Monte a sua matéria: A arte da hipnose #127

Pois é, e desde já, contamos com a sua participação. O e-mail de contato: [email protected]! A todos, uma excelente leitura!




A arte da hipnose

Por: José Victor

 

Quem nunca viu em algum desenho ou programa de TV alguém hipnotizando alguma pessoa ao ponto da mesma pensar ser uma galinha ou um animal? Pois é, o que parece ser absurdo é totalmente real, e comprovado cientificamente. Mesmo assim ainda possuem muitas vertentes nas mentes das pessoas, existem mais mitos sobre hipnose do que a verdadeira realidade.
Nesta série de posts você saberá o que realmente é a hipnose e como torná-la possível de modo rápido e prático.

História

A hipnose é tão antiga quanto à própria humanidade, porém apenas no século XVIII que ela passou a ser notada e estudada. A hipnose era e ainda é um meio de anestesia física e cura de distúrbios mentais, como fobias. Joseph Gassner foi o primeiro a estudar esses fenômenos e utilizá-lo como método de cura. As experiências de Gasser foram muito estudadas por vários comitês científicos, Mesmer foi um dos que o estudaram, e teve um profundo interesse, e passou a estudá-la também. Antes de Mesmer, a hipnose era dada como um ato espiritual, graças a ele temos a hipnose como um estado natural e puramente científico.

O que é?

Existem muitas explicações para o fenômeno, porém todas dizem a mesma coisa : Hipnose é um estado de grande concentração em algo. Em tese, hipnose é induzir alguém até chegar ao transe(chamado também de transe hipnótico). O primeiro objetivo é fazer uma indução hipnótica até que a pessoa chegue ao transe.

*Transe hipnótico : É o estado de profundo relaxamento, é o estado que as pessoas ficam antes de dormir. Normalmente a frequência cerebral nesse estado(chamado estado Teta/ondas Tetas) fica entre 3 e 7 htz.

Tipos de Induções hipnóticas

Também existem diversos tipos de induções hipnóticas :
*Lenta = 30/40 minutos até o transe
*Rápida = 2/15 minutos até o transe
*Instantânea = Imediatamente ( 2 segundos no máximo).
*Secreta = Indeterminado.

Ao longo da série estarei dando detalhes de como funcionam cada uma delas, e como utilizá-las.

Ciência por trás da hipnose

As pessoas se perguntam como a hipnose funciona e como uma pessoa pode “obedecer” uma outra sem se questionar, é muito simples como. Imagine você em uma festa, totalmente sóbrio, se uma pessoa estranha pedisse para você beijá-la é bem provável que você diria não(depende do seu nível de friendzone), porém se você estivesse totalmente embriagado as chances já subiam muito, isso prova que o seu estado físico, altera também o seu estado mental, o mesmo acontece com a hipnose, se você altera uma pessoa a um estado tão profundo de relaxamento, isso também irá alterar o seu estado mental, você deve estar se perguntando por quê ? 

Bem a mente é dividida em 3 estados, estado consciente, inconsciente e subconsciente. Sendo que o que estamos vivendo agora é o consciente. O subconsciente é o que somos, é onde está guardada a nossa moral, tudo o que já vimos e o que aprendemos. Tudo o que vivemos e o que aprendemos é passado por algo antes de entrar no nosso subconsciente para fazer parte de nós, esse algo é chamado de senso crítico.

O senso crítico é uma barreira que fica entre o consciente e o subconsciente, ou seja se eu mandar você pular de uma ponte, essa informação será analisada pelo S.E(Senso crítico) e será vista se é boa ou não. O senso crítico é formado pela nossa moral que está contida no subconsciente. O objetivo do hipnotizador é de alguma maneira burlar esse senso crítico e mandar a informação sem ser percebida por ele, e quando estamos relaxados o senso crítico também é relaxado por que o corpo influencia a mente.

Indução lenta+ Script

hipnose

Agora que vocês sabem como funciona o truque todo aqui vai o seu primeiro script hipnótico.
A indução lenta tem como base, fazer com que uma pessoa entre em transe através de um progressivo teste de relaxamento.

