MEC irá distribuir “kit gay” para crianças nas escolas

O "Kit Gay" para alunos conterá um DVD com uma história, no qual um menino vai ao banheiro, quando entra um colega, que se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade.

O kit, destinado a combater a homofobia nas escolas públicas é resultado de um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos).

O Kit deve conter material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuído para 6 mil escolas da rede pública em todo o país no programa Mais Educação.

Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibido em uma audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado "Encontrando Bianca", um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.

O jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, afirma que o ministério teve dificuldades para decidir sobre manter ou tirar o beijo gay do filme.

“Nós ficamos três meses discutindo um beijo lésbico na boca, até onde entrava a língua. Acabamos cortando o beijo”, afirmou o secretário durante a audiência.

O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de distribuição em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial. 

O secretário do MEC reconheceu a dificuldade de convencer as escolas a discutirem o tema e afirmou que o material é apenas complementar. “A gente já conseguiu impedir a discriminação em material didático, não conseguimos ainda que o material tivesse informações sobre o assunto. Tem um grau de tensão. Seria ilusório dizer que o MEC vai aceitar tudo. Não adianta produzir um material que é avançado para nós e a escola guardar.”

Um estudo realizado em escolas de 11 capitais mostrou quadro de tristeza, depressão, baixo rendimento escolar, evasão e suicídio entre os alunos gays, da 6ª à 9ª séries, vítimas de preconceito. “A pesquisa indica que, em diferentes níveis, a homofobia é uma realidade entendida como normal. A menina negra é apontada como a representação mais vulnerável, mas nenhuma menina negra apanha do pai porque é pobre e negra”, compara Carlos Laudari, diretor da Pathfinder do Brasil.

Fonte: ogalileo

  1. daniele allana

    30 de maio de 2015 em 14:15

    acho muito engraçado que o governo e as pessoas interessadas no tema querem enfiar garganta a dentro da sociedade
    eles dizem que o Brasil concorda . eu faço parte do brasil e nao quero ver . Tenho esse direito e nao abro mao
    estao todos dizendo que temos que respeitar aqui, temos que respeitar ali . temos sim que respeitar , e respeito mesmo a opçao sexual de todos. mas acho que da mesma forma que eu respeito a opçao sexual das pessoas as mesma tmbm tem que respeitar a opiniao contraria
    é so agente dizer que nao concorda que pronto tem confusão cade o direito de expressao ?

  2. MecT

    13 de março de 2013 em 09:59

    Criança não tem preconceito, você vai no parque e vai ver. Vai ter criança gay,branca,negra,deficiente,Cadeirante…e elas vão ta tudo brincando. então não é necessario esse kit. E a pessoa gay não precisa ficar ridiculo, com essas roupas enfiada no CU, é so andar normal porra!

  3. Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

    18 de outubro de 2012 em 12:56

    Até sou a favor de reduzir mais ou menos 98% da população mundial e reeducar esses 2% sem preconceito, sem rotulos, sem classe social, e fazendo assim um mundo melhor a cada dia

  4. Paulo Henrique

    11 de outubro de 2012 em 03:45

    Sinceramente , isso é algo Inútil pois ah varias coisas que podem investir como a Educação , ah eu esqueço que o país precisa de gente burra pra votar em você, gente retardada o suficiente pra colocar uma porra de um Kit Gay na Escola , você deveria da Incentivo ao estudo não motivo pras crianças virarem gay … O negocio é o seguinte , fala que é gay mais adora caçar briga pra apanha de macho e ir na Justiça pra dizer que apanhou só por que é Gay e vocês dão valor a esse tipo de pessoa Inútil que deveria morrer ! Ser Gay deveria ser Crime isso sim , ” há você é homofóbico ” Não eu não sou , você caça a briga apanha e eu sou o ” fudido ” da Historia , há vá pra puta que o pariu !

  5. Banana Explosiva

    7 de março de 2012 em 10:32

    Desse jeito Homo sapiens vai virar Homo sexuallis  ‘-‘

  6. Renan Eich

    16 de janeiro de 2012 em 02:57

    Pô gente, vcs tem que ver o lado bom!
    Quanto mais gay, mais mulher sobrando no mundo pra nós.
    E se isso chegar a proporção de 50% de gays, vão ser liberados os HARÉNS o/
    Ai que o bixo pega vey… Foda!

    • Daniel Lisbôa

      5 de agosto de 2012 em 03:13

      É verdade. Sobra mais mulher. haushaushaushushsuahaushsauhas ! 

  7. Bruce Cavernoso

    13 de dezembro de 2011 em 18:07

    e não devia se chamar ” opção sexual” pq diferente da religião , nimguem escolhe quem quer amar.

  8. Bruce Cavernoso

    13 de dezembro de 2011 em 18:06

    é vdd que isso de um certo modo é perda de tempo e gasto de dinheiro atoa. Mas que fique claro que a intenção do governo de aceitação dos homosexuais e afins é boa.
    Não é uma ditadura homosexual. O objetivo é apenas de que os homosexuais sejam aceitos na sociedade pois amar alguem do mesmo sexo não é problema.Eu sou contra os gays que agem daquele modo que vemos na Tv, pra mim, falar daquele jeito mole , falar gritando e etc, é coisa de gente que quer chamar atenção.E que fiquei claro tbm que homosexualidade e a vontade de ser do sexo oposto, são coisas totalmente diferentes

  9. Rafael Nagamite

    11 de novembro de 2011 em 05:46

    Quem foi o gay que inventou essa p**** de kit????
    Brasil um país de tolos.

    • Daniel Sant'Anna Lisbôa

      11 de dezembro de 2011 em 23:15

      Sou heterosexual mas não quero os direitos que eu já tenho, o kit deveria ser distribuido sim, pois tem pais que não passam esse tipo de educação aos filhos então não tem como vir de casa, por causa de alguns homofóbicos aqui o governo já é praticamente obrigado a distribuir o kit.
      Por favor deixem de ser preconceituosos pois se fosse um kit hetero todos iam gostar.
      Se não gostou Fod*-s* é minha opinião e não afeta a sua.

  10. Arthur L Rezende

    28 de outubro de 2011 em 12:00

    Porque o MEC não entrega um kit anti violência para as crianças nao matarem suas professoras? ou um kit anti bullying?  Opção sexual e religião não merecem kits, pois é OPÇÃO de cada um.

  11. Caio Adriano

    28 de outubro de 2011 em 11:57

    Palhaçada isso ai , eles não sabem que isso pode influenciar a criança, eu discordo totalmente disso. Se isso vai ser distribuido em escolas publicas eu vou por meu filho em uma escola particular , eu não quero que meu filho tenha preconceito nem nada disso , mas tambem não vou deixa-lo ser exposto a esse tipo de coisa.

  12. Felipe Carim Caldas

    10 de agosto de 2011 em 22:28

    Isso é fogo no cu. Lesbicas, nada contra aew, mas gays? ¬¬. uq vcs veem em outros caras? Xana q n éah poha. 

    UQ ÈAH BÃO éah XANAAAAA.

    tah ligado? 
    se n tiver vai se trancar com 4 profissas do sexo.

    • Bruno ~

      23 de agosto de 2011 em 10:18

      De todos os comentários, o seu foi, sem dúvida, o mais ignorante.
      E a propósito, lésbicas são gays.

  13. Tiago Pereira

    9 de julho de 2011 em 21:46

    tanta coisa melhor pra fazer .-.

  14. Seu Kumyama

    24 de maio de 2011 em 20:09

    Deveriam parar com essa ditadura gay e gastar o nosso dinheiro com coisas mais uteis. Porque não fazer um filme sobre prevenção as drogas? Ou se querem fazer um filme para ensinar algo, que seja sobre prevenção as DSTs. Eu não vou permitir que meus filhos vejam essa porcaria de filme gay. Minha esposa é professora e saberá quando forem passar essa merda e vai tirar nossos filhos da sala de aula toda vez que esse lixo for apresentado.

  15. Graziele Tavares

    19 de maio de 2011 em 14:43

    isso e um absurto . muitas pessoas ja estaõ querendo tira as crianças das escolas. com medo dessa palhaçada e ofença as familias. isso com serteza so vai piora o aprendizado das crianças.tadas coisa a serem feitas tadas familia pasando fome. e o governo que gastar milhoes com isso. que alias e o nosso dinheiro.galera diga NAO ao kit gay!!!!!!!!!!!!!! 

  16. fab

    9 de maio de 2011 em 06:38

    Agora sim está cmpleta a safadesa. Já não basta os gays que existem e que não são poucos.
    E o pior de tudo é que essa perda de tempo tem o incentivo do MEC, por favor né? Com tantos problemas à serem resolvidos, ai vem um  pessoal que não tem respeito as famílias nem a sociedade e vai ensinar uma coisa dessas.
    Resaltando que não tenho nada contra homessexais, mas sim contra pratica que vai contra os valares de todos!!!!!

  17. leleo boladao

    24 de abril de 2011 em 19:57

    A QUE PONTO CHEGAMOS?! para mim escola é lugar de aprender materias que ajude numa profissão?vai mudar alguma coisa se distribuir esse kit 90% ainda vai odiar os gays.Odeio a igreja catolica para que tanto santo?Viro espiritismo?Pelo amor de deus quando Jesus voltar vai eliminar todos os pecadores inclusive os gays.Leia mais a bíblia Jesus  quando voltar não vai perdoar ninguem 

  18. Roberto Slomka

    14 de abril de 2011 em 12:13

    A foto que ilustra este post é uma agressão ao Estatuto da Criança e Adolescente, por retratar crianças numa atitude erotizada. Irei denunciar este blog (junto com os outros histerangélicos que estão propagando esta imagem pedófila) ao Ministério Público. Esta imagem – SE estiver incluída no material SUPOSTAMENTE elaborado pelo MEC – só é encontrada em blogs evangélicos, e em nenhum outro local. Acredito ser uma armação para causar polêmica, como é a mentira de que o MEC deseja inserir este assunto entre crianças de 7 a 10 anos de idade. Histeria e imagem de pedofilia patrocinados em nome de Jesus. Pensem!!

    • Edenilson Lisboa

      14 de abril de 2011 em 13:24

      Olá Roberto, assista o vídeo abaixo:
      http://www.youtube.com/watch?v=FMlhRTPFSBs

    • Mari Rodrigues

      14 de abril de 2011 em 12:51

      Prove que é uma armação antes de denunciar então .-.

  19. Iara Pina

    15 de março de 2011 em 14:13

    Legal a cartilha mas eu acho que é muito cedo pra isso! e deviam fazer uma votação nas reuniões de pais pra deixar os pais decidirem se os filhos devem ver isso.

    Tensa a imagem…

  20. Mari Rodrigues

    23 de fevereiro de 2011 em 15:28

    Aiai, sexualidade gera tanta polemica –‘

  21. Marivaldo De Jesus Pereira

    17 de fevereiro de 2011 em 16:21

    Com tanta coisa mais importante pra preocupar!!!Com isso as crianças irão compreender que homosexualismo é normal…eu não aceitar homosexualismo não significa que sou homofóbico.Isso daí não passa de apologia…daki uns anos será completamente normal nas escolas crianças do mesmo sexo beijando e se acariciando….não tenho pré-conceito sobre homosexualismo pois entendo do assunto.Mas na minha opinião isso ta errado.Haaaa odeioooo gaysss,cambadas de cú regassadooo dos infernos…lesbicas dos infernos também…eu como o cú e gozo na caraaaa hahahah

  22. Isa

    6 de fevereiro de 2011 em 23:14

    Tenho vontade de chorar quando vejo esses comentários ignorantes.

  23. Rodrigo Lucero

    6 de fevereiro de 2011 em 22:55

    Não consegui olhar a imagem por muito tempo,dois menininhos se beijando.A CRIANÇA É PURA,INOCENTE;COMO PODERAM FAZER ISSO?!.Isso é um absurdo!Claro que não vão fazer as crianças virarem gays,mas fará uma apologia,dizendo que se virarem gays ficará tudo bem.

    Eu sou contra isso.

    Esse mundo está perdido mesmo.Deus ainda irá nos punir por isso

  24. Ro

    15 de janeiro de 2011 em 16:38

    Acredito eu, sexualidade é condição e não opção sexual.

  25. Mutiladorbr

    12 de janeiro de 2011 em 03:20

    lol, é incrível como tantas pessoas acham que isso vai tornar seus filhos gays, devem ser as mesmas pessoas que mostrar pornografia pra meninos para “garantir que serão machos”.Esse Kit não serve pra tornar crianças gays e sim para tornar a vida dos gays suportável, mais livre de pessoas ignorantes.

  26. Hugo Deiverson

    8 de janeiro de 2011 em 02:05

    Ahh, que merda, isso é um incentivo para os meninos crescerem dando o buraco. ¬¬
    Deus que me livre um filho meu crescer assim, mandava
    mata-lo. Raça insuportável.

    • Iara Pina

      16 de abril de 2011 em 15:28

      Matar o próprio filho? Sem comentários…

    • Natalia Cristina

      24 de janeiro de 2011 em 23:07

      Concordo com você.

  27. grandluc

    6 de janeiro de 2011 em 21:56

    tambem acho q o governo deveria se preocopar com coisas mas importantes q estao faltando nas escolas e no brasil

    • Tiago Silva Ferreira

      23 de janeiro de 2011 em 02:33

      Homofobia é uma coisa importante sim! Além do mais, por que não se pode combater a homofobia ao mesmo tempo em que outras coisas são feitas???

