Os metaleiros também amam

beavis_and_butthead

Pesquisadores do Heavy Metal, buscam desmitificar a visão negativa que se tem de fãs desse estilo musical. A pesquisa, realizada na Universidade Heriot Watt, em Edimburgo, na Escócia, entrevistou 36 mil pessoas. Os pesquisadores fizeram perguntas sobre características da personalidade de cada participante e pediram para que os voluntários avaliassem 104 estilos musicais.

Os resultados sugerem, por exemplo, que fãs de jazz são criativos e extrovertidos, enquanto aqueles que gostam de música pop tendem a ter pouca criatividade.

Segundo o professor Adrian North, que liderou o estudo, a surpresa foi descobrir semelhanças na personalidade de fãs de música clássica e heavy metal. “São pessoas muito criativas, introvertidas e de bem consigo mesmas, o que é estranho. Como você pode ter dois estilos tão distintos com grupos de fãs tão parecidos?”, afirmou North. Ele ressalta que uma das explicações pode ser o “aspecto teatral desses estilos, que são dramáticos“.

“As pessoas em geral têm um estereótipo sobre os fãs de heavy metal, acham que eles têm tendência suicida, são deprimidos e representam um perigo para si e para a sociedade em geral. Na verdade, são pessoas bem delicadas“, afirmou.

O estereótipo:

Estudantes talentosos que se sentem pressionados por sua capacidade usam música heavy metal para superar as suas emoções negativas, de acordo com um estudo da
Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha.

A pesquisa foi coordenada por Stuart Cadwallader e Jim Campbell, da Academia Nacional para Jovens Talentosos e Superdotados da universidade britânica. Ambos estudaram 1.057 alunos entre 11 e 18 anos.

Os jovens responderam a questionários sobre família, comportamento na escola, nas horas de lazer e preferências na imprensa. Os alunos também responderam a perguntas sobre o seu gosto musical.

O rock foi o estilo mais popular, seguido de perto pelo pop. Mais de um terço dos entrevistados citou o heavy metal como gênero favorito. Os estilos musicais também foram associados a características de personalidade dos jovens: os que dizem gostar de heavy metal teriam uma auto-estima mais baixa do que os outros.

Intrigados com essa relação, os pesquisadores então entrevistaram 19 estudantes superdotados sobre a opinião deles acerca do heavy metal. Os estudantes, embora afirmassem não se considerarem “metaleiros”, disseram se identificar com alguns aspectos dessa subcultura. Eles dizem que o heavy metal pode ser usado como instrumento de catarse, usando a música normalmente alta e agressiva para liberar as suas frustrações e irritações.

“Talvez as pressões associadas ao talento e a superdotação possam ser temporariamente esquecidas com o auxílio da música”, disse Cadwallader. “Como um estudante sugeriu, talvez jovens mais inteligentes sintam mais a pressão sobre eles do que os outros e usem a música para lidar com isso.”

De acordo com o site Stuff.co.nz, um pesquisador universitário da Nova Zelândia ganhou uma bolsa de estudos do governo para estudar os hábitos e o estilo de vida dos fãs de Heavy Metal. A bolsa, no valor de 96 mil dólares neozelandezes (cerca de 69 mil dólares americanos, ou quase 142 mil reais), fará com que Dave Snell tenha a oportunidade de levar adiante o seu estudo intitulado “O Dia-a-dia dos Bogans: Identidade e Comunidade entre Fãs de Heavy Metal”. A pesquisa inclui estudos dos diferentes estilos de “danças” do Heavy Metal – seja o famoso ‘head bang’ (bate-cabeça) ou o mosh, que é quando os fãs se “batem” – assim como a importância de tatuagens e piercings. Na Comissão Educativa de Terceiros, que administra as bolsas de estudos, o administrador geral Frannie Aston disse que “essa pesquisa irá nos ajudar a entender nossas comunidades e nossos jovens”.

Fonte: Vitória Bernardi

  1. Eliane Maria

    9 de março de 2014 em 23:21

    nos devemos respeita uns aos outros dependendo de religião raça cor e etc……..

  2. Stephanie Barnes

    13 de outubro de 2012 em 13:17

    Metal \../

  3. Erick

    4 de outubro de 2012 em 22:33

    Apenas lembrem-se que metaleiros não são os únicos roqueiros ok?