OBS: Você não irá conseguir fazer essa pessoa cacarejar como galinha com esse tipo de indução. Essa indução é boa para livrar o stress ou dores(de cabeça) ao até mesmo trazê-la a um ótimo estado de paz.

Script

Tirando a dor de cabeça, ou dor muscular.
Mande o voluntário sentar-se em de forma mais relaxada possível. Explique o que você irá fazer, e qual o objetivo(conheça a pessoa antes de fazer isso). Em seguida mande-o respirar lentamente, de forma em que ele entre em um estado de relaxamento. Feito isso fale para fixar os olhos em um ponto do teto, por um 2 minutos (mantendo a mesma respiração). Depois disso, você feche seus olhos, mas continue imaginando o ponto em que você se concentrou…(voz calma)

- Imagine esse ponto como se fosse a sua dor…
- Relaxe…relaxe…
- Imagine agora, esse ponto se afastando cada vez mais…e mais…
- Você começa a se sentir cada vez melhor…e melhor…
- O ponto já não existe mais….já se foi…

A dor provavelmente irá cessar, ou sumir quase de imediato. OBS: A dor é um feito produzido pela mente, logo podemos contê-la com a mente.

Próximo post, Hipnose rápida + mão seladas.

  1. Tio Page

    23 de março de 2014 em 11:54

    Bem dormido?

  2. Little Uchiha™

    22 de março de 2014 em 20:31

    Eu só acreditooo… vend… não péra.

  3. Nameless

    22 de março de 2014 em 19:17

    Ensinando o público do Minilua a hipnotizar? Isso pode dar merda…

  4. O Mentalista

    22 de março de 2014 em 18:17

    Cara escrevi essa matéria há umas 2 semanas, pensei até que não iria sair…Agora terei de escrever a segunda parte hahaha

    • Lucas Rodrigues

      22 de março de 2014 em 20:08

      Opa! Agora que eu fui saber que a matéria é sua. Parabéns 😉

  5. eduardo (eduh)

    22 de março de 2014 em 17:20

    po é raro eu querer ler os post do monte sua matéria, porque a maioria é entediante(principalmente as do lucas), mas esse aí ficou muito bom. Eu já sabia dessa história de eliminar a dor atravez da hipnose , pois já tinha lido em um livro que ensina atravez da concentração.
    PS:depende da pessoa estranha, afinal to na festa pra isso, né

    • Lucas Rodrigues

      22 de março de 2014 em 20:06

      Se reclama tanto, então porque você não tenta fazer uma? Se caso tiver disposição para escrever uma matéria, você envia-la e ela ser publicada pode ser que não me agrade e eu a classifique como… entediante! E aí então estarei fazendo você provar do seu próprio veneno. Isto é uma hipótese provável, só basta mesmo você ter esforço pra fazer uma matéria melhor do que as que você classifica como entediante.

      • eduardo (eduh)

        22 de março de 2014 em 21:04

        EU SÓ PRECISO SABER LÊ PRA CLASSIFICA COMO ENTEDIANTE. Suas matérias são muito entediantes, seus contos são entendiantes(atualmente boa parte dos contos são), oc não dá ”nota” pros contos? então, minha nota pra oc é 0,1 o numero mais entediante q existe, se n aceita minha opinião morra com ela, bb

        • Lucas Rodrigues

          22 de março de 2014 em 21:13

          Ótimo, se é isso que você acha, quem sou eu pra contestar né rsrsrs nem sei porque você se exaltou, eu só te dei uma dica, quem sabe você se satisfaça com sua “provável matéria” achando que ela é melhor do que todas as outras que foram recentemente postadas, mas isto seria uma atitude esnobe da sua parte. Enfim, você adjetivar os meus contos e os de outros autores de entediantes não altera em nada, não vai mudar meu jeito de escrever, o que significa que ao meu ver sua opinião é completamente dispensável! Até mais 😉

    • Terrorista

      22 de março de 2014 em 18:19

      LUCAS RODRIGO N TEM TALENTO PRA ESCREVE NADA PO

  6. Robb Stark

    22 de março de 2014 em 17:15

    Essa postagem me lembra contas, porque vem em parcelas…

  7. Lakter X

    22 de março de 2014 em 17:00

    Existem consequências a pessoas, digamos, ”sensíveis” a esse procedimento?

