Minilua

Monte a sua matéria: “A Hora Mais Escura” #75

Pois é, e desde já contamos com a sua participação. O e-mail, no caso, equipe@minilua.com! A todos, uma excelente leitura!

A Hora Mais Escura

Por: 3 Hits

Em 2001, atentados terroristas atingiram os Estados Unidos e chocaram o mundo. No centro de tudo, o perigoso Osama Bin Laden, o responsável por tudo. Desta forma começa a busca incessante pelo temido Líder da Al Qaeda. Assim começa a trama de “A Hora Mais Escura”.

A história está bem ambientada no período entre 2001 e 2011, e mostra de forma sucinta e bem organizada a ordem cronológica dos fatos. Foca-se na agente da CIA Maya, principal responsável pela localização de Osama. Kathryn Bigelow mostrou muito bem a forma como o país mais poderoso do mundo trabalhou para obter seu “prêmio” ao final.

Com uma fotografia impressionante, o filme faz foco em situações ambientadas dentro de escritórios e salas de tortura. Sem emoções ou tensões, a película consegue contar um acontecimento de uma forma bem detalhada, quase documental. Mesmo o espectador sabendo como termina, a diretora o instiga a querer saber como foi que tudo aconteceu, como chegaram ao “inimigo número 1 do mundo”.

Kathryn Bigelow sofreu severas críticas, por supostamente ter feito apologia à tortura. Isto é um tremendo engano. O filme tinha tudo para ser nacionalista, ou entediante, ou previsível. Mas Kathryn não tinha a menor intenção disto.

Ela apenas mostrou a realidade dos fatos, como ocorreu, e por quê. Talvez tenha sido mal interpretada. A forma como o governo americano se sentiu ofendido é equivalente a uma criança que se irrita por uma repreensão dos pais por algo que fez.

A Hora Mais Escura chegou a ser o favorito para o Óscar de melhor filme, porém, perdeu força devido às severas críticas sofridas por parte de grupos dos direitos humanos, e de conhecidos senadores americanos, como John McCain. No Óscar, ganhou a estatueta de melhor edição de som e concorreu em mais 4 categorias: melhor roteiro original, melhor atriz (Jessica Chastain), melhor montagem e melhor filme.

Curiosidades

 -Inicialmente o nome do filme seria Kill Bin Laden, mas foi alterado para Zero Dark Thirty. Este nome é uma expressão militar que se refere aos 30 minutos após a meia noite. Faz alusão a um determinado momento da operação que matou o terrorista.

-Apesar de boa parte da história se passar no Paquistão, as filmagens ocorreram na Índia, pois a equipe não teve permissão para rodar nesse país.

-O pentágono investigou a produção do filme para descobrir se não houve vazamento de informações secretas para os produtores.

-O ator Jason Clarke que atua como Dan, interrogador da CIA, submeteu-se a uma cruel prática do serviço secreto, para poder se preparar melhor para o papel.