Minilua

Mataram milhões, mas salvaram o mundo

A linha entre o bem e o mal é muito tênue. Basta um ponto de vista diferente para que tudo acabe mudando e o que era uma maravilha, vira algo terrível e impensável. Foi exatamente isso que ocorreu com dois dos mais importantes cientistas da história:

Salvando a humanidade

A humanidade mudou o rumo de sua história quando deixou de ser apenas um amontoado de nômades andando pelo mundo e aprendeu a cultivar seu próprio alimento. Isso trouxe diversos benefícios, que permitiram a construção da sociedade moderna.

Porém, todo esse novo formato de vida dependia exclusivamente do cultivo de alimentos. Caso faltasse comida, o povo precisaria migrar de novo e buscar um novo terreno. No início da civilização, os povos que melhor se desenvolviam vivam a beiras de rios, que traziam diversos nutrientes para plantas junto com a água. Porém nem sempre havia acesso a um grande rio, o que começou a criar problemas.

Quando o solo é muito utilizado por um longo período de tempo, o mesmo perde seus nutrientes e acaba ficando ruim para plantação. E até o século passado, a humanidade ainda sofria com isso, pois não existiam fertilizantes o bastante para manter o crescimento populacional, mas eis que dois gênios mudaram isso.

Fritz Haber e Carl Bosch criaram um processo chamado Síntese de Haber-Bosch que permite a criação de fertilizante sintético, ou seja, a partir desse momento a humanidade não precisava mais esperar a vaca “soltar um barro” para poder fertilizar o terreno. O impacto da invenção deles é tanta, que metade de toda a comida cultivada atualmente no mundo depende do que eles fizeram.

O lado do mal

O processo criado por esses dois cientistas, além de ajudar a criar o fertilizante que impulsionou a produção humana, também dá como resultado Amoníaco, que por sua vez gera Ácido nítrico, algo usado largamente em armas e explosivos.

Sendo os únicos capazes de criar amoníaco praticamente ilimitado, os dois cientistas foram procurados pelo governo alemão durante a Primeira Guerra Mundial e permitiram que sua tecnologia fosse usada para a produção de itens de guerra.

Assim, os mesmos homens que salvaram bilhões da fome, foram responsáveis diretos pela morte de milhões de pessoas durante a guerra. A tragédia foi tão pesada, que a esposa Fritz se matou dez dias depois das primeiras mortes serem causadas pela tecnologia de seu marido.

Por isso, os dois cientistas acabaram entrando para a história de duas maneiras, uma sendo heróis e na outra sendo vilões.