Monte a sua matéria: Cristianismo #176

E sim, lembrando mais uma vez, que todos os temas são aceitos: Política, esporte, religião, enfim! Sinta-se à vontade ok? O e-mail de contato: [email protected]! A todos, uma excelente leitura!




Cristianismo - Uma fuga da realidade?

Por: Richer Della Torre

cristianismo

Um fato que não podemos negar de maneira alguma é que vivemos em um mundo onde o cristianismo predomina em qualquer canto do mundo, mas será que os fieis usam a religião como uma forma de não encarar a realidade do mundo por medo?

Para todos os lugares que você for sempre irá encontrar seguidores do cristianismo, mas isso tem uma explicação: segundo pesquisas 35% da população mundial segue o cristianismo, mas será que essas pessoas que seguem tal religião realmente tem prazer em servir a ”Deus”?

Em minha opinião, não! Gosto de debater sobre religião com cristãos, e em todas as vezes que faço esses debates, percebo que as pessoas não se sentem feliz em seguir esse Deus, mas sim se sentem obrigadas a segui-lo, com medo de sofrer algum castigo ”divino’‘, de serem mandadas para o Inferno , e sofrerem eternamente por quem julga ser seu pai, apenas pelo fato de não segui-lo.

Se pararmos e refletirmos sobre o assunto esse ”Deus” não seria assim tão bondoso e legal, que tipo de pai com poderes joga o filho como “lixo” no fogo do inferno só por que o filho dele não acredita em algo que não vê? Peço ao leitor que use sua lógica, esse ”Deus” realmente estaria sendo bondoso?

Basta refletir o mínimo possível sobre essa situação para ver como isso não é bom, o cristianismo faz crianças aprenderem que se elas não acreditarem nesse ”Deus” vão ser castigadas pela eternidade quando morrerem, e queimarão no fogo do inferno.

Não é novidade que essas crianças que vivem nesse ambiente irão crescer com medo, perturbadas e sem liberdade, e não basta só esses motivos, o cristianismo é totalmente contra o homossexualismo, ensinam isso para todos, qual o problema de ter uma liberdade?

Uma pessoa tem ou não o direito de escolher seu parceiro? Penso eu, que independente da opção sexual de cada um, todos temos direitos à felicidade, da nossa forma, sem seguir um manual de instrução, e no caso, um manual que ensina coisas insanas ao seu filho e ainda te tira 10% do seu salário suado no final do mês.

Lembremos ainda, que o cristianismo tem um passado podre, com muitas ”guerras santas’‘, que eram promovidas para converter pessoas à força, um desses eventos mais conhecidos são as Cruzadas, que se resumia em converter ou morrer. Muitas pessoas foram mortas, simplesmente pelo fato de pensarem diferente dos demais, o principio do cristianismo é fazer uma sociedade onde as pessoas tem que seguir um determinado pensamento, como uma fábrica que sempre produz o mesmo brinquedo sem alguma diferença, punindo ainda, quem quer ser diferente, julgando como um ser indesejável e maligno.

Afinal, qual seria a graça de um mundo onde todos concordassem com as mesmas coisas? Sem criar e expor sua própria filosofia e personalidade?

  1. Elica Almeida

    19 de setembro de 2015 em 21:53

    Olha, somente respondendo a questão, independentemente da religião. Deus não obriga ninguém a servi-ló , você pode até crescer em um lar cristão, mas a sua vida depende de você ,digo, da suas escolhas. DEUS não aceita o homossexualismo, porque o homem foi feito para a mulher e a mulher para o homem , como Adão e Eva . Ele não criou o mal , o ser humano que desobedeceu a Ele e continua a desobedecer praticando o pecado , os ensinamentos de Deus são bons até porque ele é santo. A bíblia é palavra verdadeira e deixa tudo claro.

  2. Michael Nathaniel

    7 de junho de 2015 em 05:00

    E somos livres para fazermos oque bem entendermos, pois Deus nos deu o livre arbítrio só que “toda ação tem uma reação”, então fazer o que der vontade não é o certo.

  3. Michael Nathaniel

    7 de junho de 2015 em 04:44

    O cristianismo não diz q se vc não acreditar em Deus vc vai para o inferno, mas se vc for uma má pessoa (injusta, falsa, impiedosa, sem amor ao próximo e etc.) aí sim vc irá merecer inferno. Seja bom! Deus não ira te condenar ao inferno só pq vc é ateu, e seja bom, procure ter um pouco do caráter de Jesus para viver melhor.

  4. Daniel Araujo

    3 de junho de 2015 em 16:55

    Oi 🙂 Não, não é. E você está certo sobre como cada um acha uma forma de acreditar. Mas criarmos formas de acreditar não faz com que Deus seja interpretativo. Duas coisas diferentes. Posso escolher acreditar que laranjas são roxas, mas isso não torna laranjas roxas.