    • O Mentalista

      22 de março de 2014 em 18:02

      Não é recomendado tentar uma indução em pessoas com depressão ou esquizofrênicas, porém pessoas sensíveis são melhores para fazer uma sessão hipnótica.

      • Lakter X

        23 de março de 2014 em 21:45

        Bom saber, espero que continue a série até o fim. Que não seja como alguns contos/séries, por exemplo, que comecei a ler aqui no minilua e pararam no meio da história.

    • O Mentalista

      22 de março de 2014 em 18:00

      Bem, não é recomendado fazer isso em pessoas com depressão ou com esquizofrenia, mas retirando essas possibilidades, pessoas mais sensíveis são melhores com induções entram em transe mais rápido.

  8. Jeff Dantas

    22 de março de 2014 em 16:56

    E em casos assim, nada melhor do que ele…Fábio Puentes!!! http://f.i.uol.com.br/fotografia/2013/12/06/343458-640×480-1.jpeg

  9. Jeff Dantas

    22 de março de 2014 em 16:36

    Bom, desde pequeno, que eu sou fascinado por hipnose. heheh Por outro lado, é importante saber seu limite… 🙂

    • O Mentalista

      22 de março de 2014 em 16:39

      Regressões hipnóticas se usadas da forma errada podem dar resultados muito tendenciosos.

  10. Lua Cheia

    22 de março de 2014 em 16:29

    Muito boa matéria, muito bem explicado, eu pensava que a hipnose não tivesse nenhuma base científica, muito bom o post msm, parabéns ao autor, esperando a próxima parte…

  11. Emmanov Kozövisck

    22 de março de 2014 em 16:03

    O Minilua está um pouco parado… Seria legal se o Diego criasse uma treta com religião.

    • Lucas Rodrigues

      22 de março de 2014 em 19:59

      Seria muito melhor posts mais científicos. Postagens sobre religião são um saco ¬¬

      • Emmanov Kozövisck

        22 de março de 2014 em 20:24

        Os posts científicos são realmente interessantes e eles me fazem gostar muito dos textos do Diego, entretanto uma postagem sobre religião é a que causa maior movimento e discussão entre os usuários.

        • Lucas Rodrigues

          22 de março de 2014 em 20:33

          Foi como eu falei uma vez aqui (nem lembro em qual post): postagens sobre religião deveriam ser publicadas mensalmente. Religião é um assunto bom de se discutir até certo ponto, há um limite a ser estabelecido, pois de tão polêmico é cansativo. Eu tô até aliviado em não ter tantos posts de religião com frequência nestes dias que se passaram.

          • Emmanov Kozövisck

            22 de março de 2014 em 20:43

            Eu gosto das polêmicas religiosas, mas eu QUASE SEMPRE perco a discussão. Eu, em todos os posts que vi, devo ter participado ativamente de no máximo três discussões religiosas em seu ápice. Na maioria das vezes eu pego as discussões em seu fim, quando todos disseram o que deveriam ter dito (recurso linguístico).

          • Lucas Rodrigues

            22 de março de 2014 em 20:55

            Estes meses de fevereiro e março ficarão conhecidos como A Era das Tretas, de tantas discussões (tanto religiosas quanto de outros assuntos) houveram. É até divertido ver umas discussãozinhas entre um ateu vs. fanático religioso, mas se tornam cansativas quando os argumentos bons se esvaem e a apelação pros xingamentos começa a reinar, é meio chato isso.

          • Um qualquer

            23 de março de 2014 em 13:13

            Foi um saco fazer o Diego parar com os faniquitos ateus dele, e vocês querem que ele volte a postar sobre religião como antes? Estava bem claro que ele queria a todo custo esfregar o que ele acredita na nossa cara. Um post ou outro, tudo bem. Mas ele tava fazendo 3 a 4 post sobre isso por semana. Se vocês querem ver briguinhas, vão ver algum esporte de luta( os atores fingindo que estão batendo um no outro) . Porque o que não falta nestes posts são briguinhas que não levam a NADA.

    • Um qualquer

      22 de março de 2014 em 19:52

      Não dá ideia….

