Minilua

A medicina bizarra aplicada na Idade Média

A medicina com certeza teve avanços muito significativos que contribuíram – e muito – para a sociedade, entretanto, nem todo o tempo ela foi do jeito que é hoje, na Idade Média, por exemplo, existiam alguns práticas que eram consideradas como sendo as mais eficazes, mas isso não passava de uma época, já que hoje ela seriam consideradas extremamente bizarras. Por isso, no post de hoje mostraremos algumas delas, confira:

Enema de bile de javali

Com certeza um hábito muito estranho… Naquela época, era comum reis e nobres, principalmente, utilizaram do instrumento. Para quem não sabe, enema é algo parecido com uma seringa e que é utilizado para introduzir algum tipo de liquido pelo ânus da pessoa. O liquido mais comum utilizado era uma solução que tinha bile de javali, pois dizia-se que tinha fins medicinais. Para se ter noção de como os reis levavam o assunto a sério, o rei Luís XIV, da França, teve mais de 2000 enemas durante o seu reinado.

Cirurgia de catarata

Uma cirurgia que hoje já possui grande consideração e que apresenta resultados positivos, mas que naquele tempo consistia em empurrar a córnea para o fundo do olho com uma agulha fina. Depois, com a propagação da medicina islâmica, o processo melhorou: era usada uma seringa de metal que era inserida pela esclera, a parte branca do olho, para retirar as cataratas através da sucção.

Anestésicos venenosos

Bem, a anestesia geral foi descoberta há cerca de 150 anos, então, naquela época os médicos tinha de se virar com o que tinham, e para isso existiam várias coisas, como uma mistura de ervas com vinho, sendo que muitas delas podiam conter substâncias venenosas que, se fossem misturadas erroneamente, podia até mesmo levar o paciente à morte.

Trepanação

Tratava-se de se fazer um pequeno buraco na cabeça para que a membrana mais externa do crânio ficasse exposta, isso era feito porque acreditava-se que a técnica aliviava a pressão no  cérebro e para tratar de problemas que surgissem  futuramente. Outra crença era que também curava epilepsia e doenças mentais, em contrapartida, deixar o cérebro exposto desse jeito poderia resultar em uma colônia de germes em sua cabeça que poderia ser fatal.

 

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/