Minilua

Monte a sua matéria: E se houvesse uma terceira guerra mundial? #158

Pois é, e lembrando que todos os temas são aceitos: política, esporte, religião, enfim! Sinta-se à vontade a participar. O e-mail de contato: equipe@minilua.com! A todos, uma excelente leitura!

E se houvesse uma terceira guerra mundial?

Por: José Victor Coutinho

No dia 30 de maio de 1945, oficializa-se o término da Segunda Guerra Mundial, e assim abrindo uma nova era para a humanidade. A partir daí, o mundo se torna bipolar, dividido entre as duas nações que mais contribuíram para a queda da Alemanha nazista, os Estados Unidos da América e a atual Rússia.

Mas apesar do crescimento constante destas duas nações, as demais também vão se desenvolvendo aos poucos, as pequenas vão tomando voz a cada década, e a bipolarização vai de esvaindo. Tudo começa com o declínio desta bipolarização, e aos poucos um país que antes era insignificante, vai ficando cada vez mais importante para o mundo, o Brasil. O Brasil antes da Segunda Guerra era um país sem muita importância para o mundo, mas aos poucos foi ganhando seu espaço.

Já nos anos 90, o Brasil era o país mais importante da América do Sul, ele se tornou “a voz latina”, o único país como língua oficial portuguesa da América, e o maior país da América do Sul. Já no século 21, o Brasil tinha o poder bélico mais forte que todos os países da região juntos, e a partir daí as demais potências passam a ter uma visão diferenciada do Brasil.

Em 2017, no litoral brasileiro, acham o maior poço de petróleo que o mundo já imaginou ver, gerando uma economia tão forte, que passou da 6ª para 4ª maior potência econômica mundial.  No ano seguinte, faz uma grande aliança com a Rússia, aumentando drasticamente sua força bélica, o Brasil deixa então de ser aquele país neutro e inocente que se via antes. Os EUA, preocupados, passam a tomar precauções, tanto que agora um de seus porta-aviões era só para vigiar o litoral brasileiro!

Em 2020 o Brasil decide então abranger toda a América do Sul para o MERCOSUL, formando ali, o segundo maior bloco econômico mundial, atrás somente do NAFTA. Neste mesmo ano, decide ter uma participação maior nas brigadas que ocorrem no Oriente Médio, e com uma grande força dos EUA, tomam posse da região em cinco anos.

E em 2026 os países que fazem parte do Oriente Médio, declaram guerra contra o Brasil. Algo que não foi muito inteligente, tendo em vista, que estes já estavam praticamente abatidos, e como o Brasil estava tendo apoio dos EUA, foi tão fácil quanto tirar doce de uma criança.

O Brasil ficou com a maior parte do Oriente Médio, contando com os países que mais continham petróleo. O presidente brasileiro, afirmou que ajudaria os países a crescerem e após isto deixaria aquela região.

Os EUA não gostaram muito do controle brasileiro na região, iniciando-se assim um clima tenso entre o nosso país e uma das principais potências econômicas. Em 2029 o Brasil exige a retirada do porta-avião que sondava o seu litoral, os norte-americanos, fingem a sua retirada. Quatro meses depois um navio brasileiro é afundado pelo mesmo porta-aviões que antes já havia trazido dores de cabeça. Começaram a acontecer diversos ataques, contra navios brasileiros, até que em 2030, o Brasil declara guerra contra os Estados Unidos da América.

Continua…