  5. Alexandre Ferreira

    3 de junho de 2015 em 10:14

    Discordo. Como cristão sou muito feliz em tudo o que faço pela Igreja e com a Igreja. Não faço “por medo do inferno”, faço pelo amor que nasce a partir de quem teve uma profunda experiência com Deus.
    Um outro ponto bastante discutível desse seu post é sobre a bondade de Deus. Ele é imensidão em misericórdia, mas também em justiça. Se uma pessoa vive toda uma vida (que é brevíssima) longe de Deus, recusando sua misericórdia e sua ação, porque vai querer uma eternidade com Deus, não é verdade? Não é Deus que condena o indivíduo ao inferno, é a própria pessoa que se exclui dessa imensurável graça. Longe de ser aquele espaço com fogo, diabo com chifres, o inferno é um estado semelhante ao que a pessoa procurou toda a vida: Sem Deus, sem a divina graça, etc. No inferno, a pessoa condenada vai ter apenas aquilo que ela ama sobre todas as coisas: ela mesma. Deus não é mau, pois o mal é ausência do bem, portanto um limite, e Deus não pode ser limitado.
    Parece-me que você se vale de um discurso aparentemente inofensivo, para destilar muitas inverdades acerca da disciplina da Igreja, em especial no que diz repeito ao homossexualismo. Bem, prefiro ficar com a opinião de minha Mãe Igreja, acerca disso: “(…)Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida, e se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição”. (Catecismo da Igreja Católica, §2358)
    Você aparentemente traz um discurso “Fora preconceito”, mas veja que ironia: Seu discurso está inflamado de preconceitos contra o Cristianismo!! Que incoerência é essa? Esse post mais parece uma mistura de um ativista gay com um membro da atea, sabe m**** nenhuma, mas quer falar. Um claro exemplo disso é a grande abobrinha que o sr. falou sobre as Cruzadas. Falar mal das Cruzadas é bom, né? Saiba que se hoje o sr. não está gritando ‘Allahu Akbar’ brandindo uma espada na mão, é porque as Cruzadas estancaram por um bom tempo o avanço do islamismo na Europa. Hoje, a Europa deu as costas para Cristo, e veja como ela está hoje. Cada dia o islamismo avança mais e mais, enquanto no Brasil, a única preocupação é dar prestígios a uma minoria que quer pisotear os valores cristãos um dia semeados neste país há cinco séculos. Enfim reveja muito bem seus conceitos, porque tudo o que li neste post foi um cego e burro ataque à religião que fez o favor de moldar a civilização ocidental.

  6. Kaique Soares Correa

    2 de junho de 2015 em 10:19

    REFUTAÇÃO:Heh ,tá generalizando ,eu não sou um cristão pelo medinho de ir pro inferno,mas vamos lá
    ”Se pararmos e refletirmos sobre o assunto esse ”Deus” não seria assim tão bondoso e legal, que tipo de pai com poderes joga o filho como “lixo” no fogo do inferno só por que o filho dele não acredita em algo que não vê? Peço ao leitor que use sua lógica, esse ”Deus” realmente estaria sendo bondoso?”Puta que pariu,essa foi a maior merda que eu já ouvi,é errado falar que alguem sendo condenado ao inferno é da vontade do Pai Celestial,Quando você se ausenta do Pai Celestial,o unico destino é a perdição ,isso é tanto na pós-vida como na sua vida,tipo,AGORA ,qualquer minimo cristão sabe disso,esse video aqui explica muito bem o Inferno https://www.youtube.com/watch?v=kPX7QmQY7F4
    A parte que ele fala ” o cristianismo é totalmente contra o homossexualismo, ensinam isso para todos, qual o problema de ter uma liberdade?

    Uma pessoa tem ou não o direito de escolher seu parceiro? Penso eu, que independente da opção sexual de cada um, todos temos direitos à felicidade, da nossa forma, sem seguir um manual de instrução, e no caso, um manual que ensina coisas insanas ao seu filho e ainda te tira 10% do seu salário suado no final do mês”,eu nunca achei que ouveria alguem bostejando a tão alto nível do Cristianismo ,Primeiro,O Dízimo que você ve no Show da Fé e no templo do Edir macedo não é o verdadeiro Dizimo,o verdadeiro Dizimo é usado em Caridade,como visto nas Escrituras Sagradas,Esses padres evangelicos que enganam e querem enriquecer as nsosas custas são uns filhos da putas hereges,Segundo ,O Cristianismo trata os homossexuais como qualquer pecador que esteja agindo fora do Matrimônio planejado por Deus ,não os discrimina -.-
    ”Lembremos ainda, que o cristianismo tem um passado podre, com muitas ”guerras santas’‘, que eram promovidas para converter pessoas à força, um desses eventos mais conhecidos são as Cruzadas, que se resumia em converter ou morrer. Muitas pessoas foram mortas, simplesmente pelo fato de pensarem diferente dos demais, ”Cara…Se você estudasse o minimo de história,saberia que os muçulmanos estupraram ,roubaram,massacraram para dar força a Política de dominação islamica ,que os cristãos,nessa epoca,sofriam um terrível tratamento pelos Islamicos,sendo tratados como escravos,pagando graves impostos,peregrinos eram obrigados a se converter ao islâmismo ou morrer ,mulheres eram feitas de escravas sexuais em um Harem ,Igrejas,Sinagogas e casas eram destruidas para construirem lugares sagrados para o Islã,Dois terços do mundo cristão já havia caído em mãos do islamismo ,As cruzadas foi justamente para impedir essa política terrível de dominação islamica ,e você está reforçando escrituras anti clericais da epoca das cruzadas,que mentiram com muita desonestidade sobre a História das Cruzadas ,e assim influenciam até hoje o ensino,por causa dessas escrituras anti clericais ,os muçulmanos continuam os mesmos,só que agora eles acham que estão se vingando,estuprando,massacrando,esquartejando,explodindo e tudo mais , Essas escrituras anti clericais foram feitas justamente para inocentar os muçulmanos e demonizar a Igreja
    ”mas será que os fieis usam a religião como uma forma de não encarar a realidade do mundo por medo?” Alguns,Sim ,admito que alguns são assim,Mas EU,sou Cristão para simplesmente ENCARAR a realidade ,para observar a unica verdadeira moralidade ,esta é a palavra de Deus ,EU sou cristão para seguir o verdadeiro caminho,não pelo medo de ir pro inferno
    ”Em minha opinião, não! Gosto de debater sobre religião com cristãos, e em todas as vezes que faço esses debates, percebo que as pessoas não se sentem feliz em seguir esse Deus, mas sim se sentem obrigadas a segui-lo, com medo de sofrer algum castigo ”divino’‘, de serem mandadas para o Inferno , e sofrerem eternamente por quem julga ser seu pai, apenas pelo fato de não segui-lo.’Sim,existem cristãos assim,tu generaliza muito Mds ,Eu me sinto feliz em seguir este Deus porque este é o verdadeiro caminho
    ”Basta refletir o mínimo possível sobre essa situação para ver como isso não é bom, o cristianismo faz crianças aprenderem que se elas não acreditarem nesse ”Deus” vão ser castigadas pela eternidade quando morrerem, e queimarão no fogo do inferno.