  28. Erik Almeida

    6 de janeiro de 2011 em 03:44

    Concordo em partes com alguns acima. Não tenho nada contra gays, lésbicas ou bissexuais, mas acho esse tipo de escolha do MEC meio que forçado. Qualquer homossexual (ou a maioria ou minoria, não sei) sabe que quando estão em um relacionamento com outro parceiro do mesmo sexo está se expondo a sociedade e sabe também que na cabeça da maioria das pessoas, o termo “gay” ou “homossexual” está sempre ligado a aqueles gays mais “animadinhos”, perversos e tarados, que brincam com a sexualidade dos outros e fica soltando piadinhas e até mesmo jogando cantadas em heterossexuais. Concordo plenamente no que alguém falou aí em cima sobre a parada gay, na qual deveria ser um protesto e não uma festa onde se rola de tudo, até mesmo sexo.  E acho que esse é o problema, no comportamento dos homossexuais, poderiam se comportar com discrição, mesmo com alguns comportamentos afeminados. E mesmo com homossexuais andando pelas ruas, a sociedade vê o casal como um homem e uma mulher, enfim, acho que o problema não está na cabeça dos heterossexuais que veem os homossexuais como algo errado, e sim no comportamento de alguns homossexuais, que não se dão o respeito e acham que ser gay é sair fazendo escândalo na rua, tarando heterossexuais, falando baixarias, entre outros. E eu acho que muitos heterossexuais, sejam eles homens ou mulheres, preferem aqueles homossexuais, também homem ou mulheres, que agem com discrição, tendo comportamentos certos, de homem ou de mulher, de acordo com a sociedade. Isso é tudo.

    • Tiago Silva Ferreira

      23 de janeiro de 2011 em 02:22

      Erik, por favor não seja ridículo! Você tem a cara de pau de jogar a culpa do preconceito nas próprias pessoas que sofrem o preconceito? Ao invés de admitir que é a sociedade que não aceita a homossexualidade, você faz parecer que os gays são os próprios culpados. Parece argumento de estuprador, que quando é preso, diz que a mulher estuprada que foi a culpada, por tê-lo “provocado”. Afeminado ou não, discreto ou não, todas as pessoas tem os mesmos direitos. Se um homem é afeminado, por que deveria ele mudar o que ele é só por que a sociedade quer? Por acaso a afeminação de um homem faz mal à alguém? Alguém morre por isso? Alguém perde o emprego? A bolsa de valores cai? Se um dia alguém conseguir me explicar por que tratar um afeminado diferente é o certo, eu mudo de opinião! Mas ninguém ainda conseguiu! 
      E, por favor, esse estereótipo de gay afeminado que dá em cima de heterossexuais, é mais uma coisa criada pela sociedade preconceituosa. 99% dos gays vive com medo e escondidos no armário, não ficam por aí dando em cima de ninguém! Os caras são obrigados a viveram escondidos e ainda são acusados de darem em cima dos outros! Absurdo! Sendo que eles é que são assediados pelos heterossexuais! Gays levam cantadas de heterossexuais o tempo todo e são obrigados a aceitar isso! Um homem gay, não assumido, é empurrado pela sociedade a se relacionar com mulheres, leva cantadas delas e tem que aceitar isso como se fosse normal. Desde a adolescência os gays se vêem obrigados a lidar com o assédio heterossexual e se resistirem, são chamados de “veadinhos” e são ridicularizados! Agora a sociedade quer inverter, quer fazer parecer que são os gays que estão oprimindo as outras pessoas! Pelo amor de Deus: os heteros já possuem todos os seus direitos preservados, são os gays que não podem casar, adotar filhos e namorar na rua. Sejam eles afeminados ou não, eles tem que ter esses direitos!
      Medidas como essas que o MEC adotou, já são adotadas em outros países mais desenvolvidos da Europa. Então não tem nada a ver com petismo ou com o Brasil em si, mas é algo global. E são os países mais democráticos do mundo, os primeiros a adotarem medidas em favor do fim da homofobia. Exemplos: Holanda, Bélgica, Dinamarca, Noruega, etc. Alguém aí vai me dizer que a Holanda não é exemplo de democracia?
      Acorda Brasil, o MEC está certíssimo!!!

    • Leiko de Gales

      6 de janeiro de 2011 em 21:13

      vc tirou as palavras da minha bocae justamente isso q eu penso!
      Tbm te Homossexuais q kerem ser melhor que Heteros!
      principalmente Gays Homens que querem ser melhor q mulheres(coisa que nunca vao conseguir)

  29. Bruno Wildhagen

    4 de janeiro de 2011 em 20:58

    isso é simplesmente desnescessario…as escolas que dão palestras sobre educação sexual deviam incluir o assunto nas palestras.Acho que a nossa geração tem muito mais facilidade de conviver com as diversidades(o que falta é a educação para isso,e é isso que esse projeto propoe,apesar de faze-lo de modo errado),e isso se deve a falta de capacidade dos nóssos avós de repassarem seus valores pseudo-moralistas e religiosos para nóssos pais(que estavam mais preucupados com “sexo,drogas e rock ‘n roll”),e tbm ás tentativas frustradas dos nossos pais de tentar fazer com a genteo que nóssos avós tentaram fazer com eles(é meio dificil de entender,mas faça um esforço),nos alienar.
    O dierencial da nossa geração(e essa é para quem é new generation) é que nós formamos nosa opinião antes que nóssos pais tentassem forma-las por nós.

  30. Jackie Bartowski

    2 de janeiro de 2011 em 23:51

    eu realmente acho que o MEC deveria está fazendo o certo, afinal se esse bando de Homofóbicos FDP ai em cima, acredito que quanto mais cedo uma criança souber que ser Gay é praticamente normal, mais cedo vai acabar essa coisa de Homofóbicos! 

    • Aparício Gomes Dos Santos

      16 de janeiro de 2016 em 03:18

      Homofobia verdadeiramente é odio, ofensa, violência e afins contra gays.
      Ter opinião nao torna alguém “homofóbico”.
      Não sou contra os gays, mas sou contra a famigerada DOUTRINAÇÃO GAY, que praticamente objetiva incentivar e incitar que crianças se tornem gays.
      Que todos tenham liberdade natural de se desenvolver sexualmente NO TEMPO CERTO!

    • Nazon De Souza

      17 de maio de 2013 em 22:45

      Fala sério! Isso é natural, e sempre foi. Eles só querem fazer propaganda de homossexualidade, querem que todo mundo seja. Se vc é livre pra criticar alguém, então vc é livre pra ser criticado! …não importa oq vc seja; gay, negro, branco, amarelo, vermelho, preguiço, trabalhador é criticado! Ex; Tem pessoas que de classe baixa que criticam do ex pres Lula!!! Oq stá acontecendo é, que os pais de hj, não stao sabndo criar seus filhos… Reflita em gerações anteriores!

    • thor

      27 de fevereiro de 2011 em 11:13

      quanta puta hipocrisia

    • Bruno Wildhagen

      4 de janeiro de 2011 em 21:00

      apoiada

      • Bruno Wildhagen

        4 de janeiro de 2011 em 21:04

        desculpa aê,escrevi no lugar errado,eu quis dizer @ Jackie Bartowski apoiada

        • Bruno Wildhagen

          4 de janeiro de 2011 em 21:05

          desculpa aê denovo,tinha escrit no lugar certo,algum moderador podia apagar as minhas desculpas?

    • Denker Der

      4 de janeiro de 2011 em 12:28

      Polêmico esse assunto sempre será. O que deve existir é o RESPEITO. Se concorda ou não com a sexualidade alheia não importa, mas o RESPEITO deve ser prevalecido. O MEC quer apenas mostrar que a diversidade existe nas escolas e que o respeito ocorra. 

    • Supremo Senhor Kaio

      4 de janeiro de 2011 em 12:24

      Ah poupe-nos , querer fazer isso parecer normal é fazer o pais de trouxa , tantos problemas maiores ai poderia ter sido feita campanha pra diminuir a discriminação dos peruanos/bolivianos que vem estudar aqui e casos similares.

      Só pode ta de brincadeira quem apoia isso. ¬¬ 

  31. Tiego Campos

    31 de dezembro de 2010 em 19:25

    Que ridículo!

    Onde o Brasil vai parar com tanta m…. aparecendo em seu caminho.

    O preconceito sempre irá existir, não importa o que fizerem, eles a cada
    dia estão arruinando o país, rebaixando a nação, colocando-a o mais
    longe do 1° mundo, duvido que em outros países exista uma porcaria
    dessas, concordo com o deputado que falou que os filhos gays deviam
    apanhar para aprenderem a viver…

    Isso tem que acabar agora, pois daqui a pouco está se aprendendo outra coisa na escola.
    Só digo uma coisa: O Brasil tá piorando a cada hora.

  32. Baixeamais

    31 de dezembro de 2010 em 13:46

    e TIRA ESSA IMAGEN DAI . SÃO SOMENTE CRIANÇAS. . FDP

  33. Baixeamais

    31 de dezembro de 2010 em 13:45

    Já não há mais o que fazer o mundo foi pro buraco não vai ser “Kit Gay” que vai mudar os penssamentos de crianças que aprendem com a propria familia que ser “Gay” é errado. O preconceito existe e não vai parar #Fato . Se a tentativa é ajudar ‘Boa’ se vai funcionar ? …. Só não quero ver crianças com 9 anos de idade tendo que aturar essas coisas.

  34. Vinicius

    30 de dezembro de 2010 em 23:18

    realmente qndo falam q o mundo ta acabando a gnt deve acreditar …

  35. Leiko de Gales

    30 de dezembro de 2010 em 21:50

    parece que a ficha de mt gente ainda nao caiu…Crianças nao TEM A SUA SEXUALIDADE FORMADA esse Kit concerteza vai influencia-la na sua formação.
    Ate certa idade uma criança nao pode saber sobre sexualidade,mas parece que hj em dia estão sabendo cada vez mas cedo…coisa q nunca foi normal pois isso pertuba a criança no futuro
    isso concerteza vai afetar mt criança q ainda esta se “descobrindo”

    Bem eu nao sou Homofobico mas nunca axei certo pessoas do mesmo sexo juntas
    e como dizem por ai “toda chave tem a sua fechadura”,neh?

    • Humordemetaleiro

      30 de dezembro de 2010 em 22:41

      cara se voce ler atentamente a postagem percebera que isso não vai ser dado para criança de 13 anos e sim para adolecentes de no minimo 15 (como o personagem homossexual da historia) e nessa idade a sexualidade do adolecente já jai tá moldada.

      • Lucas Domakoski

        30 de dezembro de 2010 em 22:54

        Pelo jeito, quem não leu atentamente foi você…
        Em momento algum o texto refere-se à idade que você citou como o alvo da campanha.
        Pelo que o texto diz, aparentemente o alvo seriam os alunos que estiveram na área de abrangência dos estudos, “da 6ª à 9ª séries”. O que implica em crianças de até 11 à 14 anos.

        • Leiko de Gales

          31 de dezembro de 2010 em 00:38

          bem eu li em outro site q acompanhava um video de um politico,q era totalmente contra issso,dizendo q o kit era sim para crianças da idade q eu citei pois diz-se q crianças tende ter esse preconceito desde de cedo…amanha eu postarei aki o video pra quem kiser pq hj eu nao poderei

        • Humordemetaleiro

          30 de dezembro de 2010 em 23:22

          cara acho que voce não custuma ir a escola ultimamente pois um dia desse fui chamado para ir na escola e vi dois garotos se beijando agora chuta a idade deles mais ou menos 14 ou 15 anos agora me diga se seu filho visse isso oque ele faria tentava beijar outro garoto ?

          O govervo só vai falar sobre um assunto que é bem capas que as crianças já sabe mais que os pais e sabe por que? Por causa da tecnologia, agora voce vai querer culpar a tecnologia por isso?

        • Puro Osso

          30 de dezembro de 2010 em 23:02

          isso é verdadeestão moldando nosso futuro como eles querem
          se os políticos querem que seus filhos virem homeossexuais
          que seja mas não contamine o resto da sociedade

  36. Jhonatan Oliveira

    30 de dezembro de 2010 em 20:30

    vao dar porno gays pras crianças

  37. malukim lol

    30 de dezembro de 2010 em 19:38

    Sou contra essa palhaçada meu filho nao merece essa influencia de um governo de merda ond o  errado é certo ser viado igual esses puto é falta de base familiar e vergonha nessa cara q deus lhe deu seus verme da nojo a vão vsf seus parasita

    • Humordemetaleiro

      30 de dezembro de 2010 em 22:44

      Cara se vc não quer que seu filho receber esse tipo de informação fassa como os caras da Ku Klux Klan, ensine seus filhos em casa não deixem eles usarem o computador sem voce estar presente e nem assistir tv pois esse tipo de assunto vai começar a ser frequente na midia.

  38. Lucas Domakoski

    30 de dezembro de 2010 em 18:44

      É interessante o quão repleto de politicamente-corretos está esse país. Se eu me levanto contra algo que está errado, aparecem por todo o lado sujeitos incomensuravelmente incongruentes, clamando “preconceito!”, “preconceito!”, aqui e acolá.

      Encontro, nessa seção de comentários, uma terrível pobreza na maneira dessas pessoas se exprimirem. Admito que estou cansado da hipocrisia e do ódio dos permissionistas aos “preconceituosos”. “Ahhh, esse aí é preconceituoso, pelourinho nele!”… quanto preconceito!
      Não gosto desse tipo de atitudes pretensiosas do governo, imuscuindo-se na educação familiar. Nunca permitiria que o meu filho recebesse um “kit” desses. Não há preconceito, há autodefesa contra essa política asquerosa de destruição da moral.
      Quem defende essas políticas inócuas constantemente se mostra sobremaneira equivocado de forma gritante, pois em sua tentativa vã de defender o indefensável acabam caindo no ridículo, falando bobagem em grande escala e pensando que estão
    pronunciando palavras de elevada sabedoria e de inigualável
    conhecimento. A isso tudo, chamamos de hipocrisia. Somando-se a isso a incompetência e a defasagem cultural, temos como resultado mais e mais bobagens. Que são acatadas pelas massas ignorantes.
      As pessoas devem ter respeitadas suas escolhas e direitos, DESDE QUE não interfiram no direito alheio. Para mim, esse instrumento deplorável de lavagem cerebral que está prestes a ser distribuído nas escolas faz exatamente isso: rompe os direitos dos pais na educação dos seus filhos, manipulando-os de maneira deplorável e contrária à boa inteligência e moral.
      Aos permissionistas e pseudo-intelectuais, dou o recado: chega de preconceitos contra os “preconceitos”. Esse termo já se esgotou há muito.