    • Allen Walker

      22 de março de 2014 em 16:33

      realmente está muito parado o ML.

  12. Emmanov Kozövisck

    22 de março de 2014 em 16:03

    No momento esta se mostra uma excelente série, pois este texto foi bem escrito, objetivo e esclarecedor. Aguardo a sua continuação.

    HAHA! QUANDO ESTA SÉRIE ACABAR, EU PODEREI CONTROLAR A MENTE DAS PESSOAS. 616 FROM HELL. TRANSFORMAREI O HIPNOTIZADO EM UM TERRORISTA.

    • O Mentalista

      22 de março de 2014 em 16:35

      Meu objetivo é chegar até a hipnose secreta, que será vista nos últimos posts dessa série.

      • Emmanov Kozövisck

        22 de março de 2014 em 20:35

        Aguardarei ansiosamente.

  13. Vayne A Caçadora Noturna

    22 de março de 2014 em 15:54

    XXIII antes de cristo né ?

  14. The Van Hoheheim

    22 de março de 2014 em 15:36

    século XXIII…Parabéns Fera

    • Jeff Dantas

      22 de março de 2014 em 17:00

      Ops, na verdade, é século XVIII, e não XXIII. Agora sim, corrigido!! 🙂

      • The Van Hoheheim

        23 de março de 2014 em 12:46

        😀

    • Jeff Dantas

      22 de março de 2014 em 16:35

      Ops.. na verdade, é século XVIII, e não XXIII. hahahaha Agora sim, corrigido!! ^^

    • O Mentalista

      22 de março de 2014 em 16:34

      Foi um pequeno erro de digitação mesmo, peço desculpa aos leitores.

    • Emmanov Kozövisck

      22 de março de 2014 em 16:01

      E depois eu sou o pseudointelectual… Este foi apenas um erro de DIGITAÇÃO, que pode ser corrigido de forma simples.

      • The Van Hoheheim

        23 de março de 2014 em 12:46

        Nossa ,precisa ficar estressado? D:

        • Emmanov Kozövisck

          24 de março de 2014 em 19:22

          Desculpe, eu estou exaltado.

  15. Eren Jaeger

    22 de março de 2014 em 15:33

    Esse post me lembrou Code Geass, anime muito foda
    [img]http://smileyrainbow.files.wordpress.com/2008/10/codegeassr2_004_01.jpg[/img]

    • Little Uchiha™

      22 de março de 2014 em 20:30

      Esse bixo é boiola no anime?

      • Marvelunatico

        22 de março de 2014 em 23:19

        kkk lol
        eu entendi a referência

    • Allen Walker

      22 de março de 2014 em 16:34

      cara acho que tem alguém com seu outro olho

      [img]http://userserve-ak.last.fm/serve/_/57281295/Mukuro%20Rokudo%20Mukuro11.jpg[/img]

      • Marvelunatico

        22 de março de 2014 em 23:18

        Isso parece o Sharingan do Sasuke o.O

      • Eren Jaeger

        22 de março de 2014 em 17:49

        ‘O’

  16. Mr. Zalgo

    22 de março de 2014 em 15:22

    Ja sei como acabar com aquelas dores no pi… opa, na cabeça

    • Eren Jaeger

      22 de março de 2014 em 15:31

      ?Dores no pinto? ( ͡° ͜ʖ ͡°)

  17. Raposa do Bem

    22 de março de 2014 em 15:11

    Eae maconheiros e maconheiras desse Brasil, hoje vou comentar sobre esse post… E bem, eu acredito nesse papo de hipnose, se eu tivesse esse dom metade das pessoas do mundo iriam virar meus escravinhos sexuais queridos 😀

  18. Lucas Rodrigues

    22 de março de 2014 em 14:51

    Lembro que quando criança eu tinha o desejo de obter o dom de hipnotizar as pessoas sem a ajuda de nenhum objeto, hipnotizar apenas com o olhar rsrsrs nem fazia ideia do quão absurdo e fantasioso isto era.
    Mas gostei da matéria, bem explicativa e detalhista, tô ansioso pra próxima parte.

    • O Mentalista

      23 de março de 2014 em 08:45

      Cara para você ter uma noção isso é possível sim kkk

51 Comentários
Topo