    Não é novidade que essas crianças que vivem nesse ambiente irão crescer com medo, perturbadas e sem liberdade”Jovem ,A Fé e a razão andam juntas,certo ? Se uma se ausenta da outra dá ruim ,Se a razão fica longe da fé,ela fica louca,resultando na Moral relativa,se a fé se ausenta da Razão,ela fica cega,resultando no Fanatismo ,Que são essas pessoas que você vê ameaçando todo mundo de inferno ,e com prazer ainda ,Se você falar com alguem que não se ausenta nem da razão nem da fé ele irá mostrar porque a moralidade dele é correta sem nenhum tipo de ameaça ,ele vai falar com prazer querendo te ajudar,porque isso que pregou Cristo,amor ao proximo!
    E Por ultímo
    ” o principio do cristianismo é fazer uma sociedade onde as pessoas tem que seguir um determinado pensamento, como uma fábrica que sempre produz o mesmo brinquedo sem alguma diferença, punindo ainda, quem quer ser diferente, julgando como um ser indesejável e maligno.

    Afinal, qual seria a graça de um mundo onde todos concordassem com as mesmas coisas? Sem criar e expor sua própria filosofia e personalidade?”Em cima da Moralidade do cristianismo,eu formei minhas própias opiniões políticas,filosoficas e sociais ,as pessoas fazem a mesma coisa quando refletindo sobre o Deus do cristianismo,formam suas própias opiniões sobre diversos assuntos em cima da Moralidade Cristã ,Existem várias interpretações diferentes das escrituras sagradas,do Cristianismo,Quem é você pra falar que ”produzimos o mesmo brinquedo sem nenhuma diferença ”E O Anglicanismo ?Luteranismo ? Catolicismo ?Ortodoxos ? Gnoticismo ?E Todas,todas as outras diversas vertentres do Cristianismo ?NÓS NÃO FORMAMOS NOSSAS PRÓPIAS OPINIÕES?NÃO EXPOMOS NOSSA PRÓPIA FILOSOFIA ?
    E Por ultímo ,este ”punindo ” no final está para os cristãos fanáticos,Os Cristãos de verdade estão evoluídos,não são mais os mesmos Radicais da epoca da Idade média
    Ponto!

  7. Alana Solis

    1 de junho de 2015 em 13:30

    Melhor texto que já li a respeito. Na verdade, um dos únicos. Tenho exatamente esse pensamento, não sou cristã e tenho que ouvir diariamente que se não me arrepender em Cristo agonizarei o resto da minha eternidade. ¬¬

  8. Junior Abner Takita

    1 de junho de 2015 em 04:34

    Percebi que você falou sobre 3 coisas no texto, sobre um Deus zeloso ou bom, que vc diz que cita o exemplo de crianças que crescem com medo e por esse motivo o “serve”. Dado isso se vc ler o Antigo testamento da biblia, vai ver que seu povo (os Judeus) eram muito rebeldes e transgrediam seu mandanentos, desde mentiras, assassinatos, adoração a outros deuses e etc…. como qualquer historia contada vc sente algo ao ler aquilo, e se vc fosse um deus , faria algumas coisas daquelas ou até pior, no Novo testamento há uma passagem que diz que ‘não é por força nem por violencia…’ o que o verdadeiro cristão deveria seguir.
    O segundo é que vc fala sobre homosexualismo, diz que cada um tem sua opção e direito a felicidade, correto cada um tem direito a felicidade sim, mas mais insano do que tirar 10% do salário é se relacionar com pessoas do mesmo sexo, esses 10% se vc for um pouco mais a fundo do assunto é simplesmente um compromisso com o Ministério da pessoa/Igreja.
    Você fala das cruzadas onde era converter ou morrer, uma coisa vc tem que levar em conta, onde há seres humanos há pessoas boas e ruins, eu poderia citar a caça as bruxas, onde muitas pessoas eram inocente, a 2′ Guerra Mundial, onde Hitler era catolico e isso não impediu ele de fazer um chacina, um grande exemplo onde há pessoas boas e ruins é: Por que Hitler (Catolico ) ia matar milhares de Judeus sendo que servem ao mesmo Deus? :/

  9. Vinicius de Oliveira

    30 de maio de 2015 em 14:37

    so contra o transexualismo,transgenero,casamento gay ,pela minha opniao nao por um livro

  10. Vinicius de Oliveira

    30 de maio de 2015 em 14:29

    nossa que bosta pensei ue fosse um artigo util

  11. AlmondegaVoadora

    30 de maio de 2015 em 11:16

    Saudades do Diego, dos religiosos que jás não estais conosco, e das Tretas principalmente das tretas :'( . A o negocio e ser pastefarista.