    • Humordemetaleiro

      30 de dezembro de 2010 em 22:38

      se não quer se chamado desse modo não comente apenas leia e cale se

      • Lucas Domakoski

        30 de dezembro de 2010 em 22:50

          Por que eu deveria me calar se não concordo com o que está sendo dito? Pelo contrário, quem deve calar-se aqui é quem utiliza de argumentação falha e risível para defender o que não tem defesa. Devo parar de exprimir minhas opiniões só porque um bando de bostinhas politicamente-corretos vão me chamar de “preconceituoso”? Ah, pelo amor de Deus…

        • Humordemetaleiro

          30 de dezembro de 2010 em 23:16

          então não reclame fanatico religioso

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:22

            Utilizei algum argumento religioso? Você sabe ler? Aparentemente não…

          • Humordemetaleiro

            30 de dezembro de 2010 em 23:28

            cara vc não se lembra oque escreveu nos comentarios acima acho que voce deveria ir no medico pois vc pode tá com alguma doença de memoria

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:39

            Utilizei argumentos que podem ser semelhantes de alguma forma aos preceitos de alguma igreja e/ou religião, mas em momento algum defendi tais instituições ou sequer fiz qualquer menção a elas. Quem deve ir ao médico é você, pois aparentemente sofre de algum grave distúrbio de atenção…colocando coisas que nem ao menos estão nos textos…tsc, tsc…

          • Iara Pina

            15 de março de 2011 em 14:03

            MAGINA! Você nem mostrou a sua religião.-notAlzheimer é triste…

  39. Nataniel Cordeiro pedroso

    30 de dezembro de 2010 em 13:52

    Sou ateu nao tenho nada contra os gays mas eu acho que crianças sao mtos infuenciaveis como o tempo ela descobre o que quer.Homofobia é desculpa para chamar atenção da midia.Hj em dia até msmo falar que uma pessoa é  gay é homofobia tem que chama-lá de homossexual é como se os heteros se ofendesem de serem chamados de macho -.-

  40. Dayane Damasceno

    30 de dezembro de 2010 em 13:39

    Se pararmos para pensar, veremos que do jeito que está, no futuro haverão mais gays e lesbicas do que os próprios heterossexuais. A partir daí veremos que a população terá uma baixa MUITO grande, pois obviamente eles não podem procriar. Tudo bem que existe ” barriga de aluguel ”, porém mesmo assim vai ter uma baixa extremamente grande no numero de habitantes do planeta.
    Eu tenho 13 anos, acho isso totalmente errado. E como outras pessoas já disseram ali em cima, se existem pessoas que estão para defender o homossexualismo, por quê eu não posso ter minha liberdade de expressão e criticá-lo? Este mundo está de pernas pro ar!

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:51

      E os homens homossexuais juntamente com as mulheres homossexuais poderão ter filhos, simples

      São crianças como essas que o mundo esta desenvolvendo, crianças que pensam: “Pq que eu nau posso ter preconceito?”
  41. Leandro De Oliveira

    30 de dezembro de 2010 em 13:29

    Tenho pena das crianças que são inocentes, ser expostos a esse tipo de”educação”???

    • Bruno Wildhagen

      4 de janeiro de 2011 em 21:25

      ñ existem mais crianças inocentes cara!esse e o ponto em que eu estava tentando chegar no meu comentario!Se vc está falando de crianças de 8,9 ou dez anos,eu entendo sua preucupação,mas acima disso a maioria das crianças(ou pré adolescentes) já tem uma opinião formada sobre isso,e uma nossão da sua sexualidade(ñ estou falando de escolher,ou definir sua sexualidade,já que isso é impossivel.estou falando de descobrir a sexualidade).
      Os pais e responsáveis desconsideram a opinião dos adolescentes,que são os maiores interessados nisso.
      Se vc esperam seu filho fazer 18 anos para falar sobre sexo,ele provavelmente já vai saber mais do que vc.
      os pais precisam perceber que estão na era da informação.se eles forem pais legais,comunicativos,liberais…os filhos vão aprender com eles o que é certo e errado,mas se eles tentarem ipo-los valores intolerantes,crendices bestas ou valores religiosos,ele simplismente vai arranjar outro jeito de aprender.seja seguindo os conselhos de um(a) avô(ó),professor(a),amigos,internet…eles ñ vão acreditar se vc disser que tomar leite e comer mamão pode matar,que deixar chinelo virado pode fazer a mãe morrer,que vão para o inferno se transar antes do casamento…eles(nós) ñ tem uma confiança sega nos pais,e tem uma nossão do ridiculo muito apurada.

  42. Alex Costa Guanho

    30 de dezembro de 2010 em 13:15

    O mundo ta se destruindo…ser gay te leva pro mundos das drogas com pouca conversa…essas baladas GLS são cheias disso,não que baladas heteros não tenham,mas as gays tem mais ainda,o mundo ta nojento,as pessoas tão deixando ele assim,mas eu tenho esperanças que um dia isso seja tratado com pena de morte ou cadeia no minimo,ou melhor isolassem esse povo das pessoas normais igual faziam antigamente com quem tinha lepra….É minha opinião apenas isso….
    quer ser gay seja mais cada um pro seu lado,td mundo misturado não da certo…

    • Daniel Lisbôa

      27 de abril de 2013 em 04:25

      Pois é aproveita e libera a escravidão também, homofobia é doença mesmo… ¬¬
      E o que proibe o gay da normalidade, se trata da sexualidade da pessoa não é uma doença contagiosa. Preconceito é fod*…

    • Mari Rodrigues

      23 de fevereiro de 2011 em 15:26

      “ser gay te leva pro mundos das drogas com pouca conversa…essas baladas GLS são cheias disso”

      Me diz, em que você se baseia que “ser gay leva pro mundo das drogas”? As drogas estão em todos os lugares, você pode ir até a noite em uma esquina qualquer e la estará uma pessoa vendendo drogas!! Se alguns gays usam drogas é pq não tem cabeça feita pra rejeita-las, assim como muitos heteros que são cabeça fraca!!
      E como você sabe que as baladas gays tem mais drogas? Pelo jeito você anda frequentando bastante ¬¬’

      Pena de morte? Isolar? Guri, você tem algum neurônio ai? Falta de bom senso ou o que?
      Pessoas tem gostos diferentes, assim como gostam de cores diferentes, roupas diferentes ou tem “tribos” diferentes!! Acho que você tem uma visão distorcida sobre “gays”… Deve confundi-los com os “viados”(ain, odeio usar essa palavra >.<).

      Eu discordo de homens e mulheres que tentam agir como o sexo oposto, aceito mas não concordo, afinal, se você nasceu homem, não tem pq afinar a voz e tentar agir como mulher, isso fica ridiculo .-. Já os gays apenas gostam das pessoas do mesmo sexo, agindo normalmente como homens. Tenho um casal de amigos gays que você não diz por NADA nesse mundo que eles são gays. São pessoas discretas e muito queridas e amadas.

      Já pensou em como é interessante como os homens enxergam as coisas? Um casal de homens se beijando é feio, nojento, horrivel… Um casal de lésbicas se beijando é lindo, encantador, provocativo…

      Acredito que se você não gosta(o que MUITAS pessoas não gostam), é uma opção super válida, assim como eu não gosto de legumes, mas aceito quem os coma. O seu problema é a aceitação. Se eles não te incomodam, tenta aceitar a felicidade alheia, pq assim como eles pra você, você pra eles não faz falta. Não estou te dizendo pra gostar, estou te dizendo para parar com pensamentos homofóbicos e aceitar as pessoas como elas são. ^^

    • ravane pierot

      30 de dezembro de 2010 em 13:42

      Esse é o pensamento de pessoas que agridem homos gratuitamente na rua -fikdica

      • Lucas Domakoski

        30 de dezembro de 2010 em 18:10

        E daí se ele tem o mesmo pensamento dos que “agridem homos na rua”? Qual é o problema?
        “Preconceito, preconceito?”, como tanto clamam os politicamente-corretos de m**** por aí? “Homofobia”, uma palavrinha imbecil inventada para alimentar a mídia sensacionalista e nutrir os pseudo-argumentos de quem defende o indefensável?
        Quer dizer que você pode ter a sua opinião, e ele não pode ter a dele? Por quê?

        • ravane pierot

          31 de dezembro de 2010 em 00:03

          E daí se ele tem o mesmo pensamento dos que “agridem homos na rua”? Qual é o problema?> wow então você acha normal pessoas serem agredidas sem fazer absolutamente NADA?Acho que o homosexualismo é uma opção, não uma doença ou uma má formação… E sendo uma escolha individual tem que ser respeitada! Disse que também não concordo com esse kit, porquê o respeito ao próximo tem que vir de casa e que de algum jeito seria sim influencial a crianças, agora a adolescentes já formados e convictos de sua sexualidade  é uma tentativa super válida de lutar contra o preconceito…

          • Supremo Senhor Kaio

            4 de janeiro de 2011 em 12:21

            Se é uma opção e você diz isso normal então teria que ser assim pra opção nazista,dos traficantes vindos de familias ricas e por ai vai.

          • Iara Pina

            16 de abril de 2011 em 15:20

            Por ser Nazista mataram(matam) judeus, negros, gays…
            Por ser Traficante matam para se drogar
            Por ser Gay não precisa matar ninguém.
            Não que nenhum mata ninguém mas o hetero também mata eu só to falando que as escolhas que você pois como exemplo matam roubam atazanam a vida dos outros…
            Opção sexual não prejudica ninguém!
            Só quem não tem o que fazer e opina na decisão dos outros!

          • Lucas Domakoski

            31 de dezembro de 2010 em 00:07

             Não disse que acho normal a agressão…simplesmente disse que acho perfeitamente plausível que ele possa nutrir suas próprias opiniões. Nesse sentido, pensar de maneira semelhante a quem comete as agressões não significa que, necessariamente, a pessoa efetuará tais agressões.

          • Iara Pina

            15 de março de 2011 em 14:01

            Cara, o que você tem contra os gays?Só curiosidade!

        • Humordemetaleiro

          30 de dezembro de 2010 em 22:35

          pois isso é quase nazismo

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 22:47

              Pense o que quiser. Tenho o direito de exprimir minhas opiniões, assim como você tem o direito de exprimir as suas.
              “Quase nazismo”, você diz… faça-me um favor: estude o nazismo e depois discuta comigo sobre o tema. Na mente das pessoas ordinárias, a palavra “nazismo” aflora com frequência impressionante… e, o que é pior, sem conhecimento algum de causa.

          • Humordemetaleiro

            30 de dezembro de 2010 em 23:15

            Cara para voce ser um nazista voce sou presiza odia judeus pois voce já cre em Deus o que é o minimo e odeia homossexuais pois voce leu em um livro que foi escrito a 2000 mil anos onde um zumbi judeu cosmico que eram seu prorio pai pode fazer voce viver para sempre se voce simbolicamente comer sua carne e beber seu sangue e dizer telepaticamente a ele que o aceita como seu mestre ai então ele poderá remover sua maldade da sua alma e que está presente em toda a humanidade porque uma cobra falante convenceu uma mulher-costela a comer uma fruto de uma arvore  magica é … deixa pra lá.

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:19

            Hahahahahahahahaha! Pra ser nazista só é preciso odiar judeus e crer em Deus?!? HAHAHA!!!
            Aiai…eu me divirto com o quão ignorantes são certas pessoas…
            Meu caro…depois dessa, sinto informar-lhe, mas não posso continuar discutindo com você. Quando você tiver conhecimento de causa, procure-me. Não estou disposto a perder meu tempo discutindo com quem não tem argumentação coerente e com quem utiliza exemplos que nem ao menos conhece para expor sua ótica deturpada. Sinto muito. 😉

          • Humordemetaleiro

            30 de dezembro de 2010 em 23:27

            cara so me responda uma coisa então :

            Quantas pessoas sua religião já matou pois eles não concordavam com suas crenças?

            Acho eu que são muitas, e por isso eu não vejo como continuar a debater com uma pessoa que não admite que tudo que a religião catolica já fez na historia da humanidae foi e sempre vai ser pior do que qualquer coisa que o governo fassa.

            Além disso Hitler acreditava em quem?

            Acho que era em Deus e voce?

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:32

            “Quantas pessoas sua religião já matou pois eles não concordavam com suas crenças?”  >>> Anacronismo puro. Julgamento do passado com olhos do presente.

            “Acho eu que são muitas, e por isso eu não vejo como continuar a debater com uma pessoa que não admite que tudo que a religião catolica já fez na historia da humanidae foi e sempre vai ser pior do que qualquer coisa que o governo fassa.” >>> Utilizei alguma argumentação em favor da Igreja, ou de qualquer religião? Não que eu saiba…

            “Além disso Hitler acreditava em quem?

            Acho que era em Deus…” >>> Essa afirmação terrívelmente fora de contexto não merece sequer consideração.

            P.S.: Depois do “fassa”, decidi que não lhe responderei mais.

          • Daniel Lisbôa

            27 de abril de 2013 em 04:35

            O antigo testamento era a favor da escravidão, vou dar uma dica leia: levitico cap.15 ver. 19 e 20, Exodus cap.21 ver. 7 e 8, Exodus cap.21 ver. 20 e 21, Genesis cap.19, e no novo testamento Coríntios cap. 17 ver. 34 e 35.
            São versos a favor da escravidão, e machistas ao extremo inclusive.
            Sou católico porém acho estupido tomar decisões baseadas em um livro escrito a 2.000 anos atrás, por mais sagrado que seja…
            Caso contrario seria a favor da escravidão, machista, mas não sou, e acredito que 99.9% dos cristãos que usam a biblia para condenar a pratica homosexual também não são a favor da escravidão abolida em 1888. Não existe nexo nisso.

          • Daniel Lisbôa

            27 de abril de 2013 em 04:36

            O homosexualismo não é errado, a homofobia sim! #ficaadica

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:47

             Deuses existem vários. Você está anexando a palavra “Deus” ao cristianismo.
             Poderia estar falando de qualquer Deus. Alá. Zeus. Marte. Krishna.
             E, de qualquer maneira, não me prendi a nenhum Deus específico. Foi apenas um recurso para demonstrar estupefação. Coisa que obviamente você não sabe o que é.

