Minilua

Melhores games de todos os tempos #39: Yu-Gi-Oh! Forbidden Memories

Semana passada falamos sobre o clássico game de ação para o PS1 que permitia ao jogador controlar os famosos bonequinhos verdes de plástico no meio da guerra: Army Men. Hoje falaremos sobre o jogo que se tornou uma febre, assim como o anime do mesmo:

Quando o anime surgiu na TV e virou mania mundial, rapidamente a Konami desenvolveu um game que trazia o mundo de Yu Gi Oh! para o PlayStation, única plataforma que teve o prazer de receber esse jogo.

Lançado em 1999 no Japão e em 2002 nos outros lugares do mundo, Yu Gi Oh! Forbiden Memories dava a oportunidade do jogador entrar na pele de um duelista e enfrentear os mais diversos inimigos, porém esse jogo tinha um fato que o tornou mais popular ainda, pois diversas regras complexas que existem no jogo real das cartas foram abolidas, o que simplificou muito o game, tornando-o acessivel para qualquer gamer que se interessa pelo gênero. Dessa maneira, até mesmo uma criança, que não entendia nada de inglês conseguia se divertir, o que não acontece nos jogos do Yu Gi Oh onde as regras de invocação, armadilhas, magias, rituais e tudo mais são seguidas a risca.

Os gráficos do game eram regulares para a época, mas a diversidade de monstro que era possivel ver batalhando, fazia com que a falta de qualidade fosse esquecida imediatamente. Já a jogabilidade era bastante simples e muito intuitiva, porém acaba tornado um tanto repetitiva depois que o jogador descobria os macetes e as combinaçoes boas, mas mesmo assim os inimigos mais avançados fazem com que o gamer tenha que ralar muito para montar um deck que consiga vence-los. O grande ponto fraco desse jogo fica por conta da trilha sonora, que é muito repetitiva e pouco empolgante.

Apesar das deficiências, as qualidades eram muitos mairoes e a simplicidade criada, fez com que o game acabasse virando uma mania enorme em todos so cantos do mundo, afinal nada melhor do que um game divertido que traz um bom nivel de desafio.

Para matar a saudade desse grande clássico fique com alguns vídeos:

Intro

Gameplay

Exodia

Segredos Inexplicáveis

Último chefe

Jogo lembrado por Paulo Junior e Wesley Santos.