  12. Erika Mariellen

    29 de maio de 2015 em 23:36

    Existem tres tipos de pessoas:
    1 ateu”nao acredito nisso”
    2 teu “acredito”
    3 babaca “deus existe!/deus nao exiate! E mimimi mimimi”

  13. Hélio Cavalcante Maia

    29 de maio de 2015 em 19:03

    Que bosta de texto.

  14. Gabriel Marques

    29 de maio de 2015 em 18:15

    Sinceramente acho q vc não conhece a fundo sobre o cristianismo estude mais e procure com mais afinco recomendo o site do padre Paulo Ricardo la tem diversos videos q responderão praticamente tudo oq vc disse ai e deixar aqui em baixo o site não é virus.

    https://padrepauloricardo.org/

  15. Gênesis

    29 de maio de 2015 em 17:30

    Bendito seja o nome do Senhor incontestável! Tudo na vida é maravilha criada pelo divino, sua vida é linda também! Você merece tudo isso! Dê aleluia! 😀
    [img]http://cdns2.freepik.com/free-photo/_17-623203123.jpg[/img]

  16. Sr.Leafeon

    29 de maio de 2015 em 14:10

    Tive que comentar seu texto.

    Concordo quase que totalmente, eu sempre criei a teoria de que os cristãos (ênfase nos fanáticos) tem necessidade psicológica de crer que existe um deus zeloso, porque depois que cresceram com os pais martelando na cabeça coisas sobre “deus” e viram que a vida não é só unicórnios, seria praticamente suicídio tentar botar na cabeça deles que isso “não existe”.

    Por mais que isso possa vir a desagradar os cristãos, esse bloqueio psicológico força eles a viverem uma vida cheia de restrições para um bem duvidoso (o que quebra a teoria do livre arbítrio), eu até penso que essa resistência em recusar argumentos antiteístas seja bom, porque dependendo da força da crença da pessoa é capaz de ela perder a sanidade se ela se deixar abater por eles.

    Me dá pena da falta de senso crítico da maioria, mas de alguns tantos outros eu até entendo que eles acreditem nesse deus para viver uma vida harmoniosa (o que não funciona, porque ainda vejo muitos criminosos por ai com cruzes no pescoço).
    Mas enfim, esta é minha opinião.

  17. Carolina Bastos

    29 de maio de 2015 em 14:04

    DESPERTAI! 2007-11

    Planeta Terra
    Motivos para confiar na Bíblia
    4. Exatidão científica

    A ciência fez grandes avanços nos tempos modernos. Em resultado disso, antigas teorias estão dando lugar a novas. O que antes era aceito como fato agora talvez seja encarado como mito. Livros de ciência com freqüência precisam ser revisados.

    A BÍBLIA não é um livro de ciências. Mas no que diz respeito a assuntos científicos, a Bíblia é notável não só pelo que diz, mas também pelo que não diz.

    Não contém conceitos anticientíficos.
    Muitas crenças equivocadas tinham ampla aceitação nos tempos antigos. Com respeito à Terra, os conceitos iam desde a idéia de que ela era plana até a de que alguma coisa material a mantinha suspensa. Muito antes de a ciência aprender sobre disseminação e prevenção de doenças, médicos adotavam certas práticas que eram simplesmente ineficazes e, em alguns casos, até fatais. Mas, em seus mais de 1.100 capítulos, a Bíblia nunca apoiou nenhum conceito anticientífico ou práticas prejudiciais.

    Muito à frente de seu tempo, a Bíblia declarou corretamente que a Terra é esférica e que está suspensa “sobre o nada”
    Declarações cientificamente corretas.
    Há cerca de 3.500 anos, a Bíblia declarou que a Terra estava suspensa “sobre o nada”. (Jó 26:7) No oitavo século AEC, Isaías fez clara referência ao “círculo [ou esfera] da terra”. (Isaías 40:22) Uma Terra esférica posicionada no espaço vazio sem nenhum tipo de sustentação visível ou física — não acha essa descrição extraordinariamente moderna?

    Escrita por volta de 1500 AEC, a Lei mosaica (encontrada nos primeiros cinco livros da Bíblia) continha leis abalizadas sobre quarentena de doentes, manipulação de cadáveres e eliminação de excremento. — Levítico 13:1-5; Números 19:1-13; Deuteronômio 23:13, 14.

    O uso de poderosos telescópios contribuiu para que os cientistas concluíssem que o Universo teve um “nascimento” repentino. Nem todos eles gostam das implicações dessa explicação. Um professor universitário declarou: “Um Universo que teve um começo parece exigir uma causa primária; pois quem poderia imaginar tamanho efeito sem uma causa à altura?” No entanto, muito antes dos telescópios, o primeiro versículo da Bíblia declarou claramente: “No princípio Deus criou os céus e a terra.” — Gênesis 1:1.