          • Humordemetaleiro

            30 de dezembro de 2010 em 23:42

            “Quantas pessoas sua religião já matou pois eles não concordavam com
            suas crenças?”  >>> Anacronismo puro. Julgamento do passado com
            olhos do presente. = cara seu Deus fez isso no Diluviu onde ele matou criança que não haviam feito nada e sim seus pais e não tente mudar o fato que sua religião e baseado sangue de povos inocentes

            “Acho eu que são muitas, e por isso eu não vejo como continuar a debater
            com uma pessoa que não admite que tudo que a religião catolica já fez
            na historia da humanidae foi e sempre vai ser pior do que qualquer coisa
            que o governo fassa.” >>> Utilizei alguma argumentação em
            favor da Igreja, ou de qualquer religião? Não que eu saiba… = “Pelo amor de Deus…onde esse país vai parar???”
            ou toda a ves que voce usa agum argumento onde Deus ou o Diabo esteja pois vc esta favorecendo a sua crença em Deus

  43. Jean César

    30 de dezembro de 2010 em 12:06

     Eu acho isso completamente errado não tenho nada contra mais homen foi feito para a mulher. Gente Deus não criou agente para isso!!!

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:47

      Deus criou agentes sim, tanto que existe os do FBI  e da CIA

  44. Humordemetaleiro

    30 de dezembro de 2010 em 12:03

    Concordo em parte com oque a Ravane Pierot disse “Sérioo fiquei com nojo de alguns comentários aqui.. E prefiro ser chamado de moralista do que homofóbico!” E esse tipo de assunto deveria ser tratado em casa mas como a religião catolica e o Deus catolico adeiam homossexuais e a maioria dos brasileiros são catolicos fica dificil a criança/pre adolecente/adolecente falar desse tipo de assunto com os pais (normalmente ele ou ela tem medo da reação do pai) mas eu tenho uma pergunta para todos que são contra esse projeto:
     Se o seu filho ou filha falar para voce que ele ou ela é homossexual voce pararia de sintir amor pelo seu filho ou filha?

    Se a resposta e sim voce que é o motivo do pais não ir para frente e seu e não dos homossexuais
    pois grandes nomes para a ciencia e cultura eram homossexuais como: Leonardo da Vinci, André Gide, Tchaikovsky, Elizabeht Bishop, Michelangelo, William Shakespeare, Tennessee Williams  entre outros por isso eu sou afavor desse projeto pois se o filho não pode falar com os pais pelo menos o governo pode ajudar essa criança/ pre adolecente/ adolecente.

    • Alex Costa Guanho

      30 de dezembro de 2010 em 13:20

      Não adianta nada tratar em casa esse tipo de assunto,se na rua ele é tratado livrimente como se fosse normal,,se um filho meu um dia me chega falando que é gay principalmente se for um filho homem nao encosto mais nele nem a pau,desconsidero minha paternidade na hora,gays são uma aberração pra sociedade,não estou falando de um ponto de vista religioso não,e sim moral,td que é errado tão querendo fazer parecer normal,certo legal…..

      • Iara Pina

        15 de março de 2011 em 13:58

        Tenho pena do seu filho…Então você não da liberdade de escolha pra ele? Bom saber…
        Monstros são aberrações também!

      • Mari Rodrigues

        23 de fevereiro de 2011 em 15:04

        “são uma aberração pra sociedade,não estou falando de um ponto de vista
        religioso não,e sim moral,td que é errado tão querendo fazer parecer
        normal,certo legal…..”

        Te contar uma coisinha, aberrações são pessoas preconceituosas

      • Humordemetaleiro

        30 de dezembro de 2010 em 22:34

        então voce não e um humano com sentimento e sim um mostro

    • Jonas Andrade

      30 de dezembro de 2010 em 12:56

      Não concordo com você, se os pais souberem criar seus filhos num lar com a educação certa, sem desvios, com o pai sendo o centro e a mãe sendo o contrapeso da relação, com amor e carinho, jamais isso ocorrerá, afinal, tudo que recebi, os valores, respeito, ética, está descrito num velho e precioso livro, que muitos o possuem, mas o mantém fechado pegando poeira, outros o mantém aberto numa espécie de altar, fazendo crer a todos que é muito religioso mas não o lê, pelo contrário, o mantém relegado ao esquecimento e, assim, nossa sociedade vai perecendo, sem os valores e as leis que impede o apodrecimento da sociedade em que vivemos. Logo vão legalizar o uso das drogas e amanhã o que será? A sociedade em que vivemos está perdendo o juízo, inexoravelmente, tudo está sendo preparado para o porvir, toda a sociedade está sendo preparada para aceitar o erro como diz a palavra em II Ts 2:11 “E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes, tiveram prazer na iniquidade.”. Infelizmente, foi criado um calabouço, o juízo,  a sensatez e a sabedoria foram jogadas lá e a chave foi lançada fora. Ninguém, é claro, pode sair condenando os homo-afetivos à morte, à fogueira e coisas do gênero, mas querer empurrar o erro às crianças, isso é um absurdo e imoral, principalmente porque elas ainda não formaram seu senso de entendimento, do que é certo ou errado, e com isso, fica claro a intenção maligna do que espera a humanidade daqui para frente.

      • Humordemetaleiro

        30 de dezembro de 2010 em 22:33

        “se os pais souberem criar seus filhos num lar com a educação certa, sem
        desvios, com o pai sendo o centro e a mãe sendo o contrapeso da relação,
        com amor e carinho, jamais isso ocorrerá, afinal, tudo que recebi, os
        valores, respeito, ética”

        Os cientistas já provaram que o homossualismo vem do DNA ou dizendo de um jeito um de outro se o DNA do seu filho fo propenso a o homossexualismo não tera como evitar.

        • Jonas Andrade

          31 de dezembro de 2010 em 15:46

          Só se for na tua cabeça, o Deus que eu conheço não é Deus de confusão, é perfeito e não cometeria um erro desses, 1 Co 14:33 diz “Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.” Isso que você chama de DNA, corroborado por cientistas levados à uma condição depravada, chamas-se, opressão na vida da pessoa, só isso, é uma questão espiritual; e, como diz a palavra em 2 Tm 4:3,4 “Porque virá tempo que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si DOUTORES conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.”

        • Lucas Domakoski

          30 de dezembro de 2010 em 23:09

            Pelo amor de Deus…essa “comprovação científica” vem de onde? Da sua cabeça?
          Só pode ser… pelo que eu saiba, nem ao menos se conhece a origem desses distúrbios sexuais. Podem resultar tanto de características biológicas quanto de psicológicas. Não há consenso, não há comprovação alguma.
            O que é comprovado é que a sexualidade em si só se desenvolve em certa faixa etária (nos casos comuns), e é formada em grande parte pelas influências exercidas sobre a criança. O que denota grande influência psicológica.

          • Humordemetaleiro

            30 de dezembro de 2010 em 23:34

            francamente vc não le nada sobre ciençia e pesquisas cientificas ou eu estou errado?

      • ravane pierot

        30 de dezembro de 2010 em 13:29

        Foi por causa desse livro velho que MUITAS pessoas morreram sem fazer absolutamente nada de errado, como por exemplo contestar o formato da terra… O Deus e as regras escritas na Bíblia foram criados por homens como eu e você! E dos valores que aprendi nenhum deles veio do tal livro… “respeitar o espaço do outro” é clichê mas serve bem! se um homem não se sente feliz namorando uma mulher, por que ele não pode tentar com outro homem? Por que as pessoas se incomodam tanto com o outro.. Juro que não entendo.. O meu Deus/Universo é bom demais pra queimar pessoas em fogueiras ou julga-las por tentar ser feliz.

        • Lucas Domakoski

          30 de dezembro de 2010 em 18:07

          “O meu Deus/Universo é bom demais pra queimar pessoas em fogueiras ou julga-las por tentar ser feliz.” >>> Típico anacronismo arrogante de pseudo-intelectuais atuais, que buscam a todo custo bater na Igreja por algum desejo obscuro e inexplicável, com os argumentos mais torpes e inócuos.
          Julgar o passado com os olhos atuais é uma das maiores besteiras que pode-se cometer, principalmente quando se está tentando exemplificar algo com base em períodos passados. Diante de uma bobagem sem tamanho dessas, qualquer argumentação cai por terra.

          • Tiago Silva Ferreira

            23 de janeiro de 2011 em 13:50

            Lucas, por favor, não deturpe o sentido da palavra anacronismo. Uma coisa é olhar para trás e fazer julgamentos históricos baseados em premissas do presente, outra é dizer que assassinato e violência podem ser justificados só por que ocorreram há 500 anos. Não existe cultura no mundo, de qualquer tempo ou espaço, que tenha considerado o assassinato algo bom e louvável! Tirar a vida de outra pessoa sempre foi tido como um crime. Mas houve uma época que as Igrejas, considerando-se as representantes de Deus na Terra, se colocaram acima das leis e dos homens e podiam cometer crimes e se safar, pois estavam protegidas pela dominação ideológica a que submetiam as pessoas. Queimar pessoas numa fogueira é hediondo, não importa em que época tenha acontecido, nem quais os costumes da época. Existem verdades que atravessam todas as épocas e espaços temporais e uma delas é que a vida é o maior bem de todos e ninguém tem o direito de tirá-la! E a Igreja achou que tinha esse direito. Criticar os atos horrendos do Tribunal do Santo Ofício não é anacronismo, mas sim respeito às vítimas e à História! 
            Não deixa de ser irônico, é claro, que um religioso use argumentos relativistas para defender a Inquisição e atos similares das igrejas protestantes do passado. Se você acredita que Deus é justo e que sua justiça é eterna e que não muda, então como pode defender que um ato pode ser considerado justo no passado e injusto no presente? Não existe tempo para Deus. Queimar alguém na fogueira em 1580 é a mesma coisa que queimar outra em 2011. A verdade é que a História do Cristianismo está manchada de sangue e não há relativismo que apague isso. Por favor sr. Lucas, não abuse da História!

          • Lucas Domakoski

            26 de janeiro de 2011 em 23:15

            “Dominação ideológica” <<< aí está um anacronismo. Está julgando o passado com as mesquinhas e deturpadas visões atuais.
            Com as suas ridículas posições politicamente-corretas e pretensiosos julgamentos pseudo-intelectuais do passado, percebe-se que a sua mente não consegue pensar com neutralidade acerca da história.
            Não estou justificando o que ocorreu, nem tampouco julgando o passado. O que estou dizendo é que, aos olhos da época, era algo perfeitamente aceitável. Estude um pouco de história e perceberá, afinal seu lamentável conhecimento histórico é vergonhoso para alguém que quer dar uma de sabichão. Com seus ideaizinhos medíocres, você critica o pensamento dos homens do passado. Arrogantemente, se acha melhor do que eles.
            Bater na Igreja por atos plenamente aceitáveis no passado, criticar atitudes medievais com pensamentos libertinos pós-século XIX, isso sim é abusar da história.

          • ravane pierot

            30 de dezembro de 2010 em 23:40

            Você realmente leu tudo o que eu disse? Usei esse exemplo só pra mostrar a inconsistência e a má influência que há na Bíblia, não relacionei com o período atual…  

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 23:44

              Sem dúvida que li. Em momento algum interpretei sua afirmação como algo além de um exemplo. Porém, como já citei, foi um exemplo infeliz.

          • ravane pierot

            30 de dezembro de 2010 em 23:48

            Deve ser porquê não leio mais a Bíblia, mas adoro história…

        • Jonas Andrade

          30 de dezembro de 2010 em 14:54

          Ledo engano companheiro! O grande problema é que esse livro foi interpretado por pessoas que não serviam a Deus verdadeiramente, como está escrito em Jo 4:23 “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.” Os cristãos genuínos não perseguem a ninguém (repare, olhe, estou falando de cristãos genuínos), mesmo porque, já sofreram perseguições no início, e, só porque o mundo se diz cristão, não significa que seja, como mencionei acima usando a palavra, e, menciono o que está escrito em Mt 22:14 “Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”. Cristão que segue os passos de Jesus não discrimina ninguém, não persegue ninguém, porque não foi assim que aprendemos de Deus, cito Ef 4:20 “Mas vós não aprendestes assim a Cristo,”. Afinal, Deus não intervirá na vida pessoal de ninguém, foi dado ao homem livre arbítrio e livre exame de consciência, cabe ao cristão, tão somente, pregar o evangelho, mostrar que o homem está em pecado e que não se salvará na condição em que se encontra, e isso inclui o homossexualismo, prostituição, adultério e as demais coisas, não que nós iremos condenar ou apontar erro ou pecado de ninguém, mas levar a pregação do evangelho para que todo aquele que aceitar em Cristo Jesus e se converter desses maus caminhos pelo poder da palavra da salvação, seja salvo. Mas, o conselho dos ímpios é o que vale no mundo e não será por força, imposição, perseguições, guerras e discriminação que as pessoas irão crer a Cristo Jesus, mas, pelo amor, como em Jo 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” E digo que, querendo ou não, aceitando ou deixando de aceitar, Jesus voltará para buscar sua igreja que se manteve fiel, não qualquer igreja, pois, há muitas por aí, mas sua igreja que seguiu seus passos e procurou fazer sua vontade em amor e temor.

          “Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” 2 Tm 4:3,4

          • ravane pierot

            30 de dezembro de 2010 em 15:02

            Falou muito, mas disse pouco.. Seus argumentos (ou passagens da bíblia?!) vazios ainda não me convenceram! E não sou fiel a igreja nenhuma, sou fiel ao Deus/Universo que julgo ser o certo.. Ah e sou mulher!

          • Jonas Andrade

            30 de dezembro de 2010 em 15:33

            Bem, companheira, não pretendo te converter, e argumento algum no mundo fará isso por você, eu poderia usar de muitos argumentos, ciência, filosofia, em fim, tudo o mais, você viria com outros argumentos, e, talvez até mais para tentar refutar os meus, o que eu fiz foi mostrar minha opinião embasado na palavra, se você aceitasse isso pelos argumentos, então eu teria feito um péssimo trabalho, pois você não teria se convertido, mas sim se convencido de algo e, continuaria não crendo em Deus como eu creio. Mas, fiz minha parte, falei embasado na palavra, que Deus salva o pecador, e no grande e terrível dia do Senhor você jamais poderá se escusar dizendo assim: _Eu não sabia, ninguém me avisou! Pois está escrito em Ez 3:19 “Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma.”  Não sou eu que produzirá a fé em você, e sabemos que a fé não vem dos homens, é Deus quem dá, através do Espírito Sando.
             Hb 3:15 diz “…Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação.”
            E também em Rm 10:16,17 “Mas nem todos obedecem ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação?[Ref Is 53:1] De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.”
            Mas, vou parando por aqui, porque essa conversa não levará a nada, e você tem suas próprias teorias e argumentos.
            “Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs.” Tito 3:9

    • ravane pierot

      30 de dezembro de 2010 em 12:23

      Por isso não consigo voltar a ter religião.. Eu era justamente católica e lia coisas absurdas na bíblia, não tive escolha a não ser abandonar o Deus católico que eles criaram com dogmas idiotas, pra controlar a sociedade no período medieval e que por incrível que pareça continuam ate hoje!