  4. Caio Lopes

    1 de março de 2012 em 14:07

    Quem diria. Antigamente vocês colocavam a fonte dos posts…

  5. Cláudia Cristina

    1 de julho de 2011 em 09:52

    Legal *0*

  6. Daniel Sant anna lisboa

    5 de fevereiro de 2011 em 01:49

    Rockeiros sim metaleiros já há duvidas…

    • Cláudia Cristina

      1 de julho de 2011 em 09:51

      Haha verdade u.u

  7. Ígor

    23 de maio de 2010 em 19:50

    curto muito metal pq metal é o que há!
    sim sei que muitos acham que metaleiro são pessoas preconceituosas mas nao é verdade metaleiros são gente fina!!!bom tirando o ADRIANO kkkkkkkkk

  8. Emanuelle

    22 de maio de 2010 em 18:21

    Bah..Adorei isso explica para todos q acham q METALEIROS so podem ser maus e n AMAM

  9. Adriano Saadeh

    17 de maio de 2010 em 21:39

    Fica ketu ae paspalho!

  10. Adriano Saadeh

    17 de maio de 2010 em 20:54

    Eh isso ae o metal manda!assim como a musica classica ele induz nosso cerebro atraves do sentido da audiçao a melhorar nossa noçao de espaço, mais facilidade para calculos, aguça a percepçao e uma serie coisas
    Parabens!

    • Aida Saadeh

      17 de maio de 2010 em 21:33

      Valeu!!!!!!!!!!!!!!!!! êta cultura musical!!! 😀 (baba-ovo do Gruma) Mas eh!!!!!!!!!!!

    • Diego Martins

      17 de maio de 2010 em 21:01

      Cala a boca Gruma. XD

  11. Guilherme Carvalho Fernandes

    16 de maio de 2010 em 10:31

    I wanna rock and roll all nite and party every day \m/

  12. Gilberto de Oliveira Araújo

    16 de maio de 2010 em 00:22

    Muito bom trazer isso aqui ao alcance de muitos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

  13. Aida Saadeh

    14 de maio de 2010 em 15:46

    Tbm acho! E tbm me idenfico… 🙂

  14. Michael Santos Sim

    14 de maio de 2010 em 15:00

    Aí, eu sou fan dos dois estilos (metal e classica) e digo que me identifiquei com vários dos aspectos citados acima os pesquisadores estão de parabéns

    • raposa swift

      4 de outubro de 2012 em 16:24

      então vc deve gostar do nightwish

      • Rosangela Aparecida Rodrigues de Lima

        13 de outubro de 2012 em 13:37

           me chamô!!!

  15. Luciano

    14 de maio de 2010 em 14:44

    que mané estranhos são um nectar….. hulimia Carry on….

  16. Luciano

    14 de maio de 2010 em 14:43

    Muito Nectar…. Metaleiros são muito Arriados …. são parceiros…., e URGEM BALDES!!! hauhaushausuahsu…..minha dinda… ^
    ^
    ^
    ^
    ^
    ^
    ^
    ^
    lá em cima uhuuuuuuuuuu

  17. Paulo de Brito

    14 de maio de 2010 em 14:12

    acho esse caras muito doidos, sempre de preto e algumas letras são demoníacas

    • Rosangela Aparecida Rodrigues de Lima

      13 de outubro de 2012 em 13:32

      #5%#fiquei#puto#(a)#

    • Rosangela Aparecida Rodrigues de Lima

      13 de outubro de 2012 em 13:25

      TROXA!!!!!!!!!! eu curto esse tipo de música desde que me conheço por gente e o único tipo de  satanismo que vejo,  é o preconceito de pessoas como vc!!! e não uso preto…não é preciso usar preto pra gostar!!! aprenda pelo menos o básico da droga do INGLÊS, pra ter uma noção, de que  95% das músicas, abordam assuntos como: a historia, religião(não pejorativamente), a sociedade…os outros 0,5% é com temas sobre o oculto…sim…mas não pra enfluenciar ninguém!!!!ESSA É A ATITUDE DE UM VERDADEIRO METALEIRO!!!VOCÊ TÁ COMFUNDINDO COM DEATH METAL, DUMM METAL OU ESSAS PORCARÍAS SATÂNICAS QUE INVENTARAM LOGO APÓS!!!

    • Cláudia Cristina

      1 de julho de 2011 em 09:49

      Parece minha mãe falando…

    • Caio Jusi

      14 de maio de 2010 em 14:30

      nem todos

  18. Aida Saadeh

    14 de maio de 2010 em 14:00

    Metaleiros são das melhores pessoas que conheço…amigos leais, livres de preconceitos, parceiros, não são abusados e nem tarados ( ao menos os que conheço)hsuhaushauhsuahsua. Metaleiro sai prá curtir show, banguear, beber e se divertir!

  19. Caio Jusi

    14 de maio de 2010 em 13:56

    pow acho jeito deles estranhos mais boas pessoas xD

28 Comentários
mais Posts
Topo