    Apesar de ser um livro antigo que trata de muitos assuntos, a Bíblia não contém informações científicas incorretas. Um livro assim não merece, no mínimo, nossa consideração? *
    http://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/g200711/biblia-exatidao-cientifica/

  18. Carolina Bastos

    29 de maio de 2015 em 14:00

    As Testemunhas de Jeová dão o dízimo?
    Não, nós não damos o dízimo; nossa obra é financiada por donativos anônimos. O que é o dízimo, e por que as Testemunhas de Jeová não têm esse costume?

    O mandamento de pagar o dízimo, ou seja, dar uma décima parte dos bens, fazia parte da Lei dada à antiga nação de Israel. Mas a Bíblia deixa claro que essa Lei, incluindo o “mandamento de cobrar dízimos”, não se aplica aos cristãos. — Hebreus 7:5, 18; Colossenses 2:13, 14.

    Em vez de dar ofertas e dízimos obrigatórios, as Testemunhas de Jeová seguem o exemplo dos primeiros cristãos ao apoiar a obra de pregação de duas maneiras: por fazer donativos voluntários e por pregar sem exigir remuneração.

    Desse modo, seguimos a orientação bíblica dada aos cristãos: “Faça cada um conforme tem resolvido no seu coração, não de modo ressentido, nem sob compulsão, pois Deus ama o dador animado.” — 2 Coríntios 9:7.

    http://www.jw.org/pt/testemunhas-de-jeova/perguntas-frequentes/testemunhas-de-jeova-dao-dizimo/

  19. Carolina Bastos

    29 de maio de 2015 em 13:58

    NÃO EXISTE INFERNO DE FOGO. ISSO NÃO PASSA DE INVENÇÃO DAS RELIGIÕES FALSAS PRA PÔR MEDO NAS PESSOAS.
    O QUE A BÍBLIA DIZ
    “A alma que pecar — ela é que morrerá.” (Ezequiel 18:4) Os mortos “não estão cônscios de absolutamente nada”. (Eclesiastes 9:5) Se a alma morre e está inconsciente, como ela poderia sofrer num “fogo eterno” ou mesmo sentir a dor de ficar separada de Deus para sempre?
    Na Bíblia, as palavras em hebraico e grego traduzidas “inferno” se referem à sepultura comum da humanidade. Por exemplo, falando de Jesus, uma profecia bíblica diz: “Tu não me abandonarás no sepulcro [“no inferno”, versão Antônio Pereira de Figueiredo].” (Atos 2:27, Nova Versão Internacional) É óbvio que Jesus não estava em um lugar de tormento ou alienado de Deus, mas em uma sepultura.
    http://www.jw.org/pt/busca/?q=inferno

    VEJA AQUI PQ DEUS PROÍBE O HOMOSSEXUALISMO
    http://www.jw.org/pt/busca/?q=homossexualismo

    O que acontecerá com as religiões?
    http://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/boas-noticias-deus-voce/que-acontecera-com-religioes/

  20. Rodrigo Duarte

    29 de maio de 2015 em 11:50

    Deus é sinônimo de amor, amor é incondicional, então tá tudo liberado!

  21. Daniel Araujo

    29 de maio de 2015 em 11:03

    Olá,
    Você tirou sua opinião sobre Deus e cristianismo de evangélicos. E esse foi o seu engano. O Deus bíblico não é o Deus que você ouviu falar. Lamento por isso.

    • Tolerância Zero

      30 de maio de 2015 em 23:41

      Deus é interpretativo, seu burro. A forma que cada um acredita nunca será igual à forma de outro acreditar.

  22. Wagner

    29 de maio de 2015 em 09:07

    Eu vou pra igreja desde criancinha e era eu quem chamava meus pais para ir comigo e não o contrário (apesar de ter um belo dum tempo que eu não vou rsrs). O que eu mais aprendi lá não foi “Siga a Deus sobre toda as coisas”, “Sempre obedeça a Deus”, “Não seja gay/ateu/etc que você vai para o inferno”, mas sim a tirar as minhas próprias conclusões. Existe uma coisa chamada bom senso, que diz a respeito sobre você crer ou deixar de crer em algo sem que cê não dê uma de fanático louco e interfira de forma negativa nos outros e em você mesmo.
    “O cristianismo é contra o homossexualismo” – Tá, e você é? Você tem a sua própria opinião ou só deve seguir aquilo que lhe pregam?
    Engraçado que julgam o Cristianismo pelo seu passado (o que não é errado), mas usar apenas esse “argumento” para falar sobre como ele é hoje que é.
    Ah é, texto mal escrito por sinal, que parece ter sido feito por gente que ia obrigado à igreja e agora não consegue segurar a revolta.