      • lipe

        17 de janeiro de 2011 em 17:47

        O ensinamento principal é “Amai-vos uns aos outros como a tí mesmos”, sem excessão. Os homens misturaram suas palavras com as palavras de Deus. Uma igreja que já vendeu indulgencias (quem comprasse o documento por escrito, tinha seu lugar guardado no céu), não merece meu respeito. Uma igreja que ensina que os homosexuais não irão para o céu, também não. Quem determina quem vai para o céu é somente Deus, somente ele sabe o que se passa com o coração de cada um.

  45. ravane pierot

    30 de dezembro de 2010 em 11:36

    Sérioo fiquei com nojo de alguns comentários aqui.. E prefiro ser chamada de moralista do que homofóbica!

    Também não sou a favor desse projeto, já que esse tipo de coisa deveria vir de casa. O ser humando é tão imbecil que acha que pode decidir como e com quem o outro deve viver! 

    • Luca

      3 de janeiro de 2011 em 21:02

      Leu minha mente, um dos comentários mais coerentes daqui. O que deveríamos estar discutindo é se é correto ou não o MEC implantar esse método de educação ou não. Mas ao invés disso estamos numa discussão lamentável sobre se é correto ser gay. Vocês podem não achar bonito, mas respeitem por favor. Se cada um fosse tolerante com o outro o mundo não tava nessa M@#$%. Ateu ou Católico, Gay ou Hetero, Vegetariano ou Churrasqueiro. Roqueiro ou Sertanejo, PT ou PSDB, não importa, acredite no que quiser e respeite o próximo….

      O Ser humano me entristece…

  46. Márcio Rogério

    30 de dezembro de 2010 em 11:01

    Antigamente o homosexualismo era visto como um problema psiquiátrico, pois a convicção se ser o que não era sempre foi um problema psiquiátrico, mas parece que isso tem mudado aqui no Brasil.

    Para as pessoas que são cientistas: Um ser humano do sexo masculino nasceu com o design único e especificamente para que possa ter relações com um ser humano do sexo feminino, um ser humano do sexo feminino nasceu com o design único e especificamente para que possa ter relações com um ser humano do sexo masculino.
    Algumas pessoas dizem que a natureza errou quando ele nasceu, que ele nasceu errado.
    Tudo bem.
    Para as pessoas que se dizem cristãos e são homossexuais: Como pode isso, se está escrito o contrário? ou vão dizer que é mentira, que tem que ser interpretado? alguns versículos bíblicos são afirmativas diretas.

    Levitico 20:13 “Se um homem se deitar com outro homem, como se fosse com mulher, ambos terão praticado abominação; certamente serão mortos; o seu sangue será sobre eles.”

    Abominação significa (intensa repulsa)

    Agora temos tudo o que conhecemos da natureza e temos a bíblia, mostrando de forma explicita que esse tipo de pratica é errado. e agora? o que dirão as pessoas que são a favor desse tipo de prática? o desejo pelo ser do mesmo sexo é apenas um desejo, que como todo desejo depende da pessoa em sí e não de sua criação ou de sua convicção.

    • Iara Pina

      15 de março de 2011 em 13:53

      Ué e se o gay for ateu? e ai?

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 17:33

      Deus deu o livre arbitrio a todos os seres humanos e também disse “Amai-vos uns aos outros como a tí mesmo” aonde ele botou alguma excessão? Levíticos fala das leis da tribo de Levi e toda lei é feita por homens.

      “Há
      dois mil anos nasceu um Homem cuja finalidade de vida era mostrar aos homens o
      verdadeiro sentimento que deve mover a humanidade. Um homem que era movido por
      seu relacionamento de amor para com Deus e para com os semelhantes.

      Declarou
      que o amor é NATURAL E INCONDICIONAL, pois amava todos os tipos de pessoas.
      Desde os mais ricos aos mais pobres, ladrões, prostitutas, assassinos, enfim
      todos. Seu exemplo de vida mostrou um amor muito grande. Seu olhar transmitia
      algo que nenhum olhar poderia transmitir, pois ele sabia tudo o que se passava
      no coração de cada um.”
      Fonte: http://www.4tons.com/7282.doc

      • Alline Santos

        26 de dezembro de 2011 em 03:26

        deu livre arbitrio sim, mas para fazermos escolhas certas

  47. alo

    30 de dezembro de 2010 em 03:37

    Só sei de uma coisa, que nós, heterossexuais, seremos tão poucos no mundo que chegará o dia em que teremos que fazer camisas com dizeres “Sou hetero e não tenho vergonha, vista essa camisa você também!”, além, te termos que fazer uma passeata hetero para que o mundo saiba que ainda existimos. A cor da bandeira pode ser preta e branca, representando o homem e a mulher, tão importantes e necessários para a manutenção e perpetuação da raça humana. O mundo tá virado de cabeça pro ar, pois, dizem do errado, certo, e do certo, errado; é o que se pode chamar, inversão de valores, pois, tudo o que era bom, saudável e correto, está sendo tachado de retrógado, obsoleto e impróprio, e toda a política, hoje, cada vez mais está incutindo, não só na mente dos adultos, mas, sendo descoberto um novo campo, agora, a mente das crianças, e todo o esforço que os pais fizerem em suas casas para ensinar seus filhos corretamente, irá pra vala do esgoto; e assim, o poder público, torna-se cada vez coercitivo, ditador, porque está preparando seus cidadãos do futuro, verdadeiras marionetes treinadas para aceitar tudo o que lhes for imposto, acreditar em tudo o que for ditado, verdadeiros leões de circo que mais parecem gatinhos de casa quando recebem a primeira chicotada do tratador.

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:46

      Tão fantasioso, esse seu medo de o mundo virar gay

    • Paulo César Arruda dos Santos

      30 de dezembro de 2010 em 10:18

      Faço de tuas palavras minhas palavras.

  48. Amandinha

    30 de dezembro de 2010 em 03:23

    Com tanta coisa pra se preocupar, o governo ta querendo distribuir kit gay! pelo amor de Deus, porque eles não aumentam o salario mínimo que ta uma porcaria, porque não dão assistência necessária aos hospitais publicos? porque pagam um salário absurdo pra esses deputados enquanto a populaçao pobre é obrigada a viver com pouco mais de 500 reais? ta tudo errado, ta tudo uma m*&# mesmo! agora querem que a gente engula mais essa, Kit gay! affffff…revolta total!

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:44

      O Governo se preocupa com inumeras coisas, POR QUE VOCE NAO PESQUISA ANTES DE VIR COMENTAR ISSO? OU VOCÊ ACHA QUE O GOVERNO SE DEDICA A APENAS 1 PROJETO POR VEZ? 

  49. Luiz Eduardo

    30 de dezembro de 2010 em 02:41

    Cara que loucura é essa. Mal ensinam sobre a sexualidade as crianças e agora vão ensinar sobre o homossexualismo na escola. Não sou homofóbico, mas esse tipo de coisa não é algo que se aprende nas escolas, levei alguns anos para descobrir minha primeira namorada e com o tempo fui aprendendo sobre sexo. Agora o governo vem dizer que isso é algo bom, como?, se nesta idade as crianças estão aprendendo sobre o mundo, estão se formando, elas estão suscetíveis a qualquer influência externa, Não acredito que isto seja ensino, é a mesma coisa de ensinar a ler antes de ensinar o alfabeto. Agora só falta um professor querer dar aulas práticas aos seus alunos. Que Deus nos ajude, por que se depender deste mundo estamos perdidos. Sinto falta da época de quando tínhamos que espionar as garotas do vestiário feminino, ou comprar revistinhas XXX para se divertir, hoje basta ir as escolas.

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 17:07

      Concordo amigo, isso não faz sentido ser mostrado para crianças, mas seria ótimo para adolescentes (por volta dos 14), sem dúvida alguma.

      • lipe

        17 de janeiro de 2011 em 17:10

        Corrigindo, no texto não diz para quem será exibido. Diz que na história é um garoto de 15 anos, então provavelmente será exibido para adolescentes da mesma idade. Apoiado.

  50. Madruga

    30 de dezembro de 2010 em 01:43

    Nao sou contra ao homossexualismo,acho que se o camarada gosta de dar o anel de couro,é um direito que assiste a ele ,se a mulher gosta de lamber a  ostra da outra isso é um problema dela,Mas passar isso ai eu acho que ja é P.utaria,  ficar botando na cabeça da criança a vontade testar.Pq nao coloca um video sobre educação sexual que é mais importante!?

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:43

      Esse Kit Gay não vai colocar na cabeça da criança a vontade de testar, só vai dizer o quanto é normal a homossexualidade quanto a a heterossexualidade, só isso

  51. Leiko de Gales

    30 de dezembro de 2010 em 01:27

    Sim o video pode nao incentivar..PARA? NÓS ADULTOS!
    crianças de 5 a 10-12 anos nao tem a sexualidade formada e vendo esse tipo de conteudo vai afeta-la certamente.
    Eu não tenho nada contra os homossexuais mas eu nao axo um ato normal
    Homen foi feito para mulher
    se fosse assim nao existia as partes intimas de ambos(entendem?)
    Homossexuais são disturbios na personalidade que ocorre no decorrer do tempo
    bem é isso que penso,sou contra sim esse kit pois prejudicara a mente de nossas crianças!

    • Thiago

      8 de novembro de 2011 em 15:02

      OPA OPA OPA PAROU A PALHAÇADA!
      Eu até concordo nessa que voçê disse sobre crianças que não tem sexualidade formada,mas por acaso 12 anos ainda é criança?o certo seria 5-10.

    • Iara Pina

      15 de março de 2011 em 13:48

      Virar gay com um vídeo? O.o

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 17:03

      “Eu não tenho nada contra os homossexuais mas eu nao axo um ato normal

      Homen foi feito para mulher”

      Não, a mulher é que foi feita para o homem, para reprodução, senão não existiramos hoje, mas em nenhum momento ficou determinado que homem só poderia se relacionar com mulher e vice-versa. As mulheres são a parte sentimental disso tudo, macho de verdade não tem sentimentos, apenas caçam e se reproduzem. Entenda a forma literal.

  52. Alex Costa Guanho

    30 de dezembro de 2010 em 00:58

    Pelo amor de Deus,a midia,o governo ta querendo colocar na cabeça do povo que ser gay é normal é legal,larga a mão eles não imaginam o desgosto que um pai tem ao saber que o filho é gay,governo e a midia é burro,com o aumento de gays,bis(principalmente)a aids aumenta que é uma beleza pq sexo gay é uma coisa suja,e se o povinho moderninho vim dizer a vc é homofobico e tal sou mesmo se essa é a definição,pra quem sabe o que é certo e errado sou homofobico,do mesmo jeito q os gays nao aceitam o que são, eles tem muito mais preconceito que a gente,bando de heterofobicos….

    • Iara Pina

      15 de março de 2011 em 13:43

      A Aids vem diminuindo desses ultimos anos… Estuda, cara!Você pode achar errado, eu te respeito! É a sua opinião! Não vou tentar mudar! 
      Mas se o governo quer que os gays parem de ser perseguidos e que passem a ser respeitados eu não vejo nada mau. E os gays tem preconceito para se protegerem. Pois a maioria Hetero é muito preconceituosa e costuma machucar os gays.
      Eu sou garota e gosto de garotos e SE eu gostasse de garotas? Qual seria o problema? Se você não gosta de ver gays juntos, vira a cara! Nem eu gosto 😛
      Mas eu respeito. 

    • lipe

      27 de janeiro de 2011 em 04:59

      Mais um desinformado na área. Tive que rir. Vá estudar sobre DSTs…

    • Lucas Domakoski

      30 de dezembro de 2010 em 01:04

      “Homofobia” é uma palavrinha imbecil que vive sendo incessantemente repetida pelos papagaios de plantão desse país, que alimentam a mídia e as leis politicamente-corretas. Argumentação pobre e medíocre de quem quer tentar impor sua visão deturpada e pseudo-intelectual dos fatos.
      Eu, que ainda tenho lucidez, não caio nessa conversinha. Os politicamente-corretos que vão pro inferno.

      • Madruga

        30 de dezembro de 2010 em 01:46

        Falsos Moralistas de merda, pra mim isso é impor a pessoa a ir pelo a caminho nao natural,o homem tem a enguia a mulher a ostra , uma completa a outra!nao é questão de preconceito e sim de preservação da espécie.

  53. Felipe Neves

    29 de dezembro de 2010 em 23:05

    Homofobia não é crime, o crime é ser gay com tanta mulher no mundo.

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 16:54

      Você certamente não sabe o que é homofobia. Um ser homofóbico em seu nível máximo, se julga superior aos outros, considera mulheres apenas como um objeto sexual e são capazes de matar um homosexual se ofender sua moral. Isso não é um crime?

      • Hugo Barbosa

        12 de abril de 2012 em 21:23

        Bem que e um crime e…
        A FODA-SE ESSA MERDA

    • Madruga

      30 de dezembro de 2010 em 02:14

      Realmente!

    • David Melo

      29 de dezembro de 2010 em 23:40

      É verdade!

  54. Eduardo Rodrigues

    29 de dezembro de 2010 em 22:39

    EU CONCORDO COM ISSO , NENHUM PRE-ADOLESCENTE VAII VIRAR GAY OU LESBICA POR CAUSA DISSO CAIAM NA REAL ISSO SO VAI AJUDAR

    • Alex Costa Guanho

      30 de dezembro de 2010 em 13:22

      Vai ajudar pra caramba existirem mais gays no mundo….

      • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

        18 de outubro de 2012 em 12:42

        Que bom, mais gays, menos gente, e menos gente = menos poluição, menos desmatamento, menos sofrimento, etc .. =)

    • Madruga

      30 de dezembro de 2010 em 02:12

      Só vai ajudar a seu filho cair na trollha , é essa epoca dos banhos demorados que é quando o moleque ta decidindo o que ele vai ser.

  55. The Punisher

    29 de dezembro de 2010 em 22:33

    e otra coisinha Bando de homofobicos do caraleo 

  56. The Punisher

    29 de dezembro de 2010 em 22:31

    Po que isso os caras ai só tao qrendo tira o preconceito das escolas(lugar onde o rpeconceito rola a doidado) pow até achei legal esse projeto “só sei que vo ri pra caraio com isso tudo”mais tirando isso acho uma boa

  57. Milla

    29 de dezembro de 2010 em 22:25

    Gente,não é nem questão de preconceito…mas pensa bem: se dão uma
    palestra na escola falando sobre camisinha e sexo,as pessoas ja fazem um
    escândalo achando que é impróprio pra idade,que no ensino fundamental
    eles não podem ouvir sobre isso ainda,e que no ensino médio é o mesmo
    que induzir o jovem a praticar o sexo,imaginem só,o que os pais vão
    dizer sobre isso? E ‘kit gay’,porque se nunca fizeram um ‘kit hetero’?
    Hoje em dia todo mundo ja sabe conviver com isso…Na minha opinião,é
    mais provável que isso faça que cresça a dificuldade de aceitar,do que
    fará bem à alguém.

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 16:46

      Concordo, parabéns. Sou contra qualquer tipo de preconceito, mas acho que esse caminho não é o mais correto. Existem outros melhores e menos ofensivos.

    • Ravi Luz

      30 de dezembro de 2010 em 14:54

      Oi Milla!Eu concordo que possa fazer que cresca a dificuldade de aceitação principalmente por parte dos pais, mas o que importa é que isso muito dificilmente vai acontecer com as crianças, e elas são o o nosso futuro(eu falano como se fosse adulto hehe, tenho 15), então o que importa é que isso fará diminuir em muito a homofobia no futuro, e a realidade é que isso está sendo criado para desfazer a merda que muitos pais homofobicos fazem na educação de seus filhos.

      • Lucas Domakoski

        30 de dezembro de 2010 em 18:17

        Mais uma vez, a mania de achar que todos tem que achar tudo lindo, tudo bacana.
        Não posso mais ensinar ao meu filho o que penso ser correto? Que eu saiba, a autoridade sobre a educação dos filhos ainda é dos pais, e não do Estado. O que essa iniciativa faz é destruir os ensinamentos de casa. E, o que é pior, conduzindo a mente das crianças para o pior caminho possível.

        • Ravi Luz

          30 de dezembro de 2010 em 21:22

          Você não precisa achar bonito, nem o seu filho, mas precisa respeitar, e este é o propósito disto, e ser homossexual não é “o pior caminho”, todos não são melhores ou piores genericamente, o melhor caminho a seguir é o que o seu inconsciente pede, não adianta educar seu filho para gostar ou não de tal caminho, pois se ele for homossexual ou bissexual ele irá sofrer quando perceber e lembrar do que o pai falou…e talvez ele realmente vai tentar resistir a isto, o que o fará muito infeliz, não concorda?Se ponha no lugar desse seu possível filho que citei.E realmente, a autoridade sobre a educação dos filhos não é do Estado, mas a partir do ponto que você os coloca em uma escola seja pública ou particular, você está automaticamente concordando com seu respectivo sistema educacional, se não concorda, troque-o de escola.

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 22:41

              Não é o pior caminho para você, que aparentemente nutre considerável simpatia por este caminho…
              Como já disse anteriormente, não concordo com isso e tenho o direito de não concordar, assim como o direito pleno de educar meu filho no caminho que achar correto. A sexualidade não vem de nascença, é formada em determinada idade. Ao contrário do que querem fazer crer, para emplacar essa porcaria nas escolas.
              Ao colocar a questão das escolas, você comete uma ridícula confusão. A “educação escolar”, em si, não é a mesma da “educação familiar”. A escola não serve para educar, mas sim para ensinar. Educação é o que se aprende em casa, é o dever dos pais e/ou de quem cria a criança. Não é dever da escola, tampouco do governo, atuar nessa área. Fazer isso é retirar meu direito de pai. É imiscuir-se em assuntos familiares não-concernentes à escola. Isso, por si só, já invalida qualquer argumentação e qualquer defesa dessa ferramenta execrável.

          • Ravi Luz

            31 de dezembro de 2010 em 00:28

            Porfavor não vá começar com acusações, estou aqui para debater numa boa, eu gosto de debater assuntos polêmicos, mais um passo e você pode me ofender, e lembre-se que sou menor de idade, então pesa para seu lado.
            Eu não acredito que a sexualidade não vem pré determinada, ela pode sofrer alterações ao longo da vida, acredito que naturalmente temos mais atração para um ou outro sexo.
            A escola pode sim dar uma “educação familiar”, aliás a função da escola é ensinar CONHECIMENTO e EDUCAÇÃO, e este ensinar não é só didaticamente, é o que o Mec quer que as escolas façam, e digo que muitos de meus professores e professoras aproveitam aulas para educar os alunos, principalmente a minha professora de literatura, ela dizia: “Eu estou aqui para fazer de vocês cidadões de primeira classe”, ela não só ensinava cultura, mas também ensinava a sermos pessoas mais caridosas, educadas e respeitosas entre si, e todos os alunos admiram muito ela, e claro, os própios pais também.Você dizendo isto, está desmerecendo os professores que tanto tem importância para nossa vida academica e social, foi por isso que hoje tenho essa posição sobre a homossexualidade e inclusive esses dias convenci meu pai a deixar de ser homofóbico.
            A minha escola me ajudou muito a ser quem sou hoje, e antes de eu entrar nessa escola eu era alguem arrogante, muito preconceituoso e ignorante, esse foi quem meu pai me fez, aí eu penso, será que era melhor a escola que estudo atualmente não tocar na educação que meu pai me deu?

          • Lucas Domakoski

            4 de janeiro de 2011 em 20:26

              Ué, não consigo entender…você se sente ofendido quando eu digo que nutre simpatia por esse caminho? Você mesmo não estava dizendo acima que esse é um caminho perfeitamente plausível? Para mim, seria uma ofensa…mas para você? Reitero que passei longe de qualquer intenção ofensiva ao redigir o texto. Escrevi isso levando em conta sua argumentação calorosa em defesa dos gays. Para alguém que defende com tanto entusiasmo esse público, é estranho sentir-se ofendido…
              Não concordo com o fato de que a escola deve “educar”. Isso é puro fruto da desestruturação familiar. Não estou, de maneira alguma, desvalorizando os professores, muito pelo contrário. Estou livrando-os de uma responsabilidade que não é (ou ao menos não deveria ser) deles. Já cansei de ver debates entre professores que levavam sempre ao mesmo caminho: reclamações acerca do fato de que eles constantemente são obrigados a fazer papel de “pais e educadores” nas escolas.
              O MEC, ao instituir políticas imbecis como a que foi citada no post, está incumbindo os professores de algo que nem eles próprios consideram como dever. Está imbuindo o professor com uma responsabilidade que satisfaz plenamente a “vagabundagem” alimentada por muitos programas assistenciais do governo. Está imiscuindo-se na educação familiar. Está contrariando o  caminho que eu quero que meus filhos sigam.
              Quanto à sua ameaça “(…) e lembre-se que sou menor de idade, então pesa para seu lado”, destaco novamente: Se você se sentiu ofendido, toda sua argumentação cai por terra. E, mesmo que você considere-se ofendido, a polícia vai me prender por “ofensa escrita à um menor de idade”? Esse artigo existe no estatuto de proteção aos marginais “dimenor”? Não que eu saiba…

    • Lucas Domakoski

      29 de dezembro de 2010 em 22:36

      A questão do “kit hétero” foi interessante…
      Esse negócio de gay virou status. Virou algo que tem que ser seguido. O que eu percebo, diferentemente do que muita gente diz, é uma “heterofobia”. Ser certo está virando errado. Ser errado está virando certo. Que Deus nos salve.

      • cinthia

        12 de abril de 2012 em 21:48

        “Ser certo está virando errado. Ser errado está virando certo.” Então ser gay é errado ? Hm. Então o certo são esses homens espancando suas esposas/namoradas ? o certo são essas mulheres que fazem aborto enquanto tem lésbicas e gays querendo tanto construir uma família, o certo é isso então ?.. Hm.. Prefiro o errado então.

      • Dany

        21 de abril de 2011 em 19:29

        a prova que oque vc tem e preconceito e não indgnação e que vc diz o certo ta virando errado e o errado certo quer dizer que ser gay e errado vc não esta preocupado no kit da escola esta e dizendo isso e errado isso e certo quem vc pença que vc e vai tomar no meio do seu cu

  58. Lucas Domakoski

    29 de dezembro de 2010 em 22:16

    Sempre aqui, acolá, os típicos politicamente-corretos brasileiros levantando-se contra opiniões alheias. “Homofobia”, “preconceito”, e blábláblá…
    Seria interessante que dessem uma olhada na definição de preconceito: um conceito que ainda não foi completamente formulado. Ou seja, um “pré-conceito”.
    Minhas opiniões, ao contrário dos “pré-conceitos”, são conceitos já formados. Ou seja, sou contra essa canalha, essa ralé. Contra esses atos de estupidez e agressão descarada às pessoas de bem. A quem não gostou, sinto muito.
    Que diabos de liberdade de expressão é essa? Certos indivíduos podem defender esse tipo de coisa, clamar por seus ideais deturpados, e eu não posso ser contra? Não posso levantar a voz contra algo que acho errado?
    Só digo uma coisa aos politicamente corretos: vão ao inferno. Se não gostaram, que pena.
    Não sou obrigado a ver dois homens enroscando a língua na minha frente. Se eles podem se manifestar a favor, eu posso me manifestar contra. E tenho dito.

    • Dany

      20 de abril de 2011 em 23:49

      vc pode ser contra mais não pode impedir as pessoas de se defenderem e vc indo contra o kit esta indo contra a o direito do outro vc tem o direito
      de não gostar mais não temo direito de proibir nada
      não e como um time de futebol que vc gosta e não gosta estamos falando de pessoas

    • Ravi Luz

      30 de dezembro de 2010 em 14:30

      Só lembre de uma coisa, o seu direito de liberdade termina onde começa o do seu próximo, alías que direito seu você está perdendo tendo dois homens se beijando?
      Enquanto você eles estão lutando para ganhar um direito, você luta para faze-los perderem o seus direitos.
      A liberdade de expressão deve parar no ponto que interfere na harmonia e direitos iguais para todos.
      Não adianta querer viver em um estado liberal e não ser liberal.

      • Lucas Domakoski

        30 de dezembro de 2010 em 18:59

          E o direito de um acaba onde começa o do próximo. Consenso mútuo é o que gera o bem-estar. A partir do momento em que criam-se leis demagógicas para amparar benefícios à determinadas classes que deturpam suas motivações obscuras, meu direito está recebendo interferência. A partir do momento em que o Estado entra na minha casa e rouba a educação do meu filho, levando-o para caminhos que não penso serem corretos, está tirando meu direito.
          Se não há aceitação geral da sociedade para um tipo de comportamento, torna-se nulo o direito de criar qualquer iniciativa esdrúxula como a que será posta em prática pelo Ministério da Educação.
          Se há liberdade de expressão para os libertinos e permissionistas, supostamente deveria haver para quem procura defender o outro lado. “A liberdade de expressão deve parar no ponto que interfere na harmonia e direitos iguais para todos.”, diz você. Aí, novamente, você pende para um lado e exclui o outro. Está esquecendo que, para mim, coisas como a “Parada Gay”, que certamente são imagens da liberdade de expressão de determinado grupo, atingem e quebram a “harmonia de todos”, pois para mim seria deplorável que meus filhos presenciassem esse tipo de coisa. Isso seria atingir meus direitos, a MINHA liberdade e a de minha família. Mais uma vez, repito: Eles podem ter seus direitos e suas liberdades, que me afetam, atingem e agridem, mas eu não posso ter MINHA liberdade e MEUS direitos? Ah, faça-me o favor…quanta hipocrisia.

        • Ravi Luz

          30 de dezembro de 2010 em 21:59

          Motivações obscuras?Você como qualquer um poderia ser homossexual, se coloque no lugar de tal, imagine ter de esconder e bloquear seus desejos para não ser mal visto pela sociedade, imagine como deve ser perder uma oportunidade de emprego por ter um comportamento afeminado, ou seja, os homos e bissexuais não são assim por pura opção, mas sim pois desenvolveram esses desejos, e você?Tem repudia pela diversidade sexual pois é algo incontrolável ou é uma opinião pessoal escolhida por você?E suas motivações para não gostar dessa diversidade, quais são?Isto se aplica também ao caso do racismo, você acha que algum pais deve deixar de criar uma lei que defende negros pois a maioria é racista?Então em ambos os casos temos uma situação de causa maior, e eu não vou precisar discutir de quem é a causa maior aqui não é?
          Aliás, se os LGBT tivessem os mesmos direitos e respeito que os heterossexuais, acho que não seria mais necessário as paradas gays, fugindo um pouco do ponto, eu acho que as paradas não estão no caminho certo, elas deviam ser um protesto e não uma festa onde inclusive você pode ouvir relatos de relações sexuais durante elas.
          O que te peço é que se ponha no lugar do outro, imagine situações de discriminação e de humilhação que este pode sofrer durante a vida, aprenda a viver com a diversidade sexual ou se isole em uma ilha, onde lá, você não vai ter o problema com a diversidade da sociedade.

