Minilua

Monte a sua matéria: A arte da hipnose (parte III) #130

Pois é, e mais uma vez, lembramos que todos os temas são aceitos: Política, esporte, religião… Sim, sinta-se à vontade a participar. O e-mail de contato: equipe@minilua.com! A todos, uma excelente leitura!

A arte da hipnose (parte III)

Por: João Victor

A hipnose é uma coisa muito interessante, tão interessante que muitas vezes parece com uma fantasia ou algo extraordinário de se crer. Tudo que você leu ou viu sobre hipnose até agora deve ter despertado uma certa curiosidade por ler mais e mais sobre o assunto, mas daqui em diante você entrará em outro mundo, no mundo da hipnose moderna. A hipnose Ericksoniana.

A hipnose se divide em duas partes, hipnose clássica e hipnose moderna. A hipnose clássica se mantem nos métodos convencionais já visto aqui como induções lentas e rápidas, em quanto a hipnose moderna possuí um mecanismo um tanto diferente.

As induções instantâneas, como o nome já diz são tão rápidas e inteligentes que não é preciso nem de um contato direto com a pessoa, ou de uma certa intimidade com a mesma, a indução instantânea mais usada é a famosa “HandShake Induction” se você for bom em inglês poderá traduzir por “Aperto de Mão de indução”, sim isso mesmo, com um aperto de mão você poderá levar alguém em um transe hipnótico.

Vou dividir esse assunto em 2 partes (pelo menos), e nessas partes vou tentar passar os scripts das seguintes induções:

*HandShake Induction, um aperto de mão muito louco.

*8 words induction, 8 palavras que levarão qualquer um à um transe.

*” Folow me”, sem contato direto.

*#Invente você mesmo sua indução instantânea. 

Teoria da mente – 3° parte.

Se você se lembrar de como funciona as induções anteriores, você com certeza se lembrará que nas induções lentas você torna o espírito crítico mais leve, à ponto de aceitar as suas sugestões, e nas induções rápidas você faz com que ele se concentre em um segundo ponto, para que a sua sugestão passe despercebida pelo mesmo, em ambas você estará enganando-o.

Nas induções instantâneas você não faz nada disso, aliás o que você faz é exatamente o oposto, nela o espírito crítico está sempre alerta, você forçará o espírito crítico à usar a sua sugestão. Quando você está prestes à levar um tombo, você logo busca em algo para se apoiar, por que o instinto humano diz que devemos nos apoiar em qualquer coisa quando estamos desesperados.

Em uma guerra nos momentos de maior tensão, são os que os soldados mais gostam de receber ordem, pois a sensação de medo e susto faz com que eles percam o controle sobre si, já não sabem mais o que fazer, aliás qualquer pessoa em um momento de tensão não sabe qual passo tomar, por isso esperam para que uma outra mais calma dê as ordens, afinal para viver fazemos qualquer coisa.

Talvez você já tenha sacado qual é a desse truque da mente, a indução instantânea quer que o voluntário esteja em um estresse ou confusão mental, assim fica fácil do espírito crítico aceitar às suas sugestões com mais facilidade. Calma, que para fazer isso não é preciso causar um susto em alguém, causar uma confusão mental é tão simples quanto você imagina.

Os estados da mente

A mente tem seus estados de frequência, desde o mais calmo possível até o mais conturbado. Vocês já devem ter ouvido falar das ondas cerebrais, DELTA, THETA, ALFA, BETA e GAMA, cada uma delas apresentam uma característica original para os estados mentais.

Delta, quando você está dormindo, e sonhando.

Theta, profundo relaxamento, é aqui que as pessoas ficam quando estão em transe.

Alfa, quando estamos calmos, assistindo televisão, ou algo na qual não envolva exercício mental.

Beta, quando estamos estudando algo, ou concentrado.

Gama, quando estamos em estado de alerta e confusão, como aquela matéria em aula na qual você tentava entender mas nunca conseguia, ou até mesmo em situações de estrema agitação, raiva.

Bom, agora voltaremos à indução. Agora que sabemos que quando o cérebro está conturbado e confuso, ele está no estado Gama, e sendo assim ele faz de tudo para ganhar estabilidade, por isso que o cérebro tem um mecanismo que quando tem muita confusão ele dá uma caída para o estado Theta, para tentar ganhar estabilidade.

 

No gráfico acima vemos isso. Agora que sabemos como tudo isso funciona, podemos usar a nosso favor.

Bem, como vimos, o cérebro vai descer de Gama para Theta e depois voltará ao seu estado natural, e não é isso que queremos, nós queremos mesmo é que ele continue no estado Theta, então iremos usar a indução para isso. Para uma indução instantânea será necessário:

Causar uma confusão.

Indução.

Aprofundamento.

Causando estragos.          

A melhor forma de causar uma confusão simples em alguém, é surpreendendo, fazendo-o pensar que irá fazer alguma coisa, quando na verdade fará outra.

Então, a melhor forma de explicar isso, é já no script!

Terceiro Script da Série – 8 words induction.

Com 8 palavras você poderá induzir alguém à um transe hipnótico.

Estenda sua mão com a palma para cima então diga

“Pressione minha mão.”

Enquanto ele estiver pressionando sua mão para baixo, diga

“Feche os olhos.”

Se ele estiver pressionando com leveza, diga para pressionar mais forte.

Quando perceber que ele estiver fazendo uma certa força para baixo, puxe sua mão rapidamente, causando-lhe um certo “susto” (esse susto irá leva-lo ao estado Gama) e imediatamente diga, “durma” (esse durma irá leva-lo ao estado Theta). Nesse instante você irá perceber que ele, está meio caído e com os olhos fechados.

Nota: O movimento de puxar a mão, e a palavra durma, devem ser feitos quase no mesmo instante.

Para ver como funciona essa indução ao “vivo e a cores” veja o vídeo abaixo, entre ele existem milhares mostrando a mesma indução. Está em Inglês mas a indução é a mesma.

Depois de feito isso, faça um aprofundamento, faça-o ir mais profundo, para que o cérebro não o leve para o estado normal. Com o tom de voz calmo diga:

“A cada respiração, você irá se sentir mais calmo(a)…mais calmo…Agora quero que imagine uma escada com 10 andares a sua frente, sendo que lá em baixo, é o estado de grande relaxamento…a cada respiração que você der, você irá descer um degrau, e a cada degrau você irá se sentir mais calmo.”

Depois que a pessoa descer até o último degrau, você poderá fazer suas sugestões, como esquecer o nome, ou pensar ser um animal, o que você quiser!

Não esqueça de traze-la de volta.

Bem essa indução daria até para fazer com um vendedor, porém acho difícil ele querer passar por tudo esse processo, então no próximo post da série (a segunda parte das instantâneas) eu irei mostrar como é possível conseguir um desconto de quanto quiser, apenas com um aperto de mão.

No próximo post da série, “HandShake induction” e “Follow me“.