar mais

  4. Jeff Dantas

    12 de fevereiro de 2015 em 22:22

    Aeeee simmm! Dá até vontade de assistir os jogos! 🙂

  5. Guilherme Gonçalves da Silva

    12 de fevereiro de 2015 em 19:44

    Visca el Barça!

  6. Sei Lá

    12 de fevereiro de 2015 em 17:19

    A maior rivalidade do futebol sem duvida é o GRENAL

    • Jeff Dantas

      12 de fevereiro de 2015 em 22:23

      E o “Sansão” tb… 🙂

  7. Daniel Champoski

    12 de fevereiro de 2015 em 16:23

    poderia ter contado mais da História tanto do clássico quanto da Catalunha, que já chegou a ser independente…

    • Abominável Palhaço Triste

      12 de fevereiro de 2015 em 22:25

      E, caso a Catalunha se tornasse independente, o Barcelona seria presidente de que país?

    • Mutley

      12 de fevereiro de 2015 em 18:17

      Também podiam ter falado na época que o Presidente da Espanha era Francisco Franco , o Real Madrid era bastante ligado a política e o Barcelona representava mais o povo , isso é refletido até hoje , com a polarização das torcidas , divididas em vários fatores .

      • Guilherme Gonçalves da Silva

        12 de fevereiro de 2015 em 19:46

        E tbm o fato de os catalães serem proibidos de falar o seu idioma nessa época…

    • Gabriel Frigini

      12 de fevereiro de 2015 em 16:53

      Farei isso, Daniel!

  8. Natsu Dragneel

    12 de fevereiro de 2015 em 16:04

    Hala Madrid !! Real Madrid 10 >>>>Pequeno Barça 4 …

    • Guilherme Gonçalves da Silva

      12 de fevereiro de 2015 em 19:45

      O Freguês tem sempre razão…

    • Gabriel Frigini

      12 de fevereiro de 2015 em 16:52

      polêmica

  9. chapolim do mal

    12 de fevereiro de 2015 em 14:56

    Um assunto tão grande pra um post tão pequeno, pode ter sequencia?
    Poderia fazer grandes rivalidades entre países.

    • Gabriel Frigini

      12 de fevereiro de 2015 em 16:52

      estou preparando um artigo especial sobre esse assunto

      • Greg

        13 de fevereiro de 2015 em 19:23

        Brasil x Argentina

18 Comentários
mais Posts
Topo