          • Lucas Domakoski

            30 de dezembro de 2010 em 22:27

              Sim, motivações obscuras. Afinal, esse tipo de iniciativa não visa apenas a reinvindicar direitos, mas também a reinvindicar privilégios. Pode não estar explícito, mas está presente. Apenas imbecis crêem em alguma intenção boa nesse tipo de atitude esdrúxula.
              “Não gostar dessa diversidade”…ah, pelo amor de Deus…típico papinho politicamente-correto irritante: temos que gostar de tudo e de todos, senão seremos feios e bobos…
            Medíocre, simplesmente medíocre.
              Tenho o direito de não gostar. Seja esse gosto baseado em religião, motivações pessoais, ou o Diabo que o valha. Assim como você aparentemente gosta, eu não gosto. 
              Causa maior, como você obviamente deve ter notado, é o das milhares de pessoas que se sentirão ofendidas e ultrajadas com essa atitude impensada, patética e vexatória. Como você deve ter notado, a maioria aqui foi contra esse tal “kit” esdrúxulo do governo. Agora me diga: onde está a causa maior? A não ser que o mundo tenha virado em sua maioria gay, o que não creio, a causa maior é manter a sanidade. Coisa que, obviamente, está fora do alcance do MEC.
              Esse papinho de “diversidade” já encheu. Só quem aguenta isso é a gentalha café-com-leite que acha que tudo é bonito, tudo é festa. Medíocre.
              Libertinagem, permissionismo. Essas são as definições de “diversidade” atualmente, principalmente no Brasil. Argumentação falha e tosca para justificar deturpações inadmissíveis, mascaradas de boas intenções. Como diz o ditado popular, “de boas intenções o inferno está cheio”.

          • Ravi Luz

            31 de dezembro de 2010 em 11:10

            Não sei onde está a reivindicação de algum privilegio nisto, a única finalidade deste projeto é fazer com que o aluno perceba que a pratica homossexual é algo comum e que merece tanto respeito como a heterossexual, quem está com o privilegio são os heterossexuais, e isto visa apenas acabar com este privilegio.
            Repito, não é questão de gostar ou não, e sim respeitar, pois todos somos seres humanos independente da orientação sexual, então merecemos respeito, dignidade e igualdade, o que ainda é garantido, pelo menos garantido, pela nossa Constituição, agora, eu já não posso respeitar um homofóbico, pois esta posição significa especificamente não respeitar os homossexuais, diferente de um homossexual, que neste caso não significa desrespeitar um heterossexual e sim sua orientação sexual, respeitar um homofóbico equivale a respeitar um racista, um nazista, um machista, entre outras formas de preconceito.
            Novamente você está tirando conclusões sobre minha pessoa sem saber, me diga em que momento afirmei gostar da pratica homossexual, eu afirmei que apenas a respeito.
            Acho que você não entendeu o que quis dizer com causa maior, eu quero dizer as motivações de um homofóbico são ridiculas e inexplicáveis em um estado laico, em comparação com a de um homossexual ou bissexual, é como meu professor disse, o preconceituoso é dessubjetivado, não sei como você pode ver problema em dois homens se beijando, existe polo positivo na boca do homem e negativo na da mulher?A boca de um homem ou mulher é feito sempre do mesmo tecido.
            Agora vamos lembrar que motivações religiosas nunca vão valer uma lei no Brasil pois o Estado é laico, agora, o quê sobra de causa para desaprovar o comportamento homossexual?Por favor, quero saber a motivação para isto, e lembre-se também que motivações pessoais não valem para uma causa que abrange um público tão grande.

          • Lucas Domakoski

            4 de janeiro de 2011 em 19:57

              Motivações pessoais não são o que levam a esse público a reinvindicar seus pretensos direitos? Eles podem ter suas motivações pessoais ao aprovar esse tipo de coisa, mas eu devo ignorar e recolher as minhas motivações? Por quê? As motivações pessoais de milhares de pessoas ofendidas por esse ato estapafúrdio do MEC devem ser esquecidas, ou pior, ignoradas?
              O Estado pode ser laico, mas não está livre da subjetividade e da interpretação. Como parte de um Estado democrático, tenho o direito de fazer valer meus pensamentos e conceitos, que você constantemente (e erroneamente) caracteriza como “preconceitos”. Como eu disse anteriormente: se não há consenso, não podem ser tomadas medidas arbitrárias. E a religião de quem constitui o Estado não pode, de maneira alguma, ser desconsiderada. Se milhões de pessoas procuram reger suas vidas pela religião, devemos fazer o quê? Desconsiderar estes milhões?
              Seu professor, infelizmente, faz parte da cambada que adora caracterizar e taxar os que não concordam com suas libertinagens como “preconceituoso”. Como eu já disse, independentemente de minhas motivações, tenho minhas opiniões. E não recuarei, não importa quantos me chamem de “preconceituoso”.
              Sua argumentação parte do princípio de que conceitos são “preconceitos”. Absurdamente estapafúrdio. Como eu já disse em outro comentário: Chega de preconceitos contra os “preconceitos”. Esse termo já se exauriu.

          • Iara Pina

            15 de março de 2011 em 13:32

            Mas e as outras religiões? Você vai ignorar elas?Eu não vi nada de mais nessa cartilha. Ninguém vira gay só com um vídeo! ¬¬

    • Alex Costa Guanho

      30 de dezembro de 2010 em 01:00

      É isso ai cara concordo com vc plenamente.Isso vai virar uma guerra mas que virenão quero que daqui uns anos ser gay seja uma obrigação.

      • Ravi Luz

        30 de dezembro de 2010 em 14:42

        Hoje em dia ainda os homossexuais e afins são obrigados a se esconderem e “ser heterossexuais” se quiserem viver sem ser maltratados, e só querem ter a mesma liberdade que os heterossexuais, e não que a situação se inverta e os heteros tenham que se esconder, me cite alguma lei que reduza os direitos dos heteros, propostas como PLs122, querem apenas que homossexuais possam ter direitos mais igualitarios que os heteros, e me diga como leis como esta, vai fazer você perder a liberdade de ser heterossexual?

  59. Filipe Ribeiro

    29 de dezembro de 2010 em 22:02

    Já dizia Marcelo D2

    O País ta uma merda e a culpa é de quem?

    A culpa é de quem?

    Eles roubam do planalto e não pensam em ninguém

    Manipulam as leis e vêm com um papo furado

    Tudo que incomoda a eles, eles dizem está errado quem é o marginal?

    Crianças morrem por sua culpa e eu vivo ilegal

    Tenho que me esconder por uma coisa natural enquanto eles metem a mão na maior cara de pau

    Não vou ficar calado porque está tudo errado

    Políticos cruzam os braços e o país está uma merda

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:38

      A culpa é SUA que só fica sentando na cadeira reclamando e aparenta não fazer NADA pra mudar alguma coisa

  60. Lenon Cristian

    29 de dezembro de 2010 em 21:53

    esses otários que votaram na Dilma, agora vao ter que engolir esse tipo de coisa!!!

    • lipe

      27 de janeiro de 2011 em 04:49

      O que a Dilma tem haver com isso?

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 16:38

      A ignorância predomina, até porque a Dilma não teve nada a ver com isso.

    • Ravi Luz

      30 de dezembro de 2010 em 15:18

      Era o que me faltava!Agora todos os problemas do pais são culpa da turma do PT?Eu não tenho uma boa imagem do PT, mas igualmente também dos diversos partidos que predominam o Congresso, o Senado…enfim, o governo.O problema não é O PT, e sim a política brasileira em geral, por isso precisamos de uma reforma política, mas aliás, se isso veio da mente de petistas, ponto para o PT!
      Obs.: Eu nunca votei em nenhum candidato do PT, não tenho idade para votar, mas se fosse, seria uma grande taxa de brancos!
      Obs2.: Não estou afirmando que você da a culpa de tudo no PT, mas em todos comentários de questão política tem uma cambada que fica naquela: Ta veno?É culpa do PT!
                Já está virando preconceito…

    • Veronica Vitorino

      30 de dezembro de 2010 em 12:59

      Gente infelizmente daqui a agluns anos isso vai ser até normal, contando que nossa próxima presidente é lesbica, vcs vão ver coisas muito piores daqui por diante! Quem mandou votar na Dilma!

  61. Ravi Luz

    29 de dezembro de 2010 em 21:10

    Interessante, eu apoio, a cambada de homofóbico que vai encher o saco, pior que muitos negam ser homofóbicos, para todos que ficaram revoltados, isso só está sendo publicado pois existem pessoas como vocês no mundo, então não passe a culpa para o Mec ou sei lá quem vocês querem culpar, pois a culpa é de vocês homofóbicos!

    • Madruga

      30 de dezembro de 2010 em 02:09

      Bando de falsos moralistas!se apoiá até o dia que vc perguntar pro seu filho oque ele aprendeu na escola e ele falar que aprendeu quer dar o anel de couro é legal,e que todos devem experimentar!

      O cara querer dar o vale proibido dele ,isso ja nao é problema meu e é um direito que assiste a ele ,agora nao me venha influenciar a criança que dar o anel de couro é normal, ou que a menina comer ostra é normal.

      • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

        18 de outubro de 2012 em 12:36

        Homossexualidade não é só SEXO, e não é todo homossexual que é o PASSIVO da relação, enquanto você menospreza o ato sexual dos homossexuais, parece que esta menosprezando as mulheres que tem o mesmo papel passivo de alguns homossexuais na relação

      • Ravi Luz

        30 de dezembro de 2010 em 14:19

        Olha, eu não acredito que isso irá mostrar que a homossexualidade é algo que devemos praticar ou desejar, mas sim respeitar e lembrar de ser um fato natural e perfeitamente normal, não sendo uma doença, nem um problema, afinal não é exclusivo dos seres humanos, não foi algo criado, e sim um desejo que pode passar pela cabeça de muitos nós.Não afirmo com certeza, mas acredito que todos nascemos sem orientação sexual, o que acontece é que temos mais ou menos atração por tal anatomia de um sexo, e dependendo dessa força de atração, podemos ser heteros, bi, ou homossexuais, agora o fato de a heterossexualidade predominar é que também somos influenciados pela nossa educação e pelo instinto de reprodução, este cada vez menos importante, pois claro, estamos muito longe de sermos extintos.Agora, se isso irá fazer uma criança ganhar interesse pela homossexualidade, eu não vejo problemas, alias é até bom para diminuir a taxa de reprodução dos seres humanos.

        • Supremo Senhor Kaio

          4 de janeiro de 2011 em 12:17

          ah claro , só mostra no material todo como ser homosexual e que isso é supostamente normal , mesmo assim vem gente dizendo que não está fazendo apologia. 
          E já viro palhaçada isso de “ah fica com PREconceito” mesmo sabendo sobre o assunto em si.

  62. Lucas Domakoski

    29 de dezembro de 2010 em 21:03

    Pelo amor de Deus…onde esse país vai parar???
    Agora somos obrigados a aceitar isso nas nossas escolas por causa de alguns politicamente-corretos que acham que tudo é bonito, que tudo é lindo?
    Como ficará a cabeça dessas crianças? Que espécie de educação é essa?
    Esse governo é uma piada. Esse país é uma piada.
    O destino desse lugar é o buraco. Um país que nem sequer tem passado não pode ambicionar futuro.
    Queira Deus que eu me livre dessa terra e vá para outro lugar. Não aguento mais esse tipo de coisa, esse tipo de inocuidade que permeia esse país. Pra mim, chega.

    • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

      18 de outubro de 2012 em 12:34

      Na verdade você é uma piada com essa maneira de pensar

    • Anônimo

      6 de julho de 2011 em 01:05

      Como ficará a cabeça dessas crianças? Que espécie de educação é essa?
      Qual é a sua ??? levar o preconceito só porque não gosta de ver a felicidade de poucos que ainda tentam viver em paz??
      Tenho prima lesbica e vejo a grande pessoa que ela é e vc deveria saber e ler algumas confirmações de familia perante a lei divina e a lei da justiça e vera que todos são filhos de DEUS e que deus que é esse EGOISTA??VCS QUE SÃO UM BANDO DE PECADORES E BANDO DE SEM INFORMAÇÃO—–POR ISSO QUE O BRASIL É DO JEITO QUE É—–UMA PORCARIA
      Por causa de vocês que o Brasil é o que é —-VOCÊS QUE AGRIDEM OS HOMOSSEXUAIS  E OS HOMOSSEXUAIS AGRIDEM VCS??
      ESPANCAM VCS ????
      VCS SOFREM POR AMOR??
      ACHO QUE NÃO—.Se não saberia o peso de ver uma prima quase se matando por outra mulher mais logico vcs são os “PERFEITOS” FICA MUITO MAIS FACIL E RAPIDO FINCAR E SAIR POR AI DE MÃOS DADAS E FELIZ…..FELIZ ??? FELIZ VENDO OUTROS INFELISES POR UM MEDO BOBO DE QUE PODE ACABAR O MUNDO E DEUS NÓS CASTIGAR::??
      SE FOR ISSO O CASO ESTÃO TODOS CASTIGADOS MEUS POBRES ESPIRITOS—
      A UNICA SALVAÇÃO PARA PESSOAS DOENTES POR FELICIDADE  ALHEIA É A MORTE E PARA O QUE TEM GRATIDÃO É A MAIS PURA E PERFEITA BONDADE —   SEUS DEMENTES…

    • Dany

      20 de abril de 2011 em 23:42

      vc quer corrigir a hipocrisia dos outros mais vc e o mais hipocrita aqui
      se vc fosse diria tudo isso que esta dizendo aposto que não ,pimenta nos olhos dos outros e refresco ne ?

    • Tiago Silva Ferreira

      23 de janeiro de 2011 em 13:57

      Engraçado você criticar tanto o Brasil, como se esse tipo de iniciativa (como essa do MEC), fosse exclusividade do Brasil. Nos países desenvolvidos esse tipo de coisa já acontece há anos! Falta um pouco de conhecimento do mundo nessas horas!

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 16:30

      Em países mais desenvolvidos que aqui, o preconceito é menor. Acho que você está num beco sem saída, talvez seu lugar seja no espaço, mente vazia. Um país que não tem passado? Na verdade ele tem um passado sim e que foi feito por pessoas como você que julgaram os índios inferiores. Você não é melhor que ninguém e existe muitos gays com uma dignidade mais preservada que a sua. Você conhece algum homofóbico que trabalha com instituições de caridade? O mundo só é melhor graças ás mulheres e aos não-homofóbicos, isso porque quem não aceita a condição dos outros são incapazes de não pensar só em sí próprios. Permaneça no seu egoísmo e espere pelo reino dos céus, pobre alma.