    • Nathália Giselly

      29 de maio de 2015 em 15:59

      deveria ir para os melhores da semana. teu comentário foi melhor que o post haha

    • Mutley

      29 de maio de 2015 em 11:42

      Penso que o cristianismo assim como outras religiões apenas existem porque as pessoas temem a morte , pode ver que sempre tem coisas como ”a busca pela salvação” , ”não cometa pecados ou você vai pro inferno” , ”Deus beneficia aqueles que o seguem” em passagens bíblicas , tudo isso imposto sobre o terrorismo de não ir pro céu após a morte ,não há pensamento livre para se questionar enquanto você é um ”devoto a Deus” persistindo em uma só verdade , você disse que na sua Igreja você aprendeu a tirar suas próprias conclusões , bom, se você acredita em Deus logo acredita que ele vai te salvar , isso com certeza te trás mais conforto do que se questionar sobre o que há além da morte , logo , você não tem liberdade para pensar sobre esse assunto por acreditar em algo sem nenhuma garantia ou resposta , pode até passar pela sua cabeça se questionar sobre a morte , mas como ”acreditar em Deus” é um porto seguro , você sempre vai voltar pra lá , isso tudo porque já esta colado na sua mente que ”Deus é o salvador” ,mas também existe uma grande hipocrisia nessa história , tem pessoas que acreditam em Deus e frequentam a Igreja regularmente ,assim como seguem a risca tudo que esta na Bíblia como uma forma de garantir a salvação , mas outras nem tão devotas preferem apenas acreditar em Deus mesmo não gostando de ir a Igreja ,de ler a Bíblia ou ter uma religião , eu me pergunto , se Deus é tão justo o que ele faz com as pessoas não tão devotas a ele , mesmo acreditando em sua existência , joga elas no inferno ?

      • kamikaze boy

        29 de maio de 2015 em 17:40

        Se os religiosos são medrosos os ateus são preguiçosos e medrosos, e alguns prepotentes, por acharem mais fácil não acreditar em ”nada” ao invés acreditar que terão de prestar contas de seus atos. Sabe o que eu menos gosto em neo ateus? É que eles querem rebaixar os religiosos e zombar das religiões. E depois dizem que os religiosos não respeitam. (não que vc esteja fazendo isso). uma vez eu vi um comentário no YT de muito bom gosto, era assim: Eu sou um ateu de verdade porque digo ”não acredito” ao invés de ”NÃO EXISTE”.

        • André Silva

          29 de maio de 2015 em 20:17

          Que comentário bacana, seria bom se todos os ateus pensassem assim, a maioria é bastante arrogante e ácida quando vão falar de religião.

        • Mutley

          29 de maio de 2015 em 19:15

          Estou apenas exercendo meu direito de questionar coisas abstratas, direito que as pessoas tem , mas a grande maioria não utiliza , na verdade as pessoas que realmente são ateístas tem coragem o suficiente para expressar uma opinião totalmente diferente dos demais , mesmo correndo o risco de ser discriminado por isso, sofrer com a intolerância religiosa ou até mesmo por em dúvida seu conceito moral para avaliar as coisas .

          • kamikaze boy

            29 de maio de 2015 em 19:46

            contanto que seja sem tentar rebaixar alguém, e que vc não considere ninguém inferior a vc por acreditar em algo diferente, vc pode argumentar, e mesmo que tente, esse é o livre arbítrio.

      • Wagner

        29 de maio de 2015 em 16:07

        Fio, quanta besteira.
        Não é porque eu acredito em Deus que logo acredito que ele vá me salvar. Eu tenho livre arbítrio para realizar minhas ações e se é Ele quem vai me julgar no final, que faça baseado nelas. Não vivo por Ele, mas por mim mesmo. Eu não me questiono o que é a “pós-morte” por dois motivos: para mim, não passa nada além de um fim, ponto final, foi-se embora, bateram as botas, etc. e, pelo segundo motivo, penso ser muito mais proveitoso me questionar o que vou fazer enquanto eu estiver vivo (já que depois da vida não vou fazer nada né).
        Não é porque acredito Deus que tenho que seguir às riscas os mandamentos, ir na igreja frequentemente, ler a Bíblia toda e esse blábláblá. Eu nem leio a Bíblia, pra mim é uma boa perda de tempo.
        O ruim das pessoas é escolher quem vai para o céu/inferno (conceitos criados por elas, por sinal) de acordo com o tanto que alguém crê em Deus.

        • Tolerância Zero

          30 de maio de 2015 em 23:37

          O cara ali em cima citou as pessoas de forma geral, enquanto q vc rebateu ele usando a si mesmo como exemplo, o fato de vc não ser como a maioria dos cristãos não significa que o comentário dele é inválido. Além do mais, se vc tivesse o bom senso q citou, perceberia que a maioria dos crentes pensam da forma citada no comentário dele, ao invés de pensar que ele quis dzer que todos os cristãos pensam assim.
          Vc não é parâmetro.

          • Wagner

            31 de maio de 2015 em 10:04

            Primeiramente que eu respondi uma resposta ao meu comment em que me era dirigido “você” e sobre trechos do que eu falei sobre mim. Tá visível ali em cima, lê lá de novo, cara. Boa leitura.
            E tá vendo a interrogação no comment dele? Então, a resposta sobre o que eu acho tá no último parágrafo. Reparou também que para essa resposta não me usei como parâmetro? Pois é, né.

          • Mutley

            31 de maio de 2015 em 15:08

            Cara , eu usei ”você” apenas como um exemplo na maioria das vezes , o questionamento era amplo , qualquer um poderia responder , você (agora falando de você mesmo) apenas seguiu na mesma linha do seu primeiro comentário lá em cima , só isso.

        • Mutley

          29 de maio de 2015 em 16:48

          Pra mim as únicas pessoas que não se importam com a morte são aquelas que não veem esperança em viver e se conformam apenas com o seu fim , mas não vejo sentido de acreditar em Deus sendo dessa maneira , tirando a morte que é um dos maiores mistérios da humanidade, só daria pra acreditar numa ”divindade” se a pessoa fosse muito ignorante e submissa há crenças e não soubesse se questionar igual como era nos tempos em que tratavam a Lua e o Sol como Deuses.

