Minilua

A misteriosa Ordem dos Cavaleiros Templários #3

Devido a diversos pedidos de leitores para falarmos sobre essa estranha e misteriosa ordem, resolvi criar uma pequena série aqui no Minilua, que vai contar a história desses cavaleiros e as lendas que a envolvem:

A misteriosa Ordem dos Cavaleiros Templários – Crescimento

Para ler a primeira parte clique aqui: PARTE 1

Para ler a segunda parte clique aqui: PARTE 2

Os Templários haviam sido reconhecidos pelo próprio Papa como uma ordem santa e só precisavam responder para o mesmo, assim eles começaram a cair nas graças do povo, ganhando doações de religiosos e ficando cada vez mais ricos e poderosos.

Contudo o maior poder dessa temida Ordem era seu exército. Os Templários, com o passar dos anos foram cada vez mais angariando pessoas para suas fileiras, todos que entravam lá tinha que abandonar todos os bens materiais, rezar cinco vezes ao dia e se dedicarem ferozmente aos treinamentos.

O exército Templário era um dos mais poderosos do mundo. Eles armavam seus soldados com as melhores armas, ensinam a arte da guerra com os melhores professores, além de que cada soldado era obrigado a fazer um juramento, onde ele jamais poderia recuar ou fugir de uma luta, nem mesmo se a derrota fosse clara. Só poderia haver a retirada de um batalhão de Templários quando o número deles fosse três vezes menor do que o inimigo e estivessem em uma posição ruim.

Por isso qualquer exército temia enfrenta-los, pois mesmo na derrota eles eram valorosos inimigos e certamente causariam estragos.

Além disso, os Templários começaram o que hoje conhecemos como instituições bancárias, pois sua enorme riqueza conseguida com doações e espólios de guerra fez com que aquela ordem que havia abdicado dos bens materiais se tornasse altamente rica, possuindo terras espalhadas em todo continente.

Assim os Templários eram mais ricos que muitos países, com exércitos maiores e mais bem treinados do que qualquer outro país Europeu, além de comandarem todo o sistema bancário que estava surgindo. Seu poder era inigualável e nem mesmo a Poderosa Igreja Católica era capaz de ir contra tamanha força.

Vendo isso Filipe IV de França começou a tramar uma das maiores traições da história, que gerou o mito da Sexta-feira 13. Se você quer saber o que aconteceu com os Templários não deixe de curtir ou recomendar esse post, clicando logo abaixo.

Me adicione no Face:http://www.facebook.com/diegominilua ou faça parte de nosso grupo:http://www.facebook.com/groups/188760724584263