      • Alline Santos

        26 de dezembro de 2011 em 03:18

        vc acha q é o dono da verdade mas saiba q homosexalidade ‘e pecado, e se vc tem amor ao proximo nao incentive isso

      • Lucas Domakoski

        26 de janeiro de 2011 em 22:55

        Você me conhece, para falar da minha dignidade? Não. Então cale a boca, seu politicamente-correto de merda. Se um dia você tiver um filho e ele começar a dar a trolha, quero ver pra qual lado você vai pender. Hipócrita.

        • lipe

          27 de janeiro de 2011 em 04:48

          Não conheço sua dignidade e se você aprender a não olhar somente em um angulo, vai perceber que eu disse que há gay com uma dignidade mais preservada que a sua, isso é com certeza, independente se vc é digno ou não, você não é melhor que todo mundo.

          E você precisa abrir a mente e perceber que ser gay não se resume a dar ou comer a “trolha” como vc disse. Eu serei pai dos meus filhos, mas não dono deles, irei educá-los com os principios básicos de amor, aceitação e respeito ao próximo. Cada um é dono da sua vida, o que eles vão ser não diz respeito a mim e eles poderão ter a certeza que nunca serão abandonados por mim, independente da escolha deles.

          • Lucas Domakoski

            27 de janeiro de 2011 em 05:35

            “E você precisa abrir a mente…”
            Quem você pensa que é, para dizer o que preciso ou não? Não preciso das suas hipócritas lições de moral libertinas. Se você se acha no direito de defender essa canalha, eu me acho no direito de discordar. Não importa quantos politicamente-corretos me chamem de “preconceituoso”, não mudarei meus conceitos porque a maré está contrária.

          • lipe

            29 de janeiro de 2011 em 17:57

            Quem eu penso que eu sou? Um “humano” de verdade que procura direitos iguais para todos, indepentende de sexo, raça ou modo de vida. Se você precisa ou não das minhas palavras, não me interessa também, você explanou sua indignação e eu a minha. Convencer você do contrário é o mesmo que convencer um geneticista que é Deus quem escolhe as caracteristicas físicas das pessoas.

            Não me acho no direito de defender ninguém, meu unico direito é de expressão, assim como a sua. O unico motivo por estar discutindo cntg é porque acho interessante falar sobre divergência de pensamentos.

            E a maré não está contrária a você, você não está perdendo nada, tem um emprego, uma família, enfim… uma vida livre e com os direitos de cidadão e humano garantidos, eles não.

  63. André Giovanni

    29 de dezembro de 2010 em 20:59

    Esse governo petista que tem a Marta Suplicy como uma das cabeças vai transformar esse país em Sodoma e Gomorra… Temos que proteger nossos filhos dessa ditadura gay…

    • Anônimo

      6 de julho de 2011 em 01:24

      QUE DITADURA GAY???? FICO LOUCO É????
      E O RESPEITO???A OPÇÃO SEXUAL FICA A ONDE E SEUS FILHOS ???QUAL É O PROBLEMA DE ELES SEREM GAYS??VÃO SER PIORES DO QUE VC???EU ACHO QUE NÃO …VOCÊS SÃO UM BANDO DE SEM INFORMAÇÃO E IGNORANTES E POR ISSO QUE O MUNDO ESTA DO JEITO QUE TA—BANDO DE TESTEMUNHA DE JEOVA,EVANGÉLICO E O ESCANBAL INDO CONTRA UMA REALIDADE E FICANDO EM UMA MITOLOGIA ARCAICA E QUE DEVEM SER PONIDOS.
      TENHO UMA PIADA E QUE DIZ ASSIM-
      UM BEBADO FOI PARA O CÉU E CHEGANDO LÁ DEUS DISSE._ MEU FILHO VOC~E TERA DE CONVERTER UMA PESSOA PARA QUE PODEREI CONFIAR EM SUA BONDADE DE ESPIRITO E AMOR E ELE CONCORDOU EM IR PARA O INFERNO  CONVERTER ALGUNS PARA SEREM ESPIRITOS DE DEUS E QUANDO CHEGOU NO INFERNO ELE TENTAVA CONVERSAR COM TODOS MAIS ESTAVAM TODOS ORANDO E DEPOIS ELE ACHOU ESTRANHO O PORQUE DELES ESTAREM ALI SENDO QUE ELES ESTAVAM RESANDO E O DIABO VIU E PERGUNTOU.-O QUE FASES AQUI EM MEU REINO E O VENDEDOR DE BEBIDAS DISSE-ESTOU AQUI PRA CONVERTER UM EM IRMÃO E ESPIRITO DE DEUS E O DIABO DEU-LHE RISADAS E RESPONDEU:
      DIABO_-MUITO ESTRANHO NÃO—ESTÃO TODOS RESANDO O PAI NOSSO EM MEU REINO ESQUISITO—–MEU CARO IRMÃO ESPIRITO DE DEUS —
      VOCÊ É UM IDIOTA PORQUE TODOS DAQUI SÃO CRENTES—
      CRENTES EM MIM —PODEM ESTAR RESANDO MAIS ESTARA BEM LONGE DE DEUS COM SUAS CONVICÇÕES…………..HAHAHAHAHAHAHA
      TODOS SÃO CRENTES——————
      MORAL DA HISTORIA O BANDO DE FANATICOS FORAM POR INFERNO PORQUE NÃO VIU O QUE A VIDA PODIAM LHES MOSTRA A MESMA COISA DA TESTEMUNHA DE JEOVÁ—-POQUE TESTEMUNHA —DE QUE MAL VOCÊS TANTO FEZ QUE PRECISA DE TANTA TESTEMUNHA DE JEOVÁ?????????????????
      Lógico que o problema esta no psicologico do mundo e das pessoas —elas precisam saber que o mundo sempre havera pessoas diferentes e que o respeito na igualdade,liberdade pode ser o caminho para o bem maior de todos nós.
      DIGO QUE A MELHOR FORMA DE VER AS COISAS É OLHANDO NA SUA RIQUESA (ESPIRITUAL) E PSICOLOGICA —-E DEUS LHE SALVARA…………………………………….CHICO XAVIER

      • Rhoger Band

        8 de agosto de 2011 em 00:56

        dn.a.pa –COMO É QUE PODE VC ESTAR FALANDO DE PRECONCEITO ? SE VC ESTÁ SENDO PRECONCEITUOSO COM UMA RELIGIÃO ESPECIFICA? VC REALMENTE ENTENDE O SENTIDO DA PALAVRA PRECONCEITO? OU SIMPLESMENTE DECOROU ALGO RELACIONADO A UM TEMA?
        PQ SE VC ENTENDE ANALISE COM BASTANTE CUIDADO O SEU COMENTÁRIO IGNORANTE E PRECONCEITUSO COM ESTA RELIGIÃO QUE VC CITOU TANTAS VEZES. 

        CARA , POR FAVOR ANTES DE FAZER COMENTÁRIOS IDIOTAS SOBRE PRECONCEITO DEIXE DE SER PRECONCEITUSO, OK?

        OBS: NÃO SOU RELIGIOSO , SE É ISTO QUE DEVE ESTAR PENSANDO, TENHO MUITAS DUVIDAS SOBRE RELIGIÃO EM ESPECIAL A BIBLIA.

    • lipe

      17 de janeiro de 2011 em 16:19

      Você que tem que proteger seus filhos da sua educação. Ninguém se transforma em gay por causa de um filme idiota, se vc não confia na sexualidade dos seus filhos, não culpe o governo ou qualquer outra coisa, mas culpe a sí mesmo por se achar superior a gays e provavelmente a outros tipos de diversidades (negros, mulheres). Trate de dar uma vida digna para seus filhos e não esqueça de incluir uma pitada de respeito pelo os outros na comida deles. Idiota.

    • Santiago Junior

      30 de dezembro de 2010 em 20:01

      André,
      Acho que o objetivo nem e esse, e sim diminuir um pouco o preconceito, pois tem pessoas sendo mortas!

      • barack obama

        3 de janeiro de 2011 em 15:55

        o homosexulismo é uma doença e como toda doença deve ser erradicada da terra

        • cinthia

          12 de abril de 2012 em 21:28

          Gostar de uma pessoa do mesmo sexo, oque tem de mais nisso ? oque ? Doença ? enquanto tem pessoas passando fome, crianças sendo estrupadas, a corrupião, mulheres fazendo aborto, mães jogando seus filhos numa lata de lixo, e nós somos as “pragas” ? nós que devemos ser ‘erradicados’ da terra ? por gostarmos de uma pessoa do mesmo sexo ?.. tsc tsc tsc.. vai se tratar, na boa. 

          • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

            18 de outubro de 2012 em 12:32

            Isso mesmo

        • Anônimo

          6 de julho de 2011 em 00:51

          Homossexualismo uma doeça? HAHA .Você não sabe o que diz meu POBRE RAPAZ,tenho prima lesbica e sei como é dificil as coisas ainda hoje com a felicidades de poucos vejo que o ser humano esta mais sujo do que devia.
          Homossexualismo é uma genética seu INUTIL—–XY DO HOMEM E XX DA MULHER- A MULHER É A FUNÇÃO GENETICA NA QUE FALTA AR NO CÉREBRO DA CRIANÇA E COM ISSO SUA DESPOSIÇÃO É ILIMITADA-Como alguns que possuem fobias no que é normal sem exagero e outros na explicação igualmente relacionada como a da fisica a VARIAÇÃO COSTANTE—HETERO POSSUI UMA VARIAÇÃO CONSTANTE NO QUE DEFINE UM SER PELA EXISTENCIA E O OUTRO NO QUE RELACIONA A OPÇÃO SEXUAL E MODO EM QUE VEMOS COMO UMA VARIAÇÃO DE ESCOLHA NO QUE NÃO SE IDENTIFICA EM NEHUMA SEMELHANÇA COM A DOENÇA—PESSOAS AUTORITARIAS COMO ADOLF HITLER PENSAVA O MESMO –A HOMOSSEXUALIDADE É UMA DOENÇA E QUE A RAÇA ARIANA DEVERIA SER LEVADO A SERIO E O QUE ACONTECEU ???GUERRA SEU OTÁRIO –E OUTRA O GRANDE CÁTOLICO ADOLF HITLER –ERA DOENTE –QUE NEM VC …A UNICA PERFEIÇÃO É A BONDADE INFINITA (CHICO XAVIER NO ESPIRITO DE ANDRÉ LUIZ) E OUTRA AS RELIGIÕES DE HJ É A CAUSA DO GRANDE PROBLEMA FINANCEIRO E ÉTICO E COM Albert Einstein DISSE–O MAL NÃO EXISTE O QUE EXISTE É AUSENCIA DE DEUS NA DEFINIÇÃO DA HISTÓRIA DE QUE DEUS MANDOU ANJOS LOUVAR A NÓS E ALGUNS RECUSARAM –NO QUE FICOU CLARO A BELA MITOLOGIA DA BIBLIA INFORMAL QUE POUCOS SABEM…..E FICA CRIANDO DOENÇAS PSIQUICAS COMO É O SEU CASO—–
          VAI SE TRATAR SEU DEMENTE.

        • Alessandra Santos gama

          3 de janeiro de 2011 em 16:32

          Acredito que todo tipo de preconceito deve ser erradicado do mundo e levando com ela toda gente preconceituosa. A ignorância  das pessoas é que é demais.

    • Lucas Domakoski

      30 de dezembro de 2010 em 01:37

      Apoiado!

  64. Felipe Neves

    29 de dezembro de 2010 em 20:51

    Com tanta coisa mais importante para ser distribuída nas escolas. Até parece que todas as escolas públicas possuem estruturas decentes, bibliotecas equipadas. E o governo que distribuir material de homossexual (iria usar uma palavra mais forte, só que ela seria censurada), esse país só pode estar de sacanagem.

    • Beyond Birthday

      29 de outubro de 2012 em 15:44

      esse tal de “Kit gay” só vai fazer os alunos saberem o que os alunos homossexuais fazem, e vão zoar ainda mais com eles. eles deveriam fazer como fizeram para parar o preconceito com os negros, os negros mostraram varias coisas (sem malicia) e influenciaram na cultura Brasileira, se você pensar bem, o homossexualismo ajuda pessoas pobres, eles são uma grande parte do dinheiro recebido pelos cirurgiões 

      exemplo : tem gays que pagam pela mudança de sexo, e depois se arrependem
      eu sou contra o kit gay
    • Tiago Silva Ferreira

      23 de janeiro de 2011 em 13:55

      E o que uma coisa tem a ver com a outra? Só por que o governo decidiu se importar com a homofobia, quer dizer que tem que deixar de lado a estrutura das escolas? Não dá pra fazer os dois? Ora, francamente, a homofobia é um problema grave e deve ser corrigido, independente de qualquer coisa. 

    • Alessandra Santos gama

      3 de janeiro de 2011 em 16:22

      Felipe ,desculpe a minha sinceridade,mas gostei muito da iniciativa do governo em montar e distribuir este material. Não sou homossexual ,mas respeito a opção deles. Quem deve de estar com sacanagem é você ,que com certeza não tem uma mente aberta e sim bitolada. É fácil falar que é contra este tipo de situação e sempre dizer que o governo tem que fazer tudo. Faça sua parte já que não pode ajudar ,também não atrapalhe o serviço dos outros. Preconceito no Brasil é crime.

      • gil

        10 de agosto de 2011 em 03:17

        O respeito com a opção sexual das pessoas tem que vir de casa, ser ensinado pelos pais. e nao por um vidio mostrando homosexualismo monstado pelo governo.. então em vez de ter como alvo os alunos deveriam começar pelos responsaveis deles =]

        • Popozão do Funk ( Andreia Ribeiros )

          18 de outubro de 2012 em 12:31

          Os adultos de hoje ja tem a cabeça ‘formada’ e a maioria não ve a homossexualiDADE como algo normal ( o que sempre foi ), então deveriamos ensinar as crianças de hoje que é a coisa mais normal que existe, assim teriamos adultos com a cabeça no lugar

    • Tiego Campos

      31 de dezembro de 2010 em 19:21

      Concordo contigo isso tem que acabar e ‘esses’ que inventaram esse “kit” deveriam tomar vergonha ou será que eles são cegos para não ver o que está faltando nas escolas públicas.
      Só digo uma coisa o Brasil tá piorando a cada hora. 🙁

218 Comentários
mais Posts
Topo