  23. Miroslau

    28 de maio de 2015 em 23:25

    Esse tipo de opinião é que nem bunda! Cada um tem a sua e compartilha que gosta

  24. Mutley

    28 de maio de 2015 em 23:22

    Eu nunca fiz o estilo ”crente” , mesmo assim eu acreditava em Deus , mas meus olhos começaram a ser abertos há algum tempo atrás ,quando comecei a me questionar , eu já não era de nenhuma religião , então foi muito mais fácil refletir sobre o assunto , comecei a me questionar sobre as próprias religiões , qual era significado delas existiram , porque tinham tanta influência no nosso Mundo , não demorou muito e eu percebi o quão absurdo é quando você não esta vendado pelas crenças e histórias religiosas , muito graças a Astronomia , eu comecei a adquirir bastante interesse pelo Universo e todos os seus fantásticos fenômenos , suas estruturas e sua complexibilidade , fiquei realmente maravilhado com tudo aquilo , principalmente pelo fato de não conhecermos quase nada , mesmo assim vi que o que quase tudo que conhecíamos tinha uma explicação lógica e plausível , o que eu não conseguia encontrar na Bíblia , pesquisei o passado dos religiosos e vi quantas vezes eles fizeram afirmações infundadas ,dizendo coisas como ”A Terra é o centro do Universo” ,”O Sol é o centro da Galáxia” , tudo fruto da ignorância … ,é óbvio que essa e outras coisas acabaram sendo desmentidas pela ciência , mas agora voltando para o presente , o que eu quero dizer realmente é que, a ciência sempre se preocupou em explicar tudo detalhadamente e provar como e do porque acontecer as coisas, além de sempre estar aberta a novas ideias , se renovando , enquanto a religião apenas acreditou e continua acreditando em uma única verdade absoluta que nunca muda , jamais se atualiza , já que essa é ”a palavra de Deus” ,mas engraçado , Deus não diz mais nada a um bom tempo não é ? e a religião desde sempre dando com os burros n’água .

  25. Xablau

    28 de maio de 2015 em 22:25

    Muitos erros de pontuação, fraco e apelativo. Fala mais sobre ateísmo do que sobre cristianismo. Provavelmente, seria melhor se fosse organizado em tópicos e intitulado “Porquê não ser um cristão”. Sou ateísta, mas sinceramente, deixou a desejar.

  26. chapolim do mal

    28 de maio de 2015 em 22:11

    Religião, e ateísmo no caso, é tipo um pênis, se vc mante-lo dentro de suas calças, ninguém vai se importar mas se vc o tira e quer colocar na cara de alguém, provavelmente vai levar uma surra e ser preso.
    Nossa, que analogia bosta.

  27. Greengineer

    28 de maio de 2015 em 22:08

    Independente de religião devemos respeitar o próximo, buscando a uma sociedade justa e livre.

  28. André Silva

    28 de maio de 2015 em 21:48

    ”Não é novidade que essas crianças que vivem nesse ambiente irão crescer com medo, perturbadas e sem liberdade” – Eu cresci seguindo o cristianismo e nunca tive medo, não sou perturbado e tenho liberdade, acho que essa história da criança crescer louca é mais coisa de filme e série (tipo Mentes Criminosas), geralmente quem segue aceita normalmente, tenho dois amigos que AMAM a igreja desde crianças, as vezes ficava até chato conversar com eles porque eles eram um pouco fanáticos e ficavam me convidando pra igreja deles, não acho que uma criança vá se traumatizar só porque ensinam coisas de Deus pra ela, tá assistindo muita TV, cara!
    ”o cristianismo é totalmente contra o homossexualismo” – Não acho que é questão de ser contra ou a favor, e sim de aceitar que existem pessoas diferentes. Sou a favor da pena de morte, sou a favor da maioridade penal, sou a favor que aumentem meu salário, mas não sou a favor do homossexualismo, simplesmente aceito, tenho até um amigo que joga no lado rosa da força e respeito ele, e olha que acredito em Deus.
    ”e ainda te tira 10% do seu salário suado no final do mês” – Dinheiro nenhum meu vai pra igreja, sou católico, e até hoje não dei nem 5 centavos pra igreja, e se um dia me cobrarem, também não vou dar.

    • Guilherme Gonçalves da Silva

      29 de maio de 2015 em 17:08

      Mas aí que está a questão, você é contra o homossexualismo pq ? Pq está escrito na Bíblia ou é opinião pessoal ? Se for pq está na bíblia, você comprova o que o autor diz no texto, que você segue esse deus por medo de ser contra alguma regra dele e ele lhe castigar, e não pq gosta dele realmente.

      • André Silva

        29 de maio de 2015 em 20:10

        É por questão pessoal mesmo, da minha mente, não vou deixar de ter minha própria opinião só porque a bíblia fala outra coisa. E eu não sou contra, mas também não sou a favor, dizer que é a favor é quase como se fosse uma lei dizendo ”TEM QUE SER GAY”, eu simplesmente aceito, pois acredito que a pessoa já nasce gay, porque ninguém vira gay, uma pessoa bem resolvida com a sua sexualidade não vai começar a gostar da outra fruta de uma hora pra outra, se a pessoa tiver alguma indecisão, pode crer que é gay, então não vou ficar de birra com alguém que não tem culpa de nada. O próprio papa disse que não pode julgá-los.

  29. kamikaze boy

    28 de maio de 2015 em 21:46

    Eu sou cristão desde de criança e todos a minha volta são cristãos e não vejo nenhum triste, pelo contrário. E tem mais, não sei porque essas pessoas que não sabem, ficam usando os argumento: ”Por causa do cristianismo houveram várias guerras”. Se não sabem nem todo cristão é católico e essa guerras e todas as outras coisas que falam foram em sua maioria ( Acho que todas praticamente) feitas pelos católicos, e mesmo assim, os dirigentes do catolicismo não são os mesmos, o papa é outro, basta ler a Bíblia, nunca leu Mateus? Marcos? Jesus pregava o amor “continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos”. — Mateus 5:44, 45. Agora não sei como tem pessoas que deturpam as palavras. E mais, essa coisa de Deus não ser tão bonzinho, eu realmente não entendo isso, o que é o amor pra vocês? Vocês acham que o verdadeiro amor é esse que vocês veem nos filme e novelas? que um bobão corre atrás dos outros independente de o outro pedir perdão? veja bem, Deus é Deus de amor e de princípios, você acha que o Ser mais poderoso do universo vai se rebaixar? Se você não o quer ele não vai atrás não, mas se você tornar e pedir perdão ai sim você vai poder experimentar o amor. Fomos com o único objetivo de dar glórias a Deus.

    • Guilherme Gonçalves da Silva

      29 de maio de 2015 em 17:04

      O amor para mim é aquela sensação forte, maravilhosa, que de deixa com cara de bobo, sorrindo a toa…fantasiando com dias melhores. Respeitar alguém por medo, seguir os ensinamentos de alguém pq ele pode lhe fazer algum mal se não obedecer é opressão! Esse seu deus não dá espaço para pensamentos diferentes, quer que todo mundo siga seus ideias sem deixar claro o pq. É o deus do amor, mas não gosta quando pessoas buscam a felicidade de modo diferente do modo convencional. E ir atrás de alguém que você ama, que está perdido na vida e precisando de ajuda não é se rebaixar, pelo contrário, é nessa hora que você mostra o tamanho do seu carinho, o quanto aquela pessoas é importante para ti, mesmo ela negando a ajuda e fingindo que não precisa de você, ficar perto de alguém só nas horas alegres é fácil.

      • kamikaze boy

        29 de maio de 2015 em 17:25

        pelo que vi, vc chegou nessa conclusão com base no que vc considera amor, e se eu acredito em Deus, um ser onipotente, que nos criou para que possamos honra-lo, ama-lo, e respeita-lo, então é ele que dita as regras, e se vc pode ter uma visão diferente do mundo, é porque vc tem o livre arbítrio.E antes de dizer algo nós devemos nos perguntar (mim incluo): Sera que isso não é algo que eu penso de acordo com minhas definições pessoais? E mais, se vc acredita que o universo veio do nada (nesse caso Big Bang) Por que vem usando o argumento do que é amor comigo? Pelo visto vc também acredita em algo além do visível. ( me perdoe se tiver algum erro, é que eu quebrei meu teclado e estou usando o virtual rsrs)

  30. Jeff Dantas

    28 de maio de 2015 em 21:34

    “Penso eu, que independente da opção sexual de cada um, todos temos direitos à felicidade, da nossa forma, sem seguir um manual de instrução…” Concordo, e assino embaixo! 🙂 http://educarparacrescer.abril.com.br/imagens/comportamento/homofobia1.jpg

    • André Silva

      28 de maio de 2015 em 22:56

      Se essas duas da foto realmente forem lésbicas, é um baita de um desperdício!

    • kamikaze boy

      28 de maio de 2015 em 22:25

      Tá certo que devemos amar e respeitar, mas mesmo assim, eu nunca vou ver pessoas do mesmo sexo, procriando da forma convencional.

      • Mateus Pletsch

        2 de junho de 2015 em 14:40

        E procriação é tão importante assim ? Não tem gente que chega nesse planeta ? Acho ridículo usarem apenas esse argumento pra ser contra a felicidade alheia, não querendo dizer que é o seu caso, mas muitos usam essa ideologia ridícula sendo que a tantos casos de abandonos e super lotação populacional em muitos lugares no mundo.

        • kamikaze boy

          2 de junho de 2015 em 21:11

          Obrigado por notar que eu não estou tentando ofender ninguém, mas é certo que sempre vai existir uma barreira fisiológica.

      • André Silva

        28 de maio de 2015 em 22:57

        Eu também não.

  31. Lenyyfla lenyy

    28 de maio de 2015 em 21:27

    Sinto cheiro e briga… vou ralar peito antes que começe! e.e

    • kamikaze boy

      28 de maio de 2015 em 21:57

      Não tem briga se não quiserem, a maioria das discussões que eu vi aqui ( e participei) foram apenas argumentos contra argumentos (com um pouco de zueira) só que à vezes apareciam os engraçadinhos querendo xingar.

      • kamikaze boy

        28 de maio de 2015 em 21:57

        puta merda, eu sou um deles agora.

        • Greengineer

          28 de maio de 2015 em 22:03

          Deus tá vendo esta zoeira aí…

          • kamikaze boy

            28 de maio de 2015 em 22:04

            mas ainda sou cristão, a zueira sai com o tempo

          • Greengineer

            28 de maio de 2015 em 22:10

            Ele é onipresente e está vendo tudo o que você faz, em todo lugar ( ͡° ͜ʖ ͡°)

          • kamikaze boy

            28 de maio de 2015 em 22:14

            calma, calma meu amor, deixa disso. para todos os efeitos eu não faço mais isso.

58 Comentários
mais